OAB-SP vai acompanhar denúncias contra os Arautos do Evangelho

Denuncias contra a seita
 católica envolvem danos
 físicos, morais e psicológicos

A OAB (Ordem dos Advogados), seção de São Paulo, criou um grupo de trabalho para acompanhar as denúncias contra os Arautos do Evangelho.

Pais de estudantes e ex-integrantes acusam a seita católica ultraconservadora de assédio sexual, estupro, lavagem cerebral, alienação parental, violência física e psicológica, bullying, violação e controle de correspondência.

Dirigentes da seita negam as acusações.

Francisco interveio nos Arautos, que não acataram o papa, o que é uma atitude gravíssima tendo em vista que a organização se diz católica. Pelo tradição e direito canônico, a autoridade do papa é inquestionável.

A OAB vai ter acesso ao dossiê da Defensoria Pública contendo as acusações.

Caio Augusto Santos, presidente da OAB-SP, disse que a associação fará o acompanhamento do caso "com fôlego e firmeza, garantindo o direito de defesa e do contraditório".

A advogado Rosiley Piva representa famílias de ex-Arautos.

“Esperamos que haja celeridade na apuração dos abusos. E, o mais importante, que as crianças não sofram depois”, disse ela.

Alex Ribeiro, 39, que foi Arauto por 18 anos, afirmou ser difícil manter a sanidade mental dentro da organização.

“Eles queriam impor muitas regras, uma lavagem cerebral para a pessoa poder entrar. Fiquei muito doente, tive depressão e me jogaram numa clínica em São Paulo, num lugar que não desejo nem para um cachorro. Eu trabalhava de domingo a domingo e tinha sempre um coordenador que ajudava a gente a trabalhar", disse.

"Conheço vários lá dentro que ficaram loucos.”

Com informação do site Metrópoles e de outras fontes.



Em cerimônia de crisma, Arautos do Evangelho dão tapa no rosto de jovens

Arautos pedem remoção do vídeo 'Conversa com Satã'

'Castelo' de grupo católico avança em área de preservação

Católicos chamam castelo de igreja para burlar lei ambiental




Comentários

Anônimo disse…
Ainda não acabaram com essa seita imunda? era pra esses amaldiçoados estarem presos, queria ver se fizessem esses abusos na Rússia ou em qualquer outro país da Europa, já estariam na cadeia.
Anônimo disse…
Por que, você primeiro não procura saber? Esta instituição pertence a Santa Igreja, e está presente em 78 países dos quais vários deles são da Europa. Vá estudar!

Rafael disse…
Nunca vi tanta mentira e patifaria em uma só matéria. Mais um jornaleco de esquerda porco, de um "jornalista" Ctrl+c Ctrl+v
Anônimo disse…
Cavaleiros templários do século 21 kkkkkkkkkkkkkkkkkkk. ridículos!.
Douglas disse…
Viva os Arautos! até esse bloguesinho de meia tigela se uniu a #globolixo!
Me sentiria honrado que me chamassem de cavaleiro templário, pois são disciplinados, praticam os votos e defendem a fé católica. Ridículo é quem acha isso ridículo, pois certamente quem diz isso vive numa imundície imoral, quem nem coragem tem de pôr o seu nome!!!
Pelo nível de uns comentários percebe-se os de mente deturpada.
SE seguem uma religião a regra básica é FIQUEM NA SUA, isso é para todos, onde inclui essas seitas e afins malditas, ou mesmo igrejas mais brandas.
Fato incontestável são que quase todas as religiões, Deus, deuses, esoterismos e afins causam basicamente MUTOS danos à Humanidade. A HIstória mais do que prova.
Os cínicos crédulos adoram focar nas raras excessões de bondade, feito basicamente por PESSOAS, APESAR da religião ou afins. E adotam como regra...
Laicidade é algo mais do que fundamental.
"Enalteça o minúsculo lado bom, minimalize ou mesmo suprima o (enorme) lado ruim. Culpe os outros pelo ruim. Essa é a lógica das religiões / igrejas, e da maioria dos políticos..."