Fundação de Dawkins traduz ‘Deus, um delírio' para países de muçulmanos

A Richard Dawkins Foundation for Reason and Science está traduzindo para o árabe “Deus – um delírio”, de modo que o best-seller ateísta fique disponível gratuitamente pela internet a muçulmanos de países como Arábia Saudita e Iraque.

O livro do biólogo britânico Dawkins também está sendo traduzido para o indonésio, farsi (falado no Irã e Afeganistão) e urdu (Paquistão e partes da Índia).

Jana Lenzova, a diretora do projeto de tradução, contratou profissionais de países muçulmanos e dos Estados Unidos.

Ela afirmou que o projeto tem a ambição de estimular muçulmanos a questionarem a religião.


“Se surgir uma massa crítica de pessoas, provavelmente poderá haver alguma mudança nesses países”, disse. “É um pouco ambicioso, mas talvez não impossível.”

O ateísmo é considerado crime em alguns países de cultura islâmica.

Os responsáveis pelo projeto de tradução estão preparados para contornar bloqueio de sites que contiverem o livro.

Richard Dawkins teve a ideia de criar o projeto quando teve uma conversa com um homem que tinha traduzido o livro para o árabe e que o número de downloads superou as edições impressas nos países ocidentais.

A tradução de agora será mais bem adaptada aos muçulmanos.

Em uma segunda etapa, o projeto prevê também a tradução de livros de ciência de Dawkins.

Com informações do Washington Post. 

Divulgação da ciência anulará a religião, escreve Dawkins

Dawkins aparece nos Simpsons fazendo sopa de católicos

Explicar origem da vida com a religião é ridículo, diz Dawkins



Comentários

  1. Anônimo3/15/2019

    Leandro Felipe Bueno Tierno, teu cérebro está tão desidratado pela religião que não foi capaz de ler o PRIMEIRO parágrafo do texto:

    "A Richard Dawkins Foundation for Reason and Science está traduzindo para o árabe “Deus – um delírio”, de modo que o best-seller ateísta fique disponível GRATUITAMENTE pela internet a muçulmanos de países como Arábia Saudita e Iraque."

    Então, sim, vai vender 0 exemplares, porque o livro é gratuito.
    Entendeu, leitorzinho de "bibra"?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Artista gospel se recusa a cantar em casamento de amigo gay

Veja os 10 trechos mais cruéis da Bíblia

Trechos bíblicos cuja existência crente finge não saber

Carl Sagan escreve sobre um 'pálido ponto azul' nos cosmos, a Terra

Historiadora diz que Moisés não existiu. E sofre ameaças de morte