Igreja de Mississipi proíbe pastor de casar noivos negros

Charles Wilson e Te'Andrea
O casal foi avisado da proibição um dia antes do casamento
Constrangido, o pastor Stan Weatherford (foto abaixo) teve de informar Charles Wilson e Te'Andrea (ambos na foto acima) que não poderia casá-los no dia seguinte na Igreja Batista de Crystal Springs porque a congregação proibiu que ali se realizasse esse tipo de cerimônia entre pessoas negras. Crystal Springs é uma cidade com cerca de 6.000 habitantes do Estado de Mississipi, nos Estados Unidos. 

pastor Stan Weatherford
Weatherford teve celebrar
a união em outra igreja
Os noivos tiveram um baque porque jamais imaginaram que seriam vítimas de racismo na igreja que frequentavam, embora não fossem fiéis assíduos. Mas o pai de Te'Andrea é membro ativo da igreja, paga dízimo, e um tio dela trabalha lá.

Como não dava para mudar a data do casamento — já estava tudo preparado e seria um transtorno avisar os convidados —, o pastor celebrou o casamento na igreja mais próxima. Mas ficou o ressentimento do casal.

“Eu não gosto disso porque fui criada para não ser racista”, disse Te'Andrea. “Fui criada para amar e cuidar de todos.”

Igreja americana que negou casamento a negros pede desculpas.
agosto de 2012

Wilson criticou a atitude não só da congregação, mas também das pessoas que aceitaram uma determinação racista. “Como eles podem se apresentar como cristãos?”

O pastor afirmou ter ficado em uma situação difícil, porque não podia deixar de celebrar o casamento e nem desrespeitar a proibição da igreja.

A repercussão que o caso teve na imprensa fará com que a congregação batista recue de sua decisão, mas é de se supor que, mesmo assim, por algum bom tempo nenhum casal negro tente se casar lá.

No ano passado, uma igreja, também batista, chegou a proibir que um casal formado por uma branca e um negro assistisse ao culto, mas teve de desistir por causa das acusações de racismo.  


Igreja Batista fica na pequena cidade de Crystal Springs
Com informação das agências.

Igreja batista recua e aceita casal de branca com negro.

Comentários

  1. Espero que o casal acorde e perceba que religião é uma MERDA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é A RELIGIÃO que é uma merda e sim UMA igreja de UMA religião...

      Excluir
    2. Não é a GUERRA que é uma merda e sim UM soldado de UM exército...

      Excluir
    3. Comparar religião com guerra eu realmente não vejo sentido... Budismo, Fé bahai, Taoísmo são religiões muito boas, apesar de eu não concordar com todas as crenças, mas são em grande parte muito boas...

      Excluir
    4. Não vê sentido na comparação? Eu tb não, isto é, se vc desconsiderar que a grande maioria das guerras teve como estopim a questão religiosa. Oh wait, religião tem TUDO a ver com guerra.

      Excluir
    5. Qual? Islamismo e cristianismo? Sim...
      Budismo e taoísmo? Não...

      Excluir
    6. Maior conversa fiada ateísta, repetida 'ad infinitum', esse papo mentiroso de que a maioria das guerras foi motivada por religião.

      Parece que grande parte dos ateístas têm orgulho de sua ignorância. Repetir besteiras e mentiras que outros ateístas falam lhes é suficiente para se sentirem muito inteligentes e cheios de "razão"...

      Excluir
    7. Era isso que eu tava tentando dizer... É a pessoa que usa a crença para fazer guerra... As ideias não fazem nada e sim as atitudes...

      Mas use antiteístas, beleza?

      Excluir
    8. Ué, mas a primeira guerra mundial não foi causada pelos avanços científicos que fomentaram as colonias imperialistas? E a segunda não foi pelo advento das teorias racistas totalmente cientificas...?
      Pois é...

      Excluir
    9. Teorias racistas científicas? Nunca ouvi falar, pode me mostrar uma fonte confiável para eu checar esta informação?

      E não é isso que motivou a primeira guerra...

      E repetindo As ideias não fazem nada e sim as atitudes...

      Excluir
    10. E tem mais. Todo o que a ciência fez de ruim não anula o que algumas religiões fizeram de ruim...

      Excluir
    11. Havia teorias científicas racistas, sim.
      E eram respeitadas e levadas muito a sério pelas pessoas "inteligentes e esclarecidas" do início do século 20...

      Excluir
    12. Ô tonto... Quero fontes para confirmar sua informação por mim mesmo... Ou acha que vou acreditar na primeira coisa que me dizem?

      Excluir
    13. Teorias racistas científicas?

      Darwinismo social e eugenia, servem?

      Excluir
    14. Racismo à brasileira: pensamento racial no Brasil na segunda metade do século XIX e início do XX:

      Com a difusão do cientificismo na Europa, o discurso científico recebeu largo espaço no Brasil, questionando e disputando espaços inclusive com a religião e a Igreja, até então grandes fontes dos discursos “fechados” e “competentes” da época. Nos institutos, nos periódicos, nos romances, era como uma sociedade científica e moderna que o Brasil de finais do século pretendia se auto-representar. Neste sentido, dá-se larga referência às Ciências Naturais e à teoria que parecia representar o avanço científico: a “teoria da evolução”.

      “Para o Brasil essa teoria parecia igualmente oportuna e assimilável, pois dava subsídios a um grupo dirigente confiante e orgulhoso de “sua sabedoria” e que nesses momentos de fim de século definia seus conceitos de nação e cidadania.

      Tem mais AQUI e em milhares de outros endereços na internet.

      Excluir
    15. Racismo científico:

      http://en.wikipedia.org/wiki/Category:Scientific_racism

      http://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Racismo_cient%C3%ADfico

      Excluir
    16. Será que vão acordar e cair na real sobre a porcaria que é a religião?

      Excluir
    17. Quem gosta de repetir besteiras e mentiras ad infinitum são os teístas. Notadamente os cristão evangélicos.

      Excluir
    18. Eu também pensei, por algum tempo, que religião era uma merda. Depois constatei que isso não passa de uma desculpa porca para não estudar sobre religião nenhuma e ter opinião sem embasamento. tenho nojo dos pedófilos, tenho nojo dos racistas, e não precisam ser padres para serem nojentos. O que você chama de religião eu chamo de Igreja. É a instituição em si que possui pessoas que desvirtuam a religião. É a mesma coisa de eu falar que sua família é uma merda porque você não presta. Generalização é pra gente ignorante.
      Mais um ponto, sobre ciência. Ciência e Religião podem perfeitamente andar juntas. É o caso do espiritismo. Agora, se tem Igreja que diz o contrário, não é problema da religião, e sim dos homens que fazem essa Igreja e agem em nome da religião.
      Paz a todos.

      Excluir
  2. Puro preconceito. Não acredito que ainda existam pessoas que frequente esse tipo de igreja. Quando é que a humanidade vai acordar e ver como as religiões são manipuladoras.

    ResponderExcluir
  3. Bem feito pros dois. Quem manda ficar seguindo uma instituição tão podre como o tal cristianismo.

    ResponderExcluir
  4. A tal proibição é apenas uma determinação idiota de algum idiota lá na tal igreja. Caso isolado e lamentável.

    Obviamente, isso não representa o Cristianismo.

    Mas obviamente também, alguns ateístas e outros tradicionais inimigos do Cristianismo vão aproveitar para vir com suas costumeiras generalizações e acusações babacas contra os cristãos e o Cristianismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A tal proibição é apenas uma determinação idiota de algum idiota lá na tal igreja. Caso isolado e lamentável.

      Concordo, babaca tem em todo lugar

      Obviamente, isso não representa o Cristianismo.
      Concordo em partes... Fazendo uns malabarismos interpretativos, é possível sim ser aprovável...

      Mas obviamente também, alguns ateístas e outros tradicionais inimigos do Cristianismo vão aproveitar para vir com suas costumeiras generalizações e acusações babacas contra os cristãos e o Cristianismo.
      Preferia o termo antiteísta, que seria aquele que é repudia, tem aversão, antipatia, se opõe ativamente ao teísmo.
      Mas está correto em relação a generalizações. Quem generaliza, tem um cérebro bem pequeno mesmo...

      Excluir
  5. Não acredito que ainda exista esse tipo de discriminação em pleno século XXI. É de revoltar!

    E vindo logo dos que se dizem "defensores da moral e dos bons costumes e valores familiares".

    Bando de hipócritas! Me dão asco!

    ResponderExcluir
  6. Edir macedo fazendo escola.

    ResponderExcluir
  7. o racismo americano, principalmente, era amparado pelo cristianismo deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há doutrinas cristãs americanas que defendem que ser negro ( ter pele negra ) é uma 'maldição'.

      Excluir
  8. O cristianismo e o racismo sempre andaram juntos, lado a lado, de mãos dadas. A bíblia, inclusive, se mostra a favor da escravidão e da matança de outros povos. Não é antiteísmo ou generalização ateísta ignorante afirmar que, na história da humanidade, a religião cristã muito mais prejudicou do que trouxe benefícios às pessoas. E não é simplesmente aparecer um papa e pedir perdão aos negros com séculos de atraso que vai apagar todas as máculas da igreja. E veja: a igreja cristã não é mais racista ne? Parece que esqueceram de avisar esse pequeno grupo do Mississipi. Será que é pequeno mesmo? Será que é o único?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual parte da Bíblia se mostra a favor da escravidão e da matança de outros povos? Fiquei curiosa!

      Excluir
  9. A tal "Teologia Inclusiva" não serve, mas as "Teologia da Prosperidade", essa sim... Este é o "amor cristão"... Jesus deve estar envergonhado por deturparem tanto seus ensinamentos... "Amai-vos uns aos outros"... Sem distinção... Só...

    ResponderExcluir
  10. Mississippi em Chamas. O racismo lá é histórico.

    ResponderExcluir
  11. Religião é uma enganação descarada. No livro santo do cristianismo, encontram razões para qualquer que seja o objetivo. Se esse deus existisse seria o ser mais incapaz do universo. O livro safado esse!

    ResponderExcluir
  12. Proibir casamento homossexual tudo bem, é aceitavel pela nossa lei divina. Proibir negros é inaceitavel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pq? Eles são descendentes amaldiçoados de Noé, segundo a Gibíblia.

      Excluir
    2. Cristãos também não aceitam casamento de homem com vaca, ou de mulher com cavalo, ou de gente com cenoura, e outras manifestações legítimas e naturais da diversidade sexual.

      Cristãos preconceituosos malditos!

      Excluir
    3. Claro, porque uma vaca, um cavalo ou uma cenoura têm total discernimento para decidir se casar, igualzinho a um casal homossexual, interracial ou negro.

      Excluir
  13. Casos assim me fazem pensar que se nada fosse feito contra o racismo nos EUA e também no mundo (Martin Luther King, um cara que teve muita importância nisso, e mesmo tendo sido um cristão, merece minha admiração) negros seriam tratados igual a 100 anos atrás: como lixo.
    O mesmo cristianismo que hoje acolhe os negros (ou não, vide este post) faria de atos como esse coisa rotineira.
    Mesmo a contragosto, o cristianismo teve de evoluir e adaptar seus conceitos, ou fingir que, o que também é muito estratégico, para poder sobreviver, ao melhor estilo darwiniano.
    Irônico, né?

    Winston Smith

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O cristianismo era coisa só pra rico basta ver na europa antigamente os pobres e negros não frequentavam a igreja só brancos e ricos.

      Excluir
    2. Quando é algo conveniente, a bíblia deve ser seguida à risca e sem questionamentos. Quando é algo absurdo ou bizarro, a bíblia deve ser 'contextualizada', 'analisada', 'estudada'... É piada!

      Excluir
  14. Ações como a de Martin Luther King, são de caráter de sua personalidade. O cara só tinha sua religião para se manifestar e se apegou nela com toda sua força. Mas outros religiosos dão um jeito de eliminar pessoas assim. Isso de ficar lutando por liberdade pega mal para a causa de deus.

    ResponderExcluir
  15. Sabe de uma coisa, tome, tome e tome mais, isso para deixar de serem bestas. Deus é o que o homem faz dele.

    ResponderExcluir
  16. Conheço ateus tremendamente racistas e prconceituosos? Culpa de Deus ainda? Mas que Deus se eles não acreditam em nenhum? Qualquer tipo de fundamentalismo me parece prejudicial, seja ele ateu ou religioso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo: "Conheço ateus tremendamente racistas e prconceituosos? Culpa de Deus ainda?"

      Eu também conheço. Ser ateu não transforma ninguém em santo, ou o torna perfeito. Mas está perdendo o foco do problema.

      Quando um ateu é péssima pessoa, precisa justificar seus atos de forma não sobrenatural, pois não tem um ser divino para colocar a responsabilidade. Dentro dessa posição, precisa explicar porque é racista com argumentos e dados, e isso é bem difícil.

      Além disso, se colocar argumentos e dados, pode ser refutado, e até mesmo convencido de seu erro.

      Já quando o racismo, ou a maldade intrínseca a alguns seres humanos, se apoia em diretrizes divinas de seres imaginários, nada se pode fazer. Não se discute ou argumenta com um ser onipotente, onisciente, onipresente, e sobrenatural, apenas se "obedece".

      Esse é o dano principal das religiões, e das crenças em seres imaginários, as consequências dessa crença. Uma ética que "vem de deus" não pode ser analisada ou debatida.

      Se o sujeito alega que deus não quer estes casamentos em sua igreja, então ele tem de obedecer e pronto. Até pessoas "boas", mas iludidas dentro da igreja, tem de agir como deus decide, e o pastor, embora constrangido, teve de obedecer.

      Pessoas boas farão coisas boas com ou sem religião, e pessoas más farão coisas más com ou sem religião. Mas para que pessoas boas façam coisas más, é preciso religião.

      Em tempo, não é, claro, culpa de deus, já que deus não existe (não tem evidências de existir), a culpa é de pessoas que acreditam que ele exista, e que tenha decidido dessa forma racista e intolerante.

      Cognite Tute

      Excluir
    2. Para que pessoas más (que fazem pose de boas) façam coisas más (e digam ser boas) é preciso muita conversa fiada ateísta.

      Excluir
  17. Conhece ateu miseraveis, eu tambem conheço mas nenhum arroga para si a propriedade da moral.

    ResponderExcluir
  18. moralismo ateísta29 de julho de 2012 12:47

    Quem diz que não conhece ateus que "arrogam para si a propriedade da moral" é porque está muito desinformado e não presta atenção no que seus colegas ateístas pregam. Ou não conhece certos grupelhos ateístas defensores de determinações e normas neo-moralistas, como as do tal "humanismo secular".

    Moralismo (e prepotência) ateísta de doer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filhota o próprio nome já diz: HUMANISMO SECULAR.Ou seja são esforços de humanos para valorizar o ser humano.A bosta do seu deusinho de mentirinha, propõe tabus ridiculos em detrimento do humano. Humanismo é agregador de sí mesmo, crença é sectária. tipo eu sou a verdade, eu sou o unico caminho.No humanismo se discute , se repensa padrões, pois não existe uma verdade absoluta! O duro é ter honestidade para se aceitar esse tipo de coisa de ateus né?

      Excluir
    2. moralismo ateísta: "Quem diz que não conhece ateus que "arrogam para si a propriedade da moral" é porque está muito desinformado e não presta atenção no que seus colegas ateístas pregam. Ou não conhece certos grupelhos ateístas defensores de determinações e normas neo-moralistas, como as do tal "humanismo secular".

      Moralismo (e prepotência) ateísta de doer."


      Por partes. Se algum ateu se arroga a "propriedade moral", não o faz por ser ateu, uma vez que nenhum desdobramento existe dessa constatação, não existem evidências de existência de deuses.

      Segundo, humanismo secular, que defende que a ética e a moral humanas devem ser tratadas dentro da esfera humana, a partir de razão e motivações humanas, não se relaciona necessariamente com ateísmo.

      Muitos religiosos (mais de outras religiões que não as abraamicas) são também humanistas seculares. Aristóteles, considerado como sábio pela Igreja Católica, era humanista, ao colocar que o movimento primeiro, o demiurgo, uma vez dado início a tudo, não mais interferiu no universo, e os problemas humanos deveriam ser pensados pela razão humana.

      O que chama de normas 'neo-moralistas", em uma tentativa de soar ofensivo, são mesmo "neo", ou seja, novas, pois o mundo muda, as relações avançam, e normas como apedrejar mulheres adulteras e filhos desobedientes não se aplicam mais ao mundo de hoje.

      Sim, o humanismo defende que a ética seja baseada em motivações e razões humanas, que pensemos nelas e que escolhamos as que mais sejam justas e equilibradas. E que deixemos éticas e morais da idade do bronze, de povos bárbaros do deserto, para tras.

      Finalmente, prepotência é um termo que se aplica mais que quem pensa ser "filho amado do criador do universo, que está pessoalmente interessado em minha vida sexual", do que em humanistas seculares.

      Ou não está entendendo bem o que significa o termo "prepotente".:-)

      Cognite Tute

      PS: O que desanima bastante em debater essas questões, é que são sempre as mesmas, "ad nauseum", sem que, aparentemente, crentes diversos nem leiam o que se argumenta. Triste demais isso.:-(

      Excluir
    3. Chegou o pregador Cognite Tute, guardião da Moral Ateísta Humanista Secular, pra não deixar dúvidas.

      Excluir
    4. A Olavete volta a regurgitar suas asneiras no blog.

      Excluir
    5. Não é preciso nem argumentar, meus colegas ja deram uma banho de racionalidade no devaneio crente.

      Excluir
    6. ANonimo: "Chegou o pregador Cognite Tute, guardião da Moral Ateísta Humanista Secular, pra não deixar dúvidas."

