Deputado apresenta o projeto 'Papai do Céu na Escola'

Deputado-pastor disse que religião
transmite "princípios éticos"
O deputado evangélico Marco Feliciano (PSC-SP) apresentou um projeto de lei que, se aprovado, criará o programa "Papai do Céu na Escola", para orientar as escolas que têm ensino religioso.

Feliciano defendeu o seu projeto com o argumento de que a religião contém os “princípios éticos e morais da sociedade” que precisam ser transmitidos às crianças.

Ele disse que o “Papai do Céu” assegura a diversidade religiosa do Brasil.

É o primeiro mandato de Feliciano. Valendo-se do seu conservadorismo, ele tem tentado sair da esfera do chamado “baixo clero”, a dos deputados inexpressivos.

Recentemente ele conseguiu chamar a atenção no Twitter ao escrever que “os africanos descendem de ancestral amaldiçoado de Noé”, o que explica a grande ocorrência na África de “paganismo, ocultismo, misérias e doenças como ebola”.





Com informação do site de Marco Feliciano.

Ateia americana vai à Justiça para que escola retire oração de mural.
abril de 2011

Marco Feliciano   Religião no Estado laico.

Comentários

Anônimo disse…
Sempre tem algum merda pra ir na contramão do avanço social.
Anônimo disse…
Totalmente na contramão....Projeto tolo e o pior é que uma m... destas pode ser aprovada.
Franzoi disse…
Tenho 2 filhos, eu simplesmente me nego aceitar que a escola deles ensinem qualquer coisa sobre religião. Apesar de minha familia ser muito religiosa, não permito que meus filhos sejam catequisados e que os avós os levem as missas, e isso é muitas vezes motivos de discussão.
Já disse a eles, que quando tiverem idade suficiente e discernimento podem escolher a religião que desejarem.
Quem quiser educar seus filhos ou catequisa-los, não sei se tem todo esse direito, mas em todo caso, que levem seus filhos as escolas e locais de catequisição, e que fiquem por lá.
Para as crianças não seguirem religião é muito fácil para elas, pois eu acho que são naturalmente contra as religiões, e muitas vezes, se não dizer todas, as religiões são incutidas na mente delas sem chance deleas conhecerem outras verdades.
Anônimo disse…
Essa gente não entende que religião não deve ser papel da escola ensinar.
Anônimo disse…
E quanto as crianças e religiões que não acreditam em papai do céu?
Anônimo disse…
Inconcenbível e anti constitucional, o estado é laico. Ou ao menos deveria ser se respeitassem as leis de fato.
Anônimo disse…
boa feliciano ,mas as escolas já tiveram uma disciplina ligada a religão, acho que não da certo porque as crianças são influenciadas por atores de novelas de filmes e artistas em geral, e os professores estão depreparados , na igreja o povo aprende por que estão lá exclusivamente para exercer a fé, e não p/ fazer calculos ou decorar textos.
Anônimo disse…
Não acho que ninguém aprenda nada em igrejas pois quanto mais frequentam mais fanatizadas,radicalizadas e desmioladas ficam.
magmamater disse…
Papai do céu na escola para ensinar ignorância. Afinal o que é isto de, “os africanos descendem de ancestral amaldiçoado de Noé”? Não cheira a racismo?
Anônimo disse…
E a gente ainda tem de pagar o salário desse imbecil.
Anônimo disse…
Noé não é o Utnashiptin?Não é a mesma lenda ou a mesma bosta?
Anônimo disse…
Quem quiser conhecer melhor o ministério do pastor deputado é só acessar o youtube.com:
http://www.youtube.com/watch?v=50Pb7RImPV0
http://www.youtube.com/watch?v=YAU8Yp23rPM&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=YAU8Yp23rPM&feature=related
http://www.youtube.com/watch?v=rDm-6zkoVew&feature=related
Absurdo? Não...simplesmente patético. E vulgar.
Anônimo disse…
Meus caros,mais interessante seria reinações de Narizinho ou caçadas de Pedrinho de Monteiro Lobato,o homenageado do dia do google.Pica-pau Amarelo mais interessante para crianças que a gibíblia.Eu quando era criança detestava religião e bíblia mas gostava dos contos de Monteiro Lobato.Esse projetinho desse tal deputado é uma tentativa de lavar os cérebros das crianças para quando adultos serem massa de manobra das malditas seitas crentes.
Antonio disse…
Atualmente a escola não ensina porcaria alguma. Nós, professores somos mal remunerados, o sistema de ensino é um lixo, não se oferece condições para o corpo docente exercer seu papel... Esse deputado louco vem com essa história de papai do céu. E essa gente de que vem fale de estado laico. Nosso estado não é laico, nosso estado é podre. Vejo um monte de gente contra o ensino religioso. Precisamos de gente que lute com o péssimo ensino brasileiro. Nossas escolas públicas são nojentas. O Estado Laico não deve favorecer religião, mas deve oferecer ensino de qualidade. Eu mesmo já estou cansado de ser ameaçado por traficantes na escola onde leciono. Outros muitos professores dão o mesmo testemunho, e, nosso Estado Laico, não nos dá condições de segurança para educarmos nossas crianças e jovens. Sou ateu, mas só recebemos apoio de algumas igrejas na comunidade onde se localiza nossa escola. O Poder público é ausente. Estamos largados à nossa própria sorte. Sou ateu graças a Deus, mas quando me vejo ameaçado por traficantes que usam nossos alunos para espalhar toda espécie de droga, tenho vontade de rezar... Se nosso Estado é Laico ou religioso eu não sei. Só sei que nosso Estado é uma m... Estou de saco cheio de escutar opinião de gente que mora dentro de escritório e não sabe o que é verdadeiramente a realidade. Eu não acredito no Estado... Vivemos sob a barbárie...
Ricardo disse…
EU concordo com todos que etão opinando na escola não se deve ensinar religão na realidade os pais tem que ver o que e melhor p/ os filhos mas se o pai não tem uma religião coitados dos filhos porque na escola seu filho entra sem falar um palavrão quando sai sai falando giria na malandragem e quando seus filhos e convidado por alguem que vai p/ igreja muitas das vezes e dessa forma NÃO QUERO VC FALANDO COM AQUELE RELIGIOSO porque ele e louco ou fanatico aprender oque ebom ninguem que mas o que não presta todo mundo aplaudi.
Anônimo disse…
E quem disse que religião ensina e pratica o que é bom?
Anônimo disse…
Vão ensinar às criaças a lavar dinheiro?
Anônimo disse…
Esse tal Feliciano é aquele racista que falou dos africanos outro dia?
Anônimo disse…
Ricardo você é muito burro. O fato de uma pessoa ter religião não reflete no péssimo desenvolvimento do filho. Eu não tenho religião e se algum dia tiver filhos vou criá-los dentro da SOCIOLOGIA. O que religião ensina de bom? A lavar dinheiro? A discriminar as pessoas? A divisão entre os povos? No caso dos evangélicos seria a gritar e a ensinar como tirar dinheiro dos pobres? Concordo com o professor ali em cima: Vivemos num estado laico, onde os ensinamentos da escola não devem se basear na existência de Deus. O Brasil precisa de investimento na educação e ao invés disso esse deputado vem pedir que ensinem sobre Deus na escola? Faça me o favor seu otário!
Anônimo disse…
vai pro inferno feliciano racista do k-ralho
Anônimo disse…
Muitos julgam que ser Cristão é loucura ou fanatismo, mais se esquecem que falamos que tbm somos a a imagem de Deus e seus filhos, muitos dizem que são filhos de Deus e não crêem na Justiça de Deus, se vc for realmente filho de Deus, andará como o pai ensina, se não nasceram de um big-bang,o que sobra de uma explosão, RESTO,NADA,DESTROÇOS OU MERDA NENHUMA, então se vc não crê em Deus, vc é tudo isso.
Anônimo disse…
Como o mundo e os Seres humanos foram gerados? podem responder, aqueles que não aprovam, ou julgam fanatismo.
Anônimo disse…
Perguntem pro valdomiro da mundial
Anônimo disse…
Projeto ridículo. Esses deputados não tem msm o que inventar..
bruno servo de deus disse…
ateu quanto mais voces falam da igreja de cristo maior ela fica continuem assim kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Anônimo disse…
O que será que esta faltando para os nossos jovens?
Todo dia A mídia nos confronta o quanto nossa juventude está sem valores,dirigem alcolizados,violência,promiscuidade,drogas e pais e mães chorando a morte ou a prisão de seus filhos.
O que precisam? De valores,infelizmente por falta de tempo ou por omissão os pais esqueceram, que para criar um ser humano de bem eles precisam de valores,valores esses que Deus nos ensina tão bem,como: Amar ao teu próximo como a ti mesmo.
Guardar o corpo das impuresas,pois ele é o templo de DEUS.
Honrar pai e mãe e etc.
Quem não gostaria que seus filhor tivesse estes valores no coração.
Não falo de RELIGIÃO, mas sim de DEUS, religião é feita de homens e homens são falhos,estou defendendo aqui valores inquestionáveis dos quais DEUS tem a oferecer.
Amigos deixemos as nossas diferenças de lado,nós deixamos tantas coisas nocivas entrar em nossos lares como:a internet com seus sites pornográficos, o video game com seus jogos violentos,os programas de tv com seus conteudos inadequados, então que mal pode haver no ensino de valores fundamentais como o AMOR E O RESPEITO ao próximo.
ENSINA A CRIANÇA NO CAMINHO EM QUE DEVE ANDAR, E AINDA QUANDO FOR VELHO NÃO SE DESVIARÁ DELE. PV.22.6
A PAZ PARA TODOS!!!!!
Meus devaneios disse…
E o lanche das crianças..Vão pegar como pagamento do dizimo?
Anônimo disse…
Esse cara é um débil mental.
Rubens Alves disse…
Concordo cara. A religião atrasa a mentalidade(restringe de informações que elas precisam ter sobre o mundo e sobre a própria religião) das pessoas e as obrigam a fazer coisas que essas não querem fazer como o jejum e autoflagelo.Nada contra pra quem acredita em deus,(ou deuses) mas tenho um certo desentendimento com quem tem muita ligação com a igreja e quer que todos tenham a mesma ideia e não aceita as diferenças(muitas vezes fui descriminado por ser ateu), até porque isso é a base de todo tipo de descriminação(seja ela racial ou religiosa). Rubens Alves JP/PB
Rubens Alves disse…
que elas precisam ter sobre o mundo e sobre a própria religião) das pessoas e as obrigam a fazer coisas que essas não querem fazer como o jejum e autoflagelo.Nada contra pra quem acredita em deus,(ou deuses) mas tenho um certo desentendimento com quem tem muita ligação com a igreja e quer que todos tenham a mesma ideia e não aceita as diferenças(muitas vezes fui descriminado por ser ateu), até porque isso é a base de todo tipo de descriminação(seja ela racial ou religiosa). Rubens Alves JP/PB
O grilo falante disse…
O ensino religioso nas escolas de hj é cientifico fala sobre a historia e a tradição de todas as religiões oque esse cara quer fazer é colocar a religião dele como unica isso é inaceitavel
Anônimo disse…
Rídiculo isso! Como professor me recusaria a dar uma aula assim! Tantas coisas para se fazer,ex:escolas (BOAS) e faz essa merda!
Anônimo disse…
Cara Cara esses crentes só não vão para o inferno porque o coisa ruim não quer concorrentes.
Daniel Loureiro disse…
quando vi a imagem achei que era brincadeira, do tipo "Papai do céu é mal-educado. Está na hora de ser educado: Papai do céu na escola". Mas depois vi que a ideia não era esta :(
Anônimo disse…
É nisso que dá acreditar em seres imaginários
Anônimo disse…
"Esse projetinho desse tal deputado é uma tentativa de lavar os cérebros das crianças para, quando adultos, serem massa de manobra das (...) seitas..."

Anônimo. Obrigado. De verdade.

Tou te devendo uma caixa de birita por esta constatação tão sóbria.
O projeto desse mininu é uma afronta para cérebros mais treinados. Uma afronta.
Sim. Nitidamente uma tentativa de lavar os cérebros jovens. Ainda sem tantas defesas que terão quando estiverem mais velhos. Com mais Conhecimento, fica bem mais difícil a manipulação.

#Nénão?
Anônimo disse…
Vamos abrir o jogo.
Geralmente numa escola, quando decidem ensinar a disciplina "Religião", ma imensa maioria das vezes é meramente a católica. Ou protestante. É. Ou Flamengo ou Vasco.

Alguém aí está sabendo de um colégio que estabeleça, nessa disciplina "Religião", um Eixo Cronológico com cada uma das religiões famosas dos 5 Continentes? A História dessas Religiões? Debatendo suas crenças e costumes, de forma imparcial?
SEM INSINUAR MAIOR VIABILIDADE DE UMA SOBRE AS OUTRAS?
E sobre Lutero, o Protestantismo, as Evangélicas e as suas várias denominações?
(Igreja Metodista Wesleyana? QUEM é esse Wesley?)

E sobre o fato de que se classifica uma crença de "seita" não como um termo pejorativo, mas pelo seu tempo menor de invenção e pelo seu número de membros, se comparada com as mais antigas e famosas? Judaísmo, Budismo, Cristianismo, Islamismo etc. etc. etc.

E quanto às religiões orientais? E quanto às religiões africanas? E quanto às religiões da Oceania?

Alguém aí sabe de um colégio que ensine "Religião" conferindo parâmetros entre o Kardecismo, a Umbanda e o Candomblé, e explicando sobre Magia Negra e Kimbanda e, ainda, Wicca e Neopaganismo?

E que a pessoa procure uma religião por interesses espirituais, não por motivos éticos? (porque a FILOSOFIA já nos indica o Caminho Ético: a noção de Certo e Errado já nasce dentro de cada indivíduo, a Ética deve orientar cada ato do indivíduo, não havendo, portanto, a menor necessidade de uma pessoa procurar uma religião para receber um Código de Conduta (sobre o que é agir certo ou errado). A isso cabe a Ética, a Filosofia, e não a Religião, que merece tratar de aspectos espirituais, como por exemplo, se a consciência sobrevive após a morte.)


E aí? Alguém conhece um colégio assim?
#euquero