Pular para o conteúdo principal

Coronavírus faz prefeito de São Paulo determinar o fechamento do comércio

O prefeito Bruno Covas (foto abaixo), de São Paulo, determinou o fechamento do comércio na cidade a partir desta sexta-feira (20) e até 5 de abril, por causa da rápida contaminação do coronavírus.

De acordo com decreto, as lojas poderão continuar vendendo produtos por telefone ou online.

BRUNO COVAS INFORMOU
QUE VAI INTENSIFICAR OS
PROCEDIMENTOS DE LIMPEZA
DA CIDADE

Padarias, farmácias, restaurantes e lanchonetes, supermercados, postos de gasolina e feiras livres vão continuar funcionando para garantir o abastecimento da cidade.

Restaurantes terão de manter a distância de um metro entre as mesas.

Até agora, três pessoas morreram em São Paulo por causa do Covid-19.

Com informação da Prefeitura de São Paulo.




Se Trump continuasse a ignorar o coronavírus, haveria nos EUA 2,2 milhões de mortos

Bilhões de pessoas não têm sabão para lavar as mãos e se livrarem do coronavírus

Número de mortos pelo coronavírus é muito maior que os dados oficiais, diz diretor de convênio

Morre de coronavírus o presidente do conselho do Santander em Portugal

Incentivador de manifestação pró-Bolsonaro, general Heleno está com coronavírus

Com a postura criminosa de Bolsonaro, Covid-19 pode virar a peste negra do Brasil




Comentários

Posts + acessados hoje

Vídeo mostra que filho de Testemunhas de Jeová já discrimina colega da escola

Antes de dizer em live 'aceitem a paz do Senhor', pastor xinga sua mulher

Justiça de Angola determina o fechamento de todos os templos da Igreja Universal