Pular para o conteúdo principal

Avó de Michelle Bolsonaro pega Covid-19 e precisou ser entubada

Avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro, Maria Aparecida Firmo Ferreira, 80, encontra-se em estado grave por estar com Covid-19.

No domingo, ela foi transferida para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Regional de Santa Maria, onde foi entubada. Está internada desde sexta-feira, 3.


Ela passou a ter sintomas da doença há mais de 15 dias, como  tosse seca, coriza, falta de ar de apetite e dor de abdômen. 

Maria Ferreira está no grupo de risco da Covid-19 porque, além da idade, tem hipertensão, hipotireodismo e arritmia.

Avó da primeira-dama

Com informação do Correio Braziliense e todo de arquivo pessoal.





Por que Edir, Silas, Soares e Valdemiro não estão em hospitais curando doentes da Covid-19?

Assessor de saúde pública de Trump diz que 'Deus sempre tem um plano'

Valdemiro Santiago vende por até R$ 1.000 caroço de feijão para curar coronavírus

Pastor americano diz que Deus enviou o coronavírus para 'eliminar' pecadores

Comentários

  1. A relação recuperados/mortos que nos primeiros meses era menor que sete chegou agora a 15,77, ou seja, mais que dobrou. Ou seja, houve uma mudança significativa de resultados com a adoção de protocolos preventivos e de tratamento precoce. O percentual dos confirmados que se recuperam subiu muito! Somos o primeiro do mundo em recuperados! Só espero que lembrem quem orientava a forma de tratamento anterior que aguardava os casos se agravarem com foco em UTIs e respiradores como solução para o colapso do sistema de saúde.

    ResponderExcluir
  2. Para de falar merda, seu esquizofrênico!.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Posts mais acessados na semana

Igreja Católica da Alemanha admite que freiras forneciam crianças a padres pedófilos

Bolsonaro compra a novela 'Os dez mandamentos' da Record para a TV Brasil

Dona Religião é casada com sr. Atraso e têm vários filhos

Morre de Covid-19 apresentador bolsonarista de TV de Minas afiliada ao SBT

Transferência bilionária do Vaticano a pessoas físicas da Austrália intriga até bispos