Pular para o conteúdo principal

Patinadora brasileira nos EUA diz que clima é 'assustador', com milhares de mortes

Isadora Williams vive em Montclair, no estado de Nova Jersey (Estados Unidos), a cerca de 20 km de Nova York, epicentro dos casos do novo coronavírus no país. Só lá foram registradas, até ontem (1º), mais de mil mortes, de acordo com estudo da Universidade Johns Hopkins.

O rápido avanço da pandemia na metrópole preocupou a patinadora.

Patinadora Isadora Williams
ISADORA WILLIAMS ESTAVA SE PREPARANDO PARA SUA QUINTA PARTICIPAÇÃO NO MUNDIAL DE PATINAÇÃO NO GELO

"É assustador, pois moro perto. Todas as pessoas estavam dentro de casa, em quarentena. Muitos mercados e lojas fechando, não tinha as coisas necessárias. Dirigi até a casa dos meus pais (em Washington, capital do país) porque está mais tranquilo que Nova York. É muito triste", relata à Agência Brasil

A disseminação da Covid-19 pelo mundo impactou a temporada de preparação de Isadora. No último dia 16, ela disputaria o Mundial de Patinação no Gelo, em Montreal (Canadá), mas o evento foi cancelado cinco dias antes da abertura por conta da pandemia. 

"Foi muito triste (o cancelamento) porque treinei muito forte, de maneira muito intensa. Mas, acho que foi saudável para todos e o mais importante para atletas e público, pois é um vírus muito sério", conta a patinadora de 24 anos.


Quando ela destaca a intensidade dos treinos, não é exagero. Antes do novo coronavírus, eram três horas diárias no rinque de patinação, além de atividades na academia duas vezes por semana. E nessa rotina de atleta profissional, inclua o expediente como professora da modalidade e dedicação à faculdade de Economia que cursa em Montclair.

 Agora, o jeito tem sido improvisar para manter a forma, pensando na próxima temporada de gelo.

"Por causa do coronavírus, a academia e a pista onde treino estão fechadas, então tenho feito tudo em casa, como ioga e pilates. No máximo, caminhar ou correr aqui perto."




Vídeo de Drauzio Varella aponta as fake news sobre a pandemia do coronavírus

Nos EUA, pastor diz que Covid-19 é vingança de Deus contra casamento gay

Vídeo: guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho diz que ninguém morreu de coronavírus

Cidade de Nova York improvisa necrotério fora de hospital

Psicóloga diz como é possível manter o equilíbrio emocional em tempo de pandemia

13 teorias da conspiração sobre o coronavírus. Ou: a bolsa ou a vida?

Paciente curada do coronavírus afirma ter aprendido a falta que faz um abraço




Comentários

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Romualdo Panceiro cria a Igreja das Nações para concorrer com a Universal

Maitê recupera pensão de solteira apesar de união com empresário

Pastor diz que máscara é ‘frescurite’; fiel idosa e marido morrem de Covid-19







EDITOR DESTE SITE
Paulo Lopes é jornalista.Trabalhou
no jornal abolicionista Diario Popular,
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e outras publicações.

Contato