Pular para o conteúdo principal

Testemunhas de Jeová fecham em apenas 3 anos 1.047 salões nos Estados Unidos

Em apenas três anos, de 2015 a 2018, as Testemunhas de Jeová fecharam 1.047 congregações nos Estados Unidos por falta ou fuga de fiéis.

Pregando para
as cadeiras

Com o total ainda de 13.016 congregações, o país perdeu a liderança em número de salões para o México, com 13.245.

Nos Estados Unidos, há centenas de imóveis (salões) das TJs à venda.

O fundamentalismo das TJs tem dificultado a adesão de novos fiéis. Mais do que as outras, trata-se de uma religião fechada em si mesma.

Quem sai ou é expulso da igreja é colocado no ostracismo, até mesmo pelos seus parentes mais próximos, como pai e mãe.


Os Testemunhas de Jeová se recusam a receber transfusão de sangue, o que tem ocasionado a morte de fiéis, inclusive de seus filhos. Na Rússia, eles foram banidos.

Muitos dos que saem se tornam na internet fortes combatentes da religião.

A religião começou a chamar a atenção de organizações de direitos humanos.

Pelo relatório, em 2015 existiam 1.243.387 Testemunhas de Jeová nos Estados Unidos e em 2018, 1.234.877.

Houve, portanto, uma queda de 8.510.

Como os salões estão ficando cada vez mais vazios, é possível que a queda de fiéis seja maior que a anunciada.

Com informações do Relatório Anual das Testemunhas de Jeová e de outras fontes.



Aviso de novo post por e-mail

Dutra tentou banir do Brasil em 1949 as Testemunhas de Jeová

Testemunha de Jeová recusa sangue, morre e deixa 9 filhos

41 pessoas contam a jornal que foram abusadas por Testemunhas de Jeová




TJs da Austrália acobertam mais de mil casos de pedofilia


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários

Ricardo1983 disse…
Seita desgraçada
Unknown disse…
Aqui no Brasil colocamos centenas de salões a venda ao mesmo tempo construímos milhares. Fechar ou abrir nao quer dizer redução nos números mais adequá os locais para aqueles que tem verdadeira necessidade.
Unknown disse…
Se vc quer ver notícias sobre o que realmente acontece, como a obra cresce, e porque realmente alguns salões são "fechados", acesse a seção de notícias do jw.org. O único objetivo de sites como este que estou comentando é comercial. Como as pessoas gostam de assuntos polêmicos, é isso que eles postam mesmo. Fica a dica
Unknown disse…
Observação salão e o local onde as TJ realizá reuniões congregação e o grupo que reúnem alí pode ter várias congregações reunindo no mesmo salão.
Anônimo disse…
Ouvi dizer que vão contra elas no mundo todo
Celso disse…
Nada a ver mais a matéria depreciativa. No mundo ocidental vem caindo o número de fiéis. O que tem mais crescido na Europa é o número dos sem religião . Então esse não é um "fenômeno " só das Testemunhas de Jeová. O próprio Senhor Jesus perguntou: "Se qiando ele voltasse encontraria fé na terra". Uma coisa nem os opositores tem como negar: AS BOAS NOVAS ESTÃO SENDO PREGADAS EM TODA TERRA EM TESTEMUNHO DE TODAS AS NAÇÕES. ..MATEUS 25:14
Celso disse…
Nada a ver. No mundo ocidental o número de fiéis está desmoronando em toda cristandade (Europa é um grande exemplo ). Esse não é um "problema " isolado dad Testemunhas de Jeová. O principal é que o TESTEMUNHO está sendo dado em tod terra. Mateus 24:14
Unknown disse…
Pelo caminho aínda vai ficar muita gente!! O mundo vive sem regras!!
Unknown disse…
Vocês constroem ,e eles vão lá e vendem , e pra onde vai esse dinheiro todo se os materiais e mão de obra são donativos seus ?!
Resposta: vão para a conta dos 8 velhinhos governantes pagarem processos de pedofilia e comprarem relógio de ouro .
Anônimo disse…
Muitos desse salões foram reunidos em um. Isso aconteceu na região onde moro. Conheço pessoas dessa religião. Haviam dois Salões do Reino aqui na minha região, onde por mais de 10 anos tinham o mesmo número de membros. Havia muito espaço neles e perceberam que devido proximidade e a necessidade de reforma de um deles, resolveram reunir os dois. Um foi vendido e o outro foi reconstruído um uma outra rua. Isso sempre aconteceu. Mas devido a internet, essas notícias são divulgadas rapidamente e dão a impressão de que está diminuindo os membros. Todas as religiões tem seus altos e baixos. Isso é normal. Não sei o motivo de quem não é dessa religião se preocupar com venda de prédios. São de alguma imobiliária? Tem uma outra igreja aqui perto da minha rua (dos mórmons) onde desde metade dos anos 90 (que é quando resolvi morar aqui) são as mesmas pessoas que estão lá e o crescimento deles se deve a filhos de membros e pouquíssimas pessoas que resolveram entrar, mas depois saíram. Isso fez com que o número de membros se manteve, de certa forma, relativamente estável. Tanto é que construíram uma outra igreja em poucas quadras daqui e não mudou nada no número dos membros da que fica aqui. Não sei como andam os números da mais nova. mas vejo que tem pessoas por lá toda semana. No caso das Testemunhas de Jeová, não vi queda alguma. Sei que, assim como muitas religiões, talvez milhares de pessoas saíam todo ano. Dessas que saem, muitas voltam. E sempre tem gente nova por lá. Disso é certo. Não sou de nenhuma dessas religiões. Só divulguei o MEU ponto de vista. Talvez o seu seja outro. Mas não muda o meu. (idem, eu sei!). Então, tudo isso é vão.
Anônimo disse…
Muitos desses Salões foram reunidos com outras congregações. As razões são poucas. Muitos desses salões são antigos e havia muito espaço neles. Para fazer economia de espaço, energia etc, foi necessário reunir dois salões ou mais por tal razão. Em outros casos em um prédio reúnem-se 3 congregações que fazem reunião ao mesmo tempo em 3 idiomas. Aí mais dois salões ou até 3 são construídos para cada um dos grupos. Dois quando resolvem reformar o 'original' e reduzir. Alguns são realmente vendidos para outros, mas um novo é construído em localidade próxima. Aqui perto um deles foi vendido e um tempo depois uma igreja protestante foi formada no lugar desse salão. Em outra quadra um salão do reino novo apareceu. Nesse bairro tinha 2 salões do reino por anos. E hoje ainda tem esses 2. Um deles é o novo dessa história. Em outro local, não muito distante, o número de membros aumentou pouco. Não houve queda alguma.

Você citou isso esse valor como queda 8.510 em um período de 3 anos. Sim, queda de prédios por relocação e reunião de congregações do mesmo idioma. Prédios antigos e grades para a necessidade local estão sendo trocados por esquemas de novas plantas para reunir mais de 1 congregação em apenas um local. Tem que entender uma coisa. O número de membros ativos cresce pouco a cada ano. Porém, nem todas as TJ's são de fato TJ's ainda. Existem estudantes que saem em pregação e pode acontecer de desistir com o tempo de ser TJ. Nesse tempo eles se identificam como TJ, mas não são ainda de fato. Os membros que são oficialmente TJ mantem-se estável com baixa taxa de crescimento. E isso é esperado acontecer entre as TJ. Elas sabem disso. Uma hora, elas afirmam, a pregação vai parar. Com isso, não haverá muitos membros novos e alguns irão sair. Elas sabem disso e ensinam isso.

Na boa! As pessoas perseguem e se preocupam demais com as Testemunhas de Jeová. Parece até ferida em quem persegue. Apocalipse 16:8-9, 21
Anônimo disse…
Pois é, pode até não haver queda no número de tjs,que eu duvido muito, mas veja bem vender locais de adoração dedicados a Jeová pra igrejas que a watchower tanto criticou como sendo parte do império mundial da religião falsa. O que pode se concluir é o dinheiro fala mais alto
Unknown disse…
às vezes sinto que sao brutos ao ensinar , nada de os contrariar como crianças mimadas e nada de questoes que nunca ouviram antes

Marlom disse…
Já fui dessa seita, por mais de 10 anos. Hoje colho as consequências de ter-me deixado levar pela lábia deles...
Unknown disse…
Verdade
cultfriend disse…
E existem pessoas que tem necessidade de entrar numa seita dessas??
Anônimo disse…
Mas não foi o que Jesus disse que seus discípulos seriam pessoas odiadas por todas as Nações?
Anônimo disse…
Tenho pra mim..que são ex testemunhas que foram expulsas e não aceitam isso..
Anônimo disse…
Vc foi 10 anos TJ?Duvido,se fosse realmente saberia que ñ se trata de seita,aliás vc sabe oque é uma seita?Claro que ñ sabe.
Anônimo disse…
Nosso canal jwr vendo longe
Anônimo disse…
O que é Seita? Abaixo as perguntas, se as respostas forem "sim", é considerado Seita:
1) Te dizem que se vc sair desta organização vc irá perecer no inferno?
2) Abandonar essa
essa organização é o mesmo que abandonar a Deus?
3) Te proíbem de se socializar com pessoas de fora? Fazer pesquisas sobre a Organização em fontes que não sejam deles próprios?
4) Te ensinam que se vc for fiel á organização será salvo?
5) Mandam vc isolar quem sai, e dizem que os que saem pertencem a Satanás?
Se as respostas forem sim, VAZA FORA O QUANTO ANTES! Não entre!
Anônimo disse…
"1) Te dizem que se vc sair desta organização vc irá perecer no inferno?"

10 anos sendo "Tj" e vem falar isso..? Duvidoso uma Tj falar de uma condenação a um lugar que eles mesmos pregam que não existe. Estranho.
Rapaz eu observei que muitos desistiram outros esfriaram, outros continuam firme na fé. Houve migrações de fiéis da TJ para outras denominações e de outras denominações para a TJ. ISSO NÃO IMPLICA NA REDUÇÃO OU AUMENTO SIGNIFICATIVO DE PESSOAS VOLTADAS A DOUTRINA.
Assim como a Igreja Católica outras religiões sempre serão alvo de matérias sensacionalistas a fim de manchar sua reputação.
Quem me garante que TJ são as erradas e a IURD são as certas? Que os Mormos são certas e Cristã do Brasil erradas? Estão todos propícios aos mesmos erros "pessoa podem errar" o que não podemos é menosprezar a denominação por causa do fiel.

Post mais lidos nos últimos 7 dias

90 trechos da Bíblia que são exemplos de ódio e atrocidade

Nova espécie de ave descoberta na Caatinga tem origem em variações do São Francisco

BC muda cédulas do real, mas mantém 'Deus seja Louvado'

Louvação fere o Estado laico determinado pela Constituição  O Banco Central alterou as cédulas de R$ 10 e R$ 20, “limpou” o visual e acrescentou elementos de segurança, mas manteve a expressão inconstitucional “Deus seja Louvado”.  As novas cédulas, que fazem parte da segunda família do real, começaram a entrar em circulação no dia 23. Desde 2011, o Ministério Público Federal em São Paulo está pedindo ao Banco Central a retirada da frase das cédulas, porque ela é inconstitucional. A laicidade determinada pela Constituição de 1988 impede que o Estado abone qualquer tipo de mensagem religiosa. No governo, quanto à responsabilidade pela manutenção da frase, há um empurra-empurra. O Banco Central afirma que a questão é da alçada do CMN (Conselho Monetário Nacional), e este, composto por um colegiado, não se manifesta. Em junho deste ano, o ministro Marco Aurélio, do STF (Supremo Tribunal Federal), disse que a referência a Deus no dinheiro é inconcebível em um Estado moderno, cuja

AdSense desmonetiza página do texto 'Ateísmo significa libertação do medo do sobrenatural'

Pastores do Malafaia têm salário de até R$ 20 mil, casa e carro

Pastores mais habilidosos  estão sendo disputados  pelas igrejas Silas Malafaia, 53, informou que o salário dos pastores de sua igreja, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo, vai de R$ 3.000, para iniciantes, a R$ 20.000, com benefícios que incluem casa mobiliada, escola para filhos e plano de saúde. Pastores com experiência têm direito a carro do ano. É a primeira vez que um líder religioso neopentecostal revelou o salário dos pastores. Na falta de maiores informações, os valores citados por Malafaia podem ser tomados como referência do mercado de salários dos pregadores da Bíblia. As perspectivas desses profissionais são as melhores possíveis, considerando que não precisam ter formação universitária. Um professor de ensino médio não ganha tanto, nem sequer um médico em início de carreira, por exemplo. “Mas é preciso saber ler a Bíblia, pregar, explicar”, disse Malafaia à jornalista Daniela Pinheiro, que escreveu para a revista Piauí de setembro reportagem sobre o pastor.

Em vídeo, Malafaia pede voto para Serra e critica Universal e Lula

Malafaia disse que Lula está fazendo papel de "cabo eleitoral ridículo" A seis dias das eleições, o pastor Silas Malafaia (foto), da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, gravou um vídeo de 8 minutos [ver abaixo] pedindo votos para o candidato à prefeitura de São Paulo José Serra (PSDB) e criticou a Igreja Universal e o ex-presidente José Inácio Lula da Silva. Malafaia começou criticando o preconceito que, segundo ele, existe contra pastor que emite opinião sobre política, o mesmo não ocorrendo com outros cidadãos, como operários, sindicalistas, médicos e filósofos. O que não pode, afirmou, é a Igreja, como instituição, se posicionar politicamente. “A Igreja é de Jesus.” Ele falou que tinha de se manifestar agora porque quem for para o segundo turno, se José Serra ou se Fernando Haddad, é quase certeza que será eleito, porque Celso Russomanno está caindo nas pesquisas por causa do apoio que tem recebido da Igreja Universal. Afirmou que apoia Serra na expectativa de

Livro conta em 300 páginas histórias de papas das quais poucos sabem

Padre explica seu vídeo sobre mulher apanha porque quer

O padre cantor Fábio de Melo tem tentado nos últimos dias, nas redes sociais, rebater as acusações de que é machista.

Vicente e Soraya falam do peso que é ter o nome Abdelmassih

Eleição de Haddad significará vitória contra religião, diz Chaui

Marilena Chaui criticou o apoio de Malafaia a Serra A seis dias das eleições do segundo turno, a filósofa e professora Marilena Chaui (foto), da USP, disse ontem (23) que a eleição em São Paulo do petista Fernando Haddad representará a vitória da “política contra a religião”. Na pesquisa mais recente do Datafolha sobre intenção de votos, divulgada no dia 19, Haddad estava com 49% contra 32% do tucano José Serra. Ao participar de um encontro de professores pró-Haddad, Chaui afirmou que o poder vem da política, e não da “escolha divina” de governantes. Ela criticou o apoio do pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus do Rio, a Serra. Malafaia tem feito campanha para o tucano pelo fato de o Haddad, quando esteve no Ministério da Educação, foi o mentor do frustrado programa escolar de combate à homofobia, o chamado kit gay. Na campanha do primeiro turno, Haddad criticou a intromissão de pastores na política-partidária, mas agora ele tem procurado obter o apoio dos religi