Ateus americanos põem em outdoor a escravidão bíblica

"Escravos, obedeceis a vossos mestres" 
Um grupo de ateus, agnósticos e livres-pensadores da Pensilvânia providenciou um outdoor para participar do “2012, Ano da Bíblia”, um evento aprovado pelos deputados daquele Estado americano.

O outdoor diz “Escravos, obedeceis a vossos mestres”. Trata-se de um trecho de Colossenses 3:22. Em português, a íntegra da citação é: “Servos, obedecei em tudo a vossos senhores terrenos, servindo não por motivo de que estais sendo vistos, como quem busca agradar a homens, mas com sinceridade de coração, por temor a Deus.”

A mensagem ficará em exibição até o final deste mês. A campanha foi financiada por céticos da Pensilvânia e pela organização nacional AA (Ateus Americanos).

Os céticos afirmam em seu site que o outdoor serve de advertência aos deputados no sentido de que eles têm de legislar em nome de todos, cristãos e não cristãos.

Argumentaram que o evento pode ter um resultado inesperado porque, segundo eles, uma leitura criteriosa da Bíblia tem levado muitas pessoas à descrença.

Com informação do Pennsylvania Nonbelievers, entre outros sites.

Red Bull diz como Jesus conseguiu andar sobre as águas
fevereiro de 2012

Ateísmo.

Comentários

  1. os religiosos usam o argumento de que um texto fora do contexto se torna um pretexto, aí eles sempre acham um meio de distorcer o que já é distorcido na bíblia, manipulando mais facilmente quem só se interessa pelo imediatismo de ter uma ilusão nas mãos e nos ouvidos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os ateus usam o argumento de que um texto fora do contexto se torna um pretexto, aí eles sempre acham um meio de distorcer o que já é distorcido na bíblia, manipulando mais facilmente quem só se interessa pelo imediatismo de ter uma ilusão nas mãos e nos ouvidos.

      IDEM

      Excluir
  2. Escravidão sempre foi imoral, em qualquer época em qualquer lugar. Assim como genocídio e infanticídio.

    Por que um deus de amor, alguma vez, permitiria tudo isso? Para depois mudar de ideia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simples, deus é hipócrita.

      Excluir
    2. Deus é hipócrita ou então bipolar.

      Excluir
    3. Deus é hipócrita, ou bipolar ou esquizofrênico.

      Excluir
    4. Pela mesma razão que ele condena a humanidade desde o Éden e 4 mil anos depois vêm a terra para morrer para perdoar a humanidade pelos pecados que ele mesmo criou. É um bipolar mesmo.

      Eu não espero sentido algum de Javé. Deve ser mais um dos mistérios do divino

      Excluir
    5. Simples, pq deus não existe. O caráter de deus esta diretamente ligado ao caráter das pessoas que o inventaram.
      Rodrigo*

      Excluir
    6. Deixo que digam, que pensem, que falem.

      Excluir
  3. A crítica, a oposição, a contestação são sempre boas, pois fazem com que as idéias sejam colocadas à prova. É sempre bom existir opiniões diferentes e expressá-las. A bíblia pode conter coisas boas, mas, isso não significa que ela seja toda boa.

    Sobre a escravidão eu diria que somos todos escravos. Assistam esse vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=B7hSxm67izU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, somos escravos do tempo, do dinheiro, escravos de uma sociedade onde as leis favorecem poucos, alguns escravos de ieias religosas, etc.
      O mais irônico é que grande parte das pessoas se acham livres.

      Excluir
  4. "Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo SÓ NA APARÊNCIA,como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, tememendo a
    Deus."

    Desde quando um escravo tenta agradar o senhorio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já ouviu falar em "escravos sexuais"? Pois é...

      Excluir
    2. Quando é da Casa Grande:

      http://www.youtube.com/watch?v=RvrjFyPt2xI

      Excluir
  5. Para atrair atenção a causa, eles colocaram a ilustração de um escravo negro, mas sabemos muito bem que os escravos naquela época, n se limitavam apenas a negros.


    Qual é a origem da palavra escravo?

    Spartacus era negro?

    ResponderExcluir
  6. Coloca-se a foto de um negro como escravo porque nos EUA a escravidão de negros foi a mais notória e marcante para aquele país. Numa campanha publicitária imagem é tudo.

    ResponderExcluir
  7. "uma leitura criteriosa da Bíblia tem levado muitas pessoas à descrença."

    Foi o que defendi naquele post dobre leitura obrigatória da Bíblia nas escolas. Não tem caminho mais curto e eficaz, depois de ler aquilo, só continua crendo quem ou não tem cérebro ou não tem vergonha e usa a coisa pra se manter no mando de campo.

    Nem precisa de leituras e estudos profundos e complementares, o livro é autoaplicável na função de desmonte da crença, não é à toa que a maioria dos que se dizem religiosos, cristãos de várias denominações, sequer leram o Gênesis. Como demolidora de crenças, a bíblia é um perfeito programa malware de extenção exe. Basta fazer dload nos neurônios e o estrago tá feito.

    Nem os judeus que inventaram a coisa toda acreditam e só mantêm a ' tradição' como forma de se identificarem como uma etnia, questão se sobrevivência...

    O pior foi o que saiu derivado daquele horror todo: duas religiões que roubaram até o deus dos judeus, nem para inventar um original tiveram capacidade, o Cristianismo e a versão piorada e xingling dele, o tal Islamismo com seu profeta matusquela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, a maioria dos cristãos não leram a bíblia por inteiro, a bíblia é como um contrato de software, você não lê, porém clica em aceitar.

      Excluir
    2. Huahauahau melhor metáfora que já vi. Genial!

      Excluir
    3. Eu não diria melhor, Baphonet. Metáfora perfeita.

      Também não leio contratos de software...

      Excluir
    4. Nhaa, adorei a metáfora^^
      Quero ver se meu irmão vai deixar de acreditar em Deus, pelo menos para de seguir a bíblia, não sabe o quanto ele mudou desde que levaram ele para igreja. Eu preferia meu irmão atentado de antes T.T

      Excluir
    5. EULA - End User License Agreement. Aquela folhnha que fica dentro da caixa, que só pode ser aberta depois que você compra e rasga o plástico.

      Excluir
    6. Clap, clap, clap! Parabens Baphomet, sua metáfora é perfeita.

      Excluir
  8. a biblia é um livro maravilhoso mesmo, se nao ninguem estaria falando dele.o ser humano é arrogante mesmo, se Deus interferisse na historia deles, eles falarima que Deus nao da liberdade.como Deus deixa o homem fazer o que quer, aí, os ateus acham mais facil colocar a culpa em Deus por todas as mazelas da sociedade.enfim , se Deus fosse compreendido ele nao seria Deus, seria um fantoche.
    o mais interessante é que Deus nao obriga ninguem a crer nele, cre quem quer, cada um faz o que quer da vida, sabendo que um dia prestara conta dela a Deus, querendo ou nao, a liberdade é confundida com a liertinagem me nossos dias, mas taí, todos podem fazer o que quiser , e botar a culpa em Deus, isso é uma forma de escapismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "a bíblia é um livro maravilhoso mesmo"

      - Parei de ler aí, porque sinceramente, Izaque, ou você é burro ou é mal-caráter. Ou as duas coisas, que é mais provável.

      Nada que saia da sua boca presta.

      Excluir
    2. Tem tanta coisa ilógica e contraditória nesse discurso que só um lunático poderia organizar esse tipo de texto... mas, o forte de crente nunca foi lógica mesmo.

      Excluir
    3. Crê quem quer, mas se não crer vai pro inferno.

      Excluir
    4. Ahhhhhh... agora sim: fantoches são compreendidos, logo o amigo imaginário existe.

      Excluir
    5. O ser humano é arrogante? lembre-se que você também é um ser humano e que portanto você está falando de si mesmo.

      Excluir
  9. Como não existia software e nem computadores naquela época, nada mais nada menos que Sir Isaac Newton se deu ao trabalho de não só ler como escrever um livro sobre Daniel.

    Isaac Newton (1643-1727), matemático e físico
    "Devemos crer em um Deus e não ter outros deuses além dele. Ele é eterno, onipresente, onisciente, onipotente, criador de todas as coisas, sábio, justo, bom e santo. Devemos amá-lo, temê-lo, honrá-lo e confiar nele, orar a ele, dar-lhe graças, louvá-lo e santificar seu nome, cumprir seus mandamentos e dispor de tempo para honrá-lo em culto." [1]


    Gottfried Wilhelm Leibniz (1646-1716), matemático, engenheiro, filósofo e diplomata
    "A verdadeira felicidade consiste no amor a Deus, porém num amor sem preconceitos, cujo fogo arde na luz do conhecimento. Este tipo de amor gera a alegria com boas ações, que dá apoio à virtude e, tendo Deus como centro, eleva o humano ao divino." [1]

    Alessandro Volta (1745-1827), físico
    "Submeti as verdades fundamentais da fé a um estudo minucioso. Li as obras dos apologetas e de seus adversários, avaliei as razões a favor e contra e assim obtive argumentos relevantes que tornam a religião (bíblica) tão digna de confiança ao espírito científico que uma alma com pensamentos nobres ainda não pervertida por pecado e paixão não pode senão abraçá-la e afeiçoar-se a ela. Peço a Deus que minha profissão de fé, que me foi solicitada e que eu forneço com alegria, escrita de próprio punho e por mim assinada, possa ser apresentada a todos, pois não me envergonho do Evangelho." [1]

    Louis Pasteur (1822-1895), microbiólogo e químico
    "Quanto mais eu estudo a natureza mais fico impressionado com a obra do Criador. Nas menores de suas criaturas Deus colocou propriedades extraordinárias..."
    "Proclamo Jesus como filho de Deus em nome da ciência. Meu espírito científico, que dá grande valor à relação entre causa e efeito, compromete-me a reconhecer que, se ele não o fosse, eu não mais saberia quem ele é. Mas ele é o filho de Deus. Suas palavras são divinas, sua vida é divina, e foi dito com razão que existem equações morais assim como existem equações matemáticas." [1]

    John William Strutt, Lord Rayleigh (1842-1919), ganhador do Prêmio Nobel de Física de 1904
    "Muitas pessoas excelentes temem a ciência como tendendo ao materialismo. Não é surpreendente que tal apreensão exista, pois, infelizmente, há escritores, falando em nome da ciência, que se fixaram a fomentá-la. É verdade que entre os homens de ciência, como em outros ramos, pontos de vista pouco refletidos podem ser encontrados a respeito das coisas mais profundas da natureza; mas que as crenças a que Newton, Faraday e Maxwell aderiram toda uma vida seriam incompatíveis com o hábito científico da mente é, sem dúvida, uma proposição que eu não preciso me delongar em refutar." [8]

    Ruy Barbosa de Oliveira (1849-1923), filólogo e cientista político
    "Nunca senti pelas vilanias humanas mais enjoos e pela sorte de nossa terra mais desânimo. Felizmente a fé em Deus se me vai acendendo, à medida que se me apaga a confiança nos homens. No meio de tantos desconfortos e iniquidade tenho-me entregado estes dias exclusivamente à leitura do Evangelho, a eterna consolação dos malferidos nos grandes naufrágios." [9]
    "Nem o ateísmo reflexivo dos filósofos, nem o inconsciente ateísmo dos indiferentes são compatíveis com as qualidades de ação, resistência e disciplina essenciais aos povos livres. Os descrentes, em geral, são fracos e pessimistas, resignados ou rebeldes, agitados ou agitadores. Mas ainda não basta crer: é preciso crer definida e ativamente em Deus, isto é, confessá-lo com firmeza, e praticá-lo com perseverança." [9]

    A cavalaria passa e o cães ladram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que festival de falácias do apelo a autoridade. Meus parabéns!

      Excluir
    2. De fato, são seres brilhantes dentro da ciência, mas, por mais que sejam inteligentes e tenham contribuido para a evolução científica, estes nunca provaram ou encontraram qualquer evidência de deus. Deus continua sendo apenas uma ideia, assim como tantos outros deuses, cuja existência ou inexistência continua sendo um mistério.

      E, concordando com o Luan, não use o argumento da autoridade, pois é uma falácia apelativa, neste caso eu posso usar vários ateus brilhantes que contribuiram tanto quanto esses ciêntistas cristãos, para validar meus argumentos ateístas. Seria isto justo?

      Abraços.

      Excluir
    3. Deixa eu ver se entendi o seu raciocínio:

      1-Ateus preferem ciencia do que achismos.
      2-Estes foram grandes cientistas e estudiosos que criam em deus.
      3-Logo, a URSS matou milhões e os gays vão destruir a raça humana.

      Bem, não foi isso que entendi na realidade, foi só pra exemplificar o tipo de raciocínio do crente fanático.

      Excluir
    4. BaphometMar 3, 2012 09:53 AM

      "neste caso eu posso usar vários ateus brilhantes que contribuiram tanto quanto esses ciêntistas cristãos, para validar meus argumentos ateístas. Seria isto justo?"

      Vcs já fazem isto, e neste blog

      betinho, arnaldo jabour, nando reis, camila pitanga, ferreira gular, boechat, o arroz de festa drauzio varela...

