Sudanesa leva 53 chibatadas por usar calça, mostra vídeo


Uma mulher de Cartum, capital do Sudão, foi punida por 53 chibatadas em praça pública por cometer o crime de usar calça, de acordo com código penal islâmico. Um vídeo de dois minutos postado no Youtube [acima] mostra a mulher em desespero, aos berros, sendo açoitada por dois policiais rindo.

Pelo menos uma das vergadas pega o seu rosto. Um policial afirma que, se ela não se sentasse para receber o castigo, poderia ficar presa por dois anos. O vídeo foi deletado do Youtube.

Sudão é o maior país da África. Tem cerca de 40 milhões de habitantes, muçulmanos, na maioria. Os idiomas oficiais são o árabe e o inglês. Os não muçulmanos resistem à lei islâmica, a Sharia.

Não se sabe quando foi aplicada a pena das chibatadas. Hoje (14), mulheres que viram as imagens na internet protestam em Cartum contra as leis “humilhantes” às quais são submetidas somente as mulheres. Cerca de 50 delas foram detidas por provocar desordem.

O Ministério da Justiça prometeu apurar se a lei foi devidamente aplicada. O código islâmico determina que as adúlteras sejam chicoteadas ou apedrejadas até a morte. No caso do uso de calça, a lei é vaga, ficando por conta da interpretação de quer der a sentença.

Com informação das agências e vídeo do Youtube.





Para Emirados, marido pode surrar mulher, mas sem hematomas
outubro de 2010

Fanatismo religioso.    Intolerância religiosa no mundo.


Comentários

  1. a pessoa sofrer pq usou uma calça, lamentável....
    tem "pessoas" que não evoluem das idéias

    ResponderExcluir
  2. Ainda dizem que a humanidade evoluiu...
    Isso é definitivamente lamentável.

    ResponderExcluir
  3. Isso é pura ignorância...
    Realmente lamentável bando de FDP!!!

    ResponderExcluir
  4. PUTA MERDA. Isso é idiotice. Povo que não evolui. Imagine se fosse aqui no Brasil. Fudeu né? Todas as mulherem tava FODIDAS. Meu Deus, o que esse povo pensa que tá fazedno :(

    ResponderExcluir
  5. Esse país é primitivo em suas leis, que ridículo.

    ResponderExcluir
  6. Não concordo com as leias, mas usou calça porque quis. Se quis, arca com as consequencias. A lei (estupida) tem que ser seguida.

    Vale salientar que sou conta esse tipo de coisa, mas lei é lei. Seria como matar alguem, mas achar que n vai preso. se for pego, vai sim. o mesmo se aplica a calça. é estupido, mas rebela-se a lei quem pode, não quem quer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, você é só um idiota.

      Se uma lei é absurda, não se opor a esta lei é imoral.

      Excluir
    2. Por existirem pessoas como você que o Brasil segue ruim. Menores de 18 anos matam pais de família e crianças, ficam 3 ( ou menos ) na fundação casa e no entanto temos que nos conformar porque lei é lei neh... abaixe a cabeça e conforme-se. Será que assim algo vai mudar?

      Excluir
    3. Quanta ignorancia. Toda lei deve ser cumprida sim, mas nesse caso é apenas uma calça e aquele país de ignorantes condena mulheres q usam. Isso é um absurdo. E tu como brasileiro concordar com isso é mais absurdo ainda, comparar a lei que PROIBE MATAR com a lei que PROIBE A MULHER DE USAR CALÇA... te tornas tanto ingorante como eles. ABSURDO!!!!!!!!!
      Eu, como mulher fiquei horrorizada, chocada e muito triste com os gritos desta pobre coitada mulher. E o que me deixa mais triste ainda da é saber que isso pode acontecer todos os dias com muitas outras mulheres.

      Excluir
  7. Leis que protegem homens covardes que tem que recorrer a violencia contra indefesas pra provar para si mesmos o quanto são superiores, lamentavel a cena!

    ResponderExcluir
  8. ai ninguem se entromete, pq é a lei nesse pais machista do caralho, sem cultura, cade os direitos humanos uma hr dessa, bando de filhos das putas só haje qndo lhes convem.
    tinha q pegar td esses caras e senta a borracha neles.

    ResponderExcluir
  9. Agora todos ficam culpando a lei a lei a lei.
    Mas a lei é um reflexo da sociedade, a lei provêm da socidedade.
    Só existem proibição a calças, pq a sociedade lá consente com isso de alguma forma, como podem observar, é um quesito religioso, e várias pessoas assistem ela sendo punida.
    O que leva a formação dessa lei ? A religião, a maldita religião, que disse e prega que a calça é errado, e o povo segue e o estado impõe.
    Se vocês tem que ficar bravos com alguém, é com essa maldita religião que destrói qualquer sociedade organizada.
    Basta abrirem os olhos e analisarem a relação, desenvolvimento de uma sociedade X influência da religião no estado e na sociedade. Claro que existem excessões, mas a história se justifica.

    ResponderExcluir
  10. Olha eu tenho pena!!!!!!!!

    MAS ELA SABIA QUE O PAIS DELA É ASSIM E USOU CALÇA!

    ResponderExcluir
  11. tem mais eh q se fuder mesmo ... pais de merda .. religiao de merda ..... esses lixos tem q sumir do mundo, ta loco .... EUA por favor, joguem bombas atomicas nesses fdps e matem todos, TODOS e fodam-se

    ResponderExcluir
  12. Certos Costumes deveriam ser extintos ...
    e os praticantes ir junto !!!

    ResponderExcluir
  13. Imagine q a mulher foi punida so pelo fato de usal a tal calça, ela estava com uma veste indecorosa na relião deste povo, imagine se uma brsileira q anda quase nua fosse para lá?? Estaria acabada!!!!!

    ResponderExcluir
  14. absurdo!! lamentável uma coisa dessa!

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  16. Esses sao os classicos paises que deveriam ser apagados da face da terra!

    ResponderExcluir
  17. e viva a diversidade cultural, para eles mulher ficar de biquíni é inadmissível e para nós se as mulheres usassem burca seria o fim. então aproveitem qe no Brasil tem as praias com mulheres gostosas e que se foda Sudão ;D

    ResponderExcluir
  18. Isso é um absurdo como pode existir uma lei como essa,essas pesssoas não tem coração. que ridiculo

    ResponderExcluir
  19. CACETE q coisa revoltante!!!!!!!!!
    cheguei chorar de ódio agora nessa porra!!!!

    ResponderExcluir
  20. Paises onde Cristo pouco entrou, pouco pode c esperar deles inclusive humanidade!

    ResponderExcluir
  21. As vezes temos a noção de q o mundo está acabando, tinha que jogar esse cara num rio cheio de piranhas, num pais idiota com leis idiotas cheio de idiotas.

    ResponderExcluir
  22. queria ver aquele policial rir se fosse sua filha, mae ou esposa, as vezes sinto vergonha por eles e peço desculpas as mulheres e que perdoem esses homens as vezes algumas pessoas são tratadas por outras que foram ensinadas pela cartilha da ignorancia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode apostar que você viria tal policial rir, ou voc~e acha que em um lugar desgraçado destes onde as mulheres tem meia dúzia de filhos ANTES de chegarema puberdade algum home dá valor à própria mãe?

      Que dirá mulher ou filha, são apenas estorvos na vida do sujeito

      Excluir
  23. Cada local tem sua cultura, pra nós é um absurdo o que acontece lá, mas para eles, abusrdo é o que acontece no Brsil, não se pode juligar o certo e o errado vivendo em culturas tão diferentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo das 14:55, pelo amor de Deus, não seja hipócrita. Torturar é errado. Ponto final.

      Excluir
    2. Me desculpe, mas, é absurdo o seu argumento, se uma cultura é estúpida, ela deve ser criticada sim.

      Excluir
  24. "Lei é lei: ela SABIA que no Sudão as mulheres são trucidadas e NASCEU MULHER. Ou seja é burra."

    Foi o que faltou eu ler aqui. Quando uma lei é mais importante que uma pessoa? Nunca, seu bando de filhas da puta. Vocês que defendem essa lei absurda é que deveriam ser chicoteados (no olho de preferência). Bando de vermes moralistas incapazes de pensar com a própria cabeça e apenas defendem a lei para se sentirem superiores ao seguí-la. Morram no inferno.

    ResponderExcluir
  25. isso devia aconrecer no brasil tb, aposto que ia faltar chicote

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra chicotar idiotas como você, faltaria mesmo.

      Excluir
  26. Isso ai é a maldita RELIGIÃO!
    Judaísmo, Cristianismo e Islamismo tratam a mulher como cachorro....

    ResponderExcluir
  27. hermano

    Entendo sua revolta, e tb fico revoltado de ver essas cenas. Mas é simples: pela lei (ridícula e ultrapassada) do país, mulher usar calça é crime. Ela, como cidadã desse país, provavelmente sabia disso. Se usou, o erro foi dela.

    Claro que acho patético dar chibatadas numa mulher por usar calça, já que aqui no Brasil algumas mulheres de vestem feito biscates, ng se importa e eu sou acostumado com isso.
    Mas lá nesses países idiotas a realidade é outra.

    ResponderExcluir
  28. Alto lá, o cristianismo que conheço respeita e trata bem as mulheres, como Cristo as tratavas muito bem: passagens no evangelho como as da Marta e Maria, a mulher do poço de Jacó, Maria Madalena.
    Sabe que Jesus diria a esses bastardos "homens"?
    Quem não tiver pecado dê a primeira chibatada.
    É isso ai. Marcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostaria de conhecer este cristianismo que "respeita e trata bem as mulheres"

      O cristianismo que conheço excomunga os médicos que fizeram o aborto de uma criança que não resistiria à gestação, fruto de estupro e impede as mulheres de países miseráveis a terem acesso à contracepção...

      Para citar pouco...

      Excluir
  29. Olha a cada novo dia que se passa, fico mais feliz em ser ATEU, isso tudo envolve RELIGIÃO, DEUS, e agora as pessoas, minha mãe é uma delas, dizendo que Deus é amor, AONDE? Fazendo isso? Por favor, parem de pensar igual ao que "pregam" dentro desses lugares que chamam d igrejas, mas que na verdade É SÓ PRA CONSEGUIR DINHEIRO, pare e vejam o quantos de pessoas sofrem, morrer por "DEUS", ou por "RELIGIÃO"... Isso me da nojo, só quero que as pessoas que caso queiram xingar, olha bem esse vídeo, e pense se é eu que estou errado por ser uma pessoa de olhos abertos(que vê um futuro bom para o mundo buscando, curas pra doenças que "DEUS" "permitiu" que existisse no mundo entre outras coisas que a igreja, condena, mas que isso eles aplaudem e dão risadas), eu tenho dó das pessoas por sofrerem por coisas que não vale a pena.
    Me desculpe as pessoas que não merecem ler isso mas quando vemos isso vocês não imaginam a raiva que dá de saber que isso é porque esta escrito num livro de "DEUS".

    ResponderExcluir
  30. árabes, islâmico, sei la q porra são
    USA devia taca bomba em todo mundo e o mundo poderia começar a expulsar essa raça do karalho para próprio pais..
    bando de filha da puta não é a real q os USA fudeu com o irak agora vai fude com a porra do IRA ahaihaiaihaihahaiahiaihaihaihaihahiahiahi


    raça devia morrer gerallllll

    ResponderExcluir
  31. essa é a razao desses paises nao crescerem....fanatismo religioso so leva ao buraco

    ResponderExcluir
  32. gostei.é realmente bonito quando vemos o funcionamento de uma lei,seja qual for,para a manutençao da ordem.infelizmente,essa ordem é caotica ,equivalendo-se a desordem.Entao nada tem para manter,é necessario uma mudança radical do sistema ali implantado.
    mas é bom ver uma mulher em estado de vassalagem .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, o medinho que certos homens têm da libertação feminina é tão engraçado.

      Excluir
    2. Esse das 21:32 não é chegado em mulher...

      Excluir
  33. olha,morei no sudao um ano ...acontece muito isso!gente,abram os olhos porr favorrr.
    foi necessario.é necessario.a mulher enfrentou o sistema milenar de alah.com certeza 53 chibatadas é pouquissimo

    ResponderExcluir
  34. Aqui no brasil deveria existir esse tipo de punição pra quem usa ADVOGADO

    ResponderExcluir
  35. atomic bombs please...

    ResponderExcluir
  36. religioes em nome delas já morrerâo milhoes e milhoes de pessoas

    ResponderExcluir
  37. deus nâo existe é tudo treta .

    ResponderExcluir
  38. respeita e ama a naturesa essa sim é o poder que nos faz viver ela renova- se a ela propria tudo comesou por ela mas que niguem sabe o segredo como tudo veio e ainda bem se nâo nâo tinha grande interesse em viver só o facto de estarmos vivos é uma forca fenomenal já que bilioes e bilioes morrem logo á partida aqui na terra é o paraiso á que saber preservala a nossa linda terra os deuses é para esquecer mas vai levar algumas centenas de anos va vamos ter um bom gosto pela naturesa que nos deu vida supertituicoes para que servem acaba sempre em fanatismo vamos amar uns aus outros enquanto somos vivos e depois tudo se apaga é a lei da vida para alêm disto é só a trasformacâo de inergia em materia e visse vers

    ResponderExcluir
  39. Nessas horas tudo bem esquecer o tal "respeito" pelas crenças alheias??????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tenho nenhum respeito por uma crença que incita a chicotear pessoas, seja alheia ou não.

      Excluir
  40. A mulher-maravilha quse foi linchada, em uma das histórias dela.

    ResponderExcluir
  41. Claro, ao senhor Anônimo! Você tem tanta certeza que está até mesmo usando uma ID sua para postar seus comentários, né? E é muito legal também saber que, quando vem alguma islâmica para cá, elas podem usar o véu, mas se formos lá, seríamos mortas. Pimenta...

    ResponderExcluir
  42. E ao outro comentário, nem cachorro é tratado assim! Aposto que esse Anônimo gosta de ver a mãe dele sendo tratada como uma.

    ResponderExcluir
  43. O Brasil é um país com diversidade etnica e cultural exemplares, um modelo de paz e convivência harmônica para todo o mundo.
    Aqui no Brasil sentimo-nos realmente brasileiros, mesmo quando somos imigrantes, e conservamos nossa religião, nossa cultura e nossos costumes arraigados , bem peculiares, no caso de sermos árabes.
    Há um preconceito jocoso, hilário até, que nos coloca todos no mesmo caldeirão, nomeando-nos turcos, galegos, e até judeus...Aprendemos a amar e respeitar os brasileiros. Cremos que os brasileiros também nos respeitam, porque somos antes de tudo nascidos aqui, e pelo direito brasileiro, cujo solo e não o sangue confere a nacionalidade, somos cidadãos pátrios.
    Certos comentários carregados de xenofobia, de incitações ao ódio e ao assassinato, temos certeza que não recebem o apoio do jornalista, do moderador ou responsável pelo blog, ao qual apelo, por meio deste comentário, que esclareça com pequena nota, como fez em relação aos baianos noutro link do blog, serem esses comentários preconceituosos e alguns julgo até que deviam ser removidos, e se não o faz, com certeza, é por respeito à liberdade de expressão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais ha um perigo um governo que e contra o Cristianismo,apoia casamento do mesmo sexo,que perseguir a Igreja de Cristo,esta colocando em perigo essa paz esse PT tem que sser banido e ridiculo.
      o que esta fazendo.

      Excluir
  44. Não, não é religião. É simplismo maldoso e conivente com o crime de xenofobia, misturar intolerância para com as diferenças étnicas,
    com os preconceitos que nutrem ateus contra religiosos e vice-e-versa, responsabilizando uns e outros pelo fundamento o qual é sempre associado ao costume religioso.

    Ninguém é mais fundamentalista que a religião política e econômica do capitalismo, o qual usa a midia norte-americana para difundir no mundo inteiro a ideologia que latinos, árabes, orientais, são sub-raças, sub-gêneros, nos casos de gays e transsexuais, ou sub-humanos, no caso dos pobres...

    Cerca de 25% de todos os filmes já produzidos em Hollywood denigrem a imagem dos árabes.

    Eles são retratados como cruéis, machistas, idiotas, fanáticos e as mulheres como objetos sexuais, submissas ou tolas. Presente desde o desenho animado até as superproduções, a estratégia segue a mesma forma covarde de como os judeus eram retratados pela propaganda nazista.

    Esse tipo de preconceito acaba trazendo para o ocidente convenientes ingredientes sociais para uma guerra: o ódio e o medo.

    Nada é por acaso, a política norteamericana no oriente médio e Hollywood estão intrinsecamente ligados.
    É ótimo para os grupos armamentistas, petroleiras e banqueiros que financiam as guerras, que os árabes sejam vistos como vilões, pois dessa maneira, a opinião pública estará sempre ao seu lado, garantindo enormes lucros com um eventual conflito.

    Vale a pena destacar que vários desses grupos são os próprios donos das indústrias cinematográficas e canais de TV, que veiculam esses filmes.

    Um dos povos que mais tem sofrido desse preconceito são os palestinos, que apesar de serem oprimidos, vítimas de uma ocupação massiva, cruel e hedionda, são retratados como terroristas.

    (http://docverdade.blogspot.com/search?updated-max=2010-04-30T08%3A00%3A00-03%3A00&max-results=200)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com o devido respeito, mas os filmes retratam os árabes como bons demais, a realidade que vemos o tempo todo me mostra eles como monstros muito piores do que a ficção.

      Excluir
  45. A LEI É VAGA.
    ELA PODERIA LEVAR AS CHIBATADAS POR USAR FRANJA.

    ResponderExcluir
  46. Pelo menos ela não foi apedrejada.

    ResponderExcluir
  47. ISSO É SISPLISMENTE DEPRIMENTE,
    MAS É COMO NOSSO COLEGA AFIRMOU,EXISTE PORQUE AS PESSOAS ACEITAM.ONDE ESTÃO SO DIREITOS HUMANOS,ONDE ESTA A (UNO) nesse momento tão crucial e importante na historia dos direitos
    humanos tão debatido e enfatizado?pior que ainda tem esse tipo de gente no brasil,Deus não esta nei ai pra calça comprida e sim que vidas sejam amadas e respeitadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, no livrinho dele, o cara se importa sim, e, apedrejamento é o mínimo das punições.

      Eu só não sei onde está este trecho da bíblia que fala sobre pessoas sendo amadas e respeitadas, se puder ajudar...

      Excluir
  48. Pra quem quer que essa lei venha pro brasil,a primeira a tomar chibatada vai ser: sua mãe, irmã ou filhas,pra falar se é bom ou não,seu zé pouvinho!!!

