Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

......................................................................................

sábado, 7 de julho de 2012

É mentira que Icar tenha sido fundamental para o Ocidente

de Cognite Tute em resposta a outro leitor do post
‘Partícula de Deus’ é maravilha do Criador, afirma bispo do Vaticano

Galileu Galilei
Galileu Galilei (1564-1642)
phobus: "Ao longo dos anos, a religião católica tem colaborado fundamentalmente para a construção da civilização Ocidental."

Não, não tem. É uma mentira repetida pela Igreja, que, claro, tenta "esquecer" todo esforço que fez tentando impedir o conhecimento científico. A Igreja colaborou no surgimento da civilização ocidental no mesmo sentido de que micróbios patológicos contribuíram com a produção de vacinas e tratamentos médicos.

phobus: "A Pontifícia Academia de Ciências do Vaticano completa 408 anos em 2011."

Isso se deve mais ao medo de passar por outro vexame, como o de Galileu Galilei [na figura], e não ser "pega de calças curtas", que pelo amor à verdade e ao conhecimento.

O que a academia faz é cuidar para que a Icar não diga asneiras demais, e tentar entender como, a partir do conhecimento científico real, se pode ainda "encaixar" seu deus-das-lacunas. E só tem relevância a partir de sua "re-fundação" em 1936, por Pio XI.

Isso não significa que não existam cientistas, bons cientistas, católicos ou religiosos, ou que não existam bons cientistas na academia do Vaticano. Apenas que, ao fazer ciência, deixam sua crença de lado.

Nenhum dos prêmios Nobel ganhos por acadêmicos do Vaticano tem qualquer relação com deus, ou evidências deste ser imaginário. Fazer ciência, mesmo quando feita por um católico, implica em manter a fé de lado, sem afetar o trabalho ou a pesquisa.

Como disse Laplace a Napoleão, ao ser perguntado por que deus não aparecia em seu último livro: “Sire, eu não precisei dessa hipótese”.

Também é preciso lembrar que no passado muitos se tornavam padres por conveniência, como carreira, ou decisão da família (um médico, um advogado, um padre), e seus trabalhos não tinham relação com a crença (Mendel, por exemplo). Eu sei, minha família descende de um padre, Lima Verde.

A cosmologia moderna, ainda que tenha tido a contribuição de um padre, não depende da crença deste, mas de sua matemática e física.

Tentar "ajustar" as escrituras, uma lenda tola sobre o gênesis, à cosmologia é como alegar que a história da bruxa da Branca de Neve e seu espelho mágico já sabiam sobre telas de computador e o Google.

Mas para quem crê em lendas da idade do bronze, qualquer aparente "acerto" é motivo de festa, e todos os muitos erros e tolices, acidentes a serem ignorados.





Partícula de Higgs é mais uma vitória da ciência sobre a religião
julho de 2012

Ciência versus religião.   Posts de leitor.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...