Pular para o conteúdo principal

Francisco manda abrir paróquias de Roma, mas ele só celebra missa pela internet

Contrariando as recomendações do governo italiano, que quer evitar aglomerações para combater o coronavírus, o papa Francisco (foto) determinou a abertura de algumas paróquias de Roma.

Ele criticou as “medidas draconianas” do governo e disse estar preocupado com os fiéis que possam sentir o peso da solidão.

PAPA TEM ESTADO INDISPOSTO,
MAS VATICANO AFIRMA QUE
ELE NÃO ESTÁ COM CORONAVÍRUS

A decisão de Francisco é discutível.

Primeiro porque a Itália é o país onde se registra no momento a mais rápida transmissão do Covid-19 e, segundo, o próprio papa tem se mantendo longe dos fiéis, celebrando missa só pela internet.

Com informações das agências.



Em tempo de coronavírus, a religião tem de se ajoelhar diante da ciência

Vacina contra o coronavírus deve sair em um ano e meio, diz professor da USP

Saiba como se proteger do coronavírus

Estudo confirma que coronavírus oferece maior risco de morte aos idosos

Coronavírus faz Centro Adventista cancelar palestra com criacionista

Trump declara emergência para poder desbloquear US$ 50 bi contra o coronavírus




Comentários

  1. Esse comunista sujo quer dizimar a população, essa seita pedófila está por trás da criação desse vírus.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

Cristianismo é a religião que mais perseguiu o conhecimento científico