Pular para o conteúdo principal

Nos Estados Unidos, 40% dos judeus mais jovens se declaram não religiosos

Os jovens judeus americanos estão cada vez mais seculares, a exemplo do que ocorre com a mesma faixa etária em relação à maioria das religiões.

Do total de judeus de 18 a 29 anos, 40% declararam ao Pew Research Center que não têm religião, ainda que eles culturalmente se identifiquem com o judaísmo. Entre esses jovens, há ateus e agnósticos.

Na avaliação de Paul Golin, diretor da Sociedade para o Judaísmo Humanístico, tal constatação se deve, entre outros fatores, ao fato do aumento de casamentos de judeus com pessoas que não professam a fé judaica.

Há uma década, 54% dos judeus não ortodoxos se casavam com pessoas de credos diversos, aumentado atualmente para 72%. Da totalidade desses casamentos, apenas 28% deles criam filhos na fé judaica.

“A maioria dos casais não cria filhos para eles acreditarem que a religião de um dos pais está certa e a de outro, errada”, diz Golin.

A secularização entre os judeus americanos é uma forte tendência porque é um fenômeno mais acentuado nas novas gerações.

A pesquisa realizada pelo Pew entre novembro de 2019 e junho de 2020 mostra que a proporção de judeus não religiosos cai à medida que aumenta a faixa etária, de acordo com o gráfico abaixo.

> Com informação do Pew Research Center e de outras fontes.

Judeus têm a maior escolaridade entre religiosos, mostra estudo






Comentários

Posts mais acessados na semana

Juiz condena Datena a pagar indenização por ofender ateus

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber