Em vídeo de 2013, Damares lamenta que escolas ensinem a teoria da evolução

[opinião]

Em 2013, a pastora Damares Alves, atual ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, lamentou que os evangélicos tivessem permitido a introdução do ensino da teoria da evolução nas escolas.

Em entrevista à pastora Cynthia Ferreira, que fez uma pergunta sobre o envolvimento de evangélicos na política, Damares desviou-se um pouco do assunto ao dizer que os crentes precisavam naquela época “ocupar a ciência” [vídeo abaixo].

“A Igreja Evangélica perdeu espaço na história”, disse.


“Perdemos o espaço na ciência quando deixamos a teoria da evolução entrar nas escolas. Quando não questionamos. Quando não fomos ocupar a ciência. ‘Ah, vamos deixar a ciência caminhar sozinha’. E aí cientistas tomaram conta dessa área.”

Em outras palavras: Damares acha que os cientistas não deveriam tomar conta da ciência, mas, sim, compartilhá-la com os evangélicos.

Ora, a ciência não é de ninguém. Se religiosos quiserem investir na pesquisa, em descobrimento de novos remédios, por exemplo, tudo bem. 

Os religiosos só não podem colocar suas crenças no mesmo nível da ciência, porque são coisas bem diferentes. E também não podem querem substituir o ensino da teoria da evolução pelo Gênesis. 

O fanatismo religioso da ministra é mais grave do que se imaginava.

Essa mulher é insana.



Com informação de vídeo postado no Youtube.



Aviso de novo post por e-mail

Damares quer Bíblia nas escolas, mas não alusão a religiões de matriz africana

Não há diferença entre Damares e fundamentalistas islâmicos, diz sociólogo

Pastor Caio Fábio escreve que a ministra Damares só fala para o gueto evangélico




'Profecia' se realiza: Damares Alves se torna meme do Governo Bolsonaro


A responsabilidade dos comentários é de seus autores.

Comentários