Pular para o conteúdo principal

Vídeo: Rasmussen afirma que o homem mais perigoso é aquele que não crê em Deus

Richard Rasmussen, que ficou conhecido como apresentador do mundo animal em emissoras de TV, mostrou em um canal no Youtube que tem preconceito contra quem não acredita em Deus.

Em uma conversa sobre sua experiência com o controvertido chá alucinógeno Ayahuasca, usado em seitas do Santo Daime para "abrir a mente", ele afirmou, ao final, que "o importante é você acreditar em alguma coisa, [porque] o homem mais perigoso é aquele que não acredita em nada".

"[O descrente] não é um cara que eu quero ao meu lado. Eu quero um cara temente [a Deus]."

O youtuber concordou com Rasmussen, ressaltando não querer dizer que todo "ateu é filho da puta", mas, acrescentou, se não acreditasse em Deus não teria motivo para "fazer o bem às pessoas".

Rasmussen reforçou: "[Não crer em Deus seria] ruim para você e perigoso para os outros".

Na área de comentários do vídeo, Jonathan Guimarães escreveu: "Na minha humilde opinião, quem precisa crer em algo superior pra ter moral não entende realmente a liberdade da decisão de fazer o bem, porque precisa se subordinar a algo que julga maior que ele. Essa pessoa realmente é um potencial perigo, porque basta que seu superior ordene e ele irá odiar e fazer o mal a qualquer um".

Formado em biologia, o suposto protetor dos animais acumulou em 15 anos, até 2017, oito processos por crimes ambientais.

Um dos crimes teria sido ele ter contratado em 2014 pescadores para abater uma fêmea grávida de boto rosa durante uma gravação para denunciar a matança da espécie desse animal no Amazonas. Ele nega a acusação.

Rasmussen também rejeita ter mantido animais silvestres em cativeiro e ter introduzido no Brasil sem autorização animais nativos de outros países, colocando em risco o equilíbrio da fauna nacional.

A convite de Bolsonaro,
Rasmussen tem na Embratur
o cargo não remunerado de
embaixador do ecoturismo


 

> Com informação de vídeo no Youtube e em outras fontes. 






Comentários

  1. Ateus que fazem o bem o fazem por acharem que é o correto. Teístas que fazem o bem o fazem por medo de um "castigo divino", ou seja, apenas por consequência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, na cadeia tá cheio de gente que acredita em Deus.

      Excluir
    2. Exatamente em 2:07 a Dignidade é abandonada!

      https://www.youtube.com/watch?v=REGEA6bJ-MY

      Excluir
  2. Nunca tinha ouvido tamanha besteira, os maiores criminosos da história eram religiosos e acreditavam em um deus. Ex. HITLER. Não foram os ateus responsável pela morte de cristo, não foram os ateus que assassinaram milhares de mulheres inocentes na fogueira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre serão os crédulos que promovem horrores. Mesmo modernamento substituindo Deus e afins do sobrenatural pelo Nacionalismo, Socialismo etc de sistemas políticos fanatizados, substitutos de Deus, deuses e religiões. Ainda que estes existam nas crenças, costumam ser menos fanatizadas, ou são um complemento, geralmente quando Extrema Direita (dentro do Nacionalismo, p.ex.).
      Mesmo quando há ateus, são os que se apegaram às novas crenças político-ideológicas, nesse caso mais comum no Socialismo. Ou seja, sempre um APEGO de FÉ, sem haver o apelo do sobrenatural. Utopias são belo exemplo de FÉ.
      Os sedentos pelo poder tiram proveito do povão crédulo. E mesmo estes, são APEGADOS ao poder, fé que são melhores, devem estar acima dos outros etc.

      Excluir
    2. A grande vantagem da fé é a nescessidade de não precisar de raciocinio... vc nao consegue mandar matar uma pessoa usando a logica e a pessoa aceitar sem questionar uma "recompensa" ... "Olha .. 2+2 = 4 aquele cara diz que eh 5" mate ele porque ele esta errado PT saudações .... Eh mais facil assim "Olha ele eh um apostata ... ,mate ele e vai ter vida eterna" ... Religião eh uma coisa adoravel mesmo ...

      Excluir
  3. Temos que fazer um Boletim de Ocorrência por intolerância religiosa.

    ResponderExcluir
  4. Enfim, Bolsonaro encontrou seu cachorro de estimação. Como bem disse o monge Chagdud Tulku Rinpoche:

    "Se alguém precisa de religião para ser bom, a pessoa não é boa, é um cão adestrado."

    ResponderExcluir
  5. Ficar batendo tambor pra maluco ? To fora ...

    ResponderExcluir
  6. Freud já que dizia : " Uma pessoa racional não necessita de fundamentações miseráveis para os seus juízos, para sua tomada de partido ", isto é , uma pessoa racional faz o bem pela sua própria concepção de certo e errado. Aquele que só faz o bem sob o pendor temoroso de uma "condenação divina" é quem precisa rever o seu caráter.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Nacionalistas cristãos precisam ser combatidos porque confundem pátria com Reino de Deus

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Constelação familiar é tóxica e pode causar danos irreparáveis, alerta psicólogo