Crivella tem intolerância religiosa com Carnaval, dizem agências



O prefeito Marcelo Crivella (PRB), do Rio, anunciou um corte de 50% na verba do Carnaval porque ele, por ser bispo da Igreja Universal, tem preconceito contra essa festa pagã.

A afirmação é da presidente da ABAV-RJ (Associação Brasileira de Agências de Viagens do Rio de Janeiro), Cristina Fritsch.

Ela lembrou que em 2017 Crivella cometeu um “insulto para com toda a população do Rio” ao não comparecer à abertura do Carnaval.

“É uma cerimônia tradicional e não se trata de gostar ou não de Carnaval.”

Para Fritsch, se não for intolerância religiosa, é ignorância administrativa de Crivella, que desconhece a receita que o Carnaval gera para a cidade.

Ela disse que em 2017 a receita foi de R$ 3 bilhões, “um retorno imensamente superior aos R$ 55 milhões investidos pela prefeitura.”

Com informação da ABAV-RJ. Envio de correção



Crivella corta verba do Carnaval. Bem feito para eleitores do Rio


Semelhantes

Postagens mais visitadas deste blog