Pastarian recorre ao Tribunal Europeu para ter foto com coador de macarrão na cabeça

Wilde quer que a sua
 religião tenha a mesma
 consideração das demais

Impedida pela Justiça de seu país, a holandesa Meinke de Wilde (foto) recorreu ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos reivindicando o direito de usar em sua documentação oficial foto na qual esteja com um coador de macarrão na cabeça.

Wilde é seguidora da "religião" pastafarianismo, cujo deus é o Monstro do Espaguete Voador.

O coador é o "chapéu" dos pastarians, assim como o quipá é o dos judeus, por exemplo.

O pastafarianismo é uma sátira às religiões e, com tal, é levada a sério por seus seguidores, geralmente ateus.

Ao final das "orações", os pastarians (ou pastarianos) dizem "r'amen" (um tipo de macarrão) em vez de "amém".

A "religião" foi criada nos Estados Unidos em 2005 pelo então estudante de física Bobby Henderson, em reação a um movimento favorável ao ensino do criacionismo nas escolas.

Henderson escreveu ao Conselho de Educação do Kansas uma carta defendendo o deus de sua religião, o qual, segundo ele, "ferveu" em uma panela em remissão dos nossos pecados.

Bobby argumentou que, se fosse implementado a teoria do design inteligente, as escolas teriam também de ensinar a concepção do mundo de acordo com uma  doutrina de criacionismo, a do Monstro do Espaguete Voador.

O cineasta americano independente Mike Arthur produziu um documentário [trailer abaixo] sobre pastafarianismo, apresentando entrevistas com Wilde e Niko Alm, ex-parlamentar austríaco que defende o reconhecimento da religião em seu país.

Alm usa o coador da cabeça todos os dias e conseguiu colocar em documentos sua foto com o "chapéu religioso".

Tribunal Europeu deverá analisar o pedido de Wilde até o final de 2020 e, para reconhecer o pastafarianismo, considerará se a religião é convincente, coerente, importante para seus seguidores e séria.

Pode-se argumentar que a religião do Monstro do Espaquete Voador não é séria, mas muitas pessoas acham que esse também é o caso do Deus que anda sobre as águas e transforma água em vinho.



Com informação do The Guardian e de outras fontes.



Polônia oficializa a religião do Monstro de Espaguete Voador

Igreja do Monstro Espaguete Voador alemã quer legalização

Colégio de Nova Zelândia veta chapéu do Monstro do Espaguete Voador

Ateu checo obtém direito de usar 'chapéu' religioso em identidade



Comentários


EDITOR DESTE SITE

Paulo Lopes é jornalista profissional
diplomado. Trabalhou no jornal centenário
Diario Popular, Folha de S.Paulo,
revistas da Editora Abril e em
outras publicações.