Feliciano diz que igrejas pagam muito mais tributos do que empresas

Após um encontro com o presidente Bolsonaro, o deputado Pastor Marco Feliciano (Podemos-SP) afirmou que, no Brasil, “as igrejas têm uma cobrança infinitamente maior do que, inclusive, empresas”.

É a primeira vez que alguém fala isso, mesmo entre os pastores, porque, constitucionalmente, as igrejas desfrutam de alguns privilégios tributários.

Como não provou o que disse, Feliciano pode ser acusado de divulgar fake news.

Com informação das agências.





Afinal, por que igrejas e suas entidades não pagam impostos?

Igrejas obtêm R$ 20,6 bi por ano com dízimo, venda e aplicação

Isenções livram igrejas dos EUA de pagarem US$ 71 bilhões por ano

Olavo Carvalho diz em vídeo que Edir Macedo é caso de 'flatulência espiritual'



Receba por e-mail aviso de novo post

Comentários

Postar um comentário

EDITOR DESTE SITE



Paulo Lopes é jornalista profissional diplomado.
Trabalhou no jornal centenário abolicionista
Diário Popular, Folha de S.Paulo, revistas da
Editora Abril e em outras publicações.