    ResponderExcluir
  49. Conspiracionistas atribuem aos EUA a difusão "hollywoodiana" global da rejeição aos árabes; religiosos apontam para o fato do Ocidente ser "tolerante" para com as mulheres pelo fato da Bíblia, no caso o Novo Testamento, terem dado destaque à figura feminina. Não é por seguirmos a Bíblia, entretanto, que em nosso mundo "relativamente" livre as mulheres se vistam (ou dispam-se) como queiram. Por não seguirmos a Bíblia é que há essa "liberdade". Caso o texto bíblico fosse seguido ao pé da letra como no Oriente..."Não haverá traje de homem na mulher, e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, abominação é ao SENHOR teu Deus. (Deuteronômio 22:5). Pobres das mulheres que usassem calças compridas e pior aguardariam os travestis!Também seria útil lembrar que às mulheres não seria permitido cortar os cabelos, e o véu seria igualmente compulsório.'..."Portanto, se a mulher não se cobre com véu, tosquie-se também. Mas, se para a mulher é coisa indecente tosquiar-se ou rapar-se, que ponha o véu". 1 (Coríntios 11:6). Tem razão a feminista egípcia, Nawal al Saadawi, 79 anos, a primeira feminista árabe a denunciar a castração das mulheres, quando afirma "a mulher não pode se libertar sob nenhuma religião, PORQUE AS MULHERES SÃO INFERIORES EM TODAS AS RELIGIÕES"("mulher é inferior em todas as religiões", 10/03/2011 paulolopes.com.br, do El País); se a Bíblia fosse aqui seguida literalmente, a sharia local acabaria com os lucros dos fabricantes de calças femininas e também dos cabeleireiros tupiniquins, restando aos estilistas criarem burcas e mantos para cobertura total das "fiéis da Estrela de David" e do "Leão de Judah". Em nenhuma das duas opções, quer fôssemos uma teocracia muçulmana, ou uma ditadura bíblica, na hipótese malsinada levantada pelo Pastor Ricardo Gondim, do Brasil tornar-se um país evangélico, as mulheres seriam livres, tampouco os homens. Haveria em lugar de minaretes, alto-falantes convocando as pessoas 7 vezes no dia para orar. Os salmos seriam decoreba obrigatória nas escolas, para lições de ortografia, ditados, copias e gramática. A palmatória com certeza retornaria, pois a Bíblia diz:”a ignorância está ligada ao coração da criança, mas a vara o afastará dela” E ainda:Não retires a disciplina da criança; pois se a fustigares com a vara, nem por isso morrerá. Tu a fustigarás com a vara, e livrarás a sua alma do inferno”.(Provérbios 22,15. Provérbios23,13-14). A vara, para piorar a situação, poderia ser transformada depois nalgum chicote romano, para igualar o castigo aos açoites que o Nazareno sofreu. Pode parecer bizarro, mas vindo do fundamentalismo ao pé da letra, nada de bom se poderá esperar.

    ResponderExcluir
  50. Só lamento que a mãe do imbecil (f.d.p.) que fundou essa lei islâmica não tenha apertado as pernas quando ele estava a nascer.
    Amigos leitores, perdoem-me esta linguagem! mas não suporte ver estas barbaridades cometidas por estes cobardes.
    Se existe algum ser superior ao homem, só peço que dê força a estas mulheres para que nunca desistam de lutar pelos seus ideais e que se acabe definitivamente com este tipo de violência.
    Quanto aos imbecis, cobardes e f.d.p. que cometem estas barbaridades, o meu maior desejo era que lhes nascesse um cato de 2 metros bem no centro do olho do c….

    ResponderExcluir
  51. É religião, é lindo.

    Quantas religiões não são podres que só atrapalham? Uma ou duas, no máximo três.

    Acabe religião e terá quase todos os problemas resolvidos, só sobrarão os politicos corruptos.

    ResponderExcluir
  52. meu que coisa mais grotesca quando que em um mundo moderno poderia haver tanta desigualdade .. eu acho que o mundo só evoluiu em alguns paises porque em outros essa tal de religião mata,condena; da a entender que "deus" fez a mulher para dar pro cara e fazer comida depois ser descartada porque nesses paises o homem pode ter mais de uma esposa já elas tem que ter só mente um marido altamente maxista que ira espanca-la sempre que poder. lixooooo

    ResponderExcluir
  53. Sou wiccano (seguidor da religião Wicca) e temos duas divindades: o Deus e a Deusa. Com o casal divino, aprendemos a igualdade dos sexos. Não que o ser humano precise de algo místico para apoiar o que faz de bom, mas para que possamos encarar a sociedade de outra forma: com o Maternalismo.
    Não consegui terminar de assistir o vídeo. Quando criança, apanhei muito de minha mãe, com galhos de árvores e cinto. Não suporto ver uma pessoa sendo agredida que começo a chorar.
    Não entendo porquê o paternalismo agride tanto os direitos das mulheres. Se, nesse sistema religioso, a homossexualidade é proibida, como promovem o ódio às mulheres? Mesmo que homossexuais não odeiam mulheres, muito menos bater nelas (sou homossexual e adoro minhas amigas, não vivo sem elas).
    Eu acho que ser homem é ser honesto, é ser um bom marido ou namorado, é respeitar a todos, mesmo que não goste. Ser homem não é só "comparecer" na hora do ato sexual, isso é ser reprodutor ou objeto sexual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Belas palavras! Sou a favor de igualdade e não da superioridade. Homens e mulheres contribuem para o avanço da ciencia e cultura. Isso no mundo todo. Melaine Klein, S. Freud, professores e professoras... enfim... se temos cérebro, porque não utilizarmos?

