Paulopes

Religião, ateísmo, ciência, etc.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Pessoas próximas de igreja têm maior rejeição por estrangeiro


Psicólogo LaBouff estuda
comportamento religioso
Um estudo da University of Maine  (Estados Unidos) sobre a influência sublimar cristã demonstrou que pessoas entrevistadas perto de igrejas tendem a ter maior rejeição por estrangeiros.

O pesquisador Jordan LaBouff (foto)  e seus colaboradores submeteram um questionário a pessoas que estavam diante de uma igreja na Holanda e em outra na Inglaterra. O mesmo foi feito com pessoas que estavam perto de prédios seculares, como o Parlamento inglês.

No gráfico acima, a escala de 0 a 10 mostra as graduações de  (in)tolerância. Quanto mais longe de 10, maior é a rejeição aos estrangeiros.

As pessoas foram escolhidas a esmo. No caso daquelas que estavam próximas de prédios seculares, 39% eram de não religiosos.

O questionário também apresentou itens de aceitação/rejeição em relação a fiéis das principais religiões, ricos, pobres, gays e lésbicas. Nesses itens, a maior rejeição (ou menor tolerância) foi manifestada também por aqueles que estavam perto de igrejas.

Curiosamente, as pessoas que estavam próximas das igrejas se mostraram mais intolerantes (ou menos tolerantes) em relação aos estrangeiros da própria Europa, superando africanos, por exemplo.





Com informação do Epiphenom.

Brasileiros foram os mais barrados nas fronteiras aéreas na Europa
junho de 2011

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...