Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Dilma Rousseff

Ex-ministro reclama que Dilma deu anúncio à Record mas não teve apoio da Universal

Gilberto Carvalho disse  que a presidente Dilma  não teve apoio dos aliados evangélicos [opinião, notas de um ateu] O católico praticante Gilberto Carvalho, ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República no governo Dilma (PT), tem se queixado do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal e dono da TV Record.

Bispo recebeu propina para apoiar Dilma-Temer, diz delator

Um delator da Odebrecht disse à força tarefa da Operação Lava Jato que, em 2014, o bispo Marcos Pereira (foto), dirigente do PRB, recebeu R$ 7 milhões da empreiteira em troca do apoio de seu partido à chapa Dilma-Temer, nas eleições presidenciais.

Candidatos evangélicos avançam mais onde Estado é ausente

da Rádio Franca Internacional A deficiência de serviços públicos essenciais, principalmente a segurança, ajuda a explicar o avanço dos candidatos evangélicos no Brasil, na opinião do historiador francês Laurent Vidal , especialista em história brasileira da Universidade de La Rochelle.

Temer diz que Deus lhe deu a missão de tirar país da crise

Ao anunciar hoje as primeiras medidas para tentar tirar o país do atoleiro da recessão, o presidente interino Michel Temer (foto) disse: “Deus me deu uma missão, que eu ajude a tirar o Brasil da crise”.

Temer humilhará cientistas se der pasta da Ciência à Universal

por Bernardo Mello Franco para Folha de S.Paulo Dilma Rousseff e Michel Temer romperam relações, mas parecem ter se unido por um último objetivo comum. A presidente e o vice decidiram humilhar os cientistas brasileiros, negociando as políticas para o setor no balcão de compra e venda de apoio parlamentar.

Advogado que defende Dilma em comissão é ligado à CNBB

O advogado Marcelo Lavenère (foto), uma das três pessoas que a defesa de Dilma indicou para defender a presidente na comissão do impeachment no Senado, é membro da Comissão Nacional de Justiça e Paz da CNBB.

Lula pediu apoio de Edir e de Valdemiro contra impeachment de Dilma

Lula foi esnobado por  Edir  e ouviu 'não' de Valdomiro Nas vésperas da votação pela Câmara dos Deputados pela admissibilidade ou não do processo de impeachment da presidente Lima, o ex-presidente Lula pediu apoio de dois pastores, Edir Macedo e Valdemiro Santiago.

Religiosos criticam deputados por citar Deus em Estado laico

da Agência Brasil As referências à religião e a Deus nos discursos de parte dos deputados que decidiram, no domingo (17), pela abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff incomodaram religiosos. Em defesa da separação entre a fé e a representação política, líderes de várias entidades criticaram as citações e disseram que os posicionamentos violam o Estado laico.

Dilma telefona a Edir pedindo ajuda contra impeachment

Chefe da Universal disse que vai orar pela presidente A presidente Dilma telefonou na semana passada para Edir Macedo (foto), chefe da Universal, pedindo ajuda dele junto ao PRB na votação contra o impeachment .

Dilma apoiou isenção de IPTU às igrejas para agradar evangélicos

A presidente Dilma (foto) apoiou a aprovação pelo Senado do projeto que isenta as igrejas de pagarem IPTU, mesmo nos casos de imóveis alugados, com o propósito de obter apoio da bancada evangélica na votação do seu impeachment .

Evangélicos farão ‘ato profético’ pelo impeachment de Dilma

Convocação é para o dia 11 de maio em Brasília Líderes evangélicos estão convocando um “ato profético” a favor do Brasil, no dia 11 de maio, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. 

Partido da Igreja Universal abandona o governo de Dilma

PRB estava no barco petista desde 2003 A vulnerabilidade da presidente Dilma é tanta, que até o braço político da Igreja Universal, o PRB (Partido Republicano Brasileiro), retirou-se da base de sustentação do seu governo. 

Babalaô critica Lava Jato por associar acarajé à corrupção

O babalaô Ivanir dos Santos  (foto), da CCIR (Comissão de Combate à Intolerância Religiosa), divulgou nota repudiando o fato de a Polícia Federal ter dado o nome de "Acarajé" em mais uma operação da força tarefa Lava Rápida, que investiga a corrupção na Petrobras.

CNBB critica processo de impeachment da Dilma

Bispos afirmam que decisão de Cunha carece de motivação por Marcelo Brandão para Agência Brasil A Comissão Brasileira Justiça e Paz, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), criticou hoje (3 de dezembro de 2015) o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que autorizou a abertura de processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Em nota, a CNBB questiona os motivos que levaram Cunha a aceitar o pedido de abertura do processo.

Bispos da Universal oram por Dilma e pelo fim da crise

Pupilos de Edir clamam por  Deus na Praça dos Três Poderes A crise da economia brasileira deve estar se refletindo fortemente na coleta de dízimo da Universal porque, de joelhos na Praça dos Três Poderes, bispos e pastores da igreja clamaram por Deus para que as dificuldades sejam resolvidas. A oração ocorreu após um encontro dos pupilos de Edir Macedo com Dilma Rousseff, no dia 13. Houve também um pedido de ajuda divina à presidente. O site da Universal admitiu a gravidade da situação, em decorrência da perda de credibilidade do governo e aumento do desemprego e da inflação. Mas, acrescentou, “uma oração pode mudar o rumo de qualquer coisa”. Olhaí, desempregados. Não é necessário procurar emprego. Basta orar. Com informação do site da Universal e foto de divulgação.   Tweet Ninguém cogita taxar as igrejas, apesar de rombo na economia

‘Bandido político’ Cunha trama virar primeiro-ministro, diz Boff

'Cunha é ambicioso, manipulador e sem qualquer sentido ético' Eduardo Cunha (na charge ao lado), presidente da Câmara dos Deputados, é um “bandido político” que está tramando impor sua agenda conservadora (ainda mais) ao Brasil, propondo ao final de seu mandato a instituição do parlamentarismo, com ele no posto de primeiro-ministro. A afirmação é do teólogo católico Leonardo Boff, que em uma entrevista mostrou estar preocupado com o avanço do conservadorismo dos fundamentalistas evangélicos, corrente à qual Cunha pertence. O deputado federal pelo PMDB do Rio está ligado à Assembleia de Deus. O teólogo afirmou que o “sedutor” Cunha é extremamente perigoso porque “não respeita lei nenhuma, tem dezenas de processos de corrupção contra ele, é um manipulador e sempre consegue prolongar sua vida política.” “É alguém que não tem nenhum respeito à Constituição e atropela normas do Congresso como bem entende. É uma pessoa extremamente ambiciosa, manipuladora, inescrupulosa,

Com impeachment, Cunha pode virar presidente por três meses

Cunha na presidência realizaria o sonho dos neopentecostais Como o crescente mar de corrupção está enlameando também a olhos vistos a campanha eleitoral da presidente, a hipótese de haver o impeachment da Dilma Rousseff parece a cada dia mais viável. Se o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) “convidar” a Dilma para se retirar, o que ocorrerá no dia seguinte? Quem ocupará o lugar vago? Se o Tribunal decidir que o vice-presidente Michael Temer (PMDB-SP) também tem de sair, por ele ter sido eleito na chapa da Dilma, a Presidência da República poderá ficar com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pelo menos por três meses, que é o tempo necessário para convocar novas eleições. Se isso acontecer, estará se realizando o sonho dos evangélicos neopentecostais de assumirem o cargo mais importante do Executivo brasileiro. Eles poderão fincar defronte ao Palácio do Planalto a placa "O Brasil é do Senhor Jesus". E o que seria do Brasil tendo o Cunha como presidente,

Cunha e Malafaia criam ‘jabuti’ que livra pastores de imposto

Malafaia e Cunha tramam na calada da noite como levar vantagem à custa do povo   O evangélico Eduardo Cunha (PMDB-RJ), na foto à direita, presidente da Câmara dos Deputados, e o pastor Silas Malafaia (foto) são os pais do ‘jabuti’ que concedeu a pastores isenção fiscal das comissões que recebem das igrejas por atingir meta de recolhimento de dízimo e de novos fiéis. Essa prática é mais acentuada nas igrejas neopentecostais. “Jabuti” é uma emenda que deputados enfiam sorrateiramente em uma MP (Medida Provisória) para instituir benefícios que provavelmente não seriam aprovados se chamassem a atenção da imprensa e de outros parlamentares. A alusão ao bicho faz parte da sabedoria popular de que jabuti não sobe em árvores e quando ele aparece no topo de uma delas é porque alguém o colocou lá. A Folha de S.Paulo apurou Cunha introduziu o “jabuti” na Medida Provisória 668, referente a produtos importados, e que Malafaia foi um dos principais defensores da gestação do “animal”. Tud

Ninguém cogita taxar as igrejas, apesar de rombo na economia

Só em 2011, as igrejas tiveram 'faturamento' de 20,6 bilhões O governo de Dilma precisa desesperadamente de maior volume recursos para cobrir o rombo de seus gastos, o déficit público. Vem ai aumento de impostos para vários setores. O que significa que, como sempre, todos nós vamos arcar com o aumento de custos decorrente da incompetência governamental. Há intenção de se tributar até heranças, mas ninguém, no governo e na oposição, cogita em acabar com a imunidade fiscal das igrejas, um setor cuja contabilidade é uma imensa caixa preta trancada a sete chaves e protegida pelo sigilo fiscal. Em um país em que o conservadorismo religioso se mostra cada vez mais influente nas decisões do Executivo e do Congresso Nacional, não era mesmo de se esperar que o governo anunciasse do dia para a noite algum tipo de taxação que fizesse as igrejas contribuírem para debelar a crise. Não seria agora que um governo, carente de apoio popular, ousaria contrariar a Igreja Católica e as e

Outro pastor das malas de dinheiro obtém cargo público

Dinheiro apreendido em 2005  corresponde hoje a R$ 1 milhão Carlos Henrique é pastor da Universal O novo governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), designou para titular da Secretaria de Esportes o deputado estadual e pastor Carlos Henrique Alves da Silva (PRB-MG), na foto, que está envolvido em escândalo de 2005 até hoje insuficientemente esclarecido pelas autoridades. Em junho daquele ano, a Polícia Federal flagrou Henrique, então vereador, no aeroporto de Belo Horizonte, em dois aviões fretados, com malas de dinheiro e caixas com cheques cujo valor total corresponde hoje a cerca de R$ 1 milhão. Ao ser pego em flagrante, Henrique fazia dupla com outro pastor, George Hilton (PRB-MG), na foto abaixo  — ambos da Igreja Universal do Reino de Deus. Hilton foi nomeado pela presidente Dilma Rousseff ministro de Esportes. Na época, os pastores alegaram que o dinheiro era do dízimo de fiéis, mas não ficou claro por que a quantia, em vez de ser embarcada em aviões