Pular para o conteúdo principal

Estado de São Paulo cria plano de contingência de prevenção ao coronavírus

Estado e prefeitura de
 São Paulo fazem convênio para
 enfrentar disseminação do vírus

por Agência Brasil

O governo do Estado de São Paulo, em parceria com a prefeitura da cidade, anunciou, hoje (31 de janeiro de 2020), um plano de contingência e a formação de um grupo para criar estratégias e ações de prevenção relacionadas ao coronavírus.

Serão destinação R$ 200 mil para a compra de kits diagnósticos para o Instituto Adolfo Lutz e de insumos e equipamentos de proteção individual, como máscaras, luvas, óculos e aventais para profissionais de saúde dos hospitais e laboratórios estaduais.

O plano de contingência será aplicado em todos os municípios do estado e será focado em três eixos: a vigilância em saúde (vigilância epidemiológica, formas de transmissão, definição de casos suspeitos, fluxos da doença, aeroportos e portos, confirmação laboratorial e prevenção), assistência (disponibilização de leitos e capacidade de atendimento para casos mais graves) e a comunicação para a sociedade (informações em site, redes sociais, mídia e boletins diários).


O grupo vai colaborar na análise de dados e de informações para subsidiar tomadas de decisões e definição de estratégias, preparação da rede e de ações de enfrentamento de emergências em saúde pública.
A capacitação dos profissionais do SUS tem apoio dos Grupos de Vigilância Epidemiológica (GVEs), da Coordenadoria de Serviços de Saúde (CSS) e da Coordenadoria de Gestão de Contratos de Serviços de Saúde (CGCSS).

A prefeitura de São Paulo capacitará 1.000 profissionais da rede hospitalar e da atenção básica, que devem multiplicar essas informações para os 84 mil funcionários da Secretaria Municipal da Saúde.

A orientação é a de que assim que os primeiros sintomas do coronavírus surgirem — febre, tosse, coriza e dificuldade para respirar —, o paciente procure o serviço de saúde mais próximo. Para ser considerada suspeita, a pessoa deve ter histórico de viagem para locais com transmissão local, como a China, ou ter tido contato próximo com pessoa com caso suspeito.



Sintomas do coronavírus são semelhantes aos da gripe, informa Drauzio Varella

Pastor americano diz que Deus enviou o coronavírus para 'eliminar' pecadores

Laboratório americano promete vacina contra coronavírus para junho

Corpo humano abriga trilhões de vírus, muito mais do que células




Comentários

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos