Pular para o conteúdo principal

Contaminados pelo coronavírus na China ultrapassam os 80 mil

por NHK   O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus na China continental já excedeu a marca de 80 mil.

Autoridades sanitárias chinesas afirmam que mais 42 pessoas morreram devido ao coronavírus na província de Hubei.

TOTAL DE ÓBITOS NO
PAÍS ATÉ DOMINGO
ERA DE 2.912

Foram registradas 202 novas infecções pelo vírus, elevando o total de contágios para 80.026. Entre os novos casos, seis foram encontrados fora da província de Hubei. O número de novos pacientes registrados fora da província permaneceu em apenas um dígito, por 4 dias consecutivos.

O líder da equipe de especialistas das autoridades sanitárias chinesas, Zhong Nanshan, e outros pesquisadores, publicaram uma análise do coronavírus em um periódico médico dos Estados Unidos.


Os especialistas afirmam que mais da metade das 1.099 pessoas infectadas na China até 29 de janeiro não apresentaram febre quando foram hospitalizadas.

Os pesquisadores também informam que 17,9% de 877 pacientes sem sintomas graves não apresentaram nenhuma anormalidade em exames de raio-X e outros testes.

Eles insistem que as pessoas permaneçam alertas, já que esses fatores tornam difícil o diagnóstico nos estágios iniciais da infecção.

NHK é emissora pública de televisão do Japão.



Homem de 32 anos que esteve na Itália é o segundo caso de coronavírus no Brasil

Pastor americano diz que Deus enviou o coronavírus para 'eliminar' pecadores

Saiba como se proteger do coronavírus

Ministro diz que Indonésia não tem caso de coronavírus 'por causa do poder das orações'




Comentários

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato

POSTS MAIS LIDO EM 7 DIAS

Hospital de campanha de evangélicos em Nova York não aceita voluntários gays

Vídeo: R.R. Soares manda o Covid-19 para o inferno, mas não tira a máscara do rosto

Saiba por que a seita Testemunhas de Jeová é um paraíso para pedófilos