Pular para o conteúdo principal

Em pleno século 21, a humanidade continua acreditando em porcarias ritualísticas

'O judaísmo-cristão
 evoluiu para sacrifícios
 monetários'


[texto opinativo] Se abduzirmos todo o progresso, científico e tecnológico, a humanidade voltaria à Idade das Cavernas.

Se recuássemos um pouco mais no tempo, veríamos Abraão, o maior macumbeiro da História esquartejando animais e fazendo com suas partes joguinhos de Frankenstein, sob as especificações de Jeová.

Concomitantemente, nas selvas encontraríamos os religiosos se especializando em arrancar dos corpos sacrificados os corações ainda pulsantes, em sacrifícios aos seus amados deuses.


Atualmente, no Brasil, o judaísmo-cristão evoluiu para os sacrifícios monetários ao Deus da Prosperidade.

O pior de tudo é que em pleno século 21 a humanidade continua acreditando piamente nessas porcarias ritualísticas, desperdiçando tempo e fortunas que deveriam ir para a pesquisa e desenvolvimento, para solucionar problemas terríveis e tenebrosos.

A religião do Deus Sol, de Akenaton, com base na paz e na busca do conhecimento, faria mil vezes mais sentido.

Até mesmo os cientistas de hoje não se cansam de observar, admirar e estudar esse grandioso astro Deus da luz, da energia e da matéria.

Luís Carlos Balreira é escritor.



Dez imoralidades da Bíblia não questionadas por cristãos

Se Bíblia fosse lei, maioria estaria condenada à morte

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia



Comentários

  1. 10.02.2020
    TRANSMISSOR DO CORONAVIRUS DE WUHAN: SERPENTE, MORCEGO, PANGOLIM, OU NENHUM DELES? Se as vítimas do coronavirus não pararem de surgir na cidade de Wuhan é porque o vírus está incubado em um inocente cidadão da cidade que é o transmissor etiológico, mas que não apresenta nenhum sintoma da doença. Esse transmissor original da epidemia ignora totalmente ser possuidor do vírus e está se sentindo ótimo. Para encontrá-lo, o governo chinês terá de examinar o sangue de toda a população da cidade, torcendo que esse primeiro transmissor ainda esteja por lá. LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.

    ResponderExcluir
  2. 18.02.2020
    DA PESTE NEGRA AO CORONAVIRUS. JOÃO DE DEUS (OU DO DIABO?). “CURAS MILAGROSAS” DO CRISTIANISMO. PASTORES, BISPOS E APÓSTOLOS EVANGÉLICOS BRASILEIROS. ULTRAJES, AFRONTAS E HERESIAS CONTRA A CIÊNCIA. PRÓXIMO VÍRUS OU BACTÉRIA SUPER MUTANTE PODERÁ EXTERMINAR 1 BILHÃO DE INDIVÍDUOS PELA DOENÇA E 1 BILHÃO PELA FOME. (PARTE I). A grande pandemia da Peste Negra exterminou 200 milhões de seres humanos na Eurásia do século XIV (auge: 1343-1353), com surtos exterminadores da praga também nos séculos seguintes. Basta que haja alguma mutação de qualquer um dos vírus e bactérias mais conhecidos até hoje, incubados em seres humanos ou animais para que comece mais um apocalipse. Por isso mesmo, é muito perigoso que doenças como AIDs, tuberculose, hanseníase, Herpes, e milhares de outros, não sejam erradicadas de uma vez por todas, por incompetência e corrupção dos políticos. A peste negra, por exemplo, continua incubada em muitos ratos pelo mundo, inclusive em ratos que vivem nos Estados Unidos. O cristianismo considerava que a peste negra era um castigo de Deus. A Igreja Católica, senhora do mundo, sempre esteve mais preocupada com o poder político, o controle de corações e mentes mundo afora, conquista de territórios, escravização, busca e exploração de riquezas, juntamente com as teocracias, monarquias, impérios e república. Exorcismo, curas milagrosas; bênçãos, santos, mártires, venda de relíquias sagradas milagrosas, venda de indulgências ou tronos no paraíso, etc. Apesar de todos os milagres realizados pelos cientistas – estes verdadeiros mártires e santos um milhão de vezes mais importantes do que os mártires e santos do cristianismo – o mundo continua fanatizado pela religião, por falsos deuses, que jamais existiram, a não ser na mente insana e doentia dos fanáticos, dos ignorantes, dos analfabetos funcionais, bem como na mentalidade dos lobos espertalhões vigaristas, muitos deles ateus canalhas que traíram o ateísmo científico, por moedas de prata. A Ciência continua desprestigiada, caluniada, abandonada, desvalorizada, insultada pelos fanáticos evangélicos brasileiros, que faturam bilhões com seus cultos milagrentos de asquerosa e abominável feitiçaria cristã, por placebos e sugestões mentais teatralizadas em festas burlescas e ridículas. Coisas que os pajés e feiticeiros fazem com mais sucesso há milhares de anos. Porém, todos só respeitam a Ciência na hora em que as doenças que não respeitam os placebos chegam para matar ou exterminar. Aí, todos correm para os hospitais e prontos socorros. Todos batem nos portais da Internet. E não haverá SAMU OU SUS que dê conta do recado. Porque os políticos ladrões já roubaram todo o dinheiro da Ciência, dos cientistas dos centros e institutos de pesquisa. LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.

    ResponderExcluir
  3. 18.02.2020
    DA PESTE NEGRA AO CORONAVIRUS. JOÃO DE DEUS (OU DO DIABO?). “CURAS MILAGROSAS” DO CRISTIANISMO. PASTORES, BISPOS E APÓSTOLOS EVANGÉLICOS BRASILEIROS. ULTRAJES, AFRONTAS E HERESIAS CONTRA A CIÊNCIA. PRÓXIMO VÍRUS OU BACTÉRIA SUPER MUTANTE PODERÁ EXTERMINAR 1 BILHÃO DE INDIVÍDUOS PELA DOENÇA E 1 BILHÃO PELA FOME. (PARTE II-FINAL). Políticos, advogados, cantores, atores, animadores de TV, Formadores de opinião, diretores, produtores, empresários, jogadores de futebol, e milhares de outros tipos de profissionais, compram jatinhos, automóveis de luxo, mansões, casa na praia, iates, etc. Eles dão dízimos formidáveis para as igrejas, bispos, padres e pastores. E o dízimo da Ciência, para nos prepararmos e evitarmos apocalipses mundiais por micróbios? Nada, não é mesmo? Pois, então, se preparem, seus tolos. A qualquer momento pode surgir um super microrganismo que exterminará 1 bilhão de canalhas religiosos pela doença e mais 1 bilhão de energúmenos religiosos pela fome, já que a economia global entrará em modo de apocalipse. Colapso total. Muitos navios cargueiros carregados de alimentos e cadáveres ficarão à deriva nos mares e oceanos como navios fantasmas. E não adianta chorar e clamar a Jeová, Jesus Crista e o Espírito Santo. O judaísmo-cristão não tem poder de cura milagrosa também nessa área. Mesmo porque as curas milagrosas do cristianismo são muito seletivas. Lembrem-se que Nostradamus se salvou de um surto de peste negra, porque era médico. Seu avô, sua mulher e seus filhos ele não conseguiu salvar. O Bispo Macedo, o Apóstolo Valdemiro, Silas Malafaia, R.R. Soares, João de Deus (ou do Diabo?) e Cia. Ilimitada, vão todos fugir para suas fazendas e refúgios outros, de luxo. Não conte com eles. Se o grande Isaac Newton se refugiou da peste negra na fazenda da sua família (1665-1666), imaginem, então, os bilionários profetas cristão evangélicos proprietários de igrejas no Brasil, fugindo em seus jatinhos, helicópteros, iates de luxuosos e abastecido de alimentos e bebidas caras. Vão ser os primeiros a correr e esperar pelas vacinas da Ciência. LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Editor deste site
Paulo Lopes é jornalista
Trabalhou no jornal 
abolicionista Diario Popular, 
Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras 
 publicações. 
Contato