Pular para o conteúdo principal

Grupo católico rastreia apps de namoro gay para denunciar padres

'É difícil saber onde eles [esses católicos conservadores] chegarão com isso'

O Catholic Laity and Clergy for Renewal (Leigos Católicos e Clérigos para a Renovação) gastou de 2018 a 2021pelo menos US$ 4 milhões na compra de dados de aplicativos de namoro gays para identificar padres e denunciá-los a bispos.

Entre os aplicativos, os principais são Grindr, Growlr, Scruff, Jack'da e OkCupid, informou Washington Post, que teve acesso a documentos dos perseguidores de padres.

O grupo conservador de católicos sem fins lucrativos tem sede em Denver, nos Estados Unidos, sendo administrado pelos filantrópicos Mark Bauman, John Martin e Tim Reichert. A Fundação Católica do Norte do Colorado contribuiu com doação de US$ 400 mil em dois anos.

Um dos padres denunciados em 2021 seria Jeffrey Burrill, que renunciou ao sacerdócio.

Não falta recurso
para a milícia
virtual católica
anti-LGBTQ

O Grindr negou que tenha vendido dados para os católicos conservadores, mas, se o tivesse, não seria ilegal, por falta de legislação.

Como o Grindr, a exemplo de outros aplicativos e sites, tem parceria com fornecedores de tecnologia de anúncios para segmentar usuários e novos clientes em potencial com anúncios, os dados podem ser capturados na transmissão entre servidores.

Patrick Lenihan, porta voz do Grindr, disse que os executivos da empresa "estão furiosos com esses vigilantes anti-LGBTQ”.

Michael Sean Winters, jornalista do National Catholic Reporter, comentou ser "difícil saber onde eles [esses católicos] chegarão com isso".

"Ao ler o artigo [do Post], minha mente disparou para os julgamentos das bruxas de Salem, quando outros cristãos, por razões difíceis de entender, violaram todos os padrões de decência e justiça humana para perseguir um fantasma."

"No meio do artigo, o comportamento desse grupo pareceu mais parecido com o da Stasi e da KGB. A afeição que alguns católicos de direita têm por Valdimir Putin e Viktor Orban de repente pareceu ainda mais sinistra. Finalmente, pensei na cruzada anticomunista dos anos 1950 neste país."

> Com informação do Washington Post e de outras fontes.

• Bispo belga está 'envergonhado' pela proibição do Vaticano às bençãos a casais gays

• Arcebispo de Berlim pede perdão pela intolerância da Igreja aos gays

• Francisco recusa benção aos casais gays. E então cem igrejas alemãs desafiam o papa


Comentários

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja 14 proibições das Testemunhas de Jeová a seus seguidores

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Terraplanista vai a Noruega, vê o sol da meia-noite e admite que a Terra é redonda

Bíblia tem mais de 2,5 milhões de mortes em nome de Deus

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Ministro 'terrivelmente' evangélico decide que financiar monumento religioso é constitucional

Contar o número de deuses é difícil porque são muitos, dezenas de milhares, milhões

Igrejas católicas alemãs estão sendo derrubadas. É a demolição da própria religião

Padre autor do mosaico de Aparecida é acusado de invocar a Trindade para ter sexo a três