Afegã presa por ter sido violentada terá de se casar com estuprador

Gulnaz e filha estão em uma prisão de Cabul
Gulnaz (foto), 21, ainda se lembra do mau cheiro do homem que a estuprou dois anos atrás. “Ele estava com a roupa suja do seu trabalho”, disse à CNN. “Quando minha mãe saiu para ir a um hospital, ele entrou em minha casa e trancou as portas e janelas. Comecei a gritar, mas ele colocou as mãos sobre minha boca.” 

Desde então a vida de Gulnaz mudou radicalmente. Ela ficou grávida do estuprador e foi condenada por um Tribunal do Afeganistão a 12 anos de prisão por adultério. O homem que a violentou era na época marido de uma sua prima.

Com a sua filha, a jovem está cumprindo a pena em uma prisão de Cabul. Só tem um jeito de ela sair dali antes de todo o período da condenação: casar com o seu estuprador (que também está preso) para voltar a ser "honrada". É o que ela decidiu fazer para continuar com a filha. Se não for assim, terá de doar a criança.

Casos como a de Gulnaz são frequentes.

Cinegrafistas contratados pela União Europeia filmaram Gulnaz e outras mulheres em situação parecida com a dela para um documentário sobre o desrespeito aos direitos humanos no Afeganistão.

A União Européia desistiu do projeto após as gravações iniciais porque teme que as mulheres que deram depoimento com o rosto a descoberto sofram retaliações das autoridades.

A República Islâmica do Afeganistão, nome oficial do país, tem cerca de 34 milhões de habitantes. Lá, por conta principalmente da religião, as mulheres são tratadas como seres de segunda categoria.

PERDÃO - atualização em 3 de dezembro de 2011

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, concedeu perdão a Gulnaz em caráter incondicional, de acordo com as agências internacionais de notícias. Antes, a sentença de 12 anos de prisão teria sido reduzida.
Com informação das agências e da CNN.

Fanatismo islâmico.     Violência contra mulher.      Intolerância.

Comentários

Anônimo disse…
No Brasil não estamos longe de isso ocorrer...
Israel Chaves disse…
Os caras prendem mulheres por ter sido estupradas e depois querem que respeitem sua religião.
Sinceramente, quando o fanatismo chega a esse ponto, respeito perde o sentido. Dá vontade de dar uma de Bush e invadir aquele país na base da força.
Pena que isso não resolveria; mesmo que fosse feito algum tipo de operação especial para interferir e resgatar prisioneiras como essa, ainda teriam aquelas que achariam que está certo elas estarem presas e tal. A lavagem cerebral deles é das boas.
juliano disse…
uma mulher ser presa por ser estuprada? eu li isso direito?
esse mundo é uma grande decadência!!
Anônimo disse…
Xiiii! O que tem de pedagoga e psicóloga da PUC e USP com pena dos estupradores não está no gibi!
Anônimo disse…
Quanto mais religião, mais absurdos. O que o povo está esperando para eliminar de vez a existência das religiões?
Partita disse…
Apesar desse e de muitos outros exemplos como esse, ainda tem gente que apóia religião. O constrangedor é que os que apóiam são a maioria, a boa notícia é que os que são contra são os mais inteligentes e importantes.
Anônimo disse…
Isto é inconcebível...
E olha que as brasileiras ainda reclamam!
الملتحي disse…
الملحدين هم البلهاء... الرأسماليين ، وغير أخلاقي ، وغبية وغريبة لأنها سوف الصفحة المترجم أن يعرف ما كتبت!

سخيفة!
Anônimo disse…
Acredito que a culpa não seja da RELIGIÃO em si o problema/culpa são as pessoas e sua visão deturpado do conceito RELIGIÃO,Sociedade etc. Pessoas que não sabem nada à respeito creditam o fato ao credo alheio, mas vale lembrar que muitas pessoas cometem crimes bárbaros tanto lá fora como aqui no Brasil e quando vamos examinar a pessoa nem religiosa é. Acho uma falta de decoro jogar a culpa em Deus,a pessoa comete um erro por livre e espontânea vontade. Ter uma religião ou não, não muda,acrescenta,reduz caráter de ninguém. A pessoa é o que é acreditando ou não em Deus. Eu acredito e realmente sei no que eu acredito.
Lucio Ferro disse…
O que esperar de um povo tosco que segue um "profeta" estuprador de crianças?
Israel Chaves disse…
Anônimo troll, o que está sendo criticado não é uma pessoa, um indivíduo. É a lei de lá, que é baseada em religião. Então sim, o problema é a religião em si. É a religião que manda prender mulheres estupradas, porque obviamente ser estuprada é um crime indesculpável. Essas mulheres ficam por aí sendo estupradas e ainda querem ser livres?
Caruê disse…
Tem alguns trechos da bíblia que citam que em caso de estupro a mulher deve casar com o estuprador e pagar uma multa a familia. Pessoas praticam as maiores barbaridades em todos os cantos do mundo, matam e estupram.
Vão brotar estupradores ate mesmo na Suíça no entanto apenas um religião doentia vai ser capaz de convencer o povo de que uma mulher por ter sido estuprada, deve ser punida com o estupro pelo resto da vida com seu algoz.
Anônimo disse…
o islã é um atraso de vida.lixo medieval.

cuiabá-mt
Gusto disse…
Ja vi que negocio de ateu é contra cristão e não contra religião.
O tal Caruê esta citando a BIBLIA no seu comentario e não sei se não sabe,o livro regra do islamismo é o alcorão....isso é falta de informação ou perseguição gratuita?
É ponto passivo que cristãos usam a biblia como regra de fé,judeus a torá e islâmico o alcorão.
Pelo que eu saiba,a materia está falando de pessoas ligadas ao islamismo!
Anônimo disse…
Gusto,ele(Caruê)citou o livro dos cristãos para associar determinadas coisas que lá existem(que estão escritas) com coisas congêneres(semelhantes/assemelhadas/parecidas) existentes no livro sagrado do Islã.Filhotinho seja honesto na interpretação dos textos postados aqui.Deu pra entender?
Anônimo disse…
Biblia, Tora, Alcorão... Atraso de vida! Ambom os Livro são imoral, intolerante e cheios de preconceito... é só uma porra de um livro velho escrito por HOMENS!

Biblia, Tora, Alcorão... Atraso de vida! Ambom os Livro são imoral, intolerante e cheios de preconceito.
Gusto disse…
Anonimo das 20:42, não tem nada a ver biblia com alcorão e não tem como associar coisa de la com as de cá...vc ja tem a mente calejada e preconceituosa...então qualquer livro que fale de atrocidades,vc vai querer associar com a biblia...eu não digo que bobeiras que estão em gibis ou qualquer revista que diga asneiras,se parecem com os escritos de Dawkins,Marx ou qualquer ateista só porque sou cristão...se eu fizesse isso,ou eu seria desinformado ou muito preconceituoso!
Tal como o anonimo das 20:53!
G. disse…
"Lá, por conta principalmente da religião, as mulheres são tratadas como seres de segunda categoria."... Alguém, por obséquio, desenha pra mim a parte do "LÁ"?!

EGibson
Caruê disse…
Existia o Tora veio Jesus e então surgiu a Bíblia, então algum tempo depois surgiu Mohamed(maomé) e então surgiu o Alcorão. Os Judeus previam que o salvador seria um grande rei então surgiu Jesus que obviamente era um plebeu um andarilho completamente distante da profecia. Este novo profeta (Jesus) disse que voltaria, tem quem ainda espere ele voltar outros já estão convencidos de que o ultimo messias já veio e que foi Mohamed(maomé).

Uma religião esta inteiramente ligada a outra, é uma grande familia monoteísta.
Anônimo disse…
E hórus?Vai voltar?e os judeus?Copiaram tudo das lendas egípcias mesclando com outras de origem romana.E o resultado das cópias de lendas?Fábulas de fábulas?Tudo isso foi bom?
Anônimo disse…
Isso os árabes primitivos devem ter copiado das mitologias gregas.
Luan Cunha disse…
Sou faltava essa. Quando digo que o islamismo é misógino não imaginava que as mulheres eram presas até por serem estupradas, aí é fanatismo demais.

Pessoal, gostaria de aproveitar o papo e dizer que vou deixar de fazer "comentários-respostas" e diminuir um pouco minha participação neste blog, principalmente em tópicos onde ainda não tenho uma opinião formada.

Tipo, acho que estou virando uma espécie de esteriótipo de "ateu ultra-racional", e não gosto de esteriótipos, eu não sou assim no meu dia-a-dia. Sou uma pessoa que ainda tem muito que aprender, muito com o que vivenciar, e, confesso, ainda tenho minhas crenças irracionais e preconceitos. E confesso que às vezes perco as estribeiras e acabo partindo pra agressão e ofensas gratuitas e acabo virando uma espécie de troll. Também não sou assim no meu dia-a-dia, quem me conhece pessoalmente sabe que sou uma pessoa serena e amigável.

Mas atenção, crentes; NÃO estou me convertendo!
Anônimo disse…
Levando em conta que nessa parte do mundo,os Padres/pastores que estupram crianças nem chegam à serem presos e ainda são "perdoados" pela seu grupo religioso,lamento dizer que os cristãos não seriam tão diferentes assim dos seus irmãos muçulmanos,a unica diferença é que a parcela racional da população fez questão de manter o governo longe da religião(infelizmente,isso não funciona no Brasil,onde pastor é considerado "Diplomata") .
Anônimo disse…
A Turquia quer entrar na EU e se vocês não sabem lá, nos vilarejos, se uma garota é estuprada, a própria família assassina a filha e o estuprador fica livre. Vi reportagem na TV sobre isso.
No Velho Testamento há o caso de um profeta que tinha uma concubina que foi estuprada a noite toda e o que fez o homem de Deus? Picadinho da mulher.
A Turquia não tem nada a ver com a Europa.
Anônimo disse…
Gostaria de informar aos q estão falando contra a biblia etc,q se vcs olharem na biblia não encontraram a palavra estupro-apenas dizendo isso pq tem gnt colocando palavras onde não tem- agora violência sexual podemos encontrar; DEUTERONÔMIO 22:25 "...se for no campo que o homem achar a moça que é desposada, e o homem a forçar, e se deitar com ela, MORRERÁ SOMENTE O HOMEM QUE SE DEITOU COM ELA; 26 PORÉM,A MOÇA NÃO FARÁS NADA. Não há na moça pecado digno de morte;"
Na boa, vocês ateus simplesmente dão a entender q pessoas q seguem a bíblia e a religião são alienadas. Sim, existem pessoas cristãs alienadas porque seus lideres aproveitam da fragilidade q a palavra DEUS causa nessas pessoas e as manipulam. Como se a ciência também não tornasse vocês idiotas e abitolados,"acham q são os donos da verdade." A Ciência- a qual vc acreditam piamente- é tão vazia e cheia de nós q tanta coisa que ela não explica,ou as vezes explica e tempos mais tarde muda o q até então era tido como 'o certo'.
Só digo uma coisa, EXISTEM ESTUPRADORES CRISTÃOS, ATEUS, AGNÓSTICOS,NEGROS,BRANCOS,RICOS,POBRES,POLÍTICOS,APOLÍTICOS..ETC. Vc apenas qm persegui a religião e jogar a culpa toda nela,não levando em conta q caráter é algo pessoal e não projetado pelo o q se crer.
ANTES DE FALAR SOBRE O Q NÃO SABE E CRIAR ARGUMENTOS FICTÍCIOS DE ALGO Q NÃO SE LEU PROCURE SE INFORMAR É MAIS BONITO.
http://www.abiblia.org/ver.php?id=593&id_autor=2&id_utente=&caso=perguntas
Anônimo disse…
Nessas horas eu começo a ver utilidade nas bombas atômicas!
Giandro disse…
Sou evangélico, mas lamento em dizer que são leis como estas que esmagam o real propósito da religião.

Seria ótimo se todas as religiões levassem a Deus de fato, mas nenhuma leva, só Jesus, o qual não ensinou prender alguém que é estrupada.

Se o amor fosse o princípio realmente de todas as religiões, não veríamos isso acontecer.
Mas falar que o Brasil não está longe disso já é forçar daih, totalmente incondizente com a nossa cultura.
Anônimo disse…
Será por essa razão (estupro) que as mulheres são obrigadas ao uso da burka? Prá não atiçar a libido dos 'pobres' homens e não 'forçá-los' ao estupro?
vladimir disse…
‎"Quem zombar do Islamismo
Vai virar alvo de radical
Não aceitam caricaturismo
Do seu profeta principal

Livre expressão é pecado
Odeia-se o pensamento moderno
Quem critica o livro sagrado
Arderá no mármore do inferno."

Vlad, o poeta ateu
Anônimo disse…
a TORÁ TALMUD [judaica] , A GIBIBLIA cristã e o ALBOBÃO islamicos são livros Primos irmãos, lendas e fabulas contadas por tradição oral no oriente medio que remonta 4500 anos antes de cristo...lendas usurpadas de : Persas , babilonicos , sumerios , acadianos , gregos , egipcios e até hindus....

Nós 3 livros a figura da mulher é colocada como lixo....e na Biblia a mulher é responsavel pelo pecado original e toda desgraça do mundo....


Ser mulher e ser religiosa ? é pura burrice....
Anônimo disse…
Meu caro q disse o seguinte:
"Nós 3 livros a figura da mulher é colocada como lixo....e na Biblia a mulher é responsavel pelo pecado original e toda desgraça do mundo...."
A bíblia é um livro maravilhoso e contem muita sabedoria, o q acontece é que pessoas como você,que não sabem interpreta-la encontram esse tipo de assunto que ela não trata. Me cite um lugar na bíblia que diz isso e pronto vc convenceu. Você nunca vai encontrar,ao contrário, vai encontra no velho testamento mesmo_cantares de Salomão, o escrito enobrecendo o valor da mulher. Leia a bíblia antes de critica-la sem base nenhuma isso me parece evangélico alienado que não sabe nada sobre Deus. Sou cristã e mulher e nunca,jamais li nada na bíblia que reduza a mulher a lixo.
O fato citado na noticia é que no Afeganistão existem grupos guerrilheiros extremistas e super radicais -como Talibã- os quais não creem que Jesus é o Filho de Deus,sendo assim não se pode dizer que são cristãos. Ele tem dogmas totalmente diferentes do que Jesus apregoava o amor ao próximo. Dá pra perceber que não a maioria,mas alguns ateus tem um complexo de superioridade,acham que sabem tudo,que a ciência é a pura verdade. Não discordo da ciência hora alguma,mas eles são seres humanos sujeitos a erros tanto quanto qualquer outra pessoa. Muitos "cientistas" acreditam e fazem VÁRIOS vídeos sobre algumas passagem existentes na bíblia e provam que não é uma utopia como muitos pensam ser,da uma procurada no Youtube que vc vai encontrar. Abraço.
Michelle disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle disse…
É por essas e outras atrocidades que não tenho o mínimo de respeito pelo Islamismo.
Michelle disse…
@Anônimo (25/11/11 15:17)

Querida, leia a bíblia de novo. Lá se ensina a vender a filha como escrava, obriga a mulher a casar com o cara que a estuprou mediante uma quantia que o estuprador tem que pagar ao pai de sua vítima, mulheres virgens tinham suas vidas poupadas apenas para servirem como prêmio de guerra aos combatentes vitoriosos.
Isso sem contar o assassinato de mulheres grávidas, Ló mandando suas filhas virgens para um estupro grupal, mulheres tendo os seios arrancados, etc...

A bíblia é um livro misógino (assim como o Alcorão) onde as mulheres são tratadas como coisas/propriedades e que não tem direito nenhum e cujo único dever é servir o homem.
Luan Cunha disse…
Aqui, leia o que seu "livro maravilhoso e cheio de sabedoria" diz sobre as mulheres:

* Deuteronômio 22, 13-15: Se um homem se casa com uma mulher e começa a detestá-la depois de ter tido relações com ela, acusando-a de atos vergonhosos e difamando-a publicamente, dizendo: ‘Casei-me com esta mulher mas, quando me aproximei dela, descobri que não era virgem, o pai e a mãe da jovem pegarão a prova da virgindade dela e levarão a prova aos anciãos da cidade para que julguem o caso.

* Deuteronômio 24, 1: Quando um homem se casa com uma mulher e consuma o matrimônio, se depois ele não gostar mais dela, por ter visto nela alguma coisa inconveniente, escreva para ela um documento de divórcio e o entregue a ela, deixando-a sair de casa em liberdade.

* Eclesiástico 9, 2: Não se entregue a uma mulher, para que ela não o domine.

* Eclesiástico 25, 24: Foi pela mulher que começou o pecado, e é por culpa dela que todos morremos.

* Eclesiástico 42, 14: É melhor a maldade do homem do que a bondade da mulher: a mulher cobre de vergonha e chega a expor ao insulto.

* 1 Coríntios 14, 34-35: Que as mulheres fiquem caladas nas assembléias, como se faz em todas as igrejas dos cristãos, pois não lhes é permitido tomar a palavra. Devem ficar submissas, como diz também a lei. Se desejam instruir-se sobre algum ponto, perguntem aos maridos em casa;

* Colossenses 3, 18: Mulheres, sejam submissas a seus maridos, pois assim convém a mulheres cristãs.

Portanto, querida, shhhh!
Anônimo disse…
João 8:3 Os escribas e fariseus trouxeram à sua presença uma mulher surpreendida em adultério e, fazendo-a ficar de pé no meio de todos,
João 8:4 disseram a Jesus: Mestre, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério.
João 8:5 E na lei nos mandou Moisés que tais mulheres sejam apedrejadas; tu, pois, que dizes?
João 8:6 Isto diziam eles tentando-o, para terem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia na terra com o dedo.
João 8:7 Como insistissem na pergunta, Jesus se levantou e lhes disse: Aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra.
João 8:8 E, tornando a inclinar-se, continuou a escrever no chão.
João 8:9 Mas, ouvindo eles esta resposta e acusados pela própria consciência, foram-se retirando um por um, a começar pelos mais velhos até aos últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava.
João 8:10 Erguendo-se Jesus e não vendo a ninguém mais além da mulher, perguntou-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
João 8:11 Respondeu ela: Ninguém, Senhor! Então, lhe disse Jesus: Nem eu tampouco te condeno; vai e não peques mais
Mas no Novo Testamento tem esta preciosidade de JESUS.
Michelle disse…
@Anônimo (25/11/11 18:29)

Mas o que vc me diz das passagens da bíblia que o Luan Cunha citou em seu último comentário, hein?

E não me venha com aquele papo "de que essas eram leis do Antigo Testamento e que a vinda de Jesus mudou tudo" pq vc sabe mto bem que Coríntios e Colossenses estão no Novo Testamento e eles vêm depois do evangelho de João.

O problema com as pessoas que seguem a bíblia elas fazem o cherry picking - ou seja - elas apenas escolhem aquelas passagens que são convenientes pra elas; resumindo: só escolhem as coisas boas, mas as coisas ruins mencionadas em seu "sagrado livro" elas simplesmente colocam panos quentes, varrem pra debaixo do tapete, nem sequer comentam sobre essas passagens como se elas nem existissem.

Mas qdo tentam explicar essas passagens, gaguejam, inventam desculpas esfarrapadas, tentam justificar com explicações idiotas e sem sentido, vem com pregações religiosas ou simplesmente apelam para o ad hominem quando percebem que nós não caímos nessa.

E aí, Anônimo? Qual vai ser a sua explicação pra essas passagens da bíblia citadas pelo Luan onde as mulheres são tratadas com tanto respeito e tolerância só pra não dizer o contrário?
Gusto disse…
Caruê disse...
"Existia o Tora veio Jesus e então surgiu a Bíblia, então algum tempo depois surgiu Mohamed(maomé) e então surgiu o Alcorão. Os Judeus previam que o salvador seria um grande rei então surgiu Jesus que obviamente era um plebeu um andarilho completamente distante da profecia. Este novo profeta (Jesus) disse que voltaria, tem quem ainda espere ele voltar outros já estão convencidos de que o ultimo messias já veio e que foi Mohamed(maomé).

Uma religião esta inteiramente ligada a outra, é uma grande familia monoteísta".

Voce é totalmente desinformado,não conhece Hermêneutica Biblica,Exegese de Texto,e nem a historia do cristianismo,pois associar judaismo e islamismo com cristianismo,é de uma ignorancia sem tamanho...vc não conhece velho testamento e novo testamento...não conhece velha aliança nem nova aliança...não sabe o que era pra judeus e o que é pra cristão...vai estudar um pouco,depois vem falar de biblia...por enquanto fique só no teu conhecimento ateista,fraco diga de passagem,coisa de neo-ateu.
Isto serve pra vc tambem Luan Cunha!

Obs: não adianta ficar escrevendo textos biblicos do velho testamento,isso era na lei e era pra judeus.
Na nova aliança,em Jesus,o fim da lei é o amor.

Eu desafio alguem me citar um verso do novo testamento,que contenha estas leis,estas mesmas conotaçôes.
Ao contrario la manda amar nossas mulheres(Ef.5.25).

Então metam nestas cabeças ateias ocas:

NÃO SOMOS JUDEUS,DEBAIXO DA LEI!
MAS,SIM CRISTÃOS DEBAIXO DA GRAÇA!

Portanto,qualquer citação do velho testamento,da lei, não é pra cristão, e sim pra judeu!

Quanto aos textos citados pelo Luan de corintios e colossenses é questão cultural e temporal,pois hoje nas igrejas ocidentais contemporaneas,não existe isso,pois nossas mulheres são nossas companheiras e ajudadoras!
Leu isso tambem,Michelle!!....ah!...vcs não entendem isso,vai!!...aposto que vão ficar nas mesmas repetiçôes de sempre!
Anônimo disse…
Gusto,as lei civis impedem que vocês pratiquem apedrejamentos.Essa é que é a realidade e esse seu mimimi aí não convence.Se o Estado permitir vocês metem pedra!!.
Luan Cunha disse…
Também é questão cultural e temporal a homofobia que as igrejas tanto pregam, mesmo assim abrem a boca imunda de vocês para nos chamar de aberrações sem nem ao menos nos conhecerem e vomitando hipocrisias do tipo "amamos vocês, mas odiamos o que fazem", como se nosso amor por nossos parceiros fosse uma grande ofensa a vida de vocês.

O fato é que a homofobia, o machismo e a misogenia tem fortes raizes nas três religiões abraâmicas e ambas justificáveis pelos seus respectivos malditos livros "sagrados".

Até parecem que vocês são tão moderninhos, sua religião é anacrônica e reacionária.
Michelle disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle disse…
@ Gusto

>> "Quanto aos textos citados pelo Luan de corintios e colossenses é questão cultural e temporal,pois hoje nas igrejas ocidentais contemporaneas,não existe isso,pois nossas mulheres são nossas companheiras e ajudadoras!
Leu isso tambem,Michelle!!"

Esqueci de citar essa desculpa esfarrapada que alguns cristãos falam qdo se trata das atrocidades mencionadas na bíblia: "questão de contexto/eram outros tempos outra cultura".

Essa justificativa não passa de besteira. Não são todos - ainda bem - mas tem certos cristãos fanáticos que usam até mesmo os mais horrendos atos mencionados na bíblia para justificar suas ações.

Um jovem nos EUA matou um senhor pq ele era gay e a justificativa que esse jovem usou foi que bíblia fala que homossexuais tem que morrer (isso está em uma das passagens no Coríntios);
uma menina foi assassinada a pancadas pelos próprios pais adotivos pq estes seguiram a risca um livro cujo autor se baseiou na bíblia que diz que crianças devem ser educadas na base do espancamento por varas.

A bíblia é um livro antigo que foi escrito numa época e cultura totalmente diferente da nossa, ok. Mas tem pessoas que - mesmo em pleno século XXI - usa livros religiosos como a bíblia e o alcorão como guia de conduta moral pra tudo. Isso inclui usar livros dito sagrados como justificativa para discriminar os outros, bater, torturar e matar aqueles que não vivem de acordo com o que diz o livro "sagrado" que eles seguem.

Se todas as pessoas religiosas realmente tivessem noção que livros religiosos foram escritos numa época diferente da nossa e que uma sociedade contemporânea não tem lugar para atos bárbaros como esses mencionados nas passagens da bíblia e atrocidades como o que aconteceu com essa moça muçulmana (ou com um casal indiano cuja moça foi ameaçada de morte pela própria família por casar com um homem de casta diferente, uma mulher muçulmana que foi chicoteada mais de 50 vezes na frente de todo mundo por usar calça jeans, um menino de 4 anos que foi assassinado por um homem que se diz cristão por ter "conduta homossexual" e cuja mãe tb foi assassinada pelo mesmo homem,etc)
eu não teria nada contra.

PS: como mulher e bi, eu nunca me senti companheira da ICAR. Não. Resumindo: não quero fazer parte de uma instituição machista, intolerante e preconceituosa (além de corrupta e cúmplice de crimes)
Michelle disse…
@ Gusto

Essas passagens (citadas pelo Luan Cunha)são do Novo Testamento:

>> "1 Coríntios 14, 34-35: Que as mulheres fiquem caladas nas assembléias, como se faz em todas as igrejas dos cristãos, pois não lhes é permitido tomar a palavra. Devem ficar submissas, como diz também a lei. Se desejam instruir-se sobre algum ponto, perguntem aos maridos em casa;

>> Colossenses 3, 18: Mulheres, sejam submissas a seus maridos, pois assim convém a mulheres cristãs.

Ou seja...um livro que diz que as mulheres não tem direito a voz, não tem permissão de falar, são consideradas propriedade do homem juntamente com o gado, que tem que ser submissa ao marido e não pode ter uma instrução sem a autorização do mesmo está longe de ser um livro respeitoso às mulheres.

A bíblia é um livro com conteúdo machista, preconceituoso, intolerante, violento, homofóbico, etc, etc, etc,...
Anônimo disse…
Embora essas regras não se apliquem mais a nós por estarmos segundo a própria bíblia sob um novo testamento, fato é que no novo testamento não é falado nada sobre isso (que eu me lembre).
A princípio permanece a regra que o próprio Jesus deu: Se alguém se casar (e nesse caso o casamento é selado pelo sexo) não deverá se casar de novo se não comete o pecado do adultério. Jesus até cita q se o homem em seu consciente desejar uma mulher dessa forma ele peca. Maria Madalena sendo prostituta ia ser apedrejada segundo a lei de Moises,mas Jesus de uma forma sutil,simples e objetiva interveio com apenas uma frase. As diferents interpretações causam esse alvoroço e bagunça na mente de pessoas q não tiveram o esclarecimento devido. Vcs ateus estão em minoria e acham q sabem tudo. Ao invés de vcs,q se dizem tão tanta coisa,os certinho, ajuntarem as pessoas, não, semeiam a discórdia, o ódio nas pessoas q leem esses comentário embasados em coisas hipotéticas,fazendo-as odiar as pessoas religiosas,daqui a pouco vai ter gente eateando fogo em religiosos,tomara q n seja um ateu né,imagina um monstro desse ser um 'certinho'?!!*risos* Deixam a desejar,esperava mais dos certinho totalmente errados. Segue a rima...
Michelle disse…
Anônimo (25/11/11 22:52 )

>> "Embora essas regras não se apliquem mais a nós por estarmos segundo a própria bíblia sob um novo testamento, fato é que no novo testamento não é falado nada sobre isso (que eu me lembre)."

Querido Anônimo, volte uns comentários e leia algumas passagens da bíblia citadas pelo Luan. Duas passagens são do Coríntios e Colossenses que são livros do Novo Testamento.

>> "A princípio permanece a regra que o próprio Jesus deu: Se alguém se casar (e nesse caso o casamento é selado pelo sexo) não deverá se casar de novo se não comete o pecado do adultério."

Adultério é quando uma pessoa que está num relacionamento sério (seja namoro, noivado ou casamento) tem um relacionamento - sério ou casual - com uma outra pessoa.

A partir do momento que um casal se divorcia, tanto um ex-cônjuge quanto o outro podem ter um outro relacionamento sério (mesmo que não envolva casamento) e esse relacionamento não é considerado adultério já que os dois não são mais casados.


>> "Jesus até cita q se o homem em seu consciente desejar uma mulher dessa forma ele peca."
Todos os homens heterossexuais do mundo estão fudidos, então...hehehehehe


>> "Vcs ateus estão em minoria e acham q sabem tudo."

E alguns religiosos que acham que sabem de td pq baseiam seu conhecimento num mito escrito há milhares de anos atrás e que se acham no direito de discriminar os outros só pq são a maioria e dão faniquito quando pessoas mais críticas e racionais criticam as suas respectivas religiões, clamando que estão sofrendo perseguição religiosa? E alguns religiosos que dão piti por causa de outdoors que criam conscientização em relação ao ateísmo e agnosticismo com o objetivo de diminuir o preconceito de que somos alvo, pq estes religiosos são a favor da liberdade de expressão somente para aqueles que crêem no mesmo deus e que tem a mesma religião que eles?


>> Eu não odeio pessoas religiosas. Se elas querem acreditar em deus e ter uma religião, blz...eu respeito esse direito delas. Mas o que eu peço é que não venham tentar me converter a qualquer custo e que não venham enfiar os dogmas de suas respectivas religiões pela minha garganta abaixo.
Luan Cunha disse…
Pessoalmente, acho essa questão de "sexo só entre homem e mulher casados" foi a coisa mais estúpida e mequetrefe que a religião já criou.

Adultério, fera, é quando um homem ou uma mulher em relacionamente sério tiver relações sexuais com outra pessoa, traindo os laços que criou com a pessoa com quem se casou. E só isso.

Não vivemos a ditadura da maioria. Só porque os ateus são minoria não quer dizer que somos menores do que vocês, crentes.
Mari disse…
Tá faltando um verso que fala que a mulher tem que usar o veu, se não é pra raspar-lhe a cabeça, e stuff:

Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, e o homem a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo.

Todo o homem que ora ou profetiza, tendo a cabeça coberta, desonra a sua própria cabeça.

Mas toda a mulher que ora ou profetiza com a cabeça descoberta, desonra a sua própria cabeça, porque é como se estivesse rapada.

Portanto, se a mulher não se cobre com véu, tosquie-se também. Mas, se para a mulher é coisa indecente tosquiar-se ou rapar-se, que ponha o véu.

O homem, pois, não deve cobrir a cabeça, porque é a imagem e glória de Deus, mas a mulher é a glória do homem.

Porque o homem não provém da mulher, mas a mulher do homem.

Porque também o homem não foi criado por causa da mulher, mas a mulher por causa do homem.

Portanto, a mulher deve ter sobre a cabeça sinal de poderio, por causa dos anjos.
1 Coríntios 11:3-10

Reparem a razão que a mulher tem que usar o véu: Pois ela foi feita para o homem e o homem é a cabeça dela.
*clap clap clap*

Misoginia é pouca viu? Ah, e isso no novo testamento.
Gusto disse…
Mari,

Voce alem de não entender nada de biblia,pois so le texto e não contexto para virar pretexto,é muito tendenciosa,propria de neo-ateu,pois vc nao colocou o verso 16 de corintios 11:

veja o que diz:
Mas, se alguém quiser ser contencioso, nós não temos TAL COSTUME, nem as igrejas de Deus.

A questão do cabelo era cultural da cidade de corinto.
Quanto a hieraquia de Deus,ela foi feita pela Sua Soberania:Deus,Cristo,HOmem, Mulher...isso não quer dizer que a mulher é inferior ao homem.

Imagine vc trabalhando em uma empresa...la o seu gerente é maior QUANTATIVAMENTE que voce,pela hierarquia da empresa,ma não é QUALITATIVAMENTE maior que voce,pois na visão do patrão,todos são iguais em qualidade,mas com difenças em quantidade... e isso ele faz,para que sua empresa tenha sucesso!

Os principios de Deus são os mesmos,Ele delegou responsabilidaes,sem diminuir ninguem...porque ja imaginou uma familia em desordem:filhos querendo mandar nos pais,mulheres gritando com seus maridos ou maridos desrespeitosos com filhos e esposas?

Infelizmente é o que tem acontecido em muitas familias que estão desajustadas,por conta de não observar estes principios!

porque vc não postou este versiculo de efesios 5.25?!

Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela

Bom...vc não iria fazer isto,né?não te interessa!!
Gusto disse…
em tempo,onde se le difenças...é diferenças!

antes que alguem comente só atentando para o erro gramatical!
Luan Cunha disse…
É mais do que óbvio que nem os próprios cristãos seguem a risca todos os absurdos escritos na bíblia.

Isso que o Gusto está fazendo é muito comum entre os falsos moralistas e fundamentalistas religiosos. Eles fazem uma leitura seletiva e pegam só as "coisas boas" da barganha toda, enquanto as outras eles julgam como uma "questão cultural e temporal" da época que a tal barganha foi escrita ou qualquer outra justidicativa débil. Eles só usam essas desculpas esfarrapadas quando lhes convém, porque eles têm o ego tão inflado que chega ao ponto de não quererem reconhecer que o livro "sagrado" deles é atolado de atrocidades e absurdos, e ainda, apesar de tudo que fazem, abrem a boca e dizem que é um livro "especial e infalível". Hipocrisia pura!

É como na questão da homossexualidade. Em levíticos o "crime" da homossexualidade masculina (nunca a feminina, vai entender) é uma abominação e está no mesmo patamar que comer frutos do mar ou certos tipos de aves. O que os cristãos fazem é simplesmente isso: essa parte vou seguir, porque acho que o homossexual é uma abominação, mas não vou seguir essa parte porque gosto de comer camarão e é uma questão cultural e temporal daquele época.

A mesma coisa com o machismo e misogenia muito nítidas na bíblia. A mulher é a responsável pelo pecado, pela morte, elas devem ficar caladas, serem submissas e por aí vai. Todo esse absurdo os cristãos julgam como questão cultural e temporal daquela época, e pegam um mero versículo onde dizem que se deve amar as esposas. Acontece que não estamos falando só de esposas, estamos falando das mulheres em geral, mas, só porque você "ama" sua mulher (porque acho improvável um machista amar realmente sua mulher) não quer que você em dado momento vai tratá-la (ou qualquer outra mulher) como objeto ou como alguém socialmente inferior.

Acaba que os cristãos, nessa babaquice toda, se enrolam nas próprias tontices. Quando eles tem seus preconceitos esfregados na cara e quando não tem mais como se justificarem, eles querem se proteger e botar toda a culpa da barganha nas costas de Deus. Eles nunca querem se responsabilizar pela fé que possuem e expressam. E ainda querem pousar de boas pessoas! Convenhamos, justificar seus preconceitos baseando-se numa fé pra depois botar toda a responsabilidade de sua intolerância nas costas do amigo imaginário é pura desonestidade intelectual e muita falta de vergonha na cara, além de ser patético.

Mas quer saber de uma coisa, Gusto? Machismo e homofobia não são questões culturais e temporais daquela época. Ela ainda está bastante forte na nossa cultura e época. As mulheres ainda são consideradas inferiores aos homens, e isso fica nítido no mercado de trabalho, onde elas tem menos chances e ganham menos que os homens, até as que estão "no topo". Homossexuais são tratados como a escória, são ridicularizados pela mídia, segregados pela sociedade, humilhados, espancados e até assassinados em plena via pública, e não vejo por outro motivo que não seja por puro preconceito, intolerância e ódio irracional misturados com motivações religiosas.

Está na hora dos cristãos confrontarem a ideia de que a religião deles é extremamente preconceituosa contra as mulheres e contra uma parcela relativamente pequena da sociedade, os homossexuais.
Luan Cunha disse…
errata: justificativa débil
Gusto disse…
A regra é a mesma pra vc então ,Luan Cunha,porque vc só pega o lado "aparentemente mau"...nunca li algo que vc escreveu mostrando o lado bom da biblia..é claro não te interessa,né!
Se vc nem me conhece e diz que eu sou falso,isso me dá margem pra pensar sobre vc sem te conhecer.

Então eu penso que vc é:

Falso
Crentófobico
Ateu de meia pataca
Soberbo
Cabeça alugada
Tendencioso
Intolerante

E só pra te lembrar eu não odeio homossexual,não tenho nada contra,pois trabalho com gays e eles são pessoas gentis,honestas e sabem que sou contra suas praticas,bem diferente de vc,pois,por suas palavras se ve que vc é mal-educadao e intolerante.

Vale a pena dizer que eu conheço um pai que não gosta da pratica do filho em se drogar,mas o ama de todo coração.

Voce tem inteligencia e sensibilidade para entender isso?

Se a resposta for sim,pare com essa tolice de dizer que cristão odeia homossexual.

Se a resposta for não,continue nesta ideia preconceituosa e malefica!

Tuas palavras a seguir vão denunciar isso!
Luan Cunha disse…
O "lado bom" da bíblia não me interessa porque eu tenho uma coisa chamada "senso de comunidade", portanto não preciso recorrer a um livro velho escrito por uns místicos drogados com Oriente Médio pra fazer o que é certo, como não matar, não roubar, não estuprar e etc.

Portanto, não acho que a bíblia tenha algo a mais para me dizer do que "Alice no País das Maravilhas".

E não, não sou "Crentófobico", seja lá o que essa palavra que você acabou de inventar quer dizer, e sabe porquê? Eu NÃO acho que você mereça sofrer para sempre por não ter a mesma posição que a minha. Estou disposto a viver no mesmo planeta que você e gozar dos mesmos direitos e outras coisas boas. Mas VOCÊ se inscreveu numa seita em que expressa e defende que homossexuais vão sofrer eternamente no inferno, que eles não devem ter os mesmos direitos que você e ser inferiores a você, heterossexual e cristão, e até lutam por isso. E você acha isso supernormal. E isso te faz uma pessoa maléfica e horrível.

E se você não concorda com a homossexualidade, dane-se, não me importo. Mas deixe de ser mequetrefe! Eu não gosto de "ménage à trois", mas não fico me metendo na vida das pessoas que fazem e impor que elas não devem fazer, eu simplesmente não faço e deixo quem faz cuidar do próprio cu. E se você não gosta de homossexualidade, então não seja homossexual e deixa quem é em paz, sem proferir aquelas ameaças de "se você não se converter/arrepender, será condenado".

E não compare homossexualidade com vício em drogas, isso é estúpido e ridículo, uma péssima analogia. Eu não sou viciado em homossexualidade, eu apenas sou e não posso fazer nada. Se eu tivesse algo de tão horrível nisso, me pai me teria internado numa clínica de reversão aos gays (leia-se clínicas de tortura) para me curar, mas NÃO, ao invés dele me fazer esse mal, ele simplesmente abriu os braços e me aceitou como sou. Isso é amor. Portanto, quem é condena os homossexuais é que tem probleminha, e não o homossexual.
Luan Cunha disse…
Queria saber de onde os cristão tiram esse prazer em acreditar que homossexuais vão sofrer no inferno se não se tornarem heterossexuias como eles. Isso é uma ofensa horrivelmente grande. Como se atrevem a dizer isso?! É muito cruel! E não é justo, não sou uma pessoa má!

Por que vocês insistem em ser nossos inimigos?Porque vocês, te propósito, escolhem pensar coisas ruins sobre nós. O que há de errado com vocês?

E não me interessa o que está escrito na porcaria da bíblia. Afinal, você quer ser uma pessoa que convive bem com as pessoas ou você deseja se segregar em um subgrupo onde as pessoas que não estiverem inscritas nele são pessoas ruins? Por que isso é tão atraente? Vocês quer que eu, que não estou fazendo mal a ninguém, merece ser torturado para sempre por ser homossexual e ateu?

É realmente isso que você quer? Para com isso, cara! Relaxa!
Luan Cunha disse…
Pra terminar, veja esse video:

http://www.youtube.com/watch?v=md7fzQr9UJ4
Mari disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Mari disse…
Sim, não me interessa efésios, sabe a razão? Pois esse lado "bom" da Bíblia, não me satisfás pelo lado "ruim" dela(que é ginormico). E se diz que os maridos devem amar as esposas, Jesus diz logo após pra abandonar sua família com todas as letras. Isso não se leva fora de contexto, o texto que coloquei acima não é tirado fora de contexto. A mesma coisa que tem-se capítulos inteiros que falam de como vender sua fiha como escrava, e outros grandes hits. Sabe, coisas semelhantes você vê em qualquer livro religioso, como o alcorão e até o dianética(livro base da cientologia).

E também, não cola mais essa coisa de "contexto cultural". Um deus oniciente não cometeria uma gafe dessas. Se Deus fosse oniciente ele diria algo assim: "Nessa época x as mulheres teriam que usar véu. A partir dessa época y, não precisará mais.".

O que eu acho da Bíblia, Alcorão, Torá, e qualquer livro religioso:

Ele é escrito por pessoas e são ditados pela mente delas e pelos conceitos históricos delas. Não de deuses onipotentes, onipresentes e onicientes.

E aproveitando vou também usar a analogia do chefe, vamos lá:

Você está numa empresa que obriga os funcionários á votarem no Tio Sam. O chefe diz que isso é porque Tio Sam é um homem bom, e que ele fará da cidade um céu. Um jovem decide reclamar e sai da empresa. O chefe manda uns pistoleiros o torturar durante dias até que ele morre e seu corpo nunca é encontrado mais.

O que isso tem á ver com a Bíblia? Bem... Jesus disse que se eu não crer nele, eu vou ser torturada para sempre no inferno(não importando se eu for uma troll de blogs cristãos ou se eu fui extremamente filantropa á ponto de ser invejada pela madre Tereza). Sim, é a mesma coisa.

E não adianta falar que isso é algo que não devia temer se eu não acreditasse, pois é algo da Bíblia e que todas as denominações acreditam em algo semelhante:Ou seja, que aquela demominação é a certa, que eles vão ganhar tudo de bom após morrer e os outros vão se ferrar, seja por acreditarem na denominação ou religião errada, seja por ser homossexual e até algumas por eu ser mulher e usar calça jeans(é, é radical nesse nível mesmo).

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2011/11/afega-pega-12-anos-de-prisao-por-ter.html#ixzz1erVPQp6b
Paulopes só permite a cópia deste texto para uso não comercial e com a atribuição do crédito e link. As reproduções são rastreadas diariamente.
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial
Gusto disse…
Mari,

Vc é desinformada e ignorante em respeito a biblia e as coisas de Deus...denominação não salva ninguem e não tem a ultima palavra em respeito as coisas de Deus....vc pode escrever a que vc quiser:colocar texto fora de contexto,falar mal da biblia e tudo mais...não vai mudar nada contra a veracidade dela e de um Deus Soberano,Criador e Juiz...cada vez eu me converto mais,mostrando a grande distancia de um ateismo de trevas,com um cristianismo de luz...quanto mais vcs escrevem estas tolices,mais me empurram para luz!

Vão fazendo assim,pois até um ateu serio vai ver o quanto tem de idiotice em neos-ateus,e quanto vcs causam de perda para o seu movimento!
Luan Cunha disse…
Gusto, Já passou pra ofensa gratuita, o que me obriga a não ser tão "politicamente correto" com você como fui até agora.

Você sempre começa seus comentários falando que não entendemos nada da bíblia, que somos desinformados e ignorantes a respeito da bíblia e toda essa falácia teísta. Bom, assim como muitos ateus, uma das coisas que me motivou a me tornar ateu foi a leitura continua e repetitiva da bíblia, seria leviandade afirmar que a bíblia é um material estranho ou desconhecido para mim ou para qualquer um de nós.

Não é só porque a achamos apenas desprezível, pelos vastos versículos fazendo apologia a violência e outras coisas imorais, como também não a achamos que faça qualquer sentido em nada que está escrito nela. O que não quer dizer que acreditamos no exato oposto do que ela diz, mas não achamos, como já disse, que a bíblia tenha algo a mais para nos dizer do que "Alice no País das Maravilhas".

Se você afirmar uma coisa, o ônus da prova é todo seu. Se sua crença é algo que você acredita ser racional, que é baseado em evidências e não apenas uma suposição baseada em fé que lhe faz melhor sentido, eu adoraria que você me mostrasse pelo menos uma evidência racional e lógica que você tenha de que deus existe, porque até agora você só fez comentários idiotas e tenta empurrar goela abaixo as suas crenças estúpidas em nós. Não adianta você me dizer "ah, eu sinto que deus existe", "eu vejo a luz" "ele é tudo e sem deus não sou nada" e blá-blá-blá, isso não prova absolutamente nada!

Se você não consegue pensar por si mesmo, não me admira que você acredite em um deus.
Luan Cunha disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Luan Cunha disse…
Eu me pergunto, que tipo de sociedade é produzida quando se permite coisas como escravidão, genocídio e infanticídio? Por que qualquer deus de amor, justiça e misericódia, alguma vez, ordenaria qualquer um dessas coisas? Você ordenaria?
ROBERTA disse…
MUNDO PERDIDO...AFE!
Railda M disse…
Isto prova que o cristianismo com todas as suas dificuldades é a melhor religião do mundo.
Gusto disse…
Luan Cunha, deixa de ser hipocrita com essa conversa de ofensa gratuita...volta lá atraz nos seus comentarios e ve o que vc escreveu a respeito de mim e de cristãos...olhe,somente alguns...imundo,hipocrita,falso e mais alguns...não é vc que diz"quem não aguenta o fogo sai da cozinha"?...então não ofenda ninguem com suas palavras...se vc não concorda com pessoas cristãs é um direito seu,mas limite-se em comentar as ideias sem ofensa.
Alem de tudo,vc é tendencioso,pois o tema é sobre uma mulher afegã e não de homossexuais.

Assim fica repetindo sempre que odiamos gays,que queremos que vão pro inferno,etc.

Assim como o ateismo te da margem pra nos julgar como pessoas ignorantes,estupidas,que cremos em um ser lendario,a biblia que é nossa regra de fé,nos diz que alguns atos humanos,tais como:prostituição,adulterio,furto,assassinato e tambem homossexualismo,se não houver arrependimento e deixar o tal ato,é passivel de CONDENAÇÃO DIVINA,e não humana e é isso que nós pregamos!
Agora,se vc acha que esta certo em agir assim,problema seu,vc esta em um país livre e como eu tambem faço parte do contexto,tenho tambem liberdade para expressar o meu credo!
Então como vcs mesmo dizem a respeito de não querer ouvir sobre coisas religiosas,eu tambem digo:

NÃO VENHA QUERER ME IMPOR O SEU ESTUPIDO ATEISMO!!!!
Anomia Geral disse…
Discussões religiosas a parte, estamos falando aqui de direitos humanos, algo que eu, como humanista, acredito que deva ser universal!

Temos que mudar a mentalidade machista de que:
Se um homem pega sua mulher traindo a mulher... a culpa é da mulher, que é uma vagabunda!
Se uma mulher pega seu homem traindo a mulher... a culpa é da outra mulher, que é uma vagabunda!
Se um homem estupra uma mulher... a culpa é da outra mulher, que é uma vagabunda!
Se a mulher foi estuprada... ora...a culpa é da outra mulher, que é uma vagabunda!
Anomia Geral disse…
retificando...
Discussões religiosas a parte, estamos falando aqui de direitos humanos, algo que eu, como humanista, acredito que deva ser universal!

Temos que mudar a mentalidade machista de que:

Se um homem pega sua mulher o traindo... a culpa é da mulher, que é uma vagabunda!

Se uma mulher pega seu homem a traindo... a culpa é da outra mulher, que é uma vagabunda!

Se um homem estupra uma mulher... a culpa é da mulher, que é uma vagabunda!

Se a mulher foi estuprada... ora...a culpa é mulher, que é uma vagabunda!
Michelle disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle disse…
@Gusto

Vc é que tem que deixar de ser hipócrita. Caso vc tenha esquecido vc ofendeu os ateus ao responder isso pra Mari: "Vão fazendo assim,pois até um ateu serio vai ver o quanto tem de idiotice em neos-ateus,e quanto vcs causam de perda para o seu movimento!"

Não são todos os cristãos que são hipócritas e falsos, mas tem alguns que são. Eu mesma já cruzei com alguns em minha vida. São pessoas que vem com falsa moralidade pra cima dos outros. São pessoas religiosas que me chamaram de imoral pq sou atéia, são pessoas que chamam homossexuais de pervertidos e os comparam com pedófilos ao mesmo tempo que defendem pastores que são estelionatários, padres que estupram crianças, líderes religiosos que cometem atrocidades e ignoram os crimes dos mesmos só pq essas pessoas crêem em deus.

Aliás esse termo "neo ateu" é uma bobagem. Ateu é ateu. Não tem nada de novo na falta de crença em divindades, que é o que ateus (do passado e do presente) tem em comum.

O Luan está certo: se vc não aguenta críticas e argumentos e opiniões contrários aos seus não comenta mais nesse blog e só passe a comentar em blogs que defendem as mesmas idéias que vc. Pronto. Se vc não tem uma certa resistência contra críticas aos seus argumentos e não sabe separar as coisas (criticamos seus argumentos, não a sua pessoa), vai tomar toddynho.


>> "a biblia que é nossa regra de fé,nos diz que alguns atos humanos,tais como:prostituição,adulterio,furto,assassinato e tambem homossexualismo,se não houver arrependimento e deixar o tal ato,é passivel de CONDENAÇÃO DIVINA,e não humana e é isso que nós pregamos!"

Isso vc falou certo: a bíblia é a SUA regra de fé; sendo vc o crente em deus e que usa a bíblia como guia de conduta moral, então essas leis do seu deus e da sua bíblia são pra vc. É vc que tem que segui-las e obedecê-las incondicionalmente. Não nós. A salvação eterna no paraíso ou o castigo eterno no inferno é pra vc, não pra nós (já que não acreditamos nem inferno e nem no paraíso). Então vc vir aqui falando "que se não houver arrependimento e deixar o tal ato é passível de condenação divina" (o que já é uma tentativa de impor a sua crença religiosa em nós ateus e agnósticos) é completamente inútil, caso vc não tenha percebido até agora.

Nós não precisamos de crer em algum deus ou usar um livro religioso para ser uma pessoa moral e de bem. Pra isso basta a nossa consciência, o nosso senso de comunidade e cooperação e a empatia que temos em relação aos outros.

Ninguém aqui está impondo o ateísmo em ninguém. Me mostra qualquer comentário onde um ateu tenha dito "vc tem que deixar sua religião e virar ateu ou então..."? Nós criticamos as religiões (não apenas o cristianismo) e seus dogmas ultrapassados e criticamos as atitudes abomináveis de alguns religiosos (não apenas dos cristãos; essa matéria é um exemplo perfeito disso onde se critica o Islã e seus dogmas absurdos pregados por seus líderes religiosos)
Luan Cunha disse…
"se não houver arrependimento e deixar o tal ato,é passivel de CONDENAÇÃO DIVINA,e não humana e é isso que nós pregamos!"

- É, é essa a ameaça que estou falando! Isso é uma ofensa horrivelmente grande! Vocês não percebem o quão crueis e injustos vocês estão sendo propagando coisas como: "se vocês não forem héteros, vocês vão ser punidos". Como vocês se atrevem a dizer uma coisa dessas a nosso respeito!? De onde vocês tiram esse prazer em pregar uma coisa dessas?!

Você pode provar sua ameaça?! Porque se seu deus não existe, e não tem nenhum eivdência que exista, então nada de ruim vai acontecer comigo quando morrer e você está apenas me ameaçando com algo imaginário. Você primeiro precisa provar que seu deus existe.

Não me admire que você tenha a bíblia como fonte moral.
Luan Cunha disse…
O que me intriga é que você deixou em evidência que é uma condenação DIVINA e não pessoal.

Pelo jeito, Gusto, você não quer assumir nenhuma responsabilidade pelas crenças que você possui, pelas crenças que você expressa, e quer jogar toda a responsabilidade na bíblia e dizer que é tudo culpa do seu deus.

Quer saber de uma coisa? Eu não quero saber de quem é a culpa e nem me interessa o que está escrito na bíblia, a questão é que você tem crenças, e suas crenças são: se eu não ter a mesma religião que você e não adorar o mesmo deus, ou, se eu não tiver a mesma orientação sexual que você, então eu mereço ser torturado eternamente.

Quer saber de outra coisa? Eu não tenho nenhuma intenção em voltar a ser cristão, ou mudar minha orientação sexual (não que isso fosse possível). Mas então, por eu está usando meu poder de escolher o que é melhor para minha vida, você vem com essas regras morais deturpadas, vindas de um livro velho escrito por uns místicos antigos do Oriente Médio, cujas pessoas simplesmente a pegaram e a tomaram como verdade absoluta, e vem me dizer como eu devo agir e ser, e se eu não seguir o que me diz, então eu vou pro inferno sofrer.

E se essas são suas crenças, então você é uma pessoal maligna e horrível, que possui crenças crueis e injustas vindas de uma religião estúpida, mequetrefe, intolerante e discriminadora!

Essa é a gota d'água! Essa é a diferença moral entre nós. Você é heterossexual e cristão, e eu sou homossexual e ateu. Mesmo assim, eu NÃO acho que você mereça sofrer para sempre por não ter a mesma orientação sexual ou religião que a minha (não que ateísmo fosse religião, pelo amor de Darwin). Eu estou disposto a compartilhar o mesmo planeta que você e gozar dos mesmos direitos que você e tantas outras coisas boas. MAS VOCÊ, quer que eu sofra eternamente por não ser igual a você!

Quem é imoral agora?!
Walter pedra disse…
Na biblia realmente tem coisas horríveis e coisas maravilhosas,aproveita-se algumas coisas e deleta-se outras.Na minha opinião tem pessoas extremamente ambiciosas que usam a bíblia como meio para alcançar fortunas,poder,pelo que eu entendo deveria ser enquadrado no artigo 171.Tem até carnê para alcançar graças como sumir as dívidas,e outras,que só se pode atribuir a quem leva vantagens.Fora essas interpretações,Jesus deixou lições maravilhosas,principalmente a igualdade e o amor como princípio.Sou Cristão por convicção mas detesto religiões.Ser homossexual não é opção tiro por mim que nasci hétero e nunca poderia optar por ser homossexual,e se um homo pudesse optar acredito que nunca optaria por ser,principalmente pelo sofrimento que isso trás.
Anônimo disse…
Gusto,você precisa puxar pela memória.Você já andou a atacar ateus chamando-os de idiotas.Menos amigo,pois a hipocrisia cega às pessoas.
Gusto disse…
Anonimo das 12:52:vem vc me falar de hipocrisia?vc é cego ou o que? não sabe ler?volta la atras e ve como eu fui chamado pelos seus amigos ateus.

Todas as vezes que se faz comentarios sobre cristão e religião,sempre aparecem os nomes pejorativos,tais como:que somos estupidos,burros,ignorantes,impuros,idiotas e etc,

Se me dizem que cristianismo é idiotice,porque eu não posso dizer que ateismo é a mesma coisa?

O teu amigo Luan Cunha me chama de mequetrefe,impuro,falso...e aí... não vai dizer pra ele que ele é hipocrita porque me ataca,um cristão?me desculpe mas o cego aqui é vc,por não querer ver estas coisas!
Michelle disse…
Gusto,

Vc é hipócrita sim e vc não disse que o ateísmo é idiota e sim que os ateus são idiotas.

Vou colocar de novo o que vc disse em um de seus comentários aqui:
"Vão fazendo assim,pois até um ateu serio vai ver o quanto tem de idiotice em neos-ateus,e quanto vcs causam de perda para o seu movimento!"

Resumindo: nesta frase vc chamou ateus de idiotas (afinal "neo-ateus" são ateus como eu e como uma boa parte das pessoas que postam neste blog e se vc chama "neo-ateus" de idiotas vc está chamando todos os ateus de idiotas, já que - independentemente do termo que se usa - todos nós não cremos em deuses), vc atacou os ateus em vez de criticar o ateísmo.

E nós criticamos alguns religiosos sim - não apenas cristãos - não por causa da religião que eles escolheram seguir e sim por causa da atitude de alguns religiosos terem falsa moralidade, estarem dispostos a cometer atos bárbaros em nome de sua crença/deus, acharem que tem o direito de discriminar e maltratar qualquer pessoa que não vive de acordo com os preceitos e dogmas da religião que seguem (como se crer em um deus ou deuses e ter uma religião dessem um passe livre à esses religiosos para agirem como verdadeiros trogloditas preconceituosos e como se ele estivessem acima do bem e do mal por acharem que tem deus do lado deles).

Vc pode ter certeza Gusto, que se eu ver atitude de algum religioso ou até mesmo de um ateu ou agnóstico que eu achar completamente absurda, fora de propósito e intolerante, eu vou chamar a atenção dessa pessoa.

No caso do Luan, eu concordo com ele em chamar a atenção de certas pessoas (que acontece de serem religiosos/crentes em deus) por causa da intolerância, discriminação e desrespeito com que essas pessoas nos tratam.
Luan Cunha disse…
Gusto, não te chamei de impuro nem de falso. Mequetrefe é a sua crença e essa atitude impertinente em dizer comoo que eu devo ser e como agir, atitude típica de um cristão xiita.

Mais impertinente ainda é dizer que não entendemos seu livro "sagrado". Assim como eu, muitos daqui vieram de famílias religiosas, receberam uma educação religiosa, até foram cristão um dia e hoje são apóstatas. É uma leviandade afirmar que seus dogmas são estranhos para nós. Não debatemos coisas que não sabemos.

Agora seja honesto pelo menos uma vez desde que apareceu aqui e assuma as crenças horríveis e o preconceito intolerente que você possui ao meu respeito e a pessoas iguais a mim e pare de culpar a bíblia e deus.

É isso que me emputece nos cristãos. Eles afirmam que ateus e gays vão pro inferno se não se inscreverem na seita de vocês, o que por si só já é maligno e horrível, e quando esfregamos em suas caras o preconceito cruel e injusto que possuem e expressam, vocês querem se proteger e jogam toda a responsabilidade na bíblia e culpam deus pelas crenças que vocês mesmos escolheram seguir. É de uma desonestidade intelectual e hipocrisia sem tamanho. Essa pra mim é a gota d'água do cristianismo.

Use sua racionalidade pelo menos uma vez na vida e assuma toda a responsabilidade pelas crenças que você escolheu seguir.
Gusto disse…
Luan Cunha, vc não parte pra ofensa?...olhe o que vc disse de vc mesmo no dia 25/11/11 as 02:05


"Tipo, acho que estou virando uma espécie de esteriótipo de "ateu ultra-racional", e não gosto de esteriótipos, eu não sou assim no meu dia-a-dia. Sou uma pessoa que ainda tem muito que aprender, muito com o que vivenciar, e, confesso, ainda tenho minhas crenças irracionais e preconceitos. E confesso que às vezes perco as estribeiras e acabo partindo pra agressão e ofensas gratuitas e acabo virando uma espécie de troll. Também não sou assim no meu dia-a-dia, quem me conhece pessoalmente sabe que sou uma pessoa serena e amigável."

Então,cara,foi ação-reação...porque eu tambem não sou assim no meu dia-dia.

E olhe que eu entrei nest blog para comentar apenas que o rapaz la de cima,havia confundido o alcorão com a biblia!

Se não fosse isso,eu nem estaria comentando nesta materia,afinal,o islamismo não é minha religião,apesar de concondar tambem,que o que fizeram com a moça afegã foi terrivel...dentro do cristianismo protestante,não tem isso!
Caruê disse…
Gusto
Não é uma confusão e sim uma comparação, tanto a Bíblia quanto o Alcorão possuem influencia e trechos sagrados basicamente idênticos a sua fonte Judia, muitos profetas são idênticos inclusive algumas leis. A maioria dos cristãos ignoram o trecho deste livro que diz que se uma mulher virgem for estuprada deve se casar com o estuprador, mas esta passagem ainda esta lá.
A pergunta que faço é porque são eles e não nos a cometer este crime se o nosso guia moral é basicamente idêntico?
O ocidente passou pelo iluminismo e conseqüentemente pelo secularismo, essas são as únicas razões por termos deixado de queimar bruxas e outros atos de violência.
Gusto disse…
Me desculpe Caruê,mas vc não comparou e sim afirmou que o mesmo caso da moça afegã,sobre estupro, esta na biblia nos mesmos moldes.

Olha o que vc disse:

"Tem alguns trechos da bíblia que citam que em caso de estupro a mulher deve casar com o estuprador e pagar uma multa a familia. Pessoas praticam as maiores barbaridades em todos os cantos do mundo, matam e estupram.
Vão brotar estupradores ate mesmo na Suíça no entanto apenas um religião doentia vai ser capaz de convencer o povo de que uma mulher por ter sido estuprada, deve ser punida com o estupro pelo resto da vida com seu algoz".

A biblia não diz isso...ao contrario,já no AT,o homem que fizesse isso,era castigado>Veja Deuteronomio 22.25-26:

25 E se algum homem no campo achar uma moça desposada, e o homem a forçar, e se deitar com ela, então morrerá só o homem que se deitou com ela;
26 Porém à moça não farás nada. A moça não tem culpa de morte; porque, como o homem que se levanta contra o seu próximo, e lhe tira a vida, assim é este caso.

No NT vc tambem não encontrara nada que se pareça com este principio islamista.

E não vem dizer que biblia,torá e alcorão é a mesma coisa,pois não é.

A primeira coisa que vem a cabeça de alguem quando se fala em biblia,é que ela se refere aos cristãos.

Quando se diz torá logo se pensa em judeu.

E quando se fala em alcorão,em islâmicos.

Isso se chama indentificação!

Por isso quando vc citar trechos religiosos,especifique o livro correspondente,e não faça "comparaçôes" onde não existem!
Michelle disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle disse…
Gusto,

>> Caruê: "Tem alguns trechos da bíblia que citam que em caso de estupro a mulher deve casar com o estuprador e pagar uma multa a familia. Pessoas praticam as maiores barbaridades em todos os cantos do mundo, matam e estupram.
Vão brotar estupradores ate mesmo na Suíça no entanto apenas um religião doentia vai ser capaz de convencer o povo de que uma mulher por ter sido estuprada, deve ser punida com o estupro pelo resto da vida com seu algoz".


Gusto: "A biblia não diz isso...ao contrario,já no AT,o homem que fizesse isso,era castigado"

A bíblia diz isso sim, meu querido:

Deuteronômio 22: 28-29:

"28 Quando um homem achar uma moça virgem, que não for desposada, e pegar nela, e se deitar com ela, e forem apanhados,

29 Então o homem que se deitou com ela dará ao pai da moça cinqüenta siclos de prata; e porquanto a humilhou, lhe será por mulher; não a poderá despedir em todos os seus dias."


O que vc esqueceu de comentar sobre o estupro na bíblia é que apenas o homem que estuprou a mulher seria castigado e a mulher seria poupada da morte se o estupro tivesse acontecido no campo, onde a mulher não seria ouvida se gritasse por socorro:

Deuteronômio 22: 25-27

25 E se algum homem no campo achar uma moça desposada, e o homem a forçar, e se deitar com ela, então morrerá só o homem que se deitou com ela;

26 Porém à moça não farás nada. A moça não tem culpa de morte; porque, como o homem que se levanta contra o seu próximo, e lhe tira a vida, assim é este caso.

27 Pois a achou no campo; a moça desposada gritou, e não houve quem a livrasse.


Mas se o estupro ocorresse na cidade e a mulher não gritasse por socorro, aí ela seria apedrejada até a morte junto com o estuprador na porta da cidade.

Deuteronômio 22:23-24

23 Quando houver moça virgem, desposada, e um homem a achar na cidade, e se deitar com ela,

24 Então trareis ambos à porta daquela cidade, e os apedrejareis, até que morram; a moça, porquanto não gritou na cidade, e o homem, porquanto humilhou a mulher do seu próximo; assim tirarás o mal do meio de ti.

Resumindo: nessa passagem, até a vítima é culpada pelo estupro. Não vejo tanta diferença assim entre a bíblia e os costumes de teocracias islâmicas onde a mulher é culpada do próprio estupro e punida por isso.
Gusto disse…
Michelle,

Vc esta distorcendo as passagens biblicas...o grito que esta escrito ali é metaforico e não um grito literal,tipo:AAAAAAAAAAAAAAAAAAiiiiiii...o primeiro caso em deuteronomio 22:25-27 é configurado por estrupo porque a moça não esta consentindo com o ato,e vemos isso pela palavra FORÇAR...no segundo caso,deuteronomio 22:23-24, o não gritar se refere ao consentimento da mulher e isso não é estrupo e sim adulterio!

E não venha me dizer que mesmo assim Deus consente na morte,pois te digo que em muitos paises tem pena de morte,e aqui no Brasil se fala em criar uma lei como esta,e infelizmente muitos são a favor,inclusive ateus!
Michelle disse…
@Gusto,

>> "Vc esta distorcendo as passagens biblicas...o grito que esta escrito ali é metaforico e não um grito literal,tipo:AAAAAAAAAAAAAAAAAAiiiiiii...o primeiro caso em deuteronomio 22:25-27 é configurado por estrupo porque a moça não esta consentindo com o ato,e vemos isso pela palavra FORÇAR...no segundo caso,deuteronomio 22:23-24, o não gritar se refere ao consentimento da mulher e isso não é estrupo e sim adulterio!"

Isso é típico. Toda vez que mostramos passagens da bíblia que dizem atrocidades como forçar uma mulher que foi estuprada a casar com o estuprador e apedrejar a mulher até a morte pq ela foi estuprada na cidade em vez de no campo (como se a mulher escolhesse o local de seu estupro, portanto sendo culpada) vcs falam que tiramos a passagem de contexto, que interpretamos ela do jeito errado, etc...

Então aquelas passagens do Levíticos, Êxodo e Deuteronômio onde se diz que crianças desobedientes tem que ser levadas aos limites da cidade para serem apedrejadas até a morte pelos anciãos? Qual será "a interpretação" dessa passagem?É alguma "metáfora" ou estou tirando do contexto? E não me venha falar que está no Antigo Testamento e não vale mais pq Jesus veio e invalidou essas regrinhas pq Jesus mesmo criticou os judeus por não apedrejarem seus filhos desobedientes como se diz no Antigo Testamento. (vide Marcos 7:9-10)

Ou aquela passagem em Coríntios onde se diz que a mulher tem que ficar calada na igreja e ser obediente ao homem e que se ela tiver alguma pergunta que a faça ao marido em casa pq é uma vergonha a mulher falar na igreja (Vide Coríntios 14: 34-35)? Qual a "verdadeira interpretação" disso?

Ou onde se diz que bater em crianças com uma vara é sinal de amor parental? (Provérbios 13: 24); bater em seu filho o fará menos bobo (Provérbios 22:15); bater em seu filho com força e com frequencia mesmo que isso o mate, afinal isso salvará a alma dele de queimar no inferno (Provérbios 23:13-14) etc...? Qual são as "verdadeiras interpretações" dessas passagens?

>> "E não venha me dizer que mesmo assim Deus consente na morte,pois te digo que em muitos paises tem pena de morte,e aqui no Brasil se fala em criar uma lei como esta,e infelizmente muitos são a favor,inclusive ateus!"

Eu sou contra a pena de morte. Eu sou contra matar pessoas, não interessa se quem faz isso é um bandido ou o Estado. Pra mim prisão perpétua e sem condicional (dependendo da gravidade do crime) é punição mais do que suficiente.
Gusto disse…
Michelle,

Vc não conhece regras de Hermneutica Biblica,e nem Exegese de Texto.
Não vou fazer um compendio aqui,porque vc não ia entender mesmo,então só vou dar uma regra basica de hermeneutica...uma das regras da hermeneutica é que: a biblia explica a propria biblia,ou seja, vc não vai encontrar em nenhum lugar a explicação logica pra tudo que esta na biblia,porque a biblia é um livro espiritual e não um livro comum...então querer entender só com a mente,é impossivel!leia 1 corintios cap. 2.9-16.
Exegese de texto é entender e aplicar corretamente o texto em questão,ou seja,ler texto e contexto,tendo como auxilio a hermeneutica.

No caso das mulheres,a que estava no campo tinha poucas testemunhas,ou nenhuma para ver o ato,e ela tem coragem para denunciar(gritar) o caso de estrupo.
A que estava na cidade,lugar mais movimentado,consequentemente mais gente e mais testemunha,se ela fosse estrupada,seria mais facil de denunciar o caso...mas ela não "gritou",ou seja não denunciou,e sim consentiu com o ato,sendo isso configurado como adulterio.

Quanto ao caso dos filhos e Jesus,mais uma vez vc está distorcendo a passagem,porque Jesus não mandou apedrejar os filhos,Ele apenas citou a lei e a tradição.(Mc 7.9-10):

Verso 9:E dizia-lhes:Bem invalidais o mandamento de Deus para guardares a vossa tradição.

No verso 10 Ele diz:Porque MOISES DISSE(grifo meu):Honra teu pai e a tua mãe e:Quem maldisser ou o pai ou a mãe deve ser punido com a morte.

Jesus era judeu e como tal cumpria a lei e isso quando ainda vigorava o AT,porque o NT só começou quando Jesus morreu e ressuscitou.

Veja as palavras do proprio Jesus em mateus 5.17:Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas;não vim ab-rogar,mas CUMPRIR(grifo meu).

Ele cumpriu toda lei,e quando morreu e ressusciotu,Ele mostrou a essência dela e não apenas a regra.

È mais ou menos como a lei do cinto de segurança.Se vc perguntar a muitas pessoas porque ela usa o cinto de segurança,muitos vão dizer que é para não ser multado,quando na verdade é para salvar vidas...então fica assim:

Regra:Multa
Essência:Salvar vidas.

Quando Jesus morreu e ressuscitou,Ele trouxe essa essência que é o amor,porque o cumprimento da lei é o amor(romanos 13.10)
Gusto disse…
Continuando:

No caso da disciplina a crianças em proverbios,ela é corretiva e não punitiva,pois quando se corrige desta maneira,não se espanca e sim corrige.Veja prov. 23.13.

No caso de 1 corintios 14.34-35é sobre mulheres ficarem caladas,é cultural e temporal.

Nos nossos dias e na nossa cultura não é assim,pois nos temos mulheres pastoras,mulheres que FALAM na igreja dando palestras,obreiras e etc.

Veja o que é cultura:Tem um pais africano,não me recordo qual,onde os homens quando são muito amigos,andam de mãos dadas publicamente,mesmo sendo cristãos.

Agora imagine se isso é possivel aqui no Brasil pois se isso acontecer,vãos dizer que os tais são gays! e isso é preconceito?não!!È questão de cultura.

Quanto aos mandamentos de DEus no AT que envolvem mortes,até pra nós cristãos é dificil entender só com nossa mente,pois Deus é Soberano em tudo que fala e faz!

Resumindo,Michelle,a biblia não é um livro comum que vc entende só raciocinando com a mente,ela é espiritual,e só pode entende-la e aceita-la quem está em sintonia com seu AUTOR...leia 1 corintios 2.14-16.
Gusto disse…
Quanto a pena de morte eu tambem sou contra,e concordo contigo:prisão perpetua!(quando a pessoa é realmente culpada)...porque aqui no Brasil vc sabe,né...nem sempre se faz justiça!
Michelle disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle disse…
Gusto,

>> "Não vou fazer um compendio aqui,porque vc não ia entender mesmo,então só vou dar uma regra basica de hermeneutica...uma das regras da hermeneutica é que: a biblia explica a propria biblia,ou seja, vc não vai encontrar em nenhum lugar a explicação logica pra tudo que esta na biblia,porque a biblia é um livro espiritual e não um livro comum...então querer entender só com a mente,é impossivel!leia 1 corintios cap. 2.9-16."

Raciocínio circular vicioso...já ouvi essa antes, várias vezes.

Agora que tal vc explicar hermenêutica e exegese de texto para a menina que foi espancada pelos pais pq estes decidiram educar seus filhos a partir de um livro cujo autor usa exatamente essas passagens da bíblia sobre bater nos seus filhos é uma forma de mostrar que vc os ama e não quer que eles sejam condenados ao inferno?

Sinceramente, há outras formas mais eficientes de se educar um filho sem apelar para a vara.
Mas vc não pode explicar isso a essa garota pq ela morreu de tanto apanhar.

A bíblia tem várias atrocidades em que - como vc disse - tem que levar em consideração a cultura e o contexto da época, mas tem pessoas que não estão nem aí pra isso e usam a bíblia como meio de educar seus filhos. Eu já conversei com um religioso que chegou a ameaçar o próprio filho com apedrejamento e esse menino falou que não iria mais questionar o pai pq ele não queria ser apedrejado de novo. Puxa vida, né?

>> Então tá. Se - por exemplo - eu for estuprada na cidade onde moro e não gritar por socorro ou não denunciar por medo ou vergonha, eu terei que ser apedrejada até a morte pq - de acordo com a bíblia - eu meio que consenti em ser violentada e pq cometi adultério? Isso se não me obrigarem a casar com o cara que me estuprou depois que ele pagar uma quantia em dinheiro para o meu pai, né?

>> "Quanto aos mandamentos de DEus no AT que envolvem mortes,até pra nós cristãos é dificil entender só com nossa mente,pois Deus é Soberano em tudo que fala e faz."

Ou seja - mesmo quando o deus da bíblia comanda genocídios de tribos inteiras não poupando nem sequer as crianças e mulheres grávidas, acaba com a humanidade toda, destroi duas cidades dizimando um monte de gente, fala para o pai matar o próprio filho para provar sua fé em deus, mata primogênitos, acaba com o gado, lança pragas, etc - essas atrocidades não podem ser criticadas e condenadas pq o deus da bíblia sabe o que faz.

Gusto, genocídios, assassinatos em massa, sacrifício seja humano ou animal, etc, são atitudes condenáveis; não importa que fez ou quem mandou ser feito.
Gusto disse…
Michelle,

Me desculpe,mas quem tem raciocinio vicioso é vc!

Olha o que vc disse:

"A bíblia tem várias atrocidades em que - como vc disse - tem que levar em consideração a cultura e o contexto da época, mas tem pessoas que não estão nem aí pra isso e usam a bíblia como meio de educar seus filhos. Eu já conversei com um religioso que chegou a ameaçar o próprio filho com apedrejamento e esse menino falou que não iria mais questionar o pai pq ele não queria ser apedrejado de novo. Puxa vida, né?".

O que vc disse,é insultar a inteligencia de todos,inclusive de ateus.

Vc não pode pegar um caso isolado de alguem que interpretou mal a biblia,e passar esse erro pra todos.Se este pai fez isso mesmo,ele esta totalmente errado por querer fazer algo que esta na lei que foi abolida por Cristo,sem contar que a disciplina que ele aplicou foi PUNITIVA,e não INSTRUTIVA.

No caso,de novo,da mulher,na cidade,vc insiste que ela foi estrupada,quando na verdade ela traiu o seu marido,consentindo com o ato.E ISTO É ADULTERIO E NÃO ESTRUPO!!!

A minha mente,a sua mente e a mente de qualquer pessoa,é muito pequena para compreender Deus,então tudo o que Ele fala e faz,as vezes, se torna incompreensivel a nossa mente limitada.

Ele mesmo diz na Sua palavra em Isaias 55.8-11:

8 Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor.
9 Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.
10 Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come,
11 Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.

Então,Michelle,nós aceitamos por fé,e não por raciocinio,tudo o que Deus faz!

Devo-lhe lembar mais uma vez,que quando nós cristãos lemos o AT,é dificil compreender só com a mente,o que Deus fez ou mandou fazer,mas aceitamos por fé,porque aceitamos a Sua Soberania e Sabedoria.

Esta mesma lei que está no AT,e que se tornou dificil aceitar só com a mente,se tornou um jugo pesado,ate para os judeus,quanto mais pra nós gentios!

Esse jugo é tão pesado,que é inaceitavel dentro da nova aliança,pois esta escrito em Atos 15.10:


Ato 15:10 - Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um JUGO QUE NEM NOSSOS PAIS E NÓS PUDEMOS SUPORTAR?(grifo meu).

Estas palavras foram do apostolo Paulo criticando os judeus por quererem que os novos cristãos guardassem a lei de Moises!

Então vou repetir e guarde bem isso:

NÃO SOMOS JUDEUS DEBAIXO DA LEI!
E SIM CRISTÃOS DEBAIXO DA GRAÇA!

Olha o que Deus diz a respeito da familia na graça:

em relação aos filhos:

Efe 6:4 - E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor.

Em relacão a mulher:
Efe 5:25
Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

Em relação ao proximo:

Gal 5:14 - Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo

Então,Michelle,se vc misturar as dispensações,Lei e Graça,vc estara com a mente sempre confusa!
Michelle disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle disse…
Gusto.

>> "No caso,de novo,da mulher,na cidade,vc insiste que ela foi estrupada,quando na verdade ela traiu o seu marido,consentindo com o ato.E ISTO É ADULTERIO E NÃO ESTRUPO!!!"

E se a mulher não for casada? Ela será apedrejada até a morte do mesmo jeito? Claro que não, ela será obrigada a casar com o cara que a violentou... mto legal isso, não é msm? (só para não dizer o contrário)


>> "Então,Michelle,nós aceitamos por fé,e não por raciocinio,tudo o que Deus faz!"

Vc falou td. Aí está a diferença. Vc aceita td por fé, sem questionar e eu - diferente de vc - questiono td, raciocino sobre as coisas e não aceito cegamente td o que a bíblia fala só pq - supostamente - ela é a palavra de deus.

>>> Eu não sou cristã, então essas coisas que tem na bíblia (incluindo a punição eterna no inferno) são pra vc, não pra mim.

E eu não preciso dos 10 mandamentos para respeitar e amar o próximo e para ser uma pessoa honesta e de bem.
Gusto disse…
Michelle,

Que vc é uma pessoa honesta e de bem,eu posso acreditar que sim,mas isso é dever de todo ser humano.

O que eu busco não é só ser uma pessoa de bem,mas sim a vida eterna que está em Cristo,embora eu sei que vc não cre nisso!

Vc crendo ou não,a biblia é clara em dizer,que por obras ninguem será salvo,e sim pela graça de Deus!...e quando a biblia diz obras, está dizendo que ninguem será salvo por ser apenas bonzinho e honesto,mas sim por crer em Cristo e no seu sacrificio na cruz do calvario!e sabe porque?PORQUE NINGUEM PODE SE GLORIAR DIANTE DE DEUS!!!

Veja o que diz Efesios 2.8-9:

8 PORQUE PELA GRAÇA SOIS SALVO, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.(grifo meu)
9 NÃO VEM DAS OBRAS, para que ninguém se glorie;(grifo meu)

E Romanos 4.2:

Rom 4:2 - Porque, se Abraão foi justificado pelas obras, tem de que se gloriar, MAS NÃO DIANTE DE DEUS.(grifo meu).

Uma coisa vc disse certo...ha uma grande diferença entre nós:

Vc raciocina só com a mente humana,ou seja,vc é uma pessoa natural!

Eu raciocino com a mente humana e com a mente espiritual,ou seja,eu sou uma pessoa espiritual!

Eu tenho a mente de Cristo(1 Cor.2.16).

E vc? a mente de Darwin?de Dawkins?de Marx?etc,etc,etc...!
Michelle disse…
Gusto,

O que vc não entende - ou não quer entender - é que citar passagens bíblicas não são argumentos e não funcionam com uma pessoa que não é cristã e que não usa a bíblia como guia pra tudo. Como eu já disse antes, a bíblia e as regras do cristianismo são para vc - já que vc é cristão - e as tais palavras, regras e ensinamentos de seu deus são para vc - já que o teísta aqui é vc.

Pra mim ser uma pessoa moral, honesta, altruísta e de bem já é suficiente. Eu faço que é certo por que é a coisa certa a fazer, não pq um livro religioso me diz pra fazer. Eu não preciso de ser salva em Jesus pra ter uma boa vida. O que me importa é a vida que eu vivo agora, pq é a única que eu tenho. A vida é mta curta pra ficar se preocupando com uma vida após a morte que ninguém sabe se existe ou não. Eu é que não vou perder meu tempo preocupando com o que vai acontecer ou não depois que eu morrer, pra que lugar que eu vou, etc. Tudo que eu sei é um dia eu vou morrer e meu corpo virará cinzas e não haverá mais Michelle nesse mundo. Pronto.

>> "Vc raciocina só com a mente humana,ou seja,vc é uma pessoa natural!"

Sou uma pessoa racional, ainda bem!!


>> "E vc? a mente de Darwin?de Dawkins?de Marx?etc,etc,etc...!"

Eu tenho minha própria mente, mto obrigada. Eu penso por mim mesma, não por Dawkins, não por Marx, não por Darwin, etc.

Eu não preciso de citar partes dos livros deles ou frases de nenhum outro pensador num debate para servir de base aos meus argumentos e opiniões. Eu sei argumentar por mim mesma; eu tenho minhas próprias opiniões, ainda bem.
Eu não sou um papagaio de um determinado filósofo, pensador, cientista, escritor, etc, que fica repetindo fielmente - até a vírgula - do que eles disseram. Eu sei desenvolver minhas próprias idéias.

O único momento que eu cito livros ou frases de alguém é para refutar a pessoa em alguma coisa; como por exemplo eu citar algumas passagens da bíblia para refutar os seus argumentos; uma vez que citei uma parte de Ecce Homo para provar para uma pessoa - usando as palavras do próprio Niezstche - que ele era ateu, ao contrário do que a pessoa tinha falado e numa situação que uma pessoa citou (não por completo) uma parte do livro de Darwin - dando a entender que o próprio Darwin não acreditava muito na sua pesquisa sobre a evolução das espécies - onde eu tive que citar a parte completa, desmentindo o argumento dessa pessoa que citou Darwin de forma errada. Mas é só nesse tipo de situação.

Eu não preciso de apelar para autoridade para validar meus argumentos.
Gusto disse…
Michelle,

O que não funciona é alguem ficar citando uma fonte,como vc fez até agora,no caso,a biblia,e criticar as partes que vc "acha" que está errado,e não aceitar outras partes desta mesma fonte....isso em debates,ou papos,ou ate comentarios,se chama desonestidade!Se vc não acredita na biblia,é um direito todo seu,mas seja coerente,se citar alguma parte da biblia,aceite toda ela,não em questão de crença,mas como argumento!

Quanto a seguir um caminho,é escolha livre de todos,se vc se sente bem assim,sendo ateia,que seje feliz.Cada um segue com seus principios!

Agora quanto a ter a mente formada por algo ou alguem é comum no ser humano...ninguem nasce cristão ou ateu.

Vc não nasceu ateia,vc sim foi influenciada por alguem,com ideias ateistas, e por fim influenciada por esses homens a qual citei.

Ninguem nasce descrendo ou crendo em Deus,mas sim somos influenciados e depois livremente escolhemos crer ou não.

Se vc crer em Deus, vai na fonte que é a biblia,e se não crer e for ateu, vai ser influenciada pelos escritos de Darwin,Dawkins,Marx,Freud e outros!

Então minha amiga,nossa conversa termina aqui,pois iremos ficar o resto do ano aqui escrevendo e a conclusão sempre vai ser a mesma,vc defendendo os seus principios ateistas e eu defendendo meus principios cristãos.....vc criticando as partes que "acha" que estáo erradas na biblia,e eu refutando com argumentos que a propria biblia me dá...vc citando o At que é pra judeus,e eu refutando com o NT que é pra cristão.

Então boa sorte,siga em frente e seje feliz!
Michelle disse…
Gusto,

Pregações religiosas - como a que vc fez citando passagens da bíblia - não são argumentos; são apenas pregações religiosas.

Eu não nasci acreditando em deus de espécie alguma. Qdo eu nasci eu não tinha noção dos conceitos de deuses, religiões, etc. É impossível a crença em algum deus ser inata no ser humano; ninguém nasce já sabendo o que é deus e acreditando no mesmo. Essa crença é adquirida/imposta pela família, escola, pelas pessoas que nos cercam, outras instituições, etc. A minha família tentou me influenciar a acreditar em deus e por um tempo funcionou (minha vó pedindo bença, minha tia me ensinando o pai nosso, etc). Mas eu passei a questionar certas coisas em relação a isso. A religião msm é que não foi imposta. Meus pais nunca me obrigaram a fazer catecismo, primeira comunhão, crisma, etc, e como eu nunca interessei pq desde cedo eu já tinha a opinião formada que ter uma religião não era exatamente a minha praia.

Desde cedo eu questionava religiões e crenças em deuses e nessa época eu nunca tinha lido um único livro de Dawkins, Darwin (o que evolução das espécies tem a ver com ateísmo?), Marx, Freud, Niezstche, nem nada. Eu tinha apenas 8-9 anos; os livros que eu lia mais eram da coleção Vagalume, hehehe. Então, o ateísmo foi meio que um caminho - digamos assim, por falta de um termo melhor - inevitável.

Eu li Marx na adolescência e Niezstche qdo eu tava na faculdade e eu já era atéia há um bom tempo. Esses autores que vc citou não me influenciaram a ser atéia. Eu virei atéia agnóstica pq eu cheguei à conclusão - através de questionamentos vários - que não tem como saber se deuses existem ou não, mas devido à falta de evidência da existência dos mesmos eu não via (e ainda não vejo) razão para se acreditar em divindades de qualquer tipo. Simples assim. Eu não fui influenciada por idéias ateístas por ninguém. Eu comecei a ler Dawkins depois que virei atéia.

Poxa, vc tá igualzinho o Marcos Vital cujo argumento que ele deu para alguém virar ateu é ncessário ler obras de autores ateus, como se não fôssemos capazes de raciocinar e chegar às certas conclusões sozinhos, sem apelar para autoridade alguma.

A diferença entre eu e vc é que a bíblia "pensa" por vc; a sua mente pertence somente à bíblia e não a vc. A minha mente pertence a mim mesma (não pertence a nenhum pensador, cientista, filósofo, etc). Eu sou capaz de pensar por mim mesma. Foi assim que virei atéia.


>> "vc citando o At que é pra judeus,e eu refutando com o NT que é pra cristão."]

Ok, então - de acordo com este seu argumento - os 10 mandamentos foram feitos apenas para os judeus, não para os cristãos. Como vc é cristão, vc não tem que seguir os 10 mandamentos, não é msm (já que esses mandamentos estão no Velho Testamento)?
Gusto disse…
Michelle,

Vou só responder pra vc a respeito dos dez mandamentos,pra não ficar sem resposta o seu questionamento,depois nosso papo se encerra aqui,pois como disse a vc,é como chover no molhado.

Para os judeus não havia divisão de leis,tais como:os dez mandamentos e as outras leis que vc acha em levitico e outros livros.tudo era uma só lei.

Eles tinham 613 leis:603 nos livros que mencionei e os 10 mandamentos em êxodo.

Os judeus com o tempo passaram a só observar estas leis como regra e não na sua essencia!

Quando Cristo aboliu a lei,Ele aboliu toda lei,inclusive os dez mandamentos,pois como disse a vc,os judeus não faziam divisão na lei.Cristo aboliu as regras e não a essencia.

Devo lembrar a vc que sou um gentio(não judeu)e eu não tinha lei,só consciencia do que era certo ou errado...veja em romanos 2.14-15:

14 Porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem naturalmente as coisas que são da lei, não tendo eles lei, para si mesmos são lei;
15 Os quais mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência, e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os;

Quando eu me converti não precisei recorrer a lei pra ser justificado,pois essa lei só mostrava a morte,mas recorri a graça de Cristo,e essa me justificou,pois na graça o que impera é a lei de Cristo no Espirito!veja em romanos 8.2:

Rom 8:2 - Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.


É claro que vc pode dizer novamente:"isso é pra vc" ou "não sou teista,não preciso ouvir isto"...tudo bem!mas eu recorri a biblia pra argumentar com vc,algo que vc mesma questionou que esta na biblia!

Então minha cara,só resta eu te desejar novamente sorte,e quem sabe um dia nós podemos conversar novamente...adeus e seje feliz!
Caio... disse…
Isso é uma passagem Bíblica inclusive, sabiam? http://www.bibliaonline.com.br/acf/dt/22 28 e 29... se querem seguir essas coisas boa sorte.
Pierre Leon disse…
Estava lendo os comentarios de Gusto e Michelle,e achei na biblia estes versiculos que falam sobre a Lei no novo testamento<1 timoteo cap. 1 vers 5-11



5 Ora, o fim do mandamento é o amor de um coração puro, e de uma boa consciência, e de uma fé não fingida.
6 Do que, desviando-se alguns, se entregaram a vãs contendas;
7 Querendo ser mestres da lei, e não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam.
8 Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente;
9 Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os ímpios e pecadores, para os profanos e irreligiosos, para os parricidas e matricidas, para os homicidas,
10 Para os devassos, para os sodomitas, para os roubadores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para o que for contrário à sã doutrina,
11 Conforme o evangelho da glória de Deus bem-aventurado, que me foi confiado.
Anônimo disse…
E o Levítico? Lindo...
Valdo disse…
É eu queria saber onde está escrito no Alcorão que uma mulher deve ser presa ou se casar com o estuprador.
Se observarem bem, verão que religião a parte, cada país tem uma história, cultura e costomes, nem sempre ligados ou surgidos a partir da religião.
A Ásia central passou por anos de dominação mongol e turca e recebeu muito da cultura e dos costumes desses povos.
E para quem diz que coisas absurdas acontecem em países religiosos, nos países em que o ateísmo era oficial, também ocorriam coisas absurdas.
Anônimo disse…
Acho isso uma palhaçada daquele país, isso dar nojo dar vontade de vomitar.
Anônimo disse…
deus nao presisa de religião para existir. eu nao sou de nenhuma religião e sei que deus existe. quem fala mau de deus vai pro INFERNO !!!!!!!!!! e nao adianta na ultima hora vim pedir perdao pode ate gritar mais vai ser tarde de mais então abre o olho e fike com deus irmão
Michelle disse…
Anônimo (26 de setembro de 2012 13:05)

>> " eu nao sou de nenhuma religião e sei que deus existe."

Como vc sabe que seu deus existe? Vc tem provas? Se tem, mostre-as.


>> "quem fala mau de deus vai pro INFERNO !!!!!!!!!! e nao adianta na ultima hora vim pedir perdao pode ate gritar mais vai ser tarde de mais então abre o olho e fike com deus irmão"

Diz que não é de nenhuma religião, mas o seu discurso é digno de um evangélico fanático. Estranho...
Anônimo disse…
Pode-se começar erradicando a seita ateísta. Que tal?
Anônimo disse…
A inteligência reseitaa liberdade pessoal das pessoas e as suas escolhas. O inteligente convence pelos seus argumentos e não pela imposição da sua forma de pensar. Exterminar as religiões e as crenças das pessoas à força é digno de um talibã.
paulo disse…
As mulheres são em segundo plano isso e um absurdo as mulheres são escravas nos países muçulmanos e tratada como se fosse nada sem valor nenhum a mulher e estrupada ainda e presa e brincadeira mentalidade
atrasada esse povo vivir um falso Deus.