Pular para o conteúdo principal

Prefeita entrega chave da cidade a Jesus; vereadores protestam

Carmem com os representantes de Jesus 
Na manhã de 26 de abril, a prefeita Carmem Lima Duarte (foto), de Porto dos Gaúchos (MT), entregou a chave simbólica da cidade a Jesus, que foi representado pelos pastores.

A cidade tem cerca de 7.000 habitantes e fica a 663 km de Cuiabá, a capital. Ela é conhecida por ter sido o local onde se registrou no Brasil o mais forte abalo sísmico, de 6,2 na escala Richter,  no dia 31 de janeiro de 1955

A entrega da chave da cidade ao filho de Deus causou outro abalo, desta vez político, porque os vereadores ficaram irritados por não terem sido convidados para a cerimônia.

A assessoria da prefeita tentou acalmá-los com o argumento de que a ideia da homenagem partiu dos pastores e que não se tratou de um encontro político, mas de caráter privado.

Mas não adiantou. Liderados por Eleno dos Santos (PPS), 8 dos 9 vereadores da cidade aprovaram uma moção de repúdio à prefeita porque a entrega da chave a Jesus foi feita sem a presença deles e de representantes da Igreja Católica.

A cerimônia ocorreu no gabinete da prefeita, com a presença de 10 pastores. Houve orações, leitura da Bíblia e discursos.

Carmem , que é do DEM, disse que se tratava de uma medida “de grande importância no mundo espiritual” cujos efeitos se refletirão na administração da cidade.

Os evangélicos destacaram o significado do “ato profético” porque, a partir de agora, a cidade vai se desenvolver. “Houve a quebra de maldições”, afirmaram.

Eles só não contaram com a reação dos vereadores.

Com informação do ExpressoMT e foto da prefeitura.

junho de 2010

Comentários

Anônimo disse…
Só faltou Jesus para receber a chave das mãos da prefeita!!Que rídiculo!!
Anônimo disse…
O que Jesus e Papai Noel tem em comum, se oferecer a chave da cidade a eles ?

Nao vao aparecer pessoalmente para recebe-la, porque nao existem como personagens reais.
Anônimo disse…
Anotem o nome dela. Carmem Lima Duarte e observem a vida dela. Fernando.
Tsuki disse…
que nojo,crente e do DEM(PNL,ARENA...)
Anônimo disse…
Normalmente, quando não se pode comparecer a uma entrega de prêmio, se grava um video agradecendo e tal....

Jesus é muito grosso.
Anônimo disse…
Jesus tem culpa do erro dos outros agora eu vou robar e botar a culpa nos outros vcs são cegos surdos ou se fazem de cego satanas faz as coisas erradas que leva a culpa e Jesus.
Rita Candeu disse…
mas esse povo é sem noção mesmo

e -> R I D Í C U L O S
Cosme Souza disse…
Cúmulo do absurdo!
Anônimo disse…
Vocês com suas bocas sujas, gente cheia de pecado e erros, tem a coragem de falar de Jesus? Lavem as suas bocas imundas antes de falar Dele. O Que pensam que vocês são? Meros mortais que não sabem nem de onde vieram. Vocês sabem quem é Jesus? Um dia saberão da pior maneira. Fernando
SATANÁS disse…
CRENTE, EVANGÉLICO= RETARDADO!! JESUS FOI O PRIMEIRO HIPPIE DA HISTÓRIA E MORREU POR SER CONTESTADOR E CRÍTICO, NÃO UMA OVELHINHA QUE DIZIA AMÉM PRA TUDO. CERTO, FERNANDO OU ANÔNIMO!!!!!!
Anônimo disse…
esta prefeita fez o certo,tem prefeito e politicos indo na macumba,na missa,e ninguem critica pois vcs são um bando de hipócritas.

Agora esta cidade vai prosperar.

Soy Punk q largou o anarquismo e fui p Cristo
Anônimo disse…
Prosperar????Como as falcatruas da bancada evangélica?Vai ter ambulâncias e sanguessugas?
Anônimo disse…
O Valdemiro vai traficar armas para os criminosos dessa cidade?
Anônimo disse…
Bando de retardados.
Carlos B. disse…
Interessante, a chave foi "entregue" a Jesus.
O que podemos esperar dessa cidade agora?

1- Vai ser a melhor cidade do mundo;
2- Vai ter a população mais devota do mundo;
3- Vai continuar a ser como qualquer outra cidadezinha de interior com suas pequenas particularidades;
4- Só deus sabe.

Eu gostaria de lembrar que já escovei os dentes depois da última refeição.
Cristão disse…
Ao meu ver, Deus não deve explicações ao homem. Tudo que Ele tem a dizer está na Bíblia ou é revelado aos seus servos. Mais uma coisa sei. Está Escrito: "Aos que me honram Eu honrarei, porém os que me desprezam, serão desmerecidos".
Anônimo disse…
Deus tambem disse :aqueles que ficarem puxando meu saco,esperando favores , mandarei eles para a puta que pariu
Anônimo disse…
É deprimente a cena de alienação religiosa e politica, uma cena de graphic novel surrealista. A representante do Poder Público ENTREGA a cidade a um personagem irreal, inexistente, fantástico, mitológico, que nem ressuscitou, nem tem vida humana, social nem política...Em outras palavras, os cidadãos estão confiados a qualquer instância imaginária, menos à Responsabilidade Social do Estado pelo serviço ao bem público, ou ao dever de contribuir para a paz e segurança coletiva. Depois de admitir sua total incompetência , o Estado omisso apela pra qualquer figura do imaginário coletivo, que poderia ser o trancarua, o zépelintra ou o Rei Momo do Carnaval, que diferença há entre produtos da mitologia hebraica ou afro-umbandista, carnavalesca e os desenhos animados? Chega a ser hilário, pela comparação , na Índia um governo entregar a chave da cidade a Shiva ou Gamesh, no Japão a Amaterasu, na China a Lao Tsé, ou no Vietnan a Sidarta... Quanto atraso ainda teremos de contemplar, quanta miséria social e política decorrentes do obscurantismo e superstição religiosos veremos?
Anônimo disse…
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk carmem va trabalhar o povo quer saude segurança de qualidade um sus 100% para atender bem toda a população os jovens quer cursos emprego as crianças querem escolas de qualidade e a senhora fica com blablabla dando chave pra jesus ! jesus não precisa de chave não cuide das crianças vá trabalhar pelo amor de deus que ele sem duvidas ficara + feliz.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Evangélico, chefão do tráfico no Rio manda fechar igrejas católicas

Escola Estadual Igreja Evangélica muda de nome e deixa de afrontar o Estado laico

Milagrento Valdemiro Santiago radicaliza na exploração da fé

Lei anti-ciência de Ohio permite que alunos deem resposta com base na religião

Pai de vocalista dos Mamonas processa Feliciano por dizer que morte foi por ordem de Deus

Ministro do STF critica a frase ‘Deus seja louvado’ do real

Marco Aurélio lembrou  que somente no  império  a religião era obrigatória  O ministro Marco Aurélio (foto), 65, do STF (Supremo Tribunal Federal), disse que não consegue conceber “que nas notas de moedas do real nós tenhamos ‘Deus seja louvado’”, porque isso fere a laicidade do Estado. Em uma entrevista ao UOL, lembrou que na argumentação de seu voto favorável à descriminalização do aborto de fetos anencéfalos, em abril, ressaltou que o Brasil não está mais no império, “quando a religião católica era obrigatória e o imperador era obrigado a observá-la”. “ Como outro exemplo de incompatibilidade com o Estado laico ele citou o crucifixo do plenário do STF. “Devíamos ter só o brasão da República.” Aurélio elogiou a decisão do Tribunal de Justiça gaúcho pela retirada do crucifixo de todas as suas dependências, o que demonstra, segundo ele, que o Rio Grande do Sul é um Estado que “está sempre à frente em questões políticas”. Celso de Mello, outro ministro do Supremo, já

Intel deixa de ajudar escoteiros que discriminam gays e ateus

Estudante expulsa acusa escola adventista de homofobia

Arianne disse ter pedido outra com chance, mas a escola negou com atualização Arianne Pacheco Rodrigues (foto), 19, está acusando o Instituto Adventista Brasil Central — uma escola interna em Planalmira (GO) — de tê-la expulsada em novembro de 2010 por motivo homofóbico. Marilda Pacheco, a mãe da estudante, está processando a escola com o pedido de indenização de R$ 50 mil por danos morais. A primeira audiência na Justiça ocorreu na semana passada. A jovem contou que a punição foi decidida por uma comissão disciplinar que analisou a troca de cartas entre ela e outra garota, sua namorada na época. Na ata da reunião da comissão consta que a causa da expulsão das duas alunas foi “postura homossexual reincidente”. O pastor  Weslei Zukowski (na foto abaixo), diretor da escola, negou ter havido homofobia e disse que a expulsão ocorreu em consequência de “intimidade sexual” (contato físico), o que, disse, é expressamente proibido pelo regulamento do estabelecimento. Consel

PSC radicaliza ao dar apoio a Feliciano, afirma Wyllys

por Ivan Richard da Agência Brasil Deputado disse que resposta também será a radicalização O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), na foto, criticou a decisão do PSC de manter o pastor Marco Feliciano na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorais da Câmara. Para Wyllys, o acirramento dos ânimos por parte do PSC pode provocar ainda mais confusão nas sessões da comissão. Feliciano é acusado por de ter feito afirmações homofóbicas, como a de que a "Aids é câncer gay", e racistas. “Não falo em nome do movimento [LGBT], mas, se um lado radicaliza, o outro tende a radicalizar. Se o PSC radicaliza e não ouve a voz dos movimentos socais, das redes sociais, o pedido para que esse homem saia da presidência, se a tendência é radicalizar e não dar ouvidos, é lógico que o movimento radicalize do outro. Isso não é bom para a Câmara, para o Legislativo, para o PSC, nem para o país”, disse Wyllys. Wyllys afirmou que as lideranças do PSC estão “confundindo” as criticas ao