Pular para o conteúdo principal

Por que Edir, Silas, Soares e Valdemiro não estão em hospitais curando doentes da Covid-19?

Paulo Lopes / Notas de um ateu   Na TV e em templos pastores pentecostais como Edir Macedo, Silas Malafaia, R.R. Soares e Valdemiro Santiago se mostram poderosos, tirando o Satanás de pessoas. 

Pela pregação das religiões monoteístas, Satanás é a incorporação do mal — não há ninguém mais terrível do que ele.

Por que então os pastores milagreiros não estão indo a hospitais para curar pessoas, exorcizando-as da Covid-19, causada por um bichinho bem menos poderoso que Satanás?


Essa é uma pergunta provocativa, mas os crentes deveriam fazê-la a sério, para, no mundo pós-Covid-19, não se deixem enganar tanto por esses charlatões.

Como esses pastores estão no grupo de maior risco de contrair o vírus, são idosos, é de se imaginar que estejam de quarenta, em suas mansões, embora sejam contra o isolamento social, pelo menos quanto à frequência de fiéis em suas igrejas.

Por telefone, esses pastores devem estar fazendo lobby para que as suas igrejas recebam ajuda do Governo Bolsonaro, com a concessão de empréstimos com baixa taxa de juros da Caixa Econômica Federal e o cancelamento de dívida junto à Receita Federal.

Caso algum deles fique contaminado, não há dúvida de que não lhe faltará leito em hospital, nem respirador.

Edir Macedo e sua família não só têm leitos garantidos, mas todo um hospital, o Moriah, construído onde ficava a antiga sede da Rede Record de TV, em São Paulo.
 
HOSPITAL DO GRUPO ASSOCIADO
A EDIR MACEDO CUSTOU MAIS
DE R$ 100 MILHÕES

Como o bispo da Universal não está evocando o poder de cura pela oração contra o coronavírus, seria interessante saber o que o Hospital Moriah, embora particular, tem feito para ajudar os pobres, muitos deles seguidores de Edir.

Quantos leitos o Moriah está oferecendo ao sistema público de saúde de São Paulo, que é onde mais morre gente contaminada pelo coronavírus?

Silas Malafaia chegou a oferecer templos para que neles fossem instalados hospitais de campanha.

Esse talvez tenha sido o “milagre” de Malafaia nesta pandemia, dar alguma coisa aos fiéis, e não tomar deles. Mas Malafaia não tocou mais no assunto, porque vai que alguma instituição resolve aceitar a oferta.

A bem da verdade é preciso registrar que, dos líderes das megaigrejas, R.R. Soares foi o único que fez na TV um exorcismo mandando o coronavírus para o inferno. Mas o pastor em nenhum momento tirou a máscara do rosto, para se proteger do vírus.

As imagens desse exorcismo são as mais representativas dos evangélicos milagreiros desta pandemia. Se não surgiram outras mais patéticas.

>


Preferir morrer a renegar Jesus Cristo é estupidez do fanatismo

Eu precisava de sangue, não de oração

Quem manda no Brasil são os crentes

Maçonaria não me quer por ser ateu, mas nem eu a aceitaria




Comentários

Octro disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Melky disse…
Porque a cura, a benção, a salvação é pra quem crê.
Quem zomba de Deus e do povo de Deus tem que gemer mesmo pra se aproximar de Deus.
Hipocrisia de vocês que zombam da nossa fé, mas agora quer que todos sejam curados pela fé daqueles que vocês negam ser de Cristo. Ninguem precisa provar a fé para vocês, a gente faz nossa parte, até porque mesmo que morramos pelo Coronavírus para nós é lucro!
Deixem de ser incrédulos.
Na hora de bater palma pra Carnaval zombando de Deus, vocês zombam.... APROXIMEM-SE ENQUANTO HÁ TEMPO
Anônimo disse…
Porque eles não tem autorização das autoridades para entrar lá. Ou acha que qualquer um entra no hospital? Se tivessem iriam. Pergunta boba.
Emerson Santos disse…
Favor pedir para seus parentes mandarem mensagem quando da sua passagem desse mundo para o seu mundo de faz de conta ... Todos ficaremos felizes e agradeceremos o bom serviço do coronavírus ...

Posts + acessados hoje

Igreja do 'santo' Maradona tem altar, cultos e mandamentos

Para não pagar imposto, TJs alegam que máquina de passar roupa é essencial à religião

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade