Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Site Gospel Mais copia texto de Paulopes sem dar crédito

Renato Cavallera, aproveitador de trabalho alheio
Avatar de
 Cavallera, do 
site expropriador
Um leitor me passou a dica sobre a Proposta de Emenda Constitucional que, se aprovada, concede subsídios às igrejas nas tarifas elétricas, e eu procurei saber se ela ainda estava em tramitação. Trata-se, afinal, de uma PEC de 2010.

Descobri que a PEC obteve parecer favorável no começo deste ano da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, da Câmara dos Deputados.

Levantei informações sobre o seu relator, Antônio Bulhões (PRB-SP), e tentei — em vão — entrar em contato com ele. Eu queria saber do deputado da sua contradição de defender a independência entre si dos três poderes (ele fez um discurso nesse sentido para criticar o STF, que tem tomado decisões criticadas pela bancada evangélica) e o seu voto favorável a uma PEC que golpeia o Estado laico). Enfim, gastei algum tempo com o assunto.

No dia 8 (sexta-feira), publiquei “Evangélico querem que templos paguem menos pela energia elétrica”.  Ontem (10), o Gospel Mais, com um título quilométrico, publicou o mesmo texto sem me dar o crédito e link (embora no script do meu post haja pedido para isso), como se fosse um trabalho dele. No pé da informação colocou: "Fonte: Gospel+"

O Creio reproduziu o texto atribuindo a autoria ao Gospel Mais. O Verdade Gospel, site de notícias  do pastor Silas Malafaia, também usou o texto e deu o crédito ao Creio. Outros sites evangélicos, como o Panorama Cristão, também se apropriaram do texto.   

O Gospel Mais é um contumaz surrupiador de textos do Paulopes. No ano passado, pedi por e-mail várias vezes ao Renato Cavallera de Souza Silva (no avatar acima), dono do site, que me desse o devido crédito, como é de se esperar de gente decente. Em uma das vezes ele colocou a culpa pela falcatrua em uma estagiária (uma deselegância da parte dele, no mínimo) e disse que ia atender a minha solicitação — tenho todos os e-mails e posso publicá-los.

A expropriação do Gospel Mais e de outros blogs evangélicos tem continuado, como se eu tivesse de compulsoriamente pagar um dízimo a esse pessoal que se propõe a "divulgar as boas novas de Cristo no mundo virtual", como afirma o site afanador.

Recebo diariamente um relatório das reproduções dos meus textos. São dezenas. Apenas uma minoria me atribui o crédito, destacando-se o Bule Voador (da Liga Humanista Secular do Brasil) e os evangélicos Pavablog e Genizah.

Informo o Gospel Mais e a quem mais possa interessar que a partir de agora vou denunciar aqui a roubalheira. Em alguns casos, poderei acionar a Justiça. 

Script dos posts deste blog
Sites evangélicos reproduzem textos deste blog sem dar o crédito
março de 2011

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...