Pular para o conteúdo principal

Morte de médico que alertou sobre coronavírus causa revolta na China

Li Wenliang foi repreendido pela
 polícia de Wuhan após alertar sobre
 nova doença em dezembro 

por Deutsche Welle

A morte, pelo novo coronavírus, de um médico chinês que havia sido punido por emitir um alerta sobre a doença desencadeou uma onda de luto no país nesta sexta-feira (7 de fevereiro de 2020), além de expressões online de raiva e repúdio contra o governo chinês, algo raro no país.

Oftalmologista num hospital em Wuhan, epicentro do surto doença respiratória, Li Wenliang se tornou uma das figuras mais conhecidas da atual crise após revelar publicamente que foi um dos oito médicos repreendidos pela polícia da cidade chinesa no mês passado, após "espalhar boatos" sobre o coronavírus.

"Wuhan, realmente, deve desculpas a Li Wenliang. E as autoridades de Wuhan e de Hubei [província central chinesa cuja capital é Wuhan] também devem desculpas solenes à população de Hubei e deste país", postou na plataforma chinesa Weibo (similar ao Twitter) Hu Xijn, o editor do Global Times, tabloide apoiado pelo regime.

A notícia da morte de Li, aos 34 anos, se tornou o assunto mais lido no Weibo nesta sexta, com mais de 1,5 bilhão de visualizações, e também estava sendo amplamente discutida em grupos privados de mensagens da plataforma WeChat, nos quais usuários expressaram indignação e tristeza.

Também há indícios de que discussões sobre a morte do oftalmologista estavam sendo censuradas, especialmente as mensagens críticas ao governo.

Assuntos marcados com "a prefeitura de Wuhan deve desculpas ao médico Li Wenliang" e "queremos liberdade de expressão" chegaram aos trending topics (assuntos mais comentados) no Weibo na noite de quinta, mas não davam resultados em buscas efetuadas nesta sexta.

Uma selfie de Li deitado num leito de hospital no início da semana, com uma máscara de oxigênio e mostrando sua carteira de identidade chinesa, está sendo amplamente compartilhada.

O caso do médico é controverso para a liderança chinesa após Pequim ser acusada de encobrir informações sobre o real alcance da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) em 2003. 

Autoridades pediram transparência

As autoridades locais de Hubei e Wuhan já haviam sofrido críticas inéditas e sem censura nas últimas semanas por, aparentemente, terem minimizado o tamanho do surto. 

Enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) e especialistas elogiaram a China por suas medidas decisivas para conter o vírus, críticos dizem que o governo local perdeu muito tempo com falta de ação.

A revolta contra a morte de Li parece ter pego o aparato de propaganda do governo central chinês rigorosamente controlado de surpresa. Nas últimas semanas, instâncias de censura haviam liberado os usuários para criticarem autoridades de Hubei livremente — uma decisão que, segundo analistas, focou a atenção da população nos políticos locais em vez do governo central.

Porém, após a morte do médico, as críticas ultrapassaram a raiva direcionada aos representantes locais, e usuários criticam passaram a criticar a natureza do próprio regime comunista.

Relatos sobre a morte de Li apareceram em veículos estatais antes da meia-noite de quinta-feira (horário chinês), foram removidos, e voltaram a ser publicados na manhã de sexta.

O hospital de Wuhan onde o oftalmologista trabalhava divulgou em sua conta no Weibo que ele morreu às 02h58 da manhã desta sexta.

A Comissão Central da China para Inspeção de Disciplina, que pune casos de corrupção de autoridades, afirmou que enviaria investigadores a Wuhan para apurar "temas levantados pela população em conexão com o Dr. Li Wenliang", sem dar maiores detalhes.

A Organização Mundial da Saúde afirmou via Twitter estar "profundamente triste" com a notícia da morte do médico. A Comissão Nacional de Saúde da China e o governo regional de Wuhan também emitiram declarações de condolências.

Em dezembro de 2019, Li disse a um grupo de médicos pelo aplicativo de mensagens WeChat que sete casos de uma doença semelhante à Sars havia sido ligada a um mercado de frutos do mar em Wuhan.

Acredita-se que o mercado seja a fonte da transmissão do vírus para seres humanos. Segundo a agência Reuters, Li postou uma foto do resultado de testes confirmando um coronavírus "semelhante ao da Sars" numa amostra de um paciente.

Uma carta da polícia com data do dia 3 de janeiro endereçada a Li dizia que ele havia "perturbado seriamente a ordem social" com suas mensagens. As autoridades pediram que ele prometesse parar com o comportamento ilegal imediatamente. Caso contrário, seria indiciado.

Num post no Weibo, Li divulgou que foi obrigado a assinar a carta. No dia 1º de fevereiro, ele disse ter sido infectado com o coronavírus.

Desde 11 de janeiro, data do anúncio da primeira morte, até o momento, a China registrou mais de 630 mortes e mais de 30 mil pessoas infectadas.

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.


Sintomas do coronavírus são semelhantes aos da gripe, informa Drauzio Varella

Pastor americano diz que Deus enviou o coronavírus para 'eliminar' pecadores

Laboratório americano promete vacina contra coronavírus para junho

Corpo humano abriga trilhões de vírus, muito mais do que células



Comentários

13.02.2020
O FANTÁSTICO DOUTOR LI WENLIANG CONTRA A ESTUPIDEZ E A IMBECILIDADE DOS POLÍTICOS QUE GOVERNAM O MUNDO. O transmissor do coronavirus de Wuhan (COVID-19) poderá ser serpente, morcego, pangolim, ou nenhum deles! Se as vítimas do coronavirus não pararem de surgir na cidade de Wuhan é porque o vírus está incubado em um inocente cidadão, transmissor etiológico, super transmissor humano número 1. Ele não apresenta nenhum sintoma da doença, febre normal. Esse hipotético, mas possível, transmissor original da epidemia ignora totalmente ser possuidor do vírus e está se sentindo ótimo, bem disposto. Para encontrá-lo, o governo chinês terá de examinar o sangue de toda a população da cidade, torcendo para que esse primeiro transmissor ainda esteja por lá. O termômetro digital infravermelho não terá validade alguma nesse caso. Até mesmo o exame de saliva não seja eficaz para detectar o vírus. Espero que este não seja o caso. Se os comunistas autoritários, sensores, inimigos da liberdade de expressão, tivessem ouvido os avisos prévios do médico chinês Li Wenliang, sobre o coronavírus não teria morrido tantas pessoas. Li Wenliang foi um médico inteligente e competente com mentalidade de cientista. Por isso eu vou morrer dizendo que somente os cientistas têm inteligência e competência de governar/administrar as nações e os povos. Acredite se quiser! Observação, daqui em diante, a utilização do termômetro digital infravermelho em todos os rincões do planeta será uma questão de vida ou morte para evitar epidemias e pandemias, até mesmo aquelas que poderão exterminar centenas de milhões de seres humanos. Mas somente o termômetro não bastará, medidas com transatlânticos hospitais com milhares de leitos devem ficar de prontidão eterna. Vacinação em massa para atenuar vírus modificados semelhantes que possam surgir, e assim por diante. LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.

Assistente Religioso disse…
Falta os cientistas criarem um corpo superpoderoso, pois não basta ser mais inteligente, tem que ter também mais força.
27.02.2020
CRISTÃOS, IMBECIS NA PESTE NEGRA, IMBECIS NO CORONAVIRUS! A PESTE CHEGOU NA EUROPA JUNTAMENTE COM O CRISTIANISMO, DA MESMA FORMA QUE A IGREJA UNIVERSAL BROTOU DOS INFERNOS JUNTAMENTE COM AS DIRETAS-JÁ QUE ESTÁ, HÁ 40 ANOS, DIZIMANDO O PAÍS! (PARTE I). A peste bubônica procedente da Ásia encontrou um terreno fértil na Europa cristã suja, analfabeta, anti-higiênica, onde os cristãos não tomavam banho e jogavam fezes e urina de seus penicos pela janela. O coronavirus, também vindo da Ásia, encontra os cristãos igualmente imbecis, mergulhados no fanatismo evangélico, no analfabetismo funcional, acreditando que a Terra é plana e que as vacinas são coisas do diabo. Os cristãos do século XXI adoram circos, iguaizinhos aos romanos. Eles gastam trilhões, trilhões e mais trilhões com circo. Jogadores de futebol analfabetos ganham trilhões de dólares; artistas, produtores de videogames idem. Homens e mulheres adultos em reality shows ganham milhões para ficarem presos numa estrebaria de luxo, copulando, falando besteiras, brincando e brigando o dia todo, como crianças rebeldes. Trilhões de dólares são gastos no mundo todo com esses reality shows. Carnavais, drogas e igrejas consomem trilhões e trilhões de dólares em todo o mundo. Trilhões e mais trilhões são gastos com criminosos monstruosos e vagabundos dentro de penitenciárias. Idem com menores facínoras irrecuperáveis. Tudo isso alimenta cada vez mais a necessidade de advogados do diabo e sistemas judiciais corruptos, inúteis, imprestáveis, e caríssimos, que corroem o orçamento das nações, em sistemas políticos que nem de longe pensam em erradicar, eliminar os monstros assassinos e serial killer da face da Terra. Todo o mal e toda a maldade tornaram-se lucrativas a mais não poder para os governantes cristãos do mundo, assim como para advogados do diabo, padres e pastores, que promovem suas igrejas distribuindo “piedade’, apoio psicológico, cobertores, e alimentos de sobrevivência, dentre outros. Os governos enchem os bolsos dessas organizações criminosas farsantes e perpetuadoras do caos social, da criminalidade e da impunidade. Favelas, cortiços e lixões a céu aberto, dentre outros, continuam a mesma coisa que na Idade das Trevas e na Idade Média. Pelo amor da Ciência, e o dinheiro para os cientistas trabalharem? Para consertarem esse mundo podre, pervertido, caótico, criado por Jeová e seu sócio Satanás? Cientistas não roubam verbas dos cofres públicos, não gostam de luxo, luxúria e mordomias. A índole do cientista é consertar as coisas erradas. LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.
10.03.2020
DRAUZIO VARELA VERSUS SIKERA JÚNIOR E AUGUSTO NUNES, DOIS CRISTÃOS BOLSONARISTAS COVARDES, HIPÓCRITAS E BAJULADORES. Eu meto o pau na Rede Globo desde o começo da década de 1990, quando tinha uma página dominical inteira no Diário do Amazonas, em Manaus/AM. Sempre me declarei radicalmente a favor da pena de morte para estupradores, assassinos, pedófilos, etc. A maioria dos formadores de opinião covardes da grande mídia não tocam na pena de morte, não discutem, nada. Bolsonaro é um cristão paradoxal, haja vista que fala em Deus a toda hora sabendo que o Jesus Cristo dele declarou que basta arrependimento para que todo e qualquer tipo de crime seja perdoado. Os entrevistados de Sikera Júnior e Augusto Nunes, o povo cristão da rua, também não perdoam o transexual que Drauzio, um ateu, abraçou. Então que tipo de país de maioria cristã, tão propalada por Bolsonaro, é este. Drauzio Varella é um médico e é ateu e parece ser muito mais cristão do que aqueles dois hipócritas. Drauzio passou a vida toda cuidando de monstros. Eu jamais faria isso, porque sou ateu e a favor da pena de morte para monstros. Acontece que o transexual Suzi/Rafael que deveria ser perdoado por todos os cristãos está na penitenciária onde passou os 4 primeiros anos sendo estuprado pelos outros monstros a cada objeto que necessitava, tais como pasta de dente e sabonete, por exemplo. Então os cristãos que proíbem a pena de morte na Constituição, inspirados no humanismo cristão, no exemplo de amor ao próximo de Jesus Cristo, permitem que monstros estuprem monstros nas penitenciárias? Dessa forma, os cristãos brasileiros, povo e seus representantes cristãos, são a favor da tortura e do estupro. Ou seja, são a favor do mesmo crime que Rafael/Suzi cometeu. Eu sou a favor da pena de morte. Todavia, penso que Drauzio Varella fez um grande favor para os brasileiros, não pela entrevista em si, mas para mostrar o quanto o cristianismo brasileiro é hipócrita e falso. Drauzio Varella passou a vida toda fazendo um serviço que nenhum outro médico cristão quer fazer. Os médicos brasileiros em boa parcela se formam com o dinheiro do contribuinte e com a ajuda de verba de gabinete de políticos, mas logo após a formatura se especializam e vão cuidar de quem tem dinheiro, muito dinheiro para pagar. Então limpem a boca quanto forem falar de Drauzio Varella, seus cristãos hipócritas, porque se Cristo existisse de fato e viesse cumprir sua promessa de arrebatamento os hipócritas seriam condenados, e ateus com Drauzio seriam salvos e respeitados. Eu, ateu, na certa seria condenado ao inferno por não seguir a doutrina do perdão e do amor ao próximo, já que jamais abraçaria um monstro, nem mesmo em mil anos após o crime. Como o médico Drauzio Varella poderia cuidar dos monstros dando bofetadas, mandando os outros monstros torturar e estuprar travestis? Vocês não falam tão mal do médico nazista Mengele? O que vocês querem então cristãos de meia-pataca? Quem cuidaria dos monstros? Se um monstro morresse quem pegaria seu cadáver para jogar numa sepultura? E se o ambiente dos monstros ficasse tão anti-higiênico e insalubre a ponto de criar-se uma pandemia? Drauzio Varella não estava lá na reportagem da Globo, como repórter, ele estava lá como médico e como ateu que é mais cristão que os cristãos que estão caindo de pau em cima dele. Sikera Júnior e Augusto Nunes são dois baba-ovos de Bolsonaro. Todo o homem de tem vergonha na cara no Brasil não pode aceitar político algum, todos eles são sujos, destruíram o Brasil. Bolsonaro passou 40 anos mamando nas tetas da República, era fã de carteirinha de um dos maiores corruptos do país, Eduardo Cunha, outro cristão hipócrita, ladrão e corrupto que jogava dinheiro público roubado para dentro das religiões cristãs. Por que colocaram uma mordaça no canalha? Sikera Júnior e Augusto Nunes são dois canalhas sem-vergonhas, hipócritas. Bolsonaro é cristão e se elegeu também pela bajulação que fez nos ovos de Cristo. Tomem vergonha na cara hipócritas! LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.
05.04.2020
DAS MÁSCARAS E RESPIRADORES: COMO SÃO CRETINOS E ESTÚPIDOS ESSES GOVERNANTES E ADMINISTRADORES CRISTÃOS, DE “ESTADOS NÃO LAICOS DE MAIORIA CRISTÔ! A imbecilidade dos governantes e administradores cristãos é algo estarrecedor, sinistro, terrificante, apavorante. Os cretinos se sentem orgulhosos da produção de carros de milhões de reais, jatinhos de luxo, iates, etc., muitos deles de propriedade de analfabetos funcionais. Agora, esses governantes cristãos cretinos estão se digladiando como ladrões baratos, pés-de-chinelo, que ficam a roubar uns dos outros respiradores, de alguns punhados de dólares, e de máscaras vagabundas! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! KKKKKKKKKKKK! LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.
10.10.2020
COVID-19. HIDROXICLOROQUINA, SE...ENTÃO. Se o medicamento hidroxicloroquina é usado por pacientes com lúpus, malária e artrite, então essas pessoas, enquanto em tratamento, estão imunes ao covid-19? (L. C. BALREIRA).

29.04.2020
COVID-19 URGENTE. URGENTÍSSIMO. CORTICOIDE. BETAMETASONA. No dia 08.04.2020, publiquei na Net o seguinte texto: “Solicito aos cientistas e médicos que estão trabalhando na pandemia do covid-19 que façam testes em pacientes com os primeiros sintomas com a fórmula original do celestamine conjugado com o aciclovir. (L.C. BALREIRA)”. Os cientistas estão comprovando a eficiência e a eficácia do corticoide ou betametasona contra o covid-19. O Celestamine me parece que não está mais sendo fabricado, todavia há outros similares, como o celestone injetável e outros que podem ser colocados no soro do paciente com a corona. Agora está faltando os cientistas testarem conjuntamente com o corticoide mencionado o Aciclovir injetável, igualmente medicamento de muito tolerável, de pouquíssimos efeitos colaterais a curto e médio prazos de uso. Se comprovada a eficácia esses dois medicamentos podem salvar centenas de milhares de vidas. Esta é a última vez que publico tal sugestão de pesquisa. LUÍS CARLOS BALREIRA. PRESIDENTE MUNDIAL DA LEGIÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA.

Posts + acessados hoje

Pastor de Manaus é acusado de ejacular ‘esperma de Deus’ em obreiras

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Líder religiosa pagava quem trabalhava em sua empresa com promessas de salvação divina