      Quer dizer que o direito de militar só pode ser feita pelos ateus de de forma unilateral?

      Excluir
    5. Vamos ajudar o raciocinio limitado do Nosce:
      O Baphomet não é o paulopes e não necessáriamente concorda com tudo que é postado.

      Sei que é muito dificil chegar a essa complexa conclusão então fica a dica.

      Excluir
    6. AnônimoMar 3, 2012 02:04 PM

      Em todos os posts sobre ateus famosos, ele tá lá dando o apoio e comentário de forma militante

      Antes de me chamar de limitado, não se limite aos limites do referido post, saia dos seus limites e olhe os outros posts.



      .

      Excluir
    7. Não vi apoio dele no post da camila pitanga, do drauzio, do ferreira, betinho...
      E não me limitei a este post sobre vc também, acompanho a muito tempo teus posts e venho o lunático deturpado que vc é, trollando quase diariamente.

      Excluir
    8. O Baphomet não é o paulopes e não necessáriamente concorda com tudo que é postado.

      foi o que vc disse.

      Se não é contra nós é por nós certo, nos posts não li nada de discordância Entendeu agora!

      Excluir
    9. Sobre ateus famosos eu não uso isso em argumentos, caro Templário, acho que o único ateu famoso que me manisfestei, se não me engano, foi o do Veríssimo, e não foi por causa deste ser ateu, mas sim por ser um grande escritor, que formulou e formula artigos, frases e pensamentos dos mais variados assuntos.

      Abraços.

      Excluir
    10. Não sr vc postou em outros também, Ex: Ferreira gular

      Excluir
    11. Larga de ser sensacionalista Templário, sim eu comentei no artigo do Ferreira Gular, porém não tem nada a ver, o que escrevi, com a pessoa em questão, apenas retruquei o que a Senhora Crente escreveu. Você perece que gosta de inventar coisas à respeito dos outros, por favor!

      Excluir
    12. Não alimente o trollplario.

      Excluir
    13. O mais curioso é a lista do usuário Nosce te ipsum incluir apenas cientistas e pensadores de séculos passados, no máximo do primeiro quarto do século XX. De lá a cá a ciência evolui como nunca dantes: compare o que se produziu e se conhece hoje com o começo do século XX; nem que juntássemos todo o conhecimento de séculos anteriores (que foram cruciais, não há dúvida), não teríamos o que se fez ao longo de algumas décadas dos séculos XX e XXI em termos de ciência. Sem exageros, hoje um jovem bem educado em ciências teria muito mais conhecimento do que Newton, mesmo esse último sendo incomensuravelmente mais brilhante.

      Há pessoas que, do mesmo modo que estão agarradas ao Pentateuco em detrimento da Declaração Universal dos Direitos Humanos, estão presas às três leis newtonianas, ignorando a relatividade geral e a mecânica quântica.

      Excluir
  10. Precisávamos de deus ou de deuses antes do Hubble, para tentar explicar certos fenômenos...Mas este já nos mostrou que nem mesmo o céu que ele habitaria existe...muito menos ainda o TAL...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah é? numa recente entrevista Richard Dawkins disse n ter certeza da existência de Deus.

      Já é um bom começo

      Excluir
    2. Quem tem certeza absoluta de algo é um idiota. Quem tem dúvidas é sábio.

      Excluir
    3. "Richard Dawkins disse n ter certeza da existência de Deus."

      Fonte?
      E mesmo que RD tivesse dito isso, ateísmo não tem papa, continuariamos a não crer no seu amiguinho invisiviel.

      Excluir
    4. Luan CunhaMar 3, 2012 09:16 AM

      É isto aí sabidão

      Excluir
    5. Nosce te ipsumMar 3, 2012 07:15 AM
      Ah é? numa recente entrevista Richard Dawkins disse n ter certeza da existência de Deus.

      Acho que você quis inexistência, não foi? Mas, vamos lá. Obviamente que ninguém pode afirmar com 100% de certeza que Deus existe ou inexiste. Deus, nesse caso, representa a idéia de uma divindade e, não, os Deuses conhecidos. A verdade última não é acessível a nós. Sim, é verdade. Não existe certeza absoluta sobre nada. Mas, dentro da certeza relativa que temos e, é só o que temos, podemos nos posicionar, podemos opinar e, até mesmo, podemos dizer se algo é possível ou impossível. Por exemplo, podemos afirmar que seja impossível existir um círculo-quadrado. É impossível existir uma figura geométrica que encerre nela própria, ao mesmo tempo, as características de um quadrado e as características de um círculo. Um círculo-quadrado não existe. E temos certeza que ele não existe.

      Sobre Deus a minha opinião é a seguinte: se estivermos falando dos Deuses conhecidos podemos analisar as características deles juntamente com as suas biografias e estabelecer se essas informações fazem sentido ou não. Agora, se estivermos falando sobre a idéia de Deus, aí o melhor caminho é o agnosticismo.

      Eu sigo ambos caminhos: ateísmo para os Deuses que não fazem sentido, ou seja, os Deuses que são ilógicos e agnosticismo para a idéia de Deus, ou seja, a hipótese Deus.

      Excluir
    6. Mas RD sempre se intitulou como ateu. E é o ponto fundamental.

      Excluir
    7. AnônimoMar 3, 2012 10:06 AM

      He is regarded as the most famous atheist in the world but last night Professor Richard Dawkins admitted he could not be sure that God does not exist

      http://www.telegraph.co.uk/news/religion/9102740/Richard-Dawkins-I-cant-be-sure-God-does-not-exist.html

      Excluir
    8. A nossa descrença em deus, qualquer deus, e não apenas o seu, caro Templário, é devido a falta evidências deste, sem evidências necessárias para provar sua existência, concluímos que tal ser não venha a existir. Mas, claro, sem a absoluta certeza, para termos certeza absoluta de algo devemos explicar tudo, mas isso é, claro, impossível.

      Excluir
    9. Satanista-mal-assumido/ateu-indeciso (com figurinha de capeta no avatar) disse:

      "A nossa descrença em deus, qualquer deus... é devido a falta evidências"

      Bem, pelo menos em Baphomet, Satan, Lucifer, essas coisas, o enrustido acredita!

      Excluir
    10. "Deus existe (...)", afirmou o biólogo "98,6% ateu" Richard Dawkins:

      "Considere a ideia de Deus. Não sabemos como ela se originou no 'fundo' de memes. Provavelmente originou-se muitas vezes por 'mutação' independente. De qualquer forma, ela é realmente muito antiga. Como se replica? Pela palavra escrita e falada, auxiliada por música e arte estupendas. Por que tem um valor de sobrevivência tão alto? Lembre-se que 'valor de sobrevivência' aqui não significa valor para um gene no 'fundo', mas valor para um meme num 'fundo' de memes. A pergunta realmente significa: o que há com a ideia de um deus que lhe dá estabilidade e penetração no ambiente cultural? O valor de sobrevivência do meme para deus no 'fundo' resulta de sua grande atração psicológica. Ele fornece uma resposta superficialmente plausível para questões profundas e perturbadoras a respeito da existência. Ele sugere que as injustiças neste mundo talvez possam ser corrigidas no próximo. Os 'braços eternos' oferecem uma proteção contra nossas próprias deficiências, a qual, como o placebo do médico, não é menos eficiente por ser imaginária. Essas são algumas das razões pelas quais a ideia de Deus é copiada tão facilmente por gerações sucessivas de cérebros individuais.

      DEUS EXISTE, MESMO SE APENAS SOB A FORMA DE UM MEME COM ALTO VALOR DE SOBREVIVÊNCIA OU DE PODER INFECTANTE NO AMBIENTE FORNECIDO PELA CULTURA HUMANA."

      The Selfish Gene, de 1976


      Tiro atrasado, my christian friends.

      Excluir
    11. Penso que a posição mais honesta, pelo menos num primeiro instante, é a de ignosticismo ou igteísmo. O QUE é Deus? Se está-se falando do deus bíblico ou monoteísta, Jeová, YHWH, Santíssima Trindade ou Alá, a probabilidade de que exista é tão grande quanto a existência do panteão grego ou escandinavo. Se está-se falando de Deus num concepção panteísta (que não é a concepção da maioria das pessoas, do "senso comum"), como a de Espinoza, aí é outra questão - na verdade, outro problema, pois dizer que Deus é o Universo não diz nada, pois se o Universo é o Universo, por que chamá-lo Deus?)

      Excluir
  11. Luan Cunha,
    Já pensou em abrir um blogue para divulgar suas ideias e insultos?
    att
    Yuri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tive um blog, mas fechei ele por motivos pessoais.

      Excluir
  12. _A leitura crítica da Bíblia, favorece a descrença?!
    _Desastroso! Sem comentários!

    ResponderExcluir

Postar um comentário