Pular para o conteúdo principal

STF impede que Crivella favoreça evangélicos com a máquina pública

Pelos votos da maioria dos ministros, o Supremo Tribunal Federal manteve a proibição de o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicados), favorecer evangélicos com o uso da máquina pública.

Em 2018, Crivella, que é pastor da Igreja Universal, reuniu grupos de evangélicos na sede oficial da prefeitura, oferecendo-lhes tratamento diferenciado no atendimento de saúde e isenção de IPTU paras as igrejas.

Tal favorecimento foi proibido pela 7ª Vara de Fazenda Pública da capital do Rio e agora confirmado pelo Suprema.

Com informação  do voto do relator Dias Toffoli, do ministro Fachin e ministro Marco Aurelio


 


Crivella não revela nome das 426 igrejas que obtiveram isenção de IPTU

Delator diz ter pago propina de R$ 450 mil a Marcelo Crivella

Crivella assina contrato com banco de Edir Macedo

Crivella afirma que só o ‘Brasil evangélico é que vai dar jeito nessa pátria’

Comentários

Posts + acessados hoje

Derrota de Crivella abala projeto de poder de Bolsonaro e o de Edir Macedo

'Penha me transformou em monstro', afirma ex-marido

Bolsonaro impõe sigilo em telegramas de interferência em crise da Universal em Angola