Pular para o conteúdo principal

FBI prende pastores que participaram da invasão ao Capitólio e libera mediante fiança

> EDELBERTO BEHS
jornalista / IHU Online

Os pastores James Cusick, 72, e seu filho, Casey, líderes do Global Outreach Ministrie em Melbourne, Flórida, foram presos na quinta-feira, 24 de junho, acusados de entrar ou permanecer intencionalmente em prédio público no dia 6 de janeiro, quando aconteceu a “entrada violenta e conduta desordenada” (invasão) do Capitólio, em Washington. 

Também foi preso um seguidor da igreja, David Lesperance, dono de empresa de ar condicionado.

O FBI chegou primeiro ao empresário em sua casa em Indian Harbour Beach, quando ele admitiu que seu pastor também estava presente no discurso do presidente Trump em 6 de janeiro, e depois no Capitólio. 

O motim ocorreu no mesmo dia em que o então vice-presidente Mike Pence e membros do Congresso foram escalados para contar os votos eleitorais na disputa presidencial de 2020.

As autoridades policiais receberam mandado de busca no iCloud de Lesperance e descobriram que o histórico de localização do seu telefone mostrou que ele estava no Capitólio na tarde de 6 de janeiro.

As autoridades também encontraram fotos de Lesperance com os Cusicks antes e depois da invasão do Capitólio, informa o repórter Alessandro Marazzi Sassoon, do portal Flórida Hoje. Imagens colhidas por câmaras internas do prédio mostram os dois pastores dentro do Capitólio.

O Tribunal Distrital dos Estados Unidos em Orlando liberou os três acusados mediante o pagamento de fiança de 25 mil dólares para cada um deles (cerca de 123 mil dólares), além do compromisso de se submeterem à coleta de DNA, não andarem armados e de entregarem seus passaportes.

> Com informação de agências internacionais.


Comentários

Posts mais acessados na semana

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Nacionalistas cristãos precisam ser combatidos porque confundem pátria com Reino de Deus

Constelação familiar é tóxica e pode causar danos irreparáveis, alerta psicólogo