Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Polícia de Jaborandi investiga padre suspeito de assediar garotos

A Polícia Civil de Jaborandi está investigando o padre Aparecido Barcelos de Oliveira, 61, suspeito de assediar pelo menos dois garotos, um de 13 anos e outro de 15. Ambos registraram queixa ao Conselho Tutelar, que acionou a polícia. Jaborandi tem cerca de 7 mil habitantes e fica no norte do Estado de São Paulo, a 417 km da capital.

Os garotos contaram à conselheira Sonia Regina Modenezi que Oliveira tocou em sua genitália e tentou fazer sexo com eles. De acordo com o relato, o padre chamou os garotos, em separado, para sua casa, onde, no quarto, mostrou presentes. A um deles, o padre prometeu dar um perfume quando fizesse aniversário.

O garoto de 15 anos disse que o padre lhe mostrou uma carta onde há proposta de um relacionamento sexual. O rapaz, sem que Oliveira percebesse, tirou com o seu celular uma foto da carta. Agora, a perícia policial está examinando-a para verificar se a letra é do padre.

A polícia apurou que outros seis meninos receberam presente do padre, mas sem proposta sexual.

O bispo Edmilson Amador Caetano, da Diocese de Barretos, que abrange Jaborandi, afastou o padre da paróquia da qual era o responsável desde 2009. O bispo disse que isso não implica o reconhecimento da culpa do sacerdote.

Ele informou que perguntou a Oliveira se ele era culpada das acusações. O bispo não disse à imprensa qual foi a resposta do padre, porque seria "invasão de privacidade".

Com informação da Folha, entre outras fontes. 

Livro mostra que papas praticavam pedofilia desde o Renascimento.
agosto de 2012

Padres pedófilos.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...