Justiça do Reino Unido autoriza transfusão em filha de cinco anos de Testemunhas de Jeová

Decisão da Justiça permitiu
 que hospital salvasse menina

Justiça do Reino Unido autorizou os médicos de um hospital a submeter uma menina de cinco anos à transfusão de sangue.

A menina é filha de Testemunhas de Jeová, religião que não permite esse procedimento da medicina por acreditar que a Bíblia o proíbe.

Os médicos do Hospital Infantil de Leeds, cidade ao norte da Inglaterra, comunicaram à Justiça que, se não houvesse a transfusão com urgência, a menina morreria.

Os pais se recusaram a dar autorização para os médicos, mas admitiram respeitar a decisão da Justiça.

Pelo fundamentalismo dessa religião, a menina salva pelos médicos irá para o inferno quando morrer.

No Reino Unido, em casos semelhantes, a tendência da Justiça é colocar o direito à vida acima do de crença.

Com informação do Independent.ie.







Rússia confisca campus de US$ 30 milhões das Testemunhas de Jeová

China indicia 18 Testemunhas de Jeová sob acusação de pregarem superstição

O que há em comum entre Islã e Testemunhas de Jeová

Testemunhas de Jeová constroem em Buenos Aires centro comercial para ricos

Testemunha de Jeová recusa sangue, morre e deixa 9 filhos

Testemunhas de Jeová destroem no México templo de 7 mil anos



Receba por e-mail aviso de novo post

Comentários

Emerson Santos disse…
Seita de malucos ...