Pular para o conteúdo principal

Texto encontrado na casa de atirador é de pastor adventista

Demóstenes Neves da Silva, 53, pastor adventista da Bahia, é o autor de um dos três textos religiosos encontrados na casa de Wellington Menezes de Oliveira, 23, o atirador do Realengo.

O texto fala sobre alma, espírito e inferno, além dos temas do seu título, Morte e Ressurreição.

O pastor disse que “provavelmente” os outros textos também sejam de sua autoria. Nenhum faz apologia da violência.

"Escrevi tanta coisa que não lembro de tudo, mas são temas correlatos e creio que todos sejam meus."

Ele afirmou que até 2003 respondia perguntas sobre religião em um site adventista. Provavelmente, disse, os textos foram publicados nesse site, que não mais existe.

Atualmente, Silva só faz pregações esporádicas. A sua principal atividade é dar aulas nas Faculdades Adventistas da Bahia, na cidade de Cachoeira, a 105 km de Salvador.

Íntegra do texto


Com informação da Folha.

Líder religioso confirma que atirador foi da Testemunhas de Jeová.
abril de 2011

Caso do atirador do Realengo.

Comentários

  1. Vamos ler e ouvir milhões de vezes religiosos negando que a religião tem culpa nesse caso de Realengo. Cada prova que aparecer vão negar. Mas para mim isso esta bem claro, a religião teve sim uma grande parcela de culpa.

    ResponderExcluir
  2. CRENTES SÃO UMA PRAGA MESMO........

    Olha que desgraça que a religião crente provocou na cabeça desse moleque....

    ResponderExcluir
  3. Religião é tudo droga.Adventistas outra seita perigosa!!

    ResponderExcluir
  4. Culpar a religião pelo ato de um doido é ridículo. O cara é pirado, com notório problemas mentais e as pessoas tiram a culpa dele para colocar na religião ou num pastor q num teve nada a ver com isso!!! A própria Folha disse q o texto do pastor não faz apologia a violência. Culpar a religião ou o pastor é desviar do verdadeiro culpado.

    Um exemplo disso...
    Hitler utilizou do evolucionismo para justificar o Holocausto. Se vc olhar a fundo da história verá q o argumento da raça ariana ser melhor, pq ela era "mais evoluída" E ninguém coloca a culpa no evolucionismo, todo mundo sabe q Hitler era um cara desequilibrado, e ele se baseou em um teoria para justificar seus atos. Agora cadê a culpa do evolucionismo nessa história??? Todo mundo joga a culpa em Hitler, o verdadeiro culpado.

    Da mesma forma essa história do Realengo. A culpa é daquele doido atirador. As Testemunhas de Jeová (religião da mãe do cara) não tem nada a ver com a história (olha q eu num gosto nem um pouquinho dos TJs). Os adventistas tb não tem nada a ver. Olha o texto do pastor na intregra e seja sincero... O texto NÃO FALA NADA DE VIOLÊNCIA, nem mesmo dá margem a isso. O texto ta tratando de outro assunto.

    Dizer q foi a religião q colocou isso na cabeça é besteira. Só um IGNORANTE pra dizer isso. Vai primeiro em uma igreja dos TJs ou dos adventistas, vai ver primeiro o q eles pregam antes de dizer uma coisa dessas.

    Ele era um desequilibrado, um doido q só fez um mistura de islã com cristianismo para poder justificar um ato q no próprio subconsciente dele sabia que era errado. Do contrário ele não necessitava de justificar os seus atos...

    Vamos culpar o verdadeiro mostra na história, que foi aquele rapaz. A religião não tem culpa .

    ResponderExcluir
  5. Rídiculo e imoral é querer mistificar a coisa para livrar a cara da religião.Religião nunca foi flor que se cheire!!!!

    ResponderExcluir
  6. Não descriminem doentes mentais.Eles não premeditam o que fazem!!!!!!.Esse cara premeditou o que fez por tanto não é mental!!!!!!A m... da religião foi,sem dúvida a causa desse atentado do mesmo jeito que foi a causadora dos atentados terroristas de 11 de setembro.É no mínimo desonestidade intelectual negar isso...Religião é porcaria.Foi inventada para alienação e dominação de massas incultas e incautas.

    ResponderExcluir
  7. Esses religiosos sicários vão negar isso até o fim!!!Toda obviedade,notoriedade e evidências apontam nitidamente no sentido de culpa da religião e da própria religiosidade do criminoso e eles vão culpar o capeta,doenças mentais,irreligiosidade,o rio de Piracicaba ou a rodovia Transamazônica e até os ateus.COVARDES!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. São covardes,mentirosos,mistificadores e querem afastar o elo que liga a religião a essa monstruosidade.Foi um massacre motivado pelo fundamentalismo religioso sim!!!!Porque esses religiosos asquerosos não fazem igual aos lunáticos da seita daquele tal de Apple White e somem logo de um fez dessa terra?

    ResponderExcluir
  9. A igreja Batista de Westboro nos E.U.A queriam impedir as crianças e adolescentes de assistirem a um show de Justin Bieber kkkkkkkkkkkk.....São uns doidos fanáticos mesmo kkkkkkkkkkkk.......Religião só paga mico e quem segue também!!!!!Depois querem culpar os outros.

    ResponderExcluir
  10. Religião deveria ser indicada com bula de droga pesada.Causa mais males do que bem.

    Wander

    ResponderExcluir
  11. ATEUSSSSSSSS hi hi hi hi hi ....... voces ainda tem medo de..............HI HI HI .......

    ResponderExcluir
  12. Pai perdoa eles naum sabem o ke estaum escrevendo...


    Sinto muito disse mais o Pastor soh postou o ke a biblia diz e a biblia foi um livro deixado por Deus pra nos!!!!
    Senhor conforte as familias dessa crianças...

    ResponderExcluir
  13. "Pai perdoa eles naum sabem o ke estaum escrevendo..."

    repreende jesuisss esse português malígno. Cai por terra português diabólico!!!

    ResponderExcluir
  14. TENHA MISERICORDIA HÓ DEUS DESSES INCREDULOS, ATEUS QUE NÃO CONHECE A TUA PALAVRA E FICAM JUGANDO. QUANDO CAIREM NA REAL SERA TARDE DE MAIS

    ResponderExcluir
  15. se foi por questão religiosa, pq ele pede perdão aos pilares da religião que ele supostamente cre?

    ResponderExcluir
  16. Tudo absolutamente tudo nesse funesto e triste caso aponta para a religião como a motivadora real da terrível matança do Realengo.

    ResponderExcluir
  17. Não sou advogado dos adventistas, mas o texto estava "na casa" do cara. Não se sabe nem se ele chegou a ler. E se leu nada prova que influenciou. E como influenciaria se o conteúdo não se relaciona com o ato louco cometido? Sabemos que grande parte da população tem dificuldade de entender o que lê e isso fica claro na opinião de alguns que querem ligar o texto com o evento. Podia ter qualquer outro texto na casa e nada tem relação com os atos do matador. Lamento que igrejas aproveitem para atacar os adventistas,isso prova que o preconceito religioso é alimentado por eles mesmos e parece que têm dor de cotovelo dos adventistas. Não está em jogo religiões, mas a motivação do crime. ESTE SITE OMITIU DE FORMA DESONESTA A FRASE DA REPORTAGEM ORIGINAL DA FOLHA QUE DIZ QUE OS TEXTOS NÃO FAZEM APOLOGIA AO CRIME E NEM INCITAM À VIOLÊNCIA.
    Aliás, no texto original que li da Folha o texto do pastor é o outro muito mais profundo sobre o inferno e nada tem a ver com o crime.
    Trata-se de sencionalismo para conseguir aparecer e vender jornal por parte de sites DE TERCEIRA CATEGORIA COMO ESTE.

    ResponderExcluir
  18. O anônimo das 23:21 não leu direito. Está e sempre esteve no terceiro parágrafo do post: "Nenhum (dos três textos) faz apologia da violência".

    ResponderExcluir
  19. Se esse rapaz tivesse lido e gostado do que leu nesse texto nunca teria matado ninguém. Se ele realmente tivesse lido a bíblia e crido em Deus que nos criou e que julga um mundo desobediente,jamais teria coragem de matar.

    ResponderExcluir
  20. tinha quer ser um pastor co-autor do crime. Não adianta a bíblia deveria se chamar manual de eliminação do outro

    ResponderExcluir
  21. Essa tragédia foi ,sem dúvida,motivada pela religião.

    ResponderExcluir
  22. Deus nos deu livre arbítrio para acreditarmos no que quiséssemos.

