Pular para o conteúdo principal

China finge que não recebeu oferta de ajuda dos EUA para deter o coronavírus

[texto opinativo] Até hoje, 2 de janeiro de 2020, o governo da China não tinha respondido à oferta de ajuda dos Estados Unidos para combater o surto de coronavírus.

O vírus começou a se propagar na China e, até agora, a maioria das vítimas é daquele país, com mais de 11 mil mortos.

Há uma semana, Larry Kudlow, assessor da Casa Branca, ofereceu à China o envio dos “melhores especialistas” americanos em controle e prevenção de doenças.


O que pode estar acontecendo é isto: os governo dos Estados Unidos, mesmo agindo de boa-fé, aproveitou a oportunidade para demonstrar ao mundo que tecnologicamente está mais avançado do que a China, sua concorrente no comércio internacional.

E a China não aceitou a oferta para não reconhecer que não consegue controlar a doença, embora tenha se tornado uma potência econômica.

Enquanto isso, o coronavírus continua se expandindo, matando pessoas, principalmente idosos.

Em português grosseiro, que o leitor me desculpe, a política tem a sua própria lógica, e as pessoas que se fodam.



Com informação das agências.



Sintomas do coronavírus são semelhantes aos da gripe, informa Drauzio Varella

Pastor americano diz que Deus enviou o coronavírus para 'eliminar' pecadores

Laboratório americano promete vacina contra coronavírus para junho

Corpo humano abriga trilhões de vírus, muito mais do que células




Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos