Pular para o conteúdo principal

Ex-secretário Alvim suspeita que quem o influenciou a plagiar Goebbels foi Satanás

Ex-ministro bolsonarista
 acredita que quem redigiu
 seu discurso foi o chifrudo 

O cineasta Roberto Alvim (foto) mandou uma mensagem em áudio para seus contatos no WhatsApp dizendo suspeitar que foi Satanás que o fez plagiar Joseph Goebbels, ministro da Propaganda de Hitler, e perder o cargo de secretário da Cultura. 

Ao inocentar seus assessores Denia Magalhães, Alessandro Loiola e Alexandre Leuzinger, Alvim disse começa a “desconfiar não de uma ação humana, mas de uma ação satânica em toda essa horrível história”. 

Roberto Alvim é um católico fanático. Converteu-se com fervor após receber um milagre, segundo ele, que fez sumir um tumor cancerígeno.

Durante um período, frequentava a missa até duas vezes por dia.

Em novembro de 2019, em um culto, um pastor da Igreja Bola de Neves o abençoou.

Agora, no WhatsApp, ele pediu desculpas aos judeus e disse ter repúdio aos regimes genocidas, o que inclui o nazismo.

O ex-secretário disse ter feito uma pesquisa para fazer seu anúncio do Prêmio Nacional das Artes, desconhecendo a origem nazista do trecho que tinha reproduzido.

“Não percebi nada errado ali… mas errei terrivelmente ao não pesquisar com cuidado a origem e as associações de algumas frases e ideias e assumo a responsabilidade por meu erro.”



A primeira reação de Olavo de Carvalho, guru de Alvim, diante do episódio foi dizer que o seu pupilo não estava bem da cabeça.

Depois, Carvalho inventou uma teoria da conspiração: alegou a possibilidade de um inimigo ter plantado as frases nazistas no discurso de Alvim e depois avisou a imprensa.

Alvim deve ter mencionado seus assessores no áudio no WhatsApp para isentá-los de qualquer responsabilidade.

É comum religiosos fundamentalistas atribuir seus erros à influência de Satanás. É um jeito vergonhoso e covarde de dizer que “não fui eu quem fiz”.

Em uma antiga entrevista Alvim disse que por um período foi ateu.

Talvez ele devesse ter procurado uma razão racional para o sumiço do seu tumor, continuando, assim, ateu.

Satanás só influencia religiosos, nunca ateus.

Com informação de Veja e de outras fontes.





Professor diz a menino canhoto que ele usa a mão de Satanás

Damares diz que aborto é plano de Satanás para impedir nascimento de missionários

Líder saudita proíbe xadrez por ser ‘jogo de Satanás’

Cristianismo começou a construir a figura icônica de Satanás no século 11




Comentários

Adriano Adiala disse…
Desculpe jornalista... kkk... não me contive e tive que ligar para confirmar... kkkk... agora o diabo é a desculpa, como sempre fizeram estes fanáticos das desgraças ... infelizmente ... usam a religiosidade, dogma, crença... como queiram .. para absolver seus erros.. ou seja, se colar .. colou ... se não colar .. a gente diz que foi o demônio...kkkkkkk
FANÁTICOS .
Anônimo disse…
Só pela cara desse Alvim dá para ver como ele é perturbado. Parece até vilão de filme de terror.
Emerson Santos disse…
Frase que fez meu dia: "Satanás só influencia religiosos, nunca ateus."
deuses Existem? disse…
Joseph GOEBBELS, Ministro da Propaganda do nazismo, controlava as informações que chegavam à população em reuniões matinais com jornalistas de Berlim, determinava quais notícias deveriam ser publicadas ou ignoradas. Também supervisionava artes, música, teatro, literatura, rádio e cinema.
Frases atribuídas a Joseph Goebbels o maestro da propaganda nazista:

Frase 1: “Uma mentira contada uma vez continua uma mentira, e repetida mil vezes, torna-se verdade”.
Frase 2: “Nós não falamos para dizer alguma coisa, mas para obter um certo efeito”.
Frase 3: “A essência da propaganda é ganhar as pessoas para uma ideia de forma tão sincera, com tal vitalidade, que, no final, elas sucumbam a essa ideia completamente, de modo a nunca mais escaparem dela. A propaganda quer impregnar as pessoas com suas ideias. É claro que a propaganda tem um propósito. Contudo, este deve ser tão inteligente e virtuosamente escondido que aqueles que venham a ser influenciados por tal propósito NEM O PERCEBAM.”
Frase 04: “A propaganda jamais apela à razão, mas sempre à emoção e ao instinto”.
Frase 05: “Para convencer o povo a entrar na guerra, basta fazê-lo acreditar que está sendo atacado”.
(Fonte: Hilmar Hoffman, The Triumph of Propaganda: Film and National Socialism. 1933-1945; Providence: Berghan Books, 1997).

Muito atual hoje!. Goebbels era “fantástico”!. Qual a segunda formação acadêmica dele?. Linguística! Uma mentira repetidas mil vezes para os outros vira verdade e, para si mesmo, torna-se religião. Se a mensagem é bem amarrada, usando elementos simbólicos comuns ao universo do destinatário, ele conseguirá também consumir facilmente o sobrenatural.

Posts + acessados nos 30 dias mais recentes

Morre de Covid-19 pastor bolsonarista que defendia uso da cloroquina

Angolanos expulsam os pastores brasileiros de 30 templos da Universal

Edir Macedo amaldiçoa angolanos que expulsaram pastores brasileiros de templos

Hackers invadem conta de Malafaia e doam R$ 10 mil à Cruz Vermelha

Bispo Edir Macedo é internado com suspeita de estar com Covid-19