Influência positiva da religião, se houve, ficou no passado, há séculos

por Cognite Tute em resposta a um leitor no post
Ateus defensores das religiões têm complexo de Messias

Gustavo: "A religião pode até ser dispensável na elaboração da arte, da arquitetura, da literatura, da música, etc. Mas não dá para negar que ela tem uma influência muitas vezes positiva."

Acho que este é o ponto em que realmente discordamos, a influência positiva da religião. Eu acho que, se houve, foi em nosso passado, em termos de garantir união de grupo, reforçar laços, e algumas outras necessidades, mas não mais que isso. E não atualmente, na verdade, há alguns séculos (milênios?).

O que parece ser uma influência positiva poderia ser mais bem apresentada a partir de outras formas, e sem os danos colaterais (digamos assim) das mesmas.

Claro que é possível usar a ciência, ou melhor, conhecimento produzido por esta, de forma daninha. Seres humanos, em última instância, fazem as escolhas, boas e ruins, sobre o que fazer com um conhecimento.

Mas religiões permitem que escolhas ruins sejam justificadas, por absoluto, e isso torna tudo mais difícil de compensar ou corrigir.

Veja que não estou falando de espiritualidade, como a que Einstein apresentava, e muitos, inclusive ateus, tem. Estou falando de religiões organizadas, estruturas criadas para adquirir e manter poder.

O "deus-de-Spinoza" não é base para uma religião. Ele não existe, ou não se importa, com seres humanos. Se a ordem deste universo deriva dele, ou de forças naturais cegas, dá no mesmo.

Einstein não era religioso, nem acreditava em um deus pessoal. Se pensava que podia entender o universo, a partir de suas leis gerais, isso nada tinha a ver com a intenção de um ser que as teria criado.

Concordo totalmente com a diversidade de pensamento ser importante. Fundamental. Mas criticar um religião é parte dessa diversidade, e, diferente das religiões, não se pretende que essas critica seja absoluta, nem que as religiões sejam destruídas à força.

Como eu disse, religiões e religiosos são coisas distintas. Eu conheço muitas pessoas religiosas que são excelentes pessoas (até porque religiosos são maioria). Mas essas pessoas seriam boas pessoas mesmo se deixassem a religião, a crença.

Acho que Gandhi se enquadra nesse caso. Com ou sem os evangelhos, ainda seria Ghandi. Acho que ele apenas percebeu que, ao usar textos (bem escolhidos, claro) dos textos sagrados de milhões de pessoas, seria mais fácil convencê-las do acerto de suas próprias proposições.

Religião ajudou a evolução humana, mas 'secou', afirma psiquiatra.
junho de 2011

Posts de leitor.

Comentários

  1. Ótimo texto Cognite Tute. Também conheço pessoas religiosas que são ótimas pessoas e não me julgam pelo meu ateísmo e sexualidade, e tenho certeza que seriam assim mesmo sem religião.

    Não há nenhum benefício real e tangível que a religião oferece sem que possa ser alcançada também por meios, digamos, seculares. Em suma, religião e dogmas pra mim é inútil, em qualquer época, em qualquer lugar.

    Único ponto que discordo é que Ghandi não era tão "bonzinho" quanto dizem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. >> "Único ponto que discordo é que Ghandi não era tão "bonzinho" quanto dizem."

      Eis o grande problema. Ninguém é tão "bonzinho" quanto dizem.

      Excluir
    2. O fato é que Gandhi teve ideias revolucionárias. Se ele era "bonzinho" ou não, isso não vem ao caso.

      Excluir
  2. Acho que religiao nao teve NUNCA nada de positivo, pois tudo que de positivo foi apontado poderia ser realizado sem elas.
    As pessoas religiosas, TODAS, sao vitimas de lavagem cerebral. nao tem absolutamente NADA com serem boas ou mas, isto nao tem a ver com religiosidade.

    ResponderExcluir
  3. Uma história da Bíblia que pode ser útil: Absalão tinha um cabelo grandão, ao fugir a cavalo de uma perseguição, Absalão ficou preso num galho pelos cabelos, portanto se Absalão tivesse com o cabelo cortado, não teria ficado pendurado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Absalão tinha que ter o cabelo cortado ou tinha que ter olhado galho para se abaixar no momento certo.

      Excluir
    2. Absalão tinha que ter o cabelo cortado ou tinha que ter olhado o galho para se abaixar no momento certo.

      Excluir
  4. As religiões tiveram um papel de unir grupos quando os humanos formavam tribos de 150 a 200 pessoas e sem muito contato com outros grupos de religiões muito diferentes. Hoje pessoas de diferentes religiões convivem em grupos muito grandes, e isso hoje é causa de divisão e conflito.

    ResponderExcluir
  5. _Trata-se sem dúvida, de um texto repleto de "achismos" mas..., que aborda aspectos positivos.
    _A generalização para quaisquer situações, é perigosa!
    _O conflito presente nas mais diversas manifestações das linhas de pensamento que dão norte à existência, é algo inevitável porém, plausível do ponto de vista de uma constante elaboração de ideias.
    _O fato incontestável é que existe um universo, criado por um Deus único que, se vê, constantemente, blasfemado e questionado!
    _Com certeza, a mesma mente capaz de questionar algo tão límpido, será também capaz de infindáveis arbitrariedades uma vez que se encontra centralizada em si mesma, o que a torna incapaz de enxergar ou admitir qualquer coisa, que não satisfaça seu próprio ego ou seus próprios interesses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com a 2ª e a 3ª frases...
      A primeira explica a 4ª e a 5ª frases...

      Comentou sobre generalização...
      Eu comento sobre as palavras totalitárias...
      Nunca, Nada, Jamais, Sempre, Tudo, Todas...

      Quando as empregamos...
      Parece que estamos contando uma mentira...

      "É incontestável que existe um universo..."
      Claro... Estamos nele... Portanto existimos...

      "Incontestável" criado por deus...
      É achismo...

      Excluir
    2. Vc escreveu tudo isso seriamente ou está só trollando? Se foi sério, por favor, procure ajuda psicológica - não com a Marisa Lobo! :-) - imediatamente. Caso tenha sido por trollagem, fico por aqui, pq uma discussão sem seriedade não vale a pena.

      Na minha opinião todo instrumento utilizado para acabar com liberdades individuais ou que evite a busca pelo conhecimento real do universo - e por conhecimento do universo englobo tudo, biologia, arte, tecnologia, filosofia - e evite a dúvida é algo ruim.

      Ter religião é algo estritamente pessoal, e como defendo todo tipo de liberdade pessoal que não coloque em xeque a liberdade pessoal do outro, defendo o direito à crença, por mais irracional que possa parecer.

      Algumas pessoas se sentem bem, felizes, unidas ao ter uma religião. Outra não. Pode ser que para a humanidade esta crença individual não tenha influência positiva, mas para aquele indivíduo tem, sendo assim não vejo como correto alguém forçar este indivíduo a não mais tê-la.

      Ok, vamos supor que chegamos à conclusão que religião é algo maléfico à humanidade. Que direito então temos - enquanto estado - de impedir que as pessoas religiosas de terem suas crenças? Nenhum.

      Salamandra (dafuq?) se o seu deus realmente existe e está bravo, não é necessário o homem fazer algo para punir os blasfemadores. Ele já vai pro inferno mesmo sofrer eternamente. Então pq diabos os religiosos implicam tanto com os que não mantém a mesma crença? O que são 70~80 anos de blasfêmia na terra perto de uma eternidade de sofrimento? Por isso relaxe e goze.

      Excluir
    3. A Salamandra perdeu quase todo o contato com a realidade. Tá doidinha mesmo.

      Excluir
    4. _Se gosta de ver pra crer ou quer pagar pra ver..., vá em frente! _Só uma coisa: talvez não dê mais tempo para voltar atrás, ao perceber que fez um péssimo negócio, rejeitando todos os alertas que recebeu.

      Excluir
    5. Tá doidinha e ameaçadora. É o amor cristão...

      Excluir
    6. "_O fato incontestável é que existe um universo, criado por um Deus único que, se vê, constantemente, blasfemado e questionado!"

      Quem estava falando de achismo mesmo? Se não tens provas, pode falar a vontade e quantas vezes quiser, isso não o fará ser verdade.
      Sua hipocrisia, mais uma vez, dando um show.
      Mas consideremos a hipótese de que tenha sido mesmo criado por um deus único e inteligente. Esse mesmo deus criou os homens da maneira que são: dotado de intelecto, razão e com a sua natureza questionadora. Porque esse deus, que não se manifesta CLARAMENTE e IGUALMENTE para todos não deveria ser questionado? E quando é questionado e blasfemado, porque ainda assim ele continua inerte, esperando o homem morrer e então castiga-lo pro resto da eternidade? Que deus justo é esse que lhe dotou de uma suposta sensibilidade especial para percebe-lo, mas não nos dotou também?
      E não venha nos jogar a responsabilidade por isso.


      "_Com certeza, a mesma mente capaz de questionar algo tão límpido, será também capaz de infindáveis arbitrariedades uma vez que se encontra centralizada em si mesma, o que a torna incapaz de enxergar ou admitir qualquer coisa, que não satisfaça seu próprio ego ou seus próprios interesses."

      Sinto muito, mas satisfazer os próprios interesses é o que todos fazemos, sem distinção, mas isso não nos torna incapazes de pensar no bem do outro ou em coisas além da nosso interesse. Vc se acha especial só porque serve a uma figura invisível?

      Excluir
    7. _Lamento por suas palavras!
      _Se deseja que Deus Se manifeste em sua vida espiritual, como aconteceu comigo, procure-O e seja humilde para aceitar as verdades que muitas vezes, não quer escutar!
      _Tinha esperança que entendesse acerca da maldade que se esconde nas entrelinhas das atitudes que, algumas pessoas são capazes de tomar por conta de seus interesses mas..., me enganei: penso que não entendeu! Era a este tipo de interesse, que estava me referindo; não sei se compartilha deste sórdido jogo! Eu, certamente, não!

      Excluir
    8. Eu fiz a minha parte com a maior vontade e humildade possíveis, assim como tenho certeza que a grande maioria dos ateus o fez, então por favor não me venha com essa condescendência falaciosa.
      E quanto a você, será que faz a sua parte?

      Excluir
  6. Bom... Méritos para o Gustavo...
    Provocando esta resposta...
    Cognite Tute... Parabéns pelo post...
    Sempre muito claro nas suas colocações...

    A crença de que ser bom é ter "deus no coração"...
    Deveria desaparecer...

    Para descontrair:
    Uma frase louca que anda por aí...
    "Um beijo em seu coração"

    Parece coisa de canibal... rsrsr :)

    ResponderExcluir
  7. Salamandra Gouvêa

    O fato incontestável é que existe um universo, criado por um Deus único que, se vê, constantemente, blasfemado e questionado!

    Um universo criado por um Deus não é um fato; é um crença.

    A existência do universo é um fato, porem, não é incontestável. Saber a realidade última é impossível para nós. Nesse sentido, poderíamos dizer que tudo o que existe é real ou que vivemos na Matrix e tudo são ilusões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, enquanto Deus não se apresentar pra gente, nós dizemos que ele não existe, mesmo que exista em algum lugar escondido do universo.

      Excluir
    2. _Bem, se tem realmente, condições de contestar a existência do universo..., talvez seja capaz de contestar sua própria existência... Se não aceita que as coisas são reais e criadas por um Deus único, paciência! Se prefere aceitar na teoria de que as coisas não passam de ilusão, paciência!

      Excluir
    3. Salamandra Gouvêa

      É. É necessário ter paciência.

      Excluir
    4. Muita paciência.:-) E uma grande capacidade de empatia, gente como a Salamandra de Fogo da pena, pela quase completa incapacidade de compreensão, além da profunda cegueira voluntária (e orgulhosa).

      Salamandra, o universo tem evidências de existir, não estamos contestando isso. Mas o seu amigo imaginário, que teria pretensamente criado o universo, não. Procure por Navalha de Ockam, deve ajudar a entender.

      Usar o que AINDA não se sabe, e criar um deus-das-lacunas não é razoável, hoje, como não era no tempo do deus-vulcão (não sei explicar, então deve ser um deus se manifestando.:-).

      Há milhares de deuses, e seus milhões de seguidores "garantem" que cada um é o "único e verdadeiro". E milhares de cosmogonias diferentes. Sem evidências, sem crença.

      Se quer acreditar em um amigo imaginário, se a conforta ser tão especial a ponto de se considerar "filha" da entidade cósmica que criou um universo, é seu direito.

      Mas há tanta evidências de seu amigo imaginário quanto do Papai Noel, e eu já estou grande demais para acreditar em seres inexistentes.:-)

      Em todo caso, como parece acreditar em tudo, tenho duendes mágicos invisíveis para vender, baratinho, se quiser encomendar alguns me avise.:-)

      Cognite Tute

      Excluir
    5. _Não se preocupe, superinteligente! _Cuide tão somente de você! _Se acha tão óbvia a sua capacidade intelectual, vá em frente! _Não vou questionar seus conhecimentos acadêmicos, não é para isso que estou aqui: é tão somente para escrever acerca de um Deus único e que não tem nada de imaginário!
      _Fique com sua razão e sua prepotência! _Não me sujeito a escrever para pessoas que não crêem, porque quero que mudem, não! _Não se dê tanta importância! Para mim, é certo que esta importância quanto às suas ideologias, não existe!
      _Apenas devo lhe dizer, para tomar cuidado, pois: me preocupo com a alma das pessoas e não com suas ideologias, loucuras, tolices, asneiras...
      _Finalizo dizendo que: é tempo de se preocupar com o destino que você vai assumir para sua alma, na eternidade uma vez que: é você quem vai escolher. Deus não poderá fazer nada! Você O rejeitou e terá que assumir as consequências de seus atos, todos!

      Excluir
    6. Pergunto-me quem é verdadeiramente prepotente: aquele que defende racionalmente seu ponto de vista, mas que ao menos se dispõe a discutir, ou aquele que diz "não vou questioná-lo, fique com sua razão". O primeiro diz "vamos discutir!" e o segundo: "não preciso discutir, já sei que estou certo". Quem é prepotente?

      Excluir
    7. Ninguém aqui se auto-entitulou superinteligente, nem mesmo mais inteligente que você.
      Se tens tanta certeza da existência desse deus abraamico incongruente, pq não fala um pouco sobre as suas evidencias tão claras?
      E se você não se importa em escrever para quem não crê, que diabos esta fazendo escrevendo nesse blog? Reforçando suas neuroses?
      Você se preocupa mais com as almas e menos com os aspectos realmente concretos das pessoas?
      A pessoa aqui que mais se mostrou uma prepotente, condescendente e orgulhosa é você mesma... enxergue-se.
      Por fim, as suas ameaças e terrorismo supernatural de nada servem para nós, mas é óbvio que o temor ao deus sanguinário do VT é tão grande em você que a faz jogar a razão pela janela, dar dinheiro ao Macedo e bancar a pomba-enxadrista.

      Excluir
    8. Resposta ao mais inteligente de todos os comentários:

      _Escrevi a palavra superinteligente, para não ter que escrever aquilo que realmente queria! Que pena: novamente não entendeu nada!!!
      _Neuroses... neurótico..., é um adjetivo que te cai como uma luva!
      _Você não tem a menor noção daquilo que escrevo e se acha tão nada que nem ao menos, sua alma pode ser considerado algo concreto!!!
      _Enxergar..., penso que talvez fosse bom, fazer o teste no espelho; só não sei se vai conseguir mas..., tente..., quem sabe!
      _Não vou perder tempo em fazer ameaças, sobretudo para alguém tão infeliz. Lembre-se: _Cuidado!!!

      Excluir
    9. Salamandra de Fogo: "_Não vou perder tempo em fazer ameaças, sobretudo para alguém tão infeliz. Lembre-se: _Cuidado!!!"

      Adorei"..:-) Fala sério, adorei, não posso pensar em melhor exemplo de incoerência indignada e maluca.:-)

      Ela não vai perder tempo fazendo "ameaças", então "Lembre-se, cuidado!"..:-)

      Uma ameaça, depois de dizer que não vai perder tempo fazendo ameaças, adorei.:-)

      Você, Anfibia Caudada, é uma seguidora verdadeira de seu amigo imaginário insano, e tão incoerente quanto ele, que determina "livre arbítrio" para todos, mas condenará qualquer um que o utilize para pensar.:-)

      Maravilha.:-)

      Cognite Tute

      Excluir
    10. _Não queria mas..., não posso me conter: você é um ser altamente, limitado e de certa forma, desprovido de massa encefálica; digo, "de certa forma" porque presumo que tenha dois neurônios responsáveis por segurar suas orelhas!
      _A interjeição "Cuidado", não se configura em ameaça!
      _A interjeição "Cuidado", refere-se à: aviso, alerta, atenção, prudência, zelo!
      _Vá estudar o idioma e depois escreva, porém, não imbecilidades!

      Excluir
    11. Salamandra de Fogo: "_A interjeição "Cuidado", não se configura em ameaça!
      _A interjeição "Cuidado", refere-se à: aviso, alerta, atenção, prudência, zelo!
      _Vá estudar o idioma e depois escreva, porém, não imbecilidades!"


      Conhece a expressão, ficou pior a emenda do que o soneto?.:-) Pois é, cabe como uma luva.:-)

      Quando se alerta alguém, quando se diz "cuidado!", com o que devemos ter cuidado? Com algo "bom", agradável, satisfatório, que vai nos acontecer se seguirmos em diante?

      Ou com algo ruim, perigoso, terrível, etc, que nos ocorrerá, se insistirmos neste caminho?.:-)

      Considerando este "debate", quando nos "alerta" com o "Cuidado!", acha que não entendemos a ameaça, nem tão velada assim?

      Quando vomita as bobagens de sua divindade insana, os riscos de não obedece-la, de irritar a diva vingativa, acha mesmo que não seria uma ameaça? Sério?.:-)

      Salamandra, melhor não tentar arrumar, fica pior, e o vexame aumenta.:-)

      Cognite Tute

      Excluir
    12. _Se entende como ameaça, é problema existencial, seu!
      _Não vou descer ao seu nível de colocações verbais/pronominais mas..., bem que merecia uma resposta mais direta. Tenho domínio próprio e senso do ridículo, por isso, apenas lamento a sua falta de cortesia!

      Excluir
    13. Salamandra de Fogo, são apenas brincadeiras, ironias no máximo, pois as mensagens que posta carecem de sentido ou argumentos válidos. Se achou ofensivo, peço desculpas, não era a minha intenção.

      Um pouco de bom humor e senso de humor ajudam bastante a não levar isso tudo tão à sério.:-)

      E não precisa "descer a meu nível", apenas explique com o que deveríamos ter "cuidado", e mostre que não era uma ameaça, que tal?

      Talvez estivesse nos alertando sobre as coisas bacanas que nos aconteceriam conosco, se insistirmos em sermos ateus e gozadores,, talvez nos alertasse sobre as ursas que deus enviaria para se continuássemos a fazer gozação com ele e com seus seguidores, quem sabe?.:-)

      Quanto a falta de cortesia, bem, imagino que acender fogueiras e queimar hereges fosse algo bem cortês no passado.

      Cognite Tute

      II reis Capítulo 2
      23 Então subiu dali a Betel; e, subindo ele pelo caminho, uns meninos saíram da cidade, e zombavam dele, e diziam-lhe: Sobe, calvo; sobe, calvo!
      24 E, virando-se ele para trás, os viu, e os amaldiçoou no nome do SENHOR; então duas ursas saíram do bosque, e despedaçaram quarenta e dois daqueles meninos

      Excluir
    14. _Decididamente, você pensa que está escrevendo para um alienado; daí vem e escreve coisas como as acima... Francamente!
      _Na verdade, age como a maioria das pessoas que pensam absurdos, a respeito daqueles que não compartilham de seus sarcasmos.
      _Você é muito irônico, mesmo!
      _Quando não falamos a mesma língua, não há comunicação; não havendo comunicação, o receptor imagina que as palavras do emissor, carecem de sentido ou argumentos válidos.
      _Parece-me desnecessário explicar a diferença que há entre "ameaça e alerta", creio que já escrevi acerca disso.

      Excluir
    15. Salamandra de Fogo: "_Decididamente, você pensa que está escrevendo para um alienado;"

      Reconheço que isso me passou pela cabeça.:-)

      Salamandra de Fogo: "_Na verdade, age como a maioria das pessoas que pensam absurdos, a respeito daqueles que não compartilham de seus sarcasmos."

      bla, bla, bla, mimimi, bla, bla, bla..:-) Não posso responder a simples esperneios.:-)

      Salamandra de Fogo: "_Você é muito irônico, mesmo!"

      As vezes, com quem merece, e se nada mais adiantou. Como no seu caso.

      Salamandra de Fogo: "_Quando não falamos a mesma língua, não há comunicação; não havendo comunicação, o receptor imagina que as palavras do emissor, carecem de sentido ou argumentos válidos."

      Vai dai que????

      Salamandra de Fogo: "_Parece-me desnecessário explicar a diferença que há entre "ameaça e alerta", creio que já escrevi acerca disso."

      Escrever, escreveu, mas não convenceu. Só se faz alertas, para deixar claras ameaças latentes.:-)

      Por isso não quer mais explicar sobre o que alertava. Sabemos que quem nos "ameaça" é seu amigo imaginário, insano e vingativo, e seu alerta é sobre o que ele fará conosco por não acreditarmos nele, nem obedecermos suas regras sem sentido.

      Mas é uma ameaça que nos faz, nos alertar sobre esses "perigos".:-) Tente o quanto quiser, ainda será uma ameaça, e ainda será absurdamente sem sentido.

      Cognite Tute

      Excluir
    16. Salamandra,

      "_A interjeição "Cuidado", não se configura em ameaça!"

      Mas isso que vc disse abaixo consiste como ameaça:

      - "Se gosta de ver pra crer ou quer pagar pra ver..., vá em frente! _Só uma coisa: talvez não dê mais tempo para voltar atrás, ao perceber que fez um péssimo negócio, rejeitando todos os alertas que recebeu."

      - "_Finalizo dizendo que: é tempo de se preocupar com o destino que você vai assumir para sua alma, na eternidade uma vez que: é você quem vai escolher. Deus não poderá fazer nada! Você O rejeitou e terá que assumir as consequências de seus atos, todos!"

      - "Não vou perder tempo em fazer ameaças, sobretudo para alguém tão infeliz. Lembre-se: _Cuidado!!! (aqui vc comeu suas próprias palavras, minha amiga. Vc disse que "cuidado" não configura em ameaça, mas aqui vc afirma que fez uma ameaça! Vc tem problemas com interpretação de texto e com a memória de curto prazo?)

      >> " Não vou descer ao seu nível de colocações verbais/pronominais mas..., bem que merecia uma resposta mais direta. Tenho domínio próprio e senso do ridículo, por isso, apenas lamento a sua falta de cortesia!"

      Vc não passa de uma ovelhinha e menino de recado do seu deus mafioso, mas tem domínio próprio. Acredita num deus que tem o poder de se mostrar pra td mundo - mas não o faz sabe-se lá pq - acredita num palestino que podia multiplicar pães e peixes, andar sobre a água, transformar água em vinho, trazer os mortos de volta à vida, etc, e que virou um zumbi e caminhou na Terra por 3 dias antes de subir aos céus de corpo e alma; acredita num falso livre-arbítrio; se contradiz ao falar que não fez uma ameaça sendo que afirmou isso em um de seus comentários e fala que tem senso do ridículo. Oh, the irony!

      >> "Decididamente, você pensa que está escrevendo para um alienado; daí vem e escreve coisas como as acima... Francamente!"

      A resposta do comentário acima vale para este tb. Mas acrescentando: fica nos ameaçando por não acreditarmos no seu amigo imaginário (em vez de nos dar evidência que esse carinha imaginário é real pra nos fazer chegar a conclusão que ele existe de fato) e chama o outro de alienado. Sorry darling, mas a única pessoa alienada aqui é vc. Vc não se contenta em acreditar e temer uma criatura mitológica, vc tem que tentar enfiar na cabeça dos outros que essa criatura mitológica existe - mas não apresentando evidências - e sim através de ameaças vazias, baratas e batidas. Ô demência...

      _"Na verdade, age como a maioria das pessoas que pensam absurdos, a respeito daqueles que não compartilham de seus sarcasmos."

      Vc entende sarcasmo? Quem diria! (hehehehe)

      _"Parece-me desnecessário explicar a diferença que há entre "ameaça e alerta", creio que já escrevi acerca disso."

      Pelo Olho de Thundera! Sua mente é mto confusa, vc admite que fez uma ameaça e depois fala que não fez uma ameaça e sim um alerta! Decida mulher! Por amor à Jaga (acredite em Jaga e no poder do Olho de Thundera ou Mumm-Ra te levará para aquela morada horrorosa dele no Terceiro Mundo pra vc servi-lo por todo o sempre. Cuidado! PS: isso não é uma ameaça,é um alerta...hehehehehe)

      Excluir
    17. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    18. Salamandra

      De novo: em vez de perder o seu precioso tempo (que vc deveria usar pra ficar na sua igreja e rezar para o seu deus em vez de vir aqui pra encher o saco) nos ameaçando por não crer no seu deus, prove que ele existe. Nos dê evidências concretas de que ele exista pra verificarmos essas evidências e chegarmos à conclusão que seu deus é real (o que não significa que irei seguí-lo. Se o seu deus for igualzinho ao que é retratado na bíblia, não compactuarei com um mafioso sociopata sádico com complexo de deus, rsrs)

      Excluir
    19. "Resposta ao mais inteligente de todos os comentários:
      _Escrevi a palavra superinteligente, para não ter que escrever aquilo que realmente queria! Que pena: novamente não entendeu nada!!!"

      Entendi perfeitamente o que você quer dizer. Como você mesma disse em outro comentário, sou capaz de "entender acerca da maldade que se esconde nas entrelinhas".



      "_Neuroses... neurótico..., é um adjetivo que te cai como uma luva!"

      Que tal um pouco de argumentação ao invéz de ataques mesquinhos e vazios? Já cansei de argumentar porque a acho neurótica.


      "_Você não tem a menor noção daquilo que escrevo e se acha tão nada que nem ao menos, sua alma pode ser considerado algo concreto!!! "

      Tenho plena noção das sandices que você escreve. As vezes é engraçado, as vezes patético e as vezes revoltante.


      "_Enxergar..., penso que talvez fosse bom, fazer o teste no espelho; só não sei se vai conseguir mas..., tente..., quem sabe!
      _Não vou perder tempo em fazer ameaças, sobretudo para alguém tão infeliz. Lembre-se: _Cuidado!!!"

      Como não poderia deixar de fazer, você termina um texto com uma ameaça disfarçada de alerta e um julgamento pobre que não passa de um ataque pessoal mesquinho e sem evidência alguma.
      Tenho certeza que jesus esta feliz com você.


      "_Não queria mas..., não posso me conter: você é um ser altamente, limitado e de certa forma, desprovido de massa encefálica; digo, "de certa forma" porque presumo que tenha dois neurônios responsáveis por segurar suas orelhas!
      _A interjeição "Cuidado", não se configura em ameaça!
      _A interjeição "Cuidado", refere-se à: aviso, alerta, atenção, prudência, zelo!
      _Vá estudar o idioma e depois escreva, porém, não imbecilidades!"

      Ui! É assim que vc cativa as pessoas?


      "_Se entende como ameaça, é problema existencial, seu!"

      Não, é problema cognitivo seu.


      _Não vou descer ao seu nível de colocações verbais/pronominais mas..., bem que merecia uma resposta mais direta. "

      Ué, não foi isso que você fez ali em cima? Agora a pomba-gira enxadrista baixou em você, convenientemente?


      "Tenho domínio próprio e senso do ridículo, por isso, apenas lamento a sua falta de cortesia!"

      Discordo. Você perdeu o senso do ridículo ha muito tempo, quando começou a regurgitar asneiras, ameaças e intolerância num blog ateu. E com certeza também não é nenhum exemplo de cortesia.


      "_Decididamente, você pensa que está escrevendo para um alienado; daí vem e escreve coisas como as acima... Francamente!"

      Eu não a classificaria como uma alienada, mas sim como uma desonesta arrogante e altamente hipócrita. Te cai muito melhor.


      "_Quando não falamos a mesma língua, não há comunicação; não havendo comunicação, o receptor imagina que as palavras do emissor, carecem de sentido ou argumentos válidos."

      O engraçado é que todo mundo aqui se entende, menos você e outros 2 ou 3 trolls fanáticos.
      Mas, tenho certeza que o problema é de todos nós, e que vc é especial!
      Sua inteligencia e eloquência estão um nível tão superior que nós, pobres agnateus limitados, não podemos compreender! Talvez deus estava distraído na hora em que nós criou...


      "_Parece-me desnecessário explicar a diferença que há entre "ameaça e alerta", creio que já escrevi acerca disso."

      Você deve ter sérios problemas cognitivos. Alguém que baseia seus argumentos em temor e ameaças divinas, com a certeza que todos iremos sofrer sem apresentar qualquer prova ou evidencia coerente, não esta dando alertas, esta fazendo terrorismo. Tome vergonha na cara, Salamandra, enxergue-se.

      Excluir
  8. baphomet filho da morte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu fosse filho da morte, já teria pedido à minha mãe para matar muitas, mas muitas pessoas. Uma pena que eu não sou, mas obrigado pelo elogio!

      Excluir
    2. Paulo de Tarso, filho da hipocrisia e covardia.

      Excluir
  9. Defensores da religião não passam de crentes querendo trollar, admiro por exemplo a arte budista, e nada mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Budismo... Merece respeito...
      Gostei da sua sutil definição...
      Ao empregar a palavra ARTE...
      Ela passa a ideia de que...
      Conviver com as forças da natureza...
      Requer paz e serenidade...

      Excluir
  10. É igual eu disse estes ateus crentes que são pouquissimos só ficam de blá blá blá e conversa fiada porque eles não moram no oriente médio com grande chance de serem degolados ou preso só por ser ateu. Imagine que crime hediondo é ser ateu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você gostaria de degolar ateus?

      Excluir
  11. A religião é criação de homens para controlar seus semelhantes.

    ResponderExcluir
  12. A religião só poderia ser "positiva" (com muitos poréns) em lugares com sérios problemas sociais, e tão somente. Se há igrejas ou ongs religiosas que prestam alguma assistência, é por omissão do Estado constituído em resolvê-los. Uma religião assim só é capaz de ser "positiva" na escuridão.

    "Positiva" entre aspas pois tais instituições podem em certos casos trocar vícios por virtudes, mas virtudes impregnadas de outros vícios. O ex-qualquer-coisa, figura tão propagandeada por tais igrejas, precisa canalizar seus antigos problemas em algo, em parte à adoração incondicional de uma divindade, mas também em parte a outras coisas, pois uma pessoa, por mais simplória que seja intelectualmente, é multifacetada e capaz de pensamentos e atos contraditórios. Se torna mais hipócrita.

    Quanto aos vários poréns, tem-se: alienação (desviar o foco da realidade), sectarismo (levando a preconceitos e bullying), conformismo, ignorância científica, levando ao não tratamento de doenças físicas ou mentais, etc. Isso em nível pessoal. Coletivamente, as religiões "do livro" (judaísmo, cristianismo e islamismo) são: antiecológicas, pois fundam-se no "crescei e multiplicai" (a taxa de natalidade entre religiosos é maior que entre irreligiosos), além de maior tabu com relação ao aborto, com prejuízos para o planeta já superlotado, aumentando o consumo de recursos finitos. Também são anti-humanitárias, pois entravam questões importantes de nossa era, como pesquisas com células-tronco, uso de preservativos (pense nos países com alto índice de pessoas com Aids, sendo a maioria dos portadores heterossexuais) - junte com isso a proibição sumária do aborto em qualquer situação, e tente imaginar o estrago -, preconceito contra homossexualismo, outras crenças e descrença, etc.

    Em suma, para cada ponto positivo que uma religião tenha, há pelo menos meia dúzia de pontos negativos intrínsecos a aquele.

    ResponderExcluir
  13. Salamandra Gouvêa: "_Cuide tão somente de você!"

    Este é um conselho que serviria a perfeição à você, Anfíbio Caudado..:-) Tudo o que esperamos das religiões, e de religiosos, é que cuidem de suas vidas, e deixem a vida dos outros em paz! Se agissem assim, não haveriam conflitos, guerras, lutas, nem posts como este, nem blogs em defesa do Estado Laico, etc, não seria preciso.

    Se tudo isso é necessário, é por "reação" a incontrolável tendência a interferir na vida dos outros que seguidores de seres imaginários apresentam.

    Se cuidasse de sua vida, Salamandra de Fogo, seria mais feliz, e seríamos todos nós mais felizes.:-)

    Salamandra: "_Se acha tão óbvia a sua capacidade intelectual, vá em frente!"

    Eu vou.:-) E a questão é, não a minha capacidade, mas a sua. Como anda sua capacidade de compreensão de textos? Capacidades cognitivas, para entender que os argumentos apresentados aqui devem ser refutados, se puder, com argumentos, e não ameaças, chingamentos e falácias diversas.

    Salamandra: "é tão somente para escrever acerca de um Deus único e que não tem nada de imaginário!"

    Se ele não é imaginário, então deve apresentar as evidências, concretas, de sua existência. Tente entender, uma zebra não é imaginária, um unicórnio é. Zebras tem evidência de existir, unicórnios não. Ou seu deus. Ou o deus de todas as milhares de crenças, que, aliás, alegam que o seu deus não é "de verdade". Assim como você não crê na existência destes outros milhares de deuses, eu não creio neles, e não creio em "mais um" deus, o seu. Mas você é tão "ateu" em relação a estes outros quanto eu.:-)

    Salamandra: "_Fique com sua razão e sua prepotência! _Não me sujeito a escrever para pessoas que não crêem, porque quero que mudem, não!"

    Sei, sei.:-) Eu penso que somos apenas seres vivos como outros, primatas fruto de uma evolução não intencional, habitando uma rocha na periferia de uma galáxia, entre BILHÕES de galáxias, e sou prepotente. Você acredita ser a filha amada do cara que criou estes BILHÕES de galáxias, e todo o universo, "para você", e é humilde, certo? Acho que usamos estes termos, prepotente e humilde de forma bem diferente.:-)

    Se não se sujeita a escrever pra quem "não crê", e escrever para quem já crê seria inútil, então para quem escreve? Para que? Só para trollar e encher o saco? Sabe que eu desconfiava disso mesmo?.:-)

    Salamandra: "_Não se dê tanta importância! Para mim, é certo que esta importância quanto às suas ideologias, não existe!"

    Não me dou, importância alguma, como eu disse, entendo que sou apenas um primata pelado em uma rocha solta no espaço cósmico. E você?.:-)

    Salamandra: "_Apenas devo lhe dizer, para tomar cuidado, pois:"

    Já tentamos explicar, ameaças de seres imaginários em nada nos afetam.:-/ Precisa entender, o medo que sente desse ser imaginário, não nos afeta. Sua covardia, aceitando desmandos e mesquinharias vingativas desse ser sem muita coerência, não é parte de nós.

    Salamandra: "me preocupo com a alma das pessoas e não com suas ideologias, loucuras, tolices, asneiras..."

    Por favor, não se preocupe com a minha alma, não há evidências de que eu tenha uma.:-)

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
  14. Salamandra: "_Finalizo dizendo que: é tempo de se preocupar com o destino que você vai assumir para sua alma, na eternidade uma vez que: é você quem vai escolher. Deus não poderá fazer nada! Você O rejeitou e terá que assumir as consequências de seus atos, todos!"

    Não rejeitei deus, como não rejeitei o Papai Noel. Ou Quetzalcoatal, Zeus, Odin, Alah, etc. Não posso rejeitar o que não existe, o que não tem evidências de existir. Se existisse um deus como o que adora, ele seria algo a ser combatido, dada a mesquinhez e crueldade, insanidade, e não a ser adorado.

    Deus, como o apresenta, pode tudo. Então, se ele se mostrar para mim depois que eu morrer, eu concluirei (e não acreditarei) que existe. E ele poderia perfeitamente me aceitar dessa forma.:-) Qualquer ser humano razoavelmente bom e generoso o faria (mas não seu deus maluco).:-)

    Salamandra, eu assumo as consequências de meus atos, todos, aqui e agora, nesta vida, por escolha, e não por medo ou covardia. Não espero premios no paraiso, nem temo castigos post mortem. Farei o que acho correto, decente, honesto, não importa o que seu amigo imaginário pense. Vou ajudar a quem precisa, e não vou perseguir pessoas por nascerem gays ou heteros, não vou discriminar mulheres, nem ameaçar pessoas com vinganças divinas. Serei tolerante porque acho que é o certo a fazer, porque penso que será melhor para mim, para minha família, para a sociedade, atual e futura.

    Você escolhe o que quiser. Mas se continua a tentar ameaçar e perseguir pessoas a mando de um ser imaginário maluco e insano, deve ser contida. É bem simples na verdade.

    Cognite Tute

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Salamandra, eu assumo as consequências de meus atos, todos, aqui e agora, nesta vida, por escolha, e não por medo ou covardia. Não espero premios no paraiso, nem temo castigos post mortem. Farei o que acho correto, decente, honesto, não importa o que seu amigo imaginário pense. Vou ajudar a quem precisa, e não vou perseguir pessoas por nascerem gays ou heteros, não vou discriminar mulheres, nem ameaçar pessoas com vinganças divinas. Serei tolerante porque acho que é o certo a fazer, porque penso que será melhor para mim, para minha família, para a sociedade, atual e futura.

      Você escolhe o que quiser. Mas se continua a tentar ameaçar e perseguir pessoas a mando de um ser imaginário maluco e insano, deve ser contida. É bem simples na verdade."

      Cognite 10 x Lagartixa 0

      Excluir
    2. Só tenho uma coisa a dizer sobre a resposta do Cognite Tute para a nossa querida Salamandra:

      Fatality

      Excluir
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  16. Salamandra,

    "_O fato incontestável é que existe um universo, criado por um Deus único que, se vê, constantemente, blasfemado e questionado!"

    Que o universo existe é realmente incontestável (a não ser que todos vivemos numa espécie de Matrix, levados à acreditar através de manipulações no nosso cérebro que isso td é real...hehehehe...brincadeira), mas que ele foi criado por algum deus...nem tanto.

    "_Se gosta de ver pra crer ou quer pagar pra ver..., vá em frente! _Só uma coisa: talvez não dê mais tempo para voltar atrás, ao perceber que fez um péssimo negócio, rejeitando todos os alertas que recebeu."

    Que alertas? rsrsrsrs

    "_Se deseja que Deus Se manifeste em sua vida espiritual, como aconteceu comigo, procure-O e seja humilde para aceitar as verdades que muitas vezes, não quer escutar!"

    Seu deus é todo-poderoso, onisciente, onipotente e onisciente e tem a capacidade de se mostrar pra qualquer um que duvide de sua existência, mas não o faz pq temos que procurar por ele? Então ele não é todo-poderoso assim e nem pode ser considerado um deus.

    "_Bem, se tem realmente, condições de contestar a existência do universo..., talvez seja capaz de contestar sua própria existência... Se não aceita que as coisas são reais e criadas por um Deus único, paciência! Se prefere aceitar na teoria de que as coisas não passam de ilusão, paciência!"

    Eu não contesto a existência do universo e nem a minha própria ( a não ser que eu e todas as pessoas que me conhecem sofrem de um tipo estranho de loucura coletiva, rsrs)

    As coisas que existem, que podemos ver, sentir, tocar, cheirar, sentir o gosto, etc, são reais. Eu tenho mais crença em apontadores de lápis do que em deuses, pq eu sei que apontadores de lápis existem de fato e eles são realmente úteis.

    O seu deus ninguém pode ver, ouvir, sentir, tocar, etc, então a existência dele é passível de dúvidas e tem a possibilidade dessa crença ser baseada apenas numa ilusão que os teístas recorrem para ter um certo conforto (uma falsa idéia de conforto, na verdade), para não se sentirem sozinhos e desamparados num universo que é indiferente à eles; pra fazer a vida deles ter algum sentido e importância; pra poder ter algo maior que eles (por mais ilusório que seja) em quem eles possam confiar num momento de dificuldades.

    Se vc aceita que as coisas reais são criadas por um deus, então prove.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salamandra,

      >> "é tão somente para escrever acerca de um Deus único e que não tem nada de imaginário!"

      Então, prove que seu deus existe.

      "_Apenas devo lhe dizer, para tomar cuidado, pois: me preocupo com a alma das pessoas e não com suas ideologias, loucuras, tolices, asneiras..."

      Prove que almas existem primeiro, aí a gente conversa.

      "_Finalizo dizendo que: é tempo de se preocupar com o destino que você vai assumir para sua alma, na eternidade uma vez que: é você quem vai escolher. Deus não poderá fazer nada! Você O rejeitou e terá que assumir as consequências de seus atos, todos!"

      Querida Lagartinha: alguns de nós não se preocupam com almas e com o que poderá acontecer numa vida após a morte pq não acreditamos que essas coisas existem. Se elas existem ou não, é outros quinhentos. O paraíso e inferno que vc crê tem a mesma probabilidade de ser real ou imaginário qto Asgard e Helgardh. Mas não temos evidências concretas (isso inclui vc) de que um e outro existam de fato, não é msm?

      E essa idéia que de temos a escolha de que caminho seguir - de acordo com sua crença - não passa de um livre-arbítrio ilusório. O livre-arbítrio que o seu deus deu pra nós é apenas uma corda que esse mesmo deus usa pra nos enforcar depois (só isso demonstra que o deus que vc acredita é um sociopata sádico). Temos o livre-arbítrio de fazer o que quisermos, contanto que não seja contra a vontade do seu deus, mas se fizermos algo que seja contra a vontade dele, estamos perdidos. Temos o livre-arbítrio de não acreditar no seu deus, mas se não acreditarmos, estamos lascados e mal-pagos e viraremos lenha para ser queimada na lareira de Lúcifer.

      Esse "livre-arbítrio" de acordo com sua crença nada mais é que o princípio do mafioso: vc pode fazer o que bem entender, contanto que seja de acordo com as vontades e regras do líder da máfia. Se vc fizer algo contra a vontade do mesmo ou algo que ele não goste, esse líder quebra suas rótulas com um cano de metal. Please...não faz sentido msm essa sua crença.

      A prova disso está exatamente no seus comentários, onde vc faz ameaças vazias se não procurarmos ou crermos no seu deus e não fazer o que ele manda. Vc não passa de um pau-mandado; de um menino de recados de um líder mafioso que vc chama de deus.

      PS: se vc quer que acreditemos no seu deus, não apele para ameaças vazias, nos dê evidências concretas de que ele existe.

      Excluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Salamandra...

    Muitos doentes tomam placebo e ficam curados...
    Muitos não aprenderam matemática...
    Porque tiveram um professor com péssima didática...

    Sugiro que assista estes videos...
    Espero que os desconheça...

    http://www.youtube.com/watch?v=c4Q7TSLwmYI&feature=endscreen

    http://www.youtube.com/watch?NR=1&feature=endscreen&v=9_DMYOI_yYo

    http://www.youtube.com/watch?v=UTiTjY6RXDY&feature=endscreen

    Retire a indumentária de fé por um instante...
    Pode vesti-la novamente assim que assisti-los...
    Coragem... Não vai doer nada...

    Preste atenção pois poderá perder algum detalhe...
    Espero que veja algo além da sua imaginação...

    ResponderExcluir
  19. Realmente o autor tem razão qdo fala de pessoas religiosas boas, as quais seriam boas até se não fossem religiosas. Depois de quase década e meia numa seita pentecostal (CCB) posso comprovar que a maioria desse pessoal se fantasia ou imita cristão ou o que considera ser(cabelo comprido, saião, cara de bonzinho, etc. Na verdade foi lá que ví os piores crápulas, vigaristas, caluniadores, trapaceiros, etc...

    ResponderExcluir

Postar um comentário