Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

domingo, 6 de maio de 2012

Mato Grosso tira R$ 193 mil da cultura para dar a evangélicos

O secretário Malheiros e os evangélicos Daltro e Noleto
são suspeitos de assalto aos cofres públicos
A Secretaria de Cultura do Estado do Mato Grosso deixou de aplicar R$ 193 mil em suas atividades ao repassar essa quantia aos evangélicos da Assembleia de Deus, do Ministério Madureira, para a comemoração do centenário dessa denominação.

O secretário da Cultura é o deputado estadual licenciado João Malheiros (PR), que aparece na primeira foto acima, à esquerda. O secretário-adjunto é Oscemário Daltro (ao centro). Ele é também membro do Comec (Conselho de Ministros Evangélicos de Cuiabá Madureira).

O que houve foi uma improbidade administrativa porque a laicidade do Estado impede que qualquer instância do governo destine verba ou se envolva em atividades religiosas. Malheiros deveria ter destinado os recursos a empreendimentos que beneficiassem toda a população, e não tão somente um grupo de pessoas de um determinado credo.

O promotor Célio Fúrio, do MPE (Ministério Público Estadual), instaurou inquérito para apurar as responsabilidades pela ilegalidade. Ele também está investigando o pastor José Fernandes Correa Noleto (na foto da direita), presidente regional dos ministros evangélicos das Assembleias de Deus Madureira.

Para Fúrio, o repasse, que foi feito com recursos do orçamento da própria secretaria, e não de algum fundo específico, se destinou a “uma festa religiosa” que não atende ao “interesse público”.

Se a Justiça vier a julgar e condenar os acusados, eles terão de devolver o dinheiro aos cofres públicos, entre outras penalidades.





Fonte: Mídia News.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...