      Excluir
  54. Essa cena lamentável e reicidente, é um problema originado de vários fatores: a princípio o indivíduo abjeto que criou o islamismo, em seguida os lunáticos que cultuaram ao longo dos séculos e até hoje cultuam, e o pior; estabelecer essa atrasada e violenta religião como constituição de um país, a religião precisa ser isolada a cada um ser humano e não o estado transpor coercitivamente aos demais uma ideologia criada no século VII, por um homem comum como todos nós, que viveu numa outra época bem diferente da conteporânea, e que além de diferença de séculos e séculos o que sempre foi e sempre será reivindicado é a JUSTIÇA e O LIVRE ARBÍTRIO...

    ResponderExcluir
  55. Um País Africano, uma economia paupérrima, uma qualidade de vida nota zero, vive em guerra civil por causa de grupos étnicos, agora analisem..."grupos étnicos"...se todos são negros e saindo da àfrica são discriminados em qualquer parte do planeta, infelizmente...e contudo ainda querem ser diferentes uns dos outros, e por último e pior ainda tem o islã como constituição, aí vem a pergunta: Como vive um povo desse?...em vez de tudo isso acima citado, esse povo se conscietizasse que não ha etnia entre seres que comem e defecam pela mesma região do corpo humano, que trabalhar e viver em paz é a nobreza do homem, e que o islão não mata sua tamanha fome muito menos o idiota do século VII que a criou e os torpes que a cultivam...se eles perceberem isso, com certeza terão uma vida bem mais digna...REFLITAM...

    ResponderExcluir
  56. Só há uma solução pra isso...A solução final!um novo holocausto, mas agora não pra os injustiçados judeus na segunda guerra, mas sim para todos os mulçumanos...Ah! se existisse um novo Hitler odioso pelo islamismo...esses mulçumanos sim merecem com certeza serem exterminados da face da terra...

    ResponderExcluir
  57. Num país desses, eu teria uma snipper.

    ResponderExcluir
  58. Ainda bem que hoje a midia tem divulgado para o mundo as atrocidades cometidas contra as mulheres nestes países mulçumanos,não da mais para esconder os crimes que foram cometidos durante séculos contra seres humanos sem defesa alguma, em nome de uma religião onde difinitivamente não há um pingo de respeito e amor,a mais ou menos uns dez anos atras uma familia desta religião assassinou uma filha aqui no brasil a facadas pelo simples fato de usar uma calça comprida,nós brasileiros precisamos sim que a justiça seja cumprida mais nunca deste jeito,que Deus nos livre de tais atos dignos de prisão perpetua!!!

    ResponderExcluir
  59. Isso é completamente ridículo e não tinha que acontecer mais a muitíssimos anos. Mas se a mulher sabia que o país é extremamente fechado e condena por lei usar calça, pra que foi usa-la? (não que o fato dela ter usado justifique o que fizeram com ela)

    ResponderExcluir
  60. Eu sinto vontade de matar esses filhos da puta! Matar só não, antes, torturar e depois matar lentamente!

    ResponderExcluir
  61. Na verdade esse povo é sádico. Covardia pura.

    ResponderExcluir
  62. as religiões devem ser extintas

    ResponderExcluir
  63. vi video fiquei apavorada eles nao acompanharam o passar do tempo a moda continua a mesma observei que todo pais que nao tem berço cristao e pobre e burro acho que quando nasce uma menina neste pais a mae deve ficar preocupada/mulher para eles e raça inferior sempre sao eles as sacrificadas

    ResponderExcluir
  64. kkkkkkkkkkkkkkkkkk, eu ri na terceira chibatada, fiquei pensando: "Calma, só falta mais 50." ahsuhashua, adorei!

    ResponderExcluir

Postar um comentário