Pular para o conteúdo principal

Bolsonaro diz que cloroquina é como ateu que se lembra de Deus quando avião cai

O presdiente Jair Bolsonaro voltou a defender a hidroxicloroquina no tratamento contra a Covid-19, embora a OMS e a comunidade científica não recomandem esse medicamento nesse caso.

“A cloroquina é igual a ateu quando o avião começa a cair, daí ele se lembra de Deus. Ai, meu Deus do céu, o avião tá caindo. A cloroquina é a mesma coisa. O que tem pra tomar?”, disse.

Estudos médicos mostram que a hidroxicloroquina pode ter fortes efeitos colaterais em pacientes com comorbidades, principalmente em relação ao coração.

Disse que no Palácio do Planalto mais de 200 pessoas contraíram o novo coronavírus e a maioria nem sequer “foi para o hospital”.

Bolsonaro, assim, minimizou as consequências da pandemia, embora, até agora, mais 125 mil brasileiros tenham morrido por causa dela.



Notícias sobre ateísmo 

Comentários

Posts mais acessados na semana

Crise da Universal em Angola chega à África do Sul com acusações de exploração e abortos forçados

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Projeto de lei de deputado-pastor permite uso dos recursos do FGTS para construir templos