      Argumento, tem algum? Achei que não...:-)

      Cognite Tute

      Excluir
    7. "Chegou o pregador Cognite Tute, guardião da Moral Ateísta Humanista Secular, pra não deixar dúvidas."

      O Cognite não é guardião de nada, ele apenas tem mais paciencia que a maioria aqui pra lidar com as asneiras e trolladas teístas que impregnam esse blog.

      Excluir
  19. Cristãos também não aceitam casamento de homem com vaca, ou de mulher com cavalo, ou de gente com cenoura, e outras manifestações legítimas e naturais da diversidade sexual.

    Cristãos preconceituosos malditos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que depois falam descaradamente de valores cristãos. Se são preconceituosos malditos não sei, mas desonestos...

      Excluir
    2. Sério, está comparando pessoas negras com cenouras e cavalos?!?! Sério?!?

      Se está tentando usar a falácia da ladeira escorregadia, falhou miseravelmente, até gente como você entende que permitir, legalmente, casamento entre pessoas de etnias diferentes, NÃO leva a permitir casamento entre cenouras.

      Sério, é até difícil responder a mensagens tão sem sentido como essa. Depois ficam chateados quanto alguns mais sem paciência chama todo crente de idiota (não são todos, claro), mas a responsabilidade disso é de gente como este maluco das cenouras.:-(

      Cognite Tute

      Excluir
    3. Olha a Olavette aí!!!29 de julho de 2012 14:12

      Só se você se compara a vaca, cavalo ou cenoura, não é mesmo?.

      Excluir
    4. A diversidade sexual é um fato, é natural, é um direito humano!

      As igrejas precisam aceitar isso, e o Estado laico deve obrigá-las a celebrar todo tipo de casamento entre pessoas do mesmo sexo, e entre todos os gêneros, sexos, e também entre os seres humanos e as diversas espécies animais e botânicas.

      Excluir
    5. Na trollzolandia tudo é possivel. Aqui só se alimentá-los.

      Excluir
    6. Negro e gay é tudo feio. Gesuiz não gosta deles. Mesmo se forem salvos vão ficar num cantinho escuro lá no céu.E vai ter banheiro separado para black. Preto não pode se misturar com cristão alvinho não!Gesuis não gosta!

      Excluir
  20. Decisão correta, pois os negros americanos não gostam muito de pagar o dízimo, Diz Pastor que é negro. Veja até ponto chegou o fanatismo.

    ResponderExcluir
  21. O racismo é uma coisa terrível, se a própria bíblia diz: "Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas.
    Romanos 2:11. O racismo americano é declarado, aqui no Brasil, não se declara por força da lei. Certa vez assistindo um debate na tv, temática do racismo, o cantor Aguinaldo Timóteo estava presente, ele disse a maior verdade, o negro brasileiro vive a lutar contra o racismo, mas o negro quando consegue melhorar de situação (enricar), seja no pagode ou futebol etc, só se casam com brancas, Timóteo disse: "porque o negro não faz a pretinha milionária se casando com ela"? E muita das vezes, se ja é casado com uma negra, a situação financeira melhora, larga a pretinha e se casa com uma branca e preferência se tiver o olho azul, concordo plenamente com o Timóteo, o racista maior no Brasil, parte dos negros, pois tenho observado nos útimos anos, que os negros brasileiros não se casam mais com negras, escutei uma pesquisa na mídia, que as negras estão quase todas mães solteiras, justamente pela rejeição dos homenss negros.

    ResponderExcluir
  22. Cristianismo = Racismo.

    Att.,

    Espancador de Pastores

    ResponderExcluir
  23. Para quem disse: "o Estado laico deve obrigá-las a celebrar todo tipo de casamento entre pessoas do mesmo sexo" por exemplo, as Igrejas cristã, já mais poderão celebrar um casamento de pessoas do mesmo sexo, está escrito: "E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne? Mateus 19:5. A bíblia não pode ser mudada, portanto, esse tipo de casamento não é permitido por DEUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então da mesma maneira que a igreja da fé cristã que é só mais uma entre muitas outras não pode celebrar casamento de pessoa do mesmo sexo. O governo o estado não tem que ficar fazendo ou cedendo as mazelas das pessoas dessas crença ferindo assim o estado laico.

      Excluir
    2. Anonimo: "está escrito: "E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne? Mateus 19:5. A bíblia não pode ser mudada, portanto, esse tipo de casamento não é permitido por DEUS."

      Ok, você acredita em um amigo imaginário, e acredita que este deixou as regras e ordens em um livro sagrado que reúne superstições e lendas da idade do Bronze. É seu direito.

      Mas mesmo uma fé cega precisa de um mínimo de coerência, não? Se a biblia não pode ser mudada, e se deve obedecer o que nela está escrito, deve fazer isso com toda ela, e não apenas a parte que reflete seus próprios ódios e preconceitos.

      Então, imagino que sua vida deva seguir estes preceitos bíblicos também:

      Levítico 11: 1 O senhor disse a Moisés e a Aarão: "Dize aos israelitas o seguinte:
      2 entre todos os animais da terra, eis o que podereis comer: (...) 10 Mas tereis em abominação todos os que não têm barbatanas nem escama, nos mares e nos rios, entre todos os animais que vivem nas águas e entre todos os seres vivos que nelas se encontram.
      11 A estes, tê-los-eis em abominação: não comereis de sua carne e tereis em abominação os seus cadáveres.
      12 Todos os que nas águas não têm barbatanas nem escamas, tê-los-eis em abominação.


      Não pode comer camarão, frutos do mar, peixes sem escamas, polvos, lulas, etc, etc, etc. É tudo "abominação".

      ÊXODO 21:20-21 Com a aprovação divina, um escravo pode ser surrado até a morte sem punição para o seu dono, desde que o escravo não morra imediatamente.

      NUMEROS 15:32-36 Apedrejar pessoas que fazem qualquer trabalho manual sábado, inclusive pegar gravetos, até a morte segundo a ordem de Deus.

      EXODO 29:11-37 Adquira alguns animais, mate-os, pique seus corpos, queime as carcaças, e espalhe seu sangue ao redor - precisamente como Deus lhe manda.

      EXODO 30:33 Quem põe o óleo santo em um estranho será expulso de seu povo.

      EXODO 31:14 Aqueles que quebram o Sábado sagrado serão executados.

      EXODO 34:20 Se você não puder resgatá-lo, então "cortar-lhe-ás a cabeça." É tudo para a glória de Deus.

      LEVÍTICO 1 - 9 Adquira um animal, mate-o, jogue o sangue ao redor, corte o animal morto em pedaços, e queime para um "cheiro suave ao SENHOR."

      LEVÍTICO 5:8-9 Torcer o pescoço de pombos para Deus.

      LEVÍTICO 20:10 Serão executados todos os adúlteros.

      LEVÍTICO 20:27 Mulheres com "espírito adivinho" serão apedrejadas até a morte.

      LEVÍTICO 24:16 Qualquer um que blasfemar será apedrejado até a morte pela sua comunidade.

      PROVÉRBIOS 30:17 Se você zomba de seu pai ou desobedece sua mãe, seus olhos serão arrancados por corvos e as águias os comerão.


      Bem, as "ordens" de deus na biblia, que "não podem se mudadas", não caberiam neste espaço.

      Então, tem duas opções. Ou admite que nem tudo que está na bíblia deve ser seguido ao pé da letra, e que sim, ela pode ser mudada. Ou reconhece que sua vida deve ser um inferno de crueldade e injustiça, ao seguir todas essas ordens insanas e sem sentido.

      Cognite Tute

      PS: Se vai usar a famigerada carta do "fora de contexto", por favor, explique ao menos em que contexto pensa que essas regras malucas se aplicam.:-)
      E mais, explique porque não podemos nós alegar que a proibição bíblica sobre relacionamentos gays é que está "fora de contexto".:-)

      Excluir
  24. O governo financia o cristianismo como por exemplo na marcha para jesus , neste caso a igreja deveria que casar pessoas do mesmo sexo, porque o governo não pode excluir ninguém e porque então o governo vai financiar uma coisa que é segregadora como no caso de religiões africanas e homossexualismo. O governo então financia isto também a partir do momento que ele de certa forma financia o cristianismo. Os cristãos tem que se virar por conta própria ou uma pessoa que se sente ofendida pelas práticas cristãs poderia processar o estado que financia estas obras tirando essas crenças do âmbito privado para o âmbito nacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. **O governo financia o cristianismo
      como por exemplo na marcha para
      jesus , neste caso a igreja deveria
      que casar pessoas do mesmo sexo,
      porque o governo não pode
      excluir ninguém, e porque então o
      governo vai financiar uma coisa
      que é segregadora como é o crisitiano em relaçãoas religiões africanas e
      homossexualismo. O governo
      então financia isto também a
      partir do momento que ele de
      certa forma financia o cristianismo.
      Os cristãos tem que se virar por
      conta própria ou uma pessoa que
      se sente ofendida pelas práticas
      cristãs poderia processar o estado
      que financia estas obras tirando
      essas crenças do âmbito privado
      para o âmbito nacional**

      Excluir
  25. Um casal homossexual que não pode casar na igreja deve processar o estado ou a igreja ? E se a igreja é um clube que não aceita tudo porque o governo financia o cristianismo ao ponto de ensinar o cristianismo nas escolas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E por que o Estado isenta as igrejas de impostos e os cobra dos que nela não tem direito à filiação, a casamento etc?

      Excluir
  26. Diante do festival de intolerância que aqui leio, a atitude do pastor (ou da igreja, ou da comunidade, pouco importa) fica banalizada.
    Crer ou não crer é direito de cada um, e quem pretende mandar na crença ou descrença alheia é tão autoritário - e tão ignorante - quanto um pastor racista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha... vou ter que ficar com vc porque, o grau de idiotice a que chegou esta discussão, é incalculavel... Não é Deus ou o Cristianismo o problema, e sim as pessoas que usam disso para defender seus próprios interesses... Mas os "antiteistas" ou como eu prefiro chamar, "antievangélicos" porque a critica é sempre em cima de evangélicos, não perdem tempo em denegrir, ofender, espisinhar aqueles que crêm em Deus! Não sei como vocês perdem tanto tempo falando em algo que "não existe". Deus? Jesus? Verdade, Balela? quando morrermos vamos saber qual é a verdade sobre tudo isso, ou você acha que vai voltar a terra em forma de girassol?

      Excluir
  27. Falta de discernimento! Ninguém aqui quer se meter em crença de ninguem. Só estamos expondo o quão ridícula é. Não existe nenhum propósito em retirar esse direito das pessoas, até por que isso seria algo impossivel. O ser humano ainda é , em seu inconciente, um bando que precisa seguir um lider mais forte que lhe dará segurança.Ou seja, ainda está evoluindo.

    ResponderExcluir
  28. Primeiro digo, não sou pastor, mas apenas um crente em Jesus, conheço a bíblia e creio piamente que esta contém a palavra de Deus. No caso dos americanos, que proibiram o casamento dos noivos por estes serem negros, logo numa Igreja evangélica? Com todo respeito por eles, (grande nação norte americana). Veja o que diz a bíblia: "Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas. Romanos 2:11, aí fica provado erro deles, falta de observar este versículo, o que a bíblia adverte é contra a conduta pecaminosa humana. Jesus ama todo e qualquer pecador, mas aborrece a desobediência humana (pecado), o ser humano por mais rude que seja, sabe o certo e errado, portanto, não será inocentado, a menos que se arrependa do pecado cometido, Deus é Amor, mas é justiça também, saibam que só Ele tem o atributo da onisciêcia, ou seja: Deus Pai, Jesus Filho e Espírito Santo, ninguém engana. Jesus diz: "Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir" Mateus 5:17. Alguns versículos da lei Mosaica que foram citados logo acima, não podemos colocar em prática nos dias de hoje, por não estarem em concordância com o Novo Testamento, por exemplos: guardar o sábado, queimar incenso, se picado de cobra, olhar para serpente de bronze que Moisés fez, abater animais para expiação de pecados e etc, não vou explicar todos esses, porque levaria muito tempo, o melhor é examinar a bíblia. Deus diz: "Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos" Malaquias 3:6. Ou será possível que alguém venha pensar que Deus vive mudando? Se o estado aprovar leis que permitam casamentos de pessoas do mesmo sexo, somente no civil, casamento religioso com base bíblica. A Igreja Evangélica e a Católica Romana, nunca poderão celebrar, pois estariam na contra mão, nem Pastor ou Padre podem alterar a palavra de Deus, quem pensa ao contrário, fique sabendo que a bíblia é um livro escrito por homem, mas inspirado pelo Espírito Santo de Deus, que se renova a cada dia. "Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente. Hebreus 13:8

    ResponderExcluir
  29. Ainda digo mais, a bíblia não obriga a ninguém crê, fé é pessoal e livre arbítrio, porém, eu creio "Porque está escrito: Como eu vivo, diz o Senhor, que todo o joelho se dobrará a mim, E toda a língua confessará a Deus.De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus" Romanos 14:11-12. Eu duvido que tenha algum sujeito que possa fugir da potente mão de Deus. Deus não tem prazer na morte do ímpio, mas que todos se arrependam e sejam salvos por Jesus. Pensem nisso, ok e boa noite.

    ResponderExcluir
  30. Anônimo: "Ainda digo mais, a bíblia não obriga a ninguém crê, fé é pessoal e livre arbítrio, porém, eu creio"

    Opa, não é bem assim.:-) Para esclarecer, vou dar um exemplo simples de entender:

    O bandido que o assalta não o "obriga" a dar o dinheiro a ele, apenas apresenta a você uma escolha, pessoal, de "livre arbítrio": ou dá o dinheiro, ou leva bala.:-)

    Não entendeu? Vamos usar o seu argumento então: a bíblia, que é a palavra de deus, não obriga você a crer, apenas apresenta uma escolha pessoal, de livre arbítrio: ou crê nela, e em deus, ou vai para o inferno sofrer torturas terríveis por toda eternidade.

    Quão livre é essa "escolha"?

    Anonimo: "Eu duvido que tenha algum sujeito que possa fugir da potente mão de Deus."

    Qual deus? São milhares, e mesmo os que se alega serem "o mesmo deus", determinam ordens diferentes, regras diferentes e conflitantes.

    Você pensa que está obedecendo a 'deus", mas na visão de muitas outras crenças, não está. Como decidir quais são reais?

    De toda forma, não se pode fugir mesmo de algo que não existe.:-)

    Anonimo: "Deus não tem prazer na morte do ímpio, mas que todos se arrependam e sejam salvos por Jesus. Pensem nisso, ok e boa noite."

    Já pensei, e isso não faz o menor sentido. Qual o próximo passo agora?

    Vou sugerir outra visão das coisas, pense você nisso:

    Cristianismo: é a crença cósmica de que um zumbi judeu que é seu próprio pai pode te fazer viver pra sempre se você, simbolicamente, comer de sua carne e telepaticamente dizer a ele que o aceita como mestre absoluto. Então, ele pode remover uma força maligna presente na sua alma, que está lá devido a uma mulher criada a partir de uma costela que foi enganada por uma cobra falante e comeu a maçã de uma árvore mágica.

    É, faz muito sentido. .:-)

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  31. Me permita chamar de amigo. Amigo sou crente em Jesus e assim eu crei, o que escrevo é de acordo com minha fé com base bíblica, nem Jesus há 2 mil anos atrás, obrigou a ninguém a segui-lo, apenas Ele lançava o convite, mas veja bem Ele disse: "É-me dado todo o poder no céu e na terra" Mateus 28:18. O homem é dotado de raciocínio e inteligência, por isso, em qualquer situação é responsabilizado pelos atos, ninguém neste mundo é capaz mudar os outros, nem mesmo eu posso querer que vc pense igual a mim, estou apenas cumprindo um mandamento de Jesus, que diz: "Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura" Marcos 16:15. Crê ou nõa crê é uma questão individual, bem como, salvação e perdição é escolha pessoal, a própria constituição Brasileira não obriga ninguém a nada, porém, cada um arca com suas consequências, sei que vc é uma pessoa inteligente, mas a vida tem dessas coisas, ok - boa tarde.

    ResponderExcluir
  32. Anonimo, amigo, continua a não fazer sentido. Parece não entender que não pode chamar de "livre escolha", se uma das alernativas leva a torturas terríveis, por toda eternidade.

    Se só serei "salvo" se crer em Jesus, e se não crer, leva minha "alma" a perdição eterna, não há nada de "escolha" nessa questão, como não há escolha entre entregar os bens ao ladrão, ou levar um tiro.

    Sim, o homem é dotado de razão e inteligência, e eu suo a minha para avaliar em que devo crer, ou concluir, a partir de evidências. É isso, por definição, que chamamos de razão.

    Já a definição de fé é crer sem ter evidência para tanto. Você crê em Jesus, outros creem em outras coisas, como judeus, islâmicos, bramanes, etc, etc. Não há, a partir da razão e da inteligência, como decidir quem tem a verdade, uma vez que nenhum dos que creem tem evidências que sustentem sua fé.

    A Constituição obriga sim, todas as pessoas, cidadãos, a obedecerem suas regras, sob pena de punições legais. O que chama de "consequências" é justamente a forma de "obrigar" as pessoas.

    Fé na biblia, ou fé no Alcorão, ou fé na Teogonia, ou fé no Mahabharata, é irrelevante. A questão é, seu deus é chantagista, e punirá de forma injusta e desmedida qualquer um que desobedecer sua ordem de "crer" nele, mesmo sem nenhuma evidência de existência (portanto, crer por "fé").

    Eu acho isso horroroso, ilógico, irracional, mas é seu direito seguir tal criatura imaginária.

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  33. Ainda quero te dizer, que não tenho parentesco com Zumbi, pois sou de pele branca, se eu tivesse pele preta não me consideraria inferior a ninguém, preto, branco e amarelos somos a raça humana, prova é que dá transfusão de sangue e cruzamentos entre as raças. O homem de boa índole e consciência carrega em si o respeito e estima pelo próximo,ok.

    ResponderExcluir
  34. Anonimo: "Ainda quero te dizer, que não tenho parentesco com Zumbi, pois sou de pele branca, se eu tivesse pele preta não me consideraria inferior a ninguém, preto, branco e amarelos somos a raça humana,"

    Ok, calma nessa hora, vou desenhar para ajudar a entender.:-) O "zumbi" a que se refere o mito descrito, NÃO é o Zumbi dos Palmares, mas do tipo "morto-vivo", que morre e ressuscita, como nos filmes de terror.:-)

    Nada tem a ver com a cor da pele ou coisa parecida.

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  35. É bom dialogar com pessoas inteligente que nem vc, porém, assim eu creio, que Jesus morreu crucificado, ao terceiro dia ressuscitou, com testimunhos de 8 discípulos do novo testamento, digo: Mateus, Marcos, Lucas, João, Tiago, Pedro, Judas (não o Iscariotes) e Paulo, eu sou alfabetizado, pois só tenho o segundo grau, aqui na minha casa, são 3 advogados a esposa, uma filha e um filho, quando eles levam a um tribunal apenas 2 testimunhas perante o juiz, caso não havendo prova ao contrário, isso é o bastante, no caso da ressurreição de Jesus foram oito assinante do NT, para que prova maior que essa? Creio por extrema convicção que Jesus é o enviado do único Deus, criador de todo o universo. Boa noite.

    ResponderExcluir
  36. Se tem advogados na família, pergunte a eles como Nelson Hungria chamava o testemunho: a prostituta das provas (pergunte também quem foi Nelson Hungria).

    Isso porque relatos podem não apenas ser comprados, distorcidos, inventados, mas simplesmente estarem incorretos, errados, devido a forma como nossa mente, humana e falha, "vê" os eventos a nossa volta.

    No direito romano, que é a base de nosso direito, testemunhos não são suficientes justamente por isso, precisam de evidências, materiais, corrobatórias.

    E se leu com atenção seu livro sagrado, deve ter percebido que cada evangelho diz coisas diferentes sobre a ressurreição, conflitantes, o que torna tudo mais duvidoso ainda. E deve saber que foram escritos de segunda ou terceira mão, nenhum dos que descrevem esteve no evento.

    Não concordam nem mesmo sobre quantas pessoas estavam presentes no momento da ressurreição.:-)

    Tente entender, se levar ao juiz apenas duas testemunhas, que aleguem que você roubou algo, não será condenado. Não é suficiente. Relatos pessoais tem validade restrita, não apenas em tribunais e na ciência, mas em sua vida.

    Pense, se for comprar um carro usado, e "duas pessoas" disserem que está "zero bala", você compra sem levar a um mecânico de confiança, que faça uma vistoria? Não? Eu sei, eu também não.:-)

    Não precisa "acreditar" em mim, faça um teste, leia o que os evangelhos dizem sobre a ressurreição, e compare. Pode brincar do jogo dos "muitos" erros.:-)

    Sim, amigo, eu quero provas "maiores" que esta, na verdade, quero evidências confiáveis, não relatos biblicos. Usar a biblia para "provar" deus, é um argumento circular, inválido. É verdade porque está na biblia, e sei disso porque a biblia diz que é verdade.

    Entenda, nada tenho contra seu direito de ter uma fé, no ser imaginário que escolher. Estou apenas refutando sua alegação, falsa, de que "a biblia, palavra de deus, não obriga ninguém a crer".

    Isso não é verdade, pois a punição para não crer é violenta, cruel, absurda e eterna. Não é uma escolha livre, mas uma imposição, uma chantagem insana.

    Se deseja crer, é seu direito. Mas é só isso, fé cega.

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  37. Para ajudar, preste atenção a estes trechos discordantes, entre muitos:

    Marcos aforma que duas mulheres viram a ressurreição. Mas, espere, tem mais, não diga nada ainda.:-)

    Marcos 16:1-2 – Passado o Sábado, Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago, e Salomé compraram aromas para irem ungir o corpo de Jesus. Muito cedo, no primeiro dia da semana, logo depois do nascer do Sol, foram ao sepulcro. (quatro mulheres)

    João 20:1 – Na madrugada do primeiro dia da semana, sendo ainda escuro, Maria Madalena foi as sepulcro, e viu que a pedra fora revolvida da entrada. Correu ela e foi ter com Simão Pedro e com os outros discípulos. (uma mulher)

    Lucas 23:54-55; 24:1; 24:10 – Era o dia da preparação e ia começar o Sábado. As mulheres que tinham vindo com ele da Galiléia, seguiram a José e viram o sepulcro, e como o corpo fora ali depositado (…) No primeiro dia da semana bem cedo, elas foram ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado (…) Eram Maria Madalena, Joana, Maria, mãe de Tiago e as outras que com elas estavam… (uma porrada de gente)

    Se não conseguem nem concordar com o básico, quantas pessoas foram ao túmulo, que dirá no resto.:-)

    Repetindo, nada tenho contra a fé cega de qualquer pessoa, se mantida em termos pessoais, é um direito. Mas se fizer alegações incorretas, ou sem sentido, é preciso refuta-las, pelo bem do debate racional e lógico.

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  38. Vou terminar aqui para te dizer, assim como vc diz: "nada tenho contra a fé cega de qualquer pessoa" eu também digo: nada tenho contra a cegueira espiritual de qualquer pessoa, se eu creio que Jesus é o autor da vida e Salvador da humanidade que nEle crer, vc também pode dizer muito bem, não creio em nada, nem nesse Jesus, mas apenas na evolução ao longo dos milhões de anos, morrendo o homem tudo acabou, aí nas duas situações são direitos individuais de pensar assim. Mesmo te respondendo de maneira passiva, vc não disse em quem crê, ou se é ateu, mas demonstra conhecer a bíblia, veja estamos em um país democático, procuro respeitar ideias, raciocine e linha de pensamento declarado pelos outros. Gostaria de saber se vc crê em algo ou não, devo parar, pois já está ficando enfadonho. Boa tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu prefiro oncluir a acreditar. Sendo assim, não, não acredito em nada, nesse sentido de ter fé em algo.

      Evidentemente o termo "acreditar" tem duas acepções distintas, e uma delas é a crença embasada, que não se confunde com fé.

      Por exemplo, eu acredito na evolução devido as evidências, sólidas e confiáveis (e em grande volume), enquanto quem crê em algo da fé religiosa "acredita" sem nenhuma evidência.

      Sou ateu, porque não existem evidência de existência de deuses. Nenhum deles. Tente entender, sou tão ateu quanto vc com relação a todos os outros deuses, apenas não acredito em mais um, o seu..:-)

      Sim, eu conheço a biblia, como conheço o Alcorão, partes da Tora, o Mahabharata, e muitos outros livros sagrados de muitas religiões. Isso porque para falar sobre algo,ou mesmo para tirar um conclusão racional, é preciso informação. Muita informação.

      Sem evidência, sem crença. É bem simples, na verdade..:-)

      Cognite Tute

      Excluir
  39. Quando digo que vou parar, não porque me sinta vencido pelas suas ideias, mas porque deixa clara que não vou conseguir meu objetivo, objetivo este, que não é conseguido por muitos que professam a mesma fé que eu, o próprio Jesus, com seus sinais e prodígios de maneira palpável, não digo de sua época, porque todo tempo a Ele pertence, não conseguiu ser aceito por todos, Jesus diz: "E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés" Mateus 10:14. O Deus que eu creio, não é mais um Deus, assim como em grande parte das denominações religiosos crêem num único Deus, a diferença é que nós cristãos, cremos que o único mediador entre Deus e os homens é somente Jesus 1 Timóteo 2:5, contudo, a bíblia náo dá o direito do homem julgar os outros, Jesus diz: "Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós" Mateus 7:2. O diabo pai da mentira João 8:44, foi expulso do Paraiso pela sua desobediência a Deus, por isso se revestiu de ódio. A Palavra diz: "E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.1 João 4:16. Não pense que, por vc pensar diferente de mim, fico aqui de maneira grotesca querendo rebater suas ideias, nós seres humanos, desejamos o melhor para nossos familiares, sei que vc não é diferente. Tenho plena certeza que do mesmo jeito que Jesus me ama, amma vc também. Boa noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo: "Quando digo que vou parar, não porque me sinta vencido pelas suas ideias, mas porque deixa clara que não vou conseguir meu objetivo,"

      Acho que, entre outras coisas, não entende bem o conceito de debate racional, o que é uma pena. Veja, não é que tenha sido "vencido" pelas minhas idéias, o prolema é que não conseguiu refutar os argumentos que apresentei, e isso o incomodou, então está usando uma 'fuga" comum a quem cre dessa forma, repetir trechos da biblia como se argumentos fossem. Só que não são.

