Pular para o conteúdo principal

Ministro Pazuello contrata marqueteiro que afirma ser hipnólogo e mentalista

PAULO LOPES   Agora vai!  O general da ativa Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, contratou um mentalista para cuidar da comunicação e do marketing da pasta.

Trata-se de Markinhos Show, que, de acordo com o seu site, o "Venda para o cérebro", é também hipnólogo, palestrante motivacional, master coach, analista em neuromarketing, practitioner em PNL, músico, empreendedor e especialista em marketing político".

Markinhos Show já trabalhou para vários políticos e, com certeza, é bom vendedor de si mesmo, se bem que, para convencer alguém como Pazuello, não se precisa de lábia refinada. Especialista em logística, o general não consegue sequer abastecer Manaus de botijões de oxigênio, para salvar vítimas da Covid-19.

É possível que Pazuello tenha ficado impressionado com a agilidade e os resultados do marketing do governador João Doria, que ganhou em grande estilo a batalha das vacinas contra o presidente Bolsonaro — para o bem e para o mal, o governador de São Paulo é hoje quem sabe se vender.

Quais seriam as missões que o general deu a Markinhos Show?

Hipnotizar à distância os líderes comunistas da China para que liberem a matéria prima da fabricação das vacinas?

Ou hipnotizar os brasileiros, de modo que tenham o entendimento de que o ministro da Saúde é de uma competência extraordinária e o presidente é um sábio, que, inclusive, entende de medicina?

Com este governo, tudo é possível.

Na internet, Markinhos Show demonstra que também entende do linguajar chulo bolsonarista (sim, eu sei: "linguajar chulo bolsonarista" é redundância).

Ao se referir aos "bilhões" que o governo federal mandou para Amazonas, ele estranha não ter havido recurso para montar uma fábrica de oxigênio em cada hospital.

"Enfiaram todo esse dinheiro no c…", escreve no Twitter o mentalista.

Governo contratou o mentalista
Markinhos para reagir à máquina
de marketing de Doria

Com informação da rede social e do Estado de S.Paulo e foto do Twitter.

Comentários

Posts mais acessados na semana

No Brasil, mulher que não crê em Deus é submetida à opressão em dobro

Cobrado por aluguel de templo, Valdemiro diz não ter contrato social com a Igreja Mundial

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade