Pular para o conteúdo principal

Evangélico, prefeito de Manaus livra igrejas de pagar multa por culto barulhento

Acusadas com frequência de incomodar a vizinhança com louvações barulhentas, as igrejas evangélicas, principalmente as pentecostais, acabam de obter em Manaus (AM) o privilégio de desrespeitarem a tranquilidade da cidade.

Sorrateiramente, o prefeito David Almeida (Avante), que é evangélico, alterou uma lei excluindo as igrejas da infração de cometer poluição sonora, mas sem as mencionar.

Almeida elaborou um projeto de lei — aprovado no dia 8 pela Câmara em regime de urgência — suprimindo da lei 1.817 de 23 de dezembro de 2013 as igrejas do grupo de estabelecimentos que causam perturbação do sossego público, pela natureza de suas atividades, como bares, restaurantes e casas de show. Elas estavam classificadas com “médio potencial de impacto” de poluição sonora.

As igrejas tiveram, ainda, outro benefício, este de ordem monetária. A partir de agora elas não precisam obter licenciamento ambiental, deixando de pagar taxa de R$ 10.429,51, além de causar danos ao meio ambiente impunemente.

O jornal Valor observa que o prefeito discursa como pastor, citando Deus e a Bíblia com frequência, chegando a fazer louvor.

A decisão do prefeito Almeida, endossada pela Câmara Municipal, de favorecer as igrejas agride flagrantemente o Estado laico, e a expectativa é que o Ministério Público de Amazonas recorra contra essa inconstitucionalidade.
Prefeito Almeida
defende os interesses
das igrejas

> Com informação do site Amazonas Atual e foto do Instagram.


Ministro do STF, Luís Barroso afirma que existe no Brasil um ‘cristianismo do mal’

Comentários

  1. Passando a boiada, como sempre. Aliás, esses tempos bolsonaristas se limitam ao mesmo campo semântico: imunidade de "rebanho", passar a "boiada". Parece que ao invés de Deus acima de todos, o que o genocida está fazendo é colocar um chifre acima de todos, não é mesmo, "gado" bolsonarista?

    ResponderExcluir
  2. O Brasil só vai ser um país grande no dia em que, na política, as ciatações de versículos forem substituídas pelos parágrafos e incisos. No dia em que as velhas leis do hebreus forem reconhecidas pelo que realmemte são: anacrônicas e ridículas.

    ResponderExcluir
  3. Em Sorocaba - SP as igrejas evangélicas também perturbam livremente, os cultos são com caixas de som.
    O prefeito é da Igreja Mundial, aquela do pastor que vende feijões mágicos.

    ResponderExcluir
  4. Prefeiteco adventista dos 7 dias mamando no dinheiro do povo.

    ResponderExcluir
  5. Em Sorocaba - SP todo mundo pode perturbar à vontade: igrejas evangélicas, carros de som de propaganda, funkeiros com os carros em movimento, bares, etc...

    Pensem em uma cidade que é a casa da mãe Joana. É Sorocaba.

    ResponderExcluir
  6. Em Sorocaba - SP as Igrejas pertubam livremente com cultos em volume alto nas caixas de som, obrigando as vizinhanças a ouvirem.
    O mesmo acontece com os bares, que tem som alto até as 4h da madrugada.
    Os funkeiros também são livres para fazerem pancadões 24h por dia com os carros em movimento.
    Detalhe, o prefeito é da Igreja Mundial, aquela do Valdemiro Santiago.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Nacionalistas cristãos precisam ser combatidos porque confundem pátria com Reino de Deus

Constelação familiar é tóxica e pode causar danos irreparáveis, alerta psicólogo