Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo talibã

Dawkins: religião é capaz de exercer poder monstruoso na mente humana

> RICHARD DAWKINS escritor, biólogo evolucionista e ateu militante

Projeto de nação de Bolsonaro é uma versão tropical do Talibã, afirma cientista

Jair Bolsonaro se elegeu pregando

Mundo muçulmano fica em silêncio diante do triunfo do horror do Talibã no Afeganistão

> TAHAR BEN JELLOUN escritor franco-marroquino

Talibãs apedrejam mulher afegã acusada de traição, mostra vídeo

Rokhahana foi martirizada  até a morte; o amante não Um vídeo mostra talibãs da província de Ghor, do Afeganistão, apedrejando uma mulher com idade entre 19 e 21 anos sob a acusação de que ela traiu o marido, com quem foi obrigada a se casar. Ela foi martirizada até a morte. A jovem teria sido pega em flagrante quando fugia com seu amante, que, aparentemente, foi poupado do apedrejamento. Alguns sites, como o Heavy , publicaram trecho do vídeo. As imagens mostram Rokhahana (suposto nome da vítima) em um buraco com a cabeça para fora. É possível ouvi-la repetindo a shahada, que é uma profissão da fé muçulmana, com voz cada vez mais aguda. O assassinado ocorreu há duas semanas. Os líderes muçulmanos da região são notórios por impor normas sociais com base no Corão. Em março, eles espancaram e queimaram Farkhunda, uma mulher acusada de ter queimado um Corão. Ela teria problemas mentais. Um setembro, diante de uma plateia só de homens, uma idosa chicoteou uma mulher ac

Onde termina o extremismo religioso e começa a loucura?

Justiça francesa examina caso de esfaqueamento em nome de Alá por Lúcia Müzell para RFI em português A justiça francesa começou a julgar Alexandre Dhaussy, um homem de 24 anos que esfaqueou um militar em 2013 e insiste ter agido em nome de Alá. Mas a defesa sustenta que o jovem não é um terrorista, mas sim tem distúrbios mentais. Distinguir a linha tênue que separa os dois argumentos pode ser uma missão complexa até para os especialistas.

Vídeo mostra ‘making of’ de atentado à bomba de talibãs

Motorista-suicida se despede Um vídeo [ver trecho abaixo] feito por talibãs mostra o “making of” de um atentado com caminhão-bomba realizado no dia 1º de junho na fronteira com o Paquistão, perto de uma base do exército norte-americano. O vídeo foi transmitido pela TV Al Jazeera, com sede no Catar, e postado no Youtube, de onde foi deletado. A emissora informou que o recebeu de um anônimo. A primeira imagem é do motorista suicida (foto) se despedindo sorridente. Na explosão, filmada de longe, morreram, além do motorista, dois soldados americanos e cinco civis afegãos. A voz de um talibã mostra que ele tinha entrado em êxtase, com louvores a Alá. Talibã entra em êxtase Tweet Com informação da TV Al Jazeera. 'Deus é grande', grita talibã. E mata a tiros acusada de adultério julho de 2012 Casos de fanatismo islâmico.

'Deus é grande', grita talibã. E mata acusada de adultério

Na interpretação talibã do Corão, marido tem o direito de matar sua mulher quando ela cometer adultério  A agência Reuters divulgou hoje (8) um vídeo [ver abaixo] mostrando o talibã Juma Jan matando a tiros a sua mulher, identificada como Najiba, sob a acusação de adultério. A execução ocorreu na província de Parwan, em um povoado próximo de Cabul, no Afeganistão. As imagens foram gravadas pelo celular de uma pessoa das dezenas que assistiram ao assassinato. O vídeo mostra a moça de 22 anos sentada, de costas, ouvindo a sentença de sua morte sem pedir clemência ou tentar fugir. Ela teria tido um caso com um chefe de um outro grupo de talibãs. O marido cita versículos do Corão que condena o adultério, grita “Alá akbar” (Deus é grande) e, com um fuzil Kalashnikov, dispara duas vezes na direção de Najiba e erra. Faz mais disparos e acerta a cabeça dela. Diante do corpo inerte, a  plateia vibra e alguns gritam que o Corão condena a traição conjugal. O Ministério do Interi