Igreja Católica do Texas divulga nomes de 300 padres predadores

A Igreja Católica do Texas (EUA) divulgou nos sites de suas 15 dioceses uma lista de 300 padres que foram acusados de violentar crianças e adolescentes em oito décadas.


A Igreja do Texas resolveu revelar os nomes dos predadores antes de fosse obrigada a fazê-lo pela Justiça.

Em meados de 2018, a Suprema Corte da Pensilvânia divulgou o nome de 300 padres daquele Estado que abusaram de pelo menos mil crianças em 70 anos.

Igrejas de outros Estados norte-americanos deverão divulgar lista de pedófilos que acobertaram por décadas.

Nos EUA, a igreja romana está desesperada para recuperar um pouco de sua credibilidade.

Dezenas de templos católicos fecham todo o mês.

Com informação do NYT e de outras fontes.



Aviso de novo post por e-mail

MP-SP investiga bispo e padre em caso envolvendo abuso de coroinhas

Arquidiocese de Paraíba vai recorrer contra indenização por abusos de crianças

Sucessão de abusos mostra que a Igreja Católica está moralmente falida




Igreja Católica do Brasil tem menos pedófilos do que outras?


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

-------- Busca neste site