Pular para o conteúdo principal

Justiça quebra de novo sigilo bancário de Valdemiro por não pagar aluguel de templo

> EDELBERTO BEHS
IHU Online

O líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, a apóstolo Valdemiro Santiago, teve mais uma vez o sigilo bancário investigado em processo que requer da denominação o pagamento de aluguel de templo em Carapicuíba, na Grande São Paulo. O proprietário do imóvel está cobrando 241 mil reais em aluguéis atrasados.

A quebra do sigilo bancário em movimentação dos últimos três anos foi determinada pela juíza Rossana Luiza Mazzoni de Faria, de Carapicuíba, e tem por objetivo investigar “eventual confusão patrimonial” entre as contas de Valdemiro Santiago e da Igreja Mundial, informam Tahiane Stochero e Rodrigo Rodriguez, do Portal G1 São Paulo.

No processo que representa o dono do imóvel, o advogado Carlos Alberto Pereira alegou que há indícios de que valores doados pelos fiéis foram “ocultados” nas contas bancárias do apóstolo. Procurados, os advogados da Igreja não responderam às perguntas levantadas pelo G1.

Em fevereiro de 2021, a juíza Monica Di Stasi, da 3ª Vara Cível de São Paulo, autorizara a quebra de sigilo do apóstolo e de Mateus Machado de Oliveira em outro processo que cobrava atrasos de aluguéis da igreja na cidade de Guararema, no interior paulista. Para evitar a quebra de sigilo, a Igreja Mundial depositou em juízo mais de 55 mil referentes aos aluguéis atrasados.

Advogados da defesa argumentam que Valdemiro Santiago não faz parte do contrato social da igreja e nem assinou o contrato de locação como fiador.

> Com informação do G1 e de outras fontes.

Comentários

Posts mais acessados na semana

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Religião não é importante para a maioria dos alemães, apura pesquisa