Paulopes

Religião, ateísmo, teoria da evolução e astronomia

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Malafaia rejeita guerra contra PT porque é 'a favor do Estado laico'

Malafaia disse que evangélicos não
 aceitam o 'lixo moral' defendido pelo PT
O pastor Silas Malafaia (foto), da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, publicou nota em seu site onde diz que os evangélicos não estão em "guerra" com nenhum partido. Isto porque “somos a favor do Estado laico, das garantias individuais e de ampla liberdade de imprensa.”

Afirmou que não estava falando em nome de todos os evangélicos, mas interpretando a opinião da maioria deles.

A nota foi uma resposta ao ministro petista Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), que no dia 17 disse que o partido tem de disputar com os líderes evangélicos a influência nas classes emergentes.

“Não demonizo partido político nenhum”, disse o pastor. “Já votei em Fernando Henrique, Lula e Serra. Voto em pessoas e não em partidos, porque todos eles possuem ideologias que, ao serem confrontadas com a nossa fé, ficam devendo.”

O problema, segundo ele, é que os “ideólogos” do PT, entre os quais está Carvalho, “não engolem a postura firme dos evangélicos em combater o lixo moral” defendido pelo PT e outros partidos.

O que compõe esse lixo moral – afirmou – é a defesa da legalização do aborto, das drogas e união homossexual. “Fora tentar de todas as formas ensinar o homossexualismo nas escolas através do kit gay.”

Malafaia acredita que ele poderá ser o alvo preferencial do ataque do PT. Por isso, fez um “alerta ao povo evangélico” sobre os dois métodos dos petistas em casos como esse. O primeiro é conquistar os adversários com benesses do poder. E, se isso não funcionar, eles fabricam dossiês e calúnias para difamar pessoas.

“Não se espantem se amanhã tiver notícias em jornais para incriminar líderes evangélicos.”

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...