Até evangélicos reprovam gestão do bispo Marcelo Crivella no Rio

Eleito com a promessa de que
 ia 'cuidar das pessoas', Crivella
 obteve apenas 8% de ótimo/bom

Péssima notícia para o prefeito do Rio, o bispo Marcelo Crivella (Republicanos), da Universal, que pretende concorrer à reeleição em 2020: a sua gestão é reprovada até pelos evangélicos.

Do total desse grupo, a maioria (56%) consideram o governo de Crivella ruim/péssimo.

No subgrupo dos neopentecostais, onde se incluiu os seguidores da Igreja Universal, a rejeição também é alta, 49%.

Em relação ao total dos cariocas, a rejeição a Crivella, de 72%, bate record na comparação com ex-prefeitos do Rio.

Eleito com a promessa de que ia "cuidar das pessoas", Crivella viu sua popularidade cair logo no primeiro ano de seu mandato, ao se negar participar da abertura do Carnaval, que é o principal evento da indústria turística do Rio.

É que, pela crença de Crivella, o Carnaval é uma festa de Satanás.




A popularidade do bispo despencou nos últimos meses, principalmente por causa da piora no serviço público de saúde.

Se a eleição para prefeito fosse hoje, Crivella ficaria em terceiro lugar, abaixo do ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) e do deputado federal Marcelo Freixo (PSOL).

Na campanha eleitoral, Crivella disse que nunca misturaria a administração municipal com os interesses de sua igreja e os dos evangélicos em geral.

Mas o que tem acontecido é exatamente o oposto. Crivella tem favorecido lideranças evangélicas e seus amigos, apesar da vigilância do jornal "O Globo".

Como não dá para dissociar o político Crivella da Universal — principalmente por culpa dele, que não respeitou a separação entre Estado e Igreja —, a rejeição se estende para os domínios do bispo Edir Macedo.

Do total dos consultados, 82% são contra o apoio de Macedo a algum candidato nas eleições, como foi a do seu sobrinho Crivella.

Com informação do Datafolha.



Crivella não revela nome das 426 igrejas que obtiveram isenção de IPTU

Delator diz ter pago propina de R$ 450 mil a Marcelo Crivella

Crivella assina contrato com banco de Edir Macedo

Crivella afirma que só o ‘Brasil evangélico é que vai dar jeito nessa pátria’



Comentários

  1. Que candidatos !!!! Eduardo Paes .. Marcelo Freixo ... Meu Zeus ... O Brasil acabou .. o ultimo a sair que de a descarga.

    ResponderExcluir

Postar um comentário


EDITOR DESTE SITE

Paulo Roberto Lopes é jornalista

profissional diplomado. Trabalhou

no jornal centenário abolicionista

Diario Popular, Folha de S.Paulo,

revistas da Editora Abril e

em outras publicações.

Contato