Outro ministro do STF diz estar impedido para atuar no caso de João de Deus

O ministro Luiz Fux se declarou impedido para relatar o processo de João de Deus, curandeiro que está sendo acusado por mulheres de abuso sexual.

É o segundo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) que recusa o caso invocando fórum íntimo.

O primeiro foi Gilmar Mendes.

O Supremo vai realizar outro sorteio para designar um relator.

Outros ministros estiveram tiveram consulta com o charlatão.

Fux e Gilmar
tiveram consulta
 com o curandeiro

Com informação do Globo e de outras fontes, como fotos de divulgação.





Aviso de novo post por e-mail

Medicina salva o curandeiro João de Deus de um câncer

Só agora a Federação Espírita afirma que João de Deus não é confiável

Sou do Paraná, tenho 40 anos e fui vítima de abuso de João de Deus





Em vídeo, Drauzio Varella critica João de Deus e diz: 'Milagres não existem'


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site