Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Justiça da Turquia aceita acusação de insulto contra pianista ateu

Fazil Say disse que não  
quis ofender ninguém
A Justiça da Turquia aceitou de autoridades religiosas acusação de insulto contra o pianista Fazil Say (no traço ao lado), 42, por causa de dois twittes dele.

Em um ele comentou os 22 segundos de uma oração recitada por um muezzin. “Qual era a pressa? Uma amante? Uma bebedeira?”, escreveu.

Em outro post transcreveu um verso atribuído a Omar Khayyám, poeta do século 11: “Você diz que rios de vinho fluem no céu/, o céu é uma taverna para você?/ Você diz que duas virgens esperam cada crente lá/, o céu então é um bordel para você?”

Justiça da Turquia condena pianista ateu por blasfêmia
abril de 2013

Say disse ter orgulho de ser ateu, mas acrescentou que não teve o propósito de ofender ninguém, só o de tentar ser engraçado no microblog.

Com 72 milhões de habitantes, a Turquia é uma república secular onde a influência crescente na política de sacerdotes do Islã (a religião majoritária) tem afetado a laicidade do país. Minorias religiosas, como os cristãos, reclamam de perseguição.

Say é um pianista bem sucedido internacionalmente. Estudou na Alemanha, foi professor da Academia de Música de Berlim e se apresentou em grandes orquestras, como a Filarmônica de Nova Iorque.

Ele disse que voltou para Turquia por causa da morte de seu pai e também para dar sua contribuição às atividades musicais do país. Mas agora, por causa da acusação de insulto, ele passou a considerar a possibilidade de se mudar para Tóquio.

Fazil Say em 2006 no Japão

video

Com informação e ilustração da The Daily Beast.

Indonésio pega 2,5 anos de prisão por escrever que 'Deus não existe'.
junho de 2012

Ateísmo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...