      Como tentei explicar é um erro de lógica conhecido como argumento circular e petição de princípio. Algo como "se está na biblia é verdade, e sei que é verdade, porque a biblia diz".

      Anonimo: "o próprio Jesus, com seus sinais e prodígios de maneira palpável,"

      Sinais e prodígios que não passam de mágicas chinfrins, comuns até mesmo a mágicos da época. Prodígios que pararam de ocorrer conforme as pessoas foram se instruindo, e informando, e percebendo as fraudes e erros de compreensão. Para tingir seu objetivo, evangelizar e convencer as pessoas de sua verdade revelada, precisa de muito mais, precisa de evidências confiáveis, argumentos reais, lógica, etc. Entretanto, tudo o que apresenta são alegações que não consegue sustentar (como deus e a biblia não "exigirem" que se creia neles) e frases retiradas de um livro antigo e sem sentido.

      Como estas:

      Anonimo: "Jesus diz: "E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés" Mateus 10:14. O Deus que eu creio, não é mais um Deus, assim como em grande parte das denominações religiosos crêem num único Deus, a diferença é que nós cristãos, cremos que o único mediador entre Deus e os homens é somente Jesus 1 Timóteo 2:5, contudo, a bíblia náo dá o direito do homem julgar os outros, Jesus diz: "Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós" Mateus 7:2. O diabo pai da mentira João 8:44, foi expulso do Paraiso pela sua desobediência a Deus, por isso se revestiu de ódio. A Palavra diz: "E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele.1 João 4:16. "

      Sinto, não valem nada. Ou valem o mesmo que eu copiar e colar trechos do Alcorão ou do Torá, ou do Mahabharata. Ou do Livro de Receitas de Dona Benta:-)

      E nem é verdade essa alegação sobre "um único deus", hindus, bilhões deles, creem em vários, xintoistas creem em milhares de deuses, etc. Mesmo você crê em pelo menos dois, deus e o diabo. Sim, o diabo, pois as caracteristicas deste o classificam como "deus", e até por isso o catolicismo nunca disse claramente que ele existe.

      Excluir
    2. E se homens não pudessem julgar homens, o que seria das sociedades? Sem justiça, tribunais, leis, o que seria das sociedades? Como seriam sociedades em que apenas deus julgasse? Sabemos como seriam, basta estudar a história e ver o horror que eram tais sociedades teocráticas. Sinto, não quero voltar a essa época de barbárie e sofrimento.

      Anonimo: "Não pense que, por vc pensar diferente de mim, fico aqui de maneira grotesca querendo rebater suas ideias, nós seres humanos, desejamos o melhor para nossos familiares, sei que vc não é diferente."

      E o que seria "o melhor"? Quem decide, seres imaginários e livros antigos, ou seres humanos reais, a partir da razão e do pensamento humano, e dentro do tempo e necessidades de cada sociedade? Eu acho que o melhor para meus familiares é não acreditar cegamente em seres imaginarios, e aprender a pensar racional e logicamente. E você?

      Anonimo: " Tenho plena certeza que do mesmo jeito que Jesus me ama, amma vc também."

      Suas certezas são irrelevantes, se não puder demonstrar evidências. Sem isso é apenas uma petição de principio, uma alegação solta no ar. Se nem demonstrar a existência de um Jesus consegue, o que dirá dese tal amor?

      E pense, que tipo de amor condena quem desobedece a eternidade de dor e sofrimento? Mesmo seres humanos imperfeitos compreendem que a pena deve se adequar ao crime, e compreendem que penas eternas, e penas que envolvem crueldade, são estúpidas e injustas. Porque alguém adoraria um ser que castiga as pessoas dessa forma???

      Por favor, entenda, eu não quero ter nada a ver com seu amigo imaginário cruel, insano, inseguro, egoísta e mesquinho, nem com quem é capaz de adorar tal criatura. Se ele existisse, o que não tem evidência, seria algo a ser desprezado e combatido, nunca adorado. Para deixar claro, não quero, não gostaria, de ser amado por tal criatura vil.

      Mas reconheço seu direito a crença, claro. Desde que não tente impo-la aos outros, ou a crianças indefesas.

      Cognite Tute

      Excluir
  40. Cognite tute diz: "Acho que, entre outras coisas, não entende bem o conceito de debate racional, o que é uma pena. Veja, não é que tenha sido "vencido" pelas minhas idéias, o prolema é que não conseguiu refutar os argumentos que apresentei, e isso o incomodou, então está usando uma 'fuga" comum a quem cre dessa forma, repetir trechos da biblia como se argumentos fossem. Só que não são".
    Pena digo eu, com seus argumentos que se presta a escárnio, vc está sendo muito indelicado, fuga eu? "Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Romanos 8:31. Como podemos deixar de ensinar aos nossos filhos, temos mandamento do Senhor Deus, que diz: "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele" OProvérbios 22:6. Os seus cometários mais parece uma espécie de "bate e assopra". "Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens" Atos 5:29. E não pense vc que vou parar de citar os versículos da bíblia, pois é isso mesmo que eu creio e comento. Repito o Deus que eu creio é onipotente, pórtanto, pode todas as coisas, Ele não é homem mortal para ser limitado, Ele não precisa abater o inimigo para vencê-lo. Nesse sentido faça que nem eu, respeite a minha fé, pois sempre respeitei a sua conduta. Para finalizar, aguarde, apartir desse momento entrego essa causa nas mãos de Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anonimo: "Para finalizar, aguarde, apartir desse momento entrego essa causa nas mãos de Deus."

      Em minha humilde opinião, deveria ter feito isso desde o começo, pois se seu amigo imaginário onipotente não pode me convencer com evidências, porque acha que você conseguiria? Não é um pouco arrogante tentar fazer o trabalho que um ser onipotente não conseguiu?

      De toda forma acho uma escolha arriscada, deixar nas mãos de deus, como ele não existe, não tem evidências de existir, em geral isso acaba mal.

      Melhor trabalhar e fazer algo por si mesmo, do que confiar na ajuda de seres imaginários. É tão pouco eficiente e confiável quanto esperar que duendes ajudem no trabalho de casa.:-).

      Amigo, tente entender, eu não temo algo que não tem evidências de existir, e acho que para educar crianças, é melhor a razão e humildade humana, que a arrogância religiosa. Estas vão crescer com princípios, baseados em conceitos de certo e errado justos, e não em medo de punição divina, ou ganância por recompensas futuras post-mortem.

      A quem vc daria mais valor, um bombeiro ateu, que arrisca sua vida para salvar outros, mesmo que considere que é a única que terá, ou um bombeiro que arrisca sua vida, mas acredita que se morrer nesse ato, será recompensado com uma vida eterna de prazeres?

      Pois é, eu também acho mais valoroso o primeiro.

      Cognite Tute


      PS: Já perguntou aos advogados quem foi Nelson Hungria, e como ele tratava a prova testemunhal?

      Excluir
  41. Anonimo: "E não pense vc que vou parar de citar os versículos da bíblia, pois é isso mesmo que eu creio e comento."

    Não penso.:-) Nem disse que deveria parar, disse que não é relevante nem tem qualquer relação com argumentação racional ou debate lógico. São petições de princípio, sem evidência ou base de sustentação.

    Disse, e repito, que tanto faz, em termos de argumentação, citar trechos da biblia, do Alcorão, do Torá, do Mahabharata, da Teogonia, ou do Livro de Receitas de Dona Benta.

    Não são argumentos.

    Anonimo: "Os seus cometários mais parece uma espécie de "bate e assopra"."

    Não, meus comentários são argumentos, ainda que postados de forma educada (talvez por isso confunda com a parte de "assoprar"). Você não gosta dos argumentos, mas isso é irrelevante. Ou os refuta, ou os aceita. Entenda, não precisa concordar com eles, apenas compreender e aceitar que não pode refuta-los.

    Anonimo: "Mais importa obedecer a Deus do que aos homens"

    Ok, mais uma vez: para ser importante obedecer a deus, precisa demonstrar que deus existe. Sem isso, é o mesmo que dizer que é importante se comportar bem, para Papai Noel dar presente no Natal. É só uma frase sem sustentação.

    Além disso, acho a frase medonha, perigosa. Por acreditar nisso, Abraão quase matou o próprio filho por vontade de um deus insano, inseguro e mesquinho. Eu não adoraria um se assim nem que ele existisse.

    Anonimo: "Repito o Deus que eu creio é onipotente, pórtanto, pode todas as coisas, Ele não é homem mortal para ser limitado, Ele não precisa abater o inimigo para vencê-lo."

    De novo, irrelevante, se não demonstrar que deus existe, e que é o SEU deus. Eu poderia trazer o mesmo discurso de um islâmico, ou xintoísta, que dizem que não, não é o seu deus que existe e é onipotente.:-)

    Assim como você não "acredita" neles, eu, pelo mesmo motivo (falta de evidências) não acredito em você.

    Anonimo: "Nesse sentido faça que nem eu, respeite a minha fé, pois sempre respeitei a sua conduta."

    Eu respeito pessoas, não crenças, e certamente não seres imaginários. Nem o Super-Homem eu respeito.:-)

    De novo, você veio ao site, leu o post, e escreveu que "a biblia e deus não obrigam ninguém a crer neles". Eu demonstrei, com argumentos, que isso não é verdade, que não há livre escolha, se a consequência de desobedecer é a punição, extrema e cruel, de uma eternidade de sofrimento.

    Você na impossibilidade de refutar essa argumentação, começou a "derrapar" para os lados, na tentativa de escapar, e agora me acusa de "desrespeito".

    Sinto, não funciona assim. Quem diz o que quer, ouve o que não quer.

    (continua...)

    ResponderExcluir
  42. Se vc mesmo diz: "Quem diz o que quer, ouve o que não quer".
    pega bem na sua carapuça, o orgulho e o autoritarismo sem dúvidas parte de vc mesmo, pois a sua refutação demonstra seu caráter, por acaso, se minha fé em Deus te incomoda, neste caso vc está sendo incoerente, pois a tua blasfêmia não me trás nenhum tipo de prejuízo, agora, o que eu te pedi, foi para que vc aguardasse, estreguei nas mãos de Deus, não prque eu tenha medo de homem algum, o meu dever, na condição de cristão é respeitar o próximo. Quando eu digo que devo parar, é porque cheguei a conclusão de que na questão fé e ateísmo nunca chegaremos a um denominador comum. Fica aqui eu na minha fé em Deus, embora para vc é pensamento inútil, pois é, respeito vc que é um ateu, só não podemos é permanecer em disputa, para ver quem vai vencer pelo fato de ofender mais que o outro ok

    ResponderExcluir
  43. Anonimo: "para ver quem vai vencer pelo fato de ofender mais que o outro ok"

    Vou tentar mais uma vez. Discordar de você ou refutar sua alegação NÃO é ofensa. Não acreditar em suas superstições também não. Tem todo direito a crer no que desejar e se o problema se resumisse a isso, nem haveria este debate.

    Mas pense, você discorda das crenças dos outros, e nem por isso esta ofendendo os mesmos ao não crer, está? E se um islâmico disser "o verdadeiro deus é Alah", ou um judeu disser "Jesus não é deus nem filho de deus", você dira, "estão errados", e isso não será uma ofensa, será?

    Mas você não se restringiu a crer, mas veio até aqui fazer alegações, como "a biblia não obriga ninguém a crer". Como é uma alegação incorreta, eu refutei seu argumento.

    O problema é que, na impossibilidade de refutar minha argumentação, você começou a discutir outras coisas, mas que também não pode apresentar evidências. Finalmente, se abrigou na única trincheira que restou (e que é recorrente nesses casos), citar a biblia como se argumentos fossem.

    Sinto, não acredito em historias de um livro antigo e mal escrito. E citar trechos bíblicos nada acrescenta a um debate racional.

    Anonimo: "Quando eu digo que devo parar, é porque cheguei a conclusão de que na questão fé e ateísmo nunca chegaremos a um denominador comum."

    Bem, eu poderia ter explicado isso logo no começo.:-) Por definição, fé é uma coisa e razão outra. A definição de fé é, crer sem ter motivos para tanto. E razão é seu oposto, acreditar APENAS se houver motivos, bases, evidências.

    Tertuliano, e Agostinho, já diziam, "desejo que as coisas de deus sejam mais absurdas, para poder exercer minha fé mais propriamente, pois se há motivos para crer, não é mais fé, é razão". A frase em latim é "credo quia absurdum est". Creio porque é absurdo.

    Ateísmo é apenas o reconhecimento de que não existem evidências de existência de deuses. Fé religiosa é apesar de não haver evidências, crer mesmo assim nessa existência.

    Evidentemente, não se pode chegar a um denominador comum a partir de posições tão dispares.

    Anonimo: "o meu dever, na condição de cristão é respeitar o próximo"

    O meu também. Mas eu cheguei a essa conclusão por razões humanas, conceitos e princípios humanos, não por medo ou obediência a um ser imaginário. Considero um princípio de civilidade respeitar pessoas (não crenças), não por desejo de prêmios futuros, ou medo de castigo eterno.

    Pense nisso um pouco.

    Anonimo: ""Quem diz o que quer, ouve o que não quer".
    pega bem na sua carapuça, o orgulho e o autoritarismo sem dúvidas parte de vc mesmo, pois a sua refutação demonstra seu caráter, por acaso, se minha fé em Deus te incomoda,"


    Não, sua fé não me incomoda, mas as ações que porventura toma com base nessa fé, podem incomodar. Não a mim apenas, mas a toda uma sociedade. Perseguir gays, por exemplo, em nome de um deus imaginário, é daninho e incomoda. Tentar interferir em leis do estado, também.

    Não tenho orgulho de escolher pensar de forma racional, e não sou autoritário ao refutar suas alegações. É parte de todo relacionamento social, e do debate racional. Você alega algo que eu considero incorreto, e eu mostro porque acho incorreto.

    E como eu seria "autoritário", ao apresentar dúvidas e argumentos, sendo que é você que tem certezas imutáveis? Tem certeza de que está usando o termo autoritário de forma correta?

    Tente entender, não existem evidências de existência de deuses. Dessa forma, deixar nas mãos de deus é inútil e perigoso, pois ninguém fara nada dessa forma.

    Melhor pensar sobre o assunto e agir de forma racional, a partir de dados concretos e evidências confiáveis.

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  44. Vc é um sujeito teimoso incondicional, não vou mais perder meu tempo, bati a poeira dos meus pés, obedecendo a Deus, não pense vc, pelo fato de não crer, ficará isento de num futuro próximo irá deixar de responder, o bem ou mal que tenha feito diante do seu Criador. Se vc não crê é um problema seu... a natureza em si mesma contempla a existência de um Deus Criador, só não posso, e qualquer pessoa de bom senso, é achar que o acaso fez toda essas maravilhas existentes em todo o universo. FIM...................

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E enfim chegamos ao final de quase todo debate entre a crença e a razão, ameaças vazias, vindas do "amor cristão e seu deus gentil e benigno", que ira me enviar ao inferno eterno de dor e sofrimento por não crer nele.:-)

      A natureza indica, no máximo, a existência da natureza. Mesmo que se admita a possibilidade de que esta seja fruto de um "criador", nada indica que seria o criador cristão, o deus cristão.

      Ou que este esteja interessado em qualquer aspecto da vida ou escolhas humanas. Como disse Aristóteles, o Demiurgo, depois de dar início ao "primeiro movimento", nenhum interesse teve pelo universo criado, nem pelos seres humanos.:-)

      Você diz teimoso, eu digo racional. Teimoso, me parece, é crer mesmo que não existam evidências para tanto.

      Sobre o acaso, seria preciso mais espaço para, tentar, explicar o ponto de vista da ciência, e como sua noção de acaso é incorreta. Não tenho tanto tempo, e não penso que tenha interesse em saber sobre essa questão.

      E sobre o bom senso, este não é bom conselheiro para as questões mais profundas do universo. O nosso bom senso sempre falha nesses casos. Nosso bom senso informa que a Terra é plana, que o Sol gira em torno dela, que objetos mais pesados caem com mais velocidade que os mais leves, que continentes não se movem, etc, etc.

      Como pode ver, nosso bom senso não faz bons julgamentos de questões científicas.:-)

      Cognite Tute

      Excluir
  45. Não está mais prevalecendo debate, aqui fico eu com minha maneira de crer e vc com seus modos e conduta, também não quero me comparar a vc, vc demonstra ser uma pessoa sábia culturalmente. Por favor, não pense que eu deseje a vc sofrimento e dor ou coisa ruim, mas de coração o melhor para vc e toda sua família. Discordo que: "a Terra é plana, que o Sol gira em torno dela, que objetos mais pesados caem com mais velocidade que os mais leves, que continentes não se movem, etc, etc." vou explicar apenas um item, mesmo que vc saiba, objetos mais pesados caem com mais velocidade na atmosfera, no vácou, qualquer objeto independentemente do peso caem juntos.Boa noite.

    ResponderExcluir
  46. Anonimo: "Por favor, não pense que eu deseje a vc sofrimento e dor ou coisa ruim, mas de coração o melhor para vc e toda sua família. "

    Tenho certeza de que não quer, você parece ser uma boa pessoa. E seria pouco razoável desejar mal a alguém que só conhece pela Internet, e apenas por causa de uma discussão em um post. Tem gente que seria capaz, mas você não parece ser desse tipo.

    E nem eu quero mal a você, por mais que discordemos.

    Mas, não querer mal e causar mal nem sempre estão relacionados. Religiões, crenças sobre o que deus quer ou não, tem causado muito mal a muita gente, em diversas épocas e sociedades.

    No passado, pessoas boas, mas movidas por uma crença cega em desejos divinos, desejos que as religiões apresentam como legítimo, perseguiram negros, justificaram a escravidão. E depois perseguiram casais inter-raciais (era proibido em muitos países, casamento de negro e brancos) e perseguiram mulheres.

