Jovem vai a posto de saúde de Brasília em busca de cura gay


Unidade de Samambaia

Um jovem de aproximadamente 15 anos procurou no dia 20 de setembro de 2017 um posto de saúde de Brasília em busca de cura gay, por ficar sabendo, segundo ele, que esse tipo de tratamento tinha sido liberado. A informação é do Correio Braziliense.

O jovem estava mal informado porque, além de a homossexualidade não ser doença, ele se confundiu com as informações sobre a polêmica autorização de um juiz de Brasília para que psicólogos atendam pacientes que queiram uma reorientação sexual.


De acordo com um médico da Unidade Básica de Saúde de Samambaia (foto), o adolescente disse a um funcionário que queria curar a sua homossexualidade.

“Ele chamou o vigilante e disse baixinho que ficou sabendo pela internet que estavam oferecendo tratamento para a ‘cura gay’”, disse o médico aos repórteres Renato Souza e Anna Russi.

“O vigilante disse que essa informação não era verdadeira, e ele [o garoto] foi embora.”

O medico disse que, pela expressão do jovem, “ficou claro que estava falando sério”.

Com informação do Correio Braziliense.





Jesus do canal Porta dos Fundos ironiza em vídeo a ‘cura gay’
A responsabilidade dos comentários é de seus autores.