    O importante é não fazermos o mal e criarmos nossos filhos para que eles sejam bons ao mundo, com respeito ao próximo.

    Este garoto se desviou por muitos motivos, não só pela influência religiosa.

    Que todos tenhamos a consciência de que o mundo em que vivemos nós é que fazemos.

    ResponderExcluir
  23. Sua carta chega a ser cruel. Em quatro páginas você consegue mostrar o que
    um verdadeiro evangélico não pode ser. Seus irmãos mais instruídos na fé sentiriam vergonha de ler o que você disse em sua carta contra nós católicos e contra Maria. O irônico de tudo isso é que, enquanto você vai para lá
    agredindo a mãe de Jesus e diminuindo o papel dela no cristianismo, um número enorme de evangélicos, fala dela, hoje, com maior carinho e começa a compreender a devoção dos católicos por ela.
    Você pegou o bonde atrasado e
    na hora errada e deve ter ouvido os pastores errados, porque, entres os
    evangélicos, tanto como entre nós católicos, Maria é vista como a primeira
    cristã, e a figura mais expressiva da evangelização depois de Jesus. Eles
    sabem da presença firme e fiel de Maria ao lado do filho divino.
    Evangélico hoje, meu caro, é alguém que pautou sua vida pelos evangelhos e, por ser um bom evangélico, não é preciso agredir nem os católicos nem a Mãe de Jesus.
    Você é muito mais antimariano do que cristão ou evangélico. Seu negócio é
    agredir Maria e os católicos. Nem os bons evangélicos querem gente como você no meio deles.
    Quanto ao que você afirma, que nós adoramos Maria, sinto pena de você.
    Enquanto católico, segundo você afirma, já não sabia quase de bíblia por culpa da nossa igreja, agora que virou evangélico parece que sabe menos ainda de bíblia, de Jesus, de Deus e do reino dos céus.
    Está confundindo culto de veneração com culto de adoração, está caluniando quem tem imagens de Maria em casa ao acusá-los de idólatras. Ora, Paulo, há milhões de católicos que usam das imagens e sinais do catolicismo de maneira serena e inteligente, e você usava errado, teria que aprender.
    Ao invés disso foi para outra igreja aprender a decidir quem vai para o céu e quem vai para o inferno. Tornou-se juiz da fé dos outros.
    Deu um salto gigantesco em seis meses, de católico tornou-se evangélico, pregador de sua igreja e já se coloca como a quarta pessoa da Santíssima Trindade, porque está decidindo quem vai para o céu e quem vai para o inferno.
    Mais uns dois anos, talvez dê um golpe de estado no céu e se torne a primeira pessoa da Santíssima Trindade. Então talvez, mande Deus avisar quem você vai por no céu e no inferno.
    Sua carta é pretensiosa. Sugiro que estude mais evangelismo, e em poucos anos, estará escrevendo cartas bem mais fraternas e bem mais serenas do que esta. Desejo de todo o coração que você encontre bons pastores evangélicos. Há muitíssimos homens de Deus nas igrejas evangélicas que ensinarão a você como ser um bom cristão e como respeitar a religião dos outros.
    Isso você parece que perdeu quando deixou de ser católico. Era um direito que você tinha: procurar sua paz. Mas parece que não a encontrou ainda, a julgar pela agressividade de suas palavras.
    Quanto a Maria, nenhum problema: é excelente caminho para Jesus. Até porque, quem está perto de Maria, nunca está longe de Jesus. Ela nunca se afastou, tire isso por você mesmo.
    Se você se deu ao trabalho de me escrever uma carta para me levar a Jesus, e se acha capaz disso, imagine então o poder da mãe de Deus! De Jesus ela entende mais do que você. Ou, inebriado com a nova fé, você se acha mais capaz do que ela? Se você pode sair por aí escrevendo cartas para aproximar as pessoas de Jesus, Maria pode milhões de vezes mais com sua prece de mãe. Ela já está no céu e você ainda está aqui apontando o dedo contra os outros e decidindo quem vai ou quem não vai para lá. Grato por sua carta. Mostrou-me porque devo lutar pela compreensão entre as igrejas.

    FONTES
    Pe Zezinho, scj

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Bolsonarista se recusa a tomar vacina e morre de reinfecção de Covid-19

Crise da Universal em Angola chega à África do Sul com acusações de exploração e abortos forçados

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade