Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Lawrence Krauss

Céticos se distanciam de Lawrence Krauss após acusações de assédio

Físico teórico diz ser alvo de difamações O divulgador de ciência e militante ateu Lawrence Krauss (foto) comentou a reportagem da BuzzFeed News que o aponta como um contumaz assediador sexual , rompendo um silêncio de duas semanas.

Divulgador científico Krauss é acusado de 'má conduta' com mulheres

Cientista diz que o que houve foi consensual O divulgador de ciência Lawrence Krauss (foto)  está sendo acusado de “má conduta sexual”.

Nossa existência é um acidente cósmico, diz Lawrence Krauss

A existência dos humanos é um acidente cósmico, defendeu o físico teórico Lawrence Krauss (foto abaixo).

Todos os cientistas deveriam ser ateus militantes, afirma Krauss

“Todos os cientistas deveriam ser ateus militantes porque eles têm a obrigação de não mentir sobre o mundo natural.”

Krauss lamenta que cientistas temam ridicularizar a religião

'Cientistas não devem mascarar o conflito entre ciência e religião' Os cientistas deveriam confrontar suas descobertas com o que diz a religião, mesmo que a tenham de ridicularizar, de modo que não sejam hipócritas nem condescendentes com a propagação de dogmas obscurantistas. A afirmação é do físico e cosmólogo norte-americano Lawrence Krauss (foto). Ele observou que o temor de cientistas de colocar a religião em questionamento é uma incoerência porque, por exemplo, astrônomos ridicularizam em público a astrologia, e médicos condenam os ativistas anti-vacinas. “E, no entanto, por razões de decoro, muitos cientistas temem ridicularizar certas afirmações de líderes religiosos que alienam o público da ciência.” Em artigo para a revista The New Yorker com o título “Cientistas deveriam ter militância ateísta”, Krauss escreveu que ele é uma exceção porque, em suas abordagens científicas, costuma destacar as inconsistências de ensinamentos religiosos. Afirmou que, po

Veja o filme em que Dawkins e Krauss divulgam ciência e razão

Krauss e Dawkins  propõem a reflexão  contra a religião The Unbelievers ("Os Incrédulos") é o nome do documentário que será lançado nos próximos meses na Grã-Bretanha sobre as andanças de 2012 do biólogo Richard Dawkins e astrofísico Lawrence Krauss para divulgar a ciência e a razão. O filme [ver abaixo] mostra os dois em viagem a alguns países participando de debates, entrevistas, conferências e autógrafos de livros. Um release diz que o objetivo dos dois nas viagens foi motivar as pessoas a refletir sobre questões atuais, deixando de lado as “abordagens antiquadas da religião”. O documentário inclui entrevistas com alguns ateus famosos, como o cineasta Woody Allen, o físico Stephen Hawking, o neurocientista Sam Harris, o cineasta Werner Herzog, a atriz Cameron Diaz, o escritor Ian McEwan e o cético James Randi. Íntegra do documentário Tweet Dawkins escreverá livro sobre sua evolução para o ateísmo junho de 2012

Livro de astrofísico defende que o universo surgiu do nada

Título original: Do nada por Hélio Schwartsman para Folha "Um Universo  do Nada' é uma  obra fascinante"   Destacam-se, hoje, duas formas de ateísmo. Há aquele mais militante, de Richard Dawkins e Christopher Hitchens, que procura nos convencer de que a ideia de um criador é absurda, e há um outro mais sutil, dos físicos, que, seguindo a tradição inaugurada por Laplace, sugerem que Deus é uma hipótese desnecessária. Foi lançado há pouco nos EUA um bom exemplar dessa segunda categoria. Trata-se de "Um Universo do Nada - Por que Existe Algo em vez de Nada", de Lawrence Krauss [astrofísico]. É uma obra fascinante que se vale de doses quase compreensíveis de cosmologia e física de partículas para traçar uma história do Universo. Complementa essa sopa de ciência com instigantes observações filosóficas, que, mesmo que não façam o eventual crente mudar de campo, ao menos o deixam mais informado acerca do que está em jogo. Krauss mostra que existem evidên

Crer que um deus criou tudo é preguiça mental, afirma Krauss

Krauss diz que, com a ciência,  Deus e os milagres ficaram obsoletos Quem acredita que um deus criou o universo tem preguiça mental porque hoje a ciência dá  informações que permitem pensar sobre a origem de tudo. A afirmação é do astrofísico americano-canadense Lawrence Krauss (foto), 57, autor de “A Física de Jornada nas Estrelas”, entre outros livros. Krauss disse que até o século 16 a religião tinha o monopólio das explicações sobre a criação. Mas isso — disse — mudou com os estudos de Nicolau Copérnico (1473-1543), Galileu Galilei (1564-1642) e com Isaac Newton (1643-1727). “Tudo mudou quando, há 300 anos, Newton explicou que o movimento dos planetas podia ser compreendido por meio de leis físicas bem simples que não requeriam a intromissão dos anjos”, disse Krauss em entrevista a Peter Moon, de Época. “O avanço da física, da química e da biologia nos fez desvendar o funcionamento da matéria e dos fenômenos biológicos”, afirmou. “Ao mesmo tempo, esse avanço foi

Tudo veio do nada, e quem dá sentido à vida somos nós, Lawrence Krauss

Krauss afirma que a    inexistência  de  divindades  dá  mais valor à vida Quando o astrofísico americano-canadense Lawrence Krauss (foto) publicou o livro A Universe From Nothing ("Um Universo do Nada", em tradução livre), ele causou furor entre religiosos que o acusaram de querer acabar com Deus. Krauss respondeu que essa é a ideia do livro.