    E hoje perseguem gays. Isso ocorre mesmo com pessoas boas, mas que acreditam que é isso que deus deseja. Eu acho perigoso essa atitude.

    Além disso, por mais que você pessoalmente não deseje mal a mim, e a minha família, seu deus deseja. Ainda que de forma disfarçada, pretendendo um "amor" que não convence, se eu não acreditar nele, se me recusar por não ver evidências de existência de sua existência, ele vai me condenar a uma eternidade de dor e sofrimento terríveis, bem como minha família, minha filha, etc. Para todo o sempre.

    Como lidar com isso? Como você lida com isso? Se encontrar um amigo que é honesto, bom, gentil, dedicado, MAS ateu, como encara o fato de que, depois que vocês morrerem, ele sofrerá por um tempo infinito, dores terríveis e crueldades cósmicas?

    Se disser, entretanto, que o que importa é uma vida correta, não a crença, estará discordando da maioria das religiões, especialmente da sua religião cristã. Esta defende, é o núcleo de sua crença, que apenas Jesus, a crença em Jesus/deus, salva.

    E foi isso que começou nosso debate, sua alegação de que a bíblia não "obriga" ninguém a crer em deus ou nela. O que é evidentemente incorreto. Se as alternativa são, crer e se salvar, não crer e sofrer pela eternidade, não é uma escolha livre de forma alguma.

    Anonimo: "Discordo que: "a Terra é plana, que o Sol gira em torno dela, etc..."

    Sim, eu sei que discorda, que sabe que não é assim. É por isso que mencionei estes fatos, porque nosso bom senso sempre nos disse o contrário. Nosso bom senso sempre se enganou ao analisar aspectos mais complexos ou mais profundos do universo.

    Foi preciso a ciência, e seu método sofisticado e rigoroso de testar essas questões, para entendermos corretamente. Foi preciso que Galileu pensasse, "mas será MESMO que objetos mais pesados caem mais rápido, ou nosso bom senso está a nos pregar peças?"

    E ao pensar assim, e criar métodos de verificar, validar, essa alegação, ele descobriu que não, nosso bom senso estava errado, e a atração da gravidade é a mesma para qualquer objeto.

    Isso serve de alerta para quando diz "só não posso, e qualquer pessoa de bom senso, é achar que o acaso fez toda essas maravilhas existentes em todo o universo."

    Pode sim, se pensar que seu bom senso não é bom conselheiro para essas questões.:-) E que a ciência tem respostas melhores que a religião para nosso universo.

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  47. É difícil, mas não impossível, já tive a experiência de falar de Jesus, para algumas pessoas que rejeitaram de maneira inacreditável, com o passar do tempo, encontrei muita dessas pessoas crentes e declarando piamente a sua fé em jesus. Tem um dito popular, "quanto maior a árvore, maior é a queda". Imagino uma pessoa inteligente que nem vc Cognite, crendo em Deus, convertido a Jesus, quantas almas seriam arrebanhadas para o reino de Deus mediante a sua pregação por uma fé genuína, para isso vou te entregar nas mãos de Deus, veja o que aconteceu com Paulo, leia Atos capítulo 26, depois me responda, não uma obrigação, mas um pedido de amigo. OK boa noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anonimo: "É difícil, mas não impossível, já tive a experiência de falar de Jesus, para algumas pessoas que rejeitaram de maneira inacreditável, com o passar do tempo, encontrei muita dessas pessoas crentes e declarando piamente a sua fé em jesus."

      Possível, mas bastante improvável. Não a conversão de alguém, isso as vezes ocorre, em geral com uma mudança de religião, islamicos ou judeus convertidos em cristãos, ou cristãos convertidos em islâmicos, etc, porque quem "busca" uma verdade pela fé, pode se sentir atraido por esta ou aquela versão mitológica.

      Mas ateus orgânicos, ou seja que pensaram no assunto, ponderaram, e escolheram concluir a acreditar, é improvável que passem a "ter fé" apenas por que alguém falou sobre Jesus com ele. É preciso mais, é preciso fatos, evidências e argumentos.

      Anonimo: "Tem um dito popular, "quanto maior a árvore, maior é a queda"."

      Mas porque você considera se submeter a uma crença, uma "queda"? Eu até entenderia se fosse eu a alegar isso, eu realmente acho uma pena, uma queda "braba" passar a crer em coisas sem evidencias, mas vindo de quem crê é estranho.

      Anonimo: "Imagino uma pessoa inteligente que nem vc Cognite, crendo em Deus, convertido a Jesus, quantas almas seriam arrebanhadas para o reino de Deus mediante a sua pregação por uma fé genuína,"

      É, também acho, eu causaria grande mal as pessoas se me convertesse a uma fé qualquer ..:-) Nem precisaria ser o cristianismo, qualquer outra das 6 mil religiões que existem hoje (sem contar seitas e dissidências internas) já seria perigoso.:-)

      Mas isso indica apenas que eu tenho bons argumentos, não?

      Anonimo: "para isso vou te entregar nas mãos de Deus, veja o que aconteceu com Paulo, leia Atos capítulo 26, depois me responda, não uma obrigação, mas um pedido de amigo."

      Eu já li Paulo, na verdade provavelmente li mais da biblia que você ou que a maioria dos cristãos. Eu, como escolha pessoal, considero que devo SABER do que estou falando antes de argumentar, e que é preciso estudar algo para poder tirar conclusões. E em Paulo, Atos 26, não há nada que possa ser relevante em nossa conversa ou debate.

      Paulo está para ser julgado, e conta como "viu uma luz", ouviu uma voz e encontrou Jesus, que ordenou que fosse e espalhasse a palavra a as verdades do cristianismo. Bem, isso não é fé. Se alguém encontra algo, concretamente, não precisa "ter fé", acreditar, pode apenas concluir. Veja, se você encontrar uma zebra, não precisa de "fé" para acreditar que esta exista. Mesmo se for um unicórnio, é uma conclusão, não fé.

      Mas nem eu nem você vimos uma "luz intensa", nem ouvimos uma voz, e muito menos encontramos Jesus cristo pessoalmente.:-) Assim, usar o discurso de Paulo, MESMO que eu acreditasse na biblia, e em Paulo, nada muda nessa questão. Está apenas me pedindo, para provar que Jesus é real, que acredite em Paulo, já que não acredito em você ou na Biblia. Veja, ainda é o mesmo argumento circular de sempre, é verdade porque está na biblia, e eu sei disso porque a biblia diz que é verdade.

      Lembre-se de que as pessoas que alegam ter tido as mesmas visões de Paulo, hoje, estão internadas em manicômios.

      Um abraço.

      Cognite Tute

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Neste versiculo temos a informação de que Jesus estava vivo, atravéz de Maria Madalena, pois ela foi a primeira a vê-lo.



      E no primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro.

      Correu, pois, e foi a Simão Pedro, e ao outro discípulo, a quem Jesus amava, e disse-lhes: Levaram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram.

      Então Pedro saiu com o outro discípulo, e foram ao sepulcro.
      João 20:1-3


      OPA!!! Aqui só mostra Maria Madalena? que maluquice não?!

      Prossigamos...

      (Continua)

      Excluir
    4. E era o dia da preparação, e amanhecia o sábado.

      E as mulheres, que tinham vindo com ele da Galiléia, seguiram também e viram o sepulcro, e como foi posto o seu corpo.
      Lucas 23:54-55

      E no primeiro dia da semana, muito de madrugada, foram elas ao sepulcro, levando as especiarias que tinham preparado, e algumas outras com elas.
      Lucas 24:1

      E eram Maria Madalena, e Joana, e Maria, mãe de Tiago, e as outras que com elas estavam, as que diziam estas coisas aos apóstolos.
      Lucas 24:10

      EEEITAAA... Encheu a parada de muierada!

      Mas, vejamos que, em todos os textos apresentados por você, sempre há um destaque: "Maria Madalena". Ela está sempre colocada em 1º lugar nos textos, porque na verdade, ela liderava o grupo de mulheres, ela era a personagem principal. Então, eu não vejo desencontro nenhum nestes livros, e sim apenas o que costumo chamar de "ÊNFASE". Um discipulo, como Lucas, médico, minuncioso, detalhista citou todas as mulheres, não por nome, mas diz que elas estavam ali...!

      Mateus, um pouco + focado no enredo, cita o acontecimento+ detalhado, as mulheres entraram, viram o anjo, e ele descreve toda a narração, talvez não da forma que ouviu, mas tentou ser minunsioso na história do "ser imaginário".

      João é mais direto, tanto que na narração "outro discipulo, ele estava falando dele mesmo, porque ele era o discipulo a quem o Senhor amava...

      Concluindo: Os evangelhos não se contradizem entre si, muito pelo contrário! Eles se completam! O que você não acha em um, no outro tem, pois foram narrados por pessoas diferentes, caracteristicas diferentes...

      Espero ter sido claro!

      Abraço mano...


      Excluir

